Breaking News
Home / Bem-Estar / Cápsula da Beleza

Cápsula da Beleza

PUBLICIDADE

AÇÃO E INDICAÇÃO:
Produto preparado da biomassa marinha derivada do Chondrus crispus (Alga Vermelha).
Possui ação antiaging (anti-envelhecimento), hidratante, cicatrizante e lipolítica. É energizante cutâneo, antioxidante e antiinflamatório.

Cápsula da Beleza

Fortalece e aumenta a elasticidade da pele, tem efeito tensor, protege contra poluição, bactérias, raios ultra violetas, além de regenerar as células e incrementar a síntese de colágeno.A associação às cápsulas da beleza traz as vantagens do uso oral, combatendo o envelhecimento da pele, promove o efeito lifting oral, aumenta a elasticidade e a hidratação da pele. Além desses benefícios, ela age também fortalecendo unhas e cabelos, previne osteoporose pela presença do Silício orgânico e protege as articulações.

FORMAS UTILIZADAS:
– Cápsulas

Fonte: oficinadeervas.com.br

Cápsula da Beleza

Os nutricosméticos são a prova cabal de que a beleza vem de dentro para fora.“Produzidos a partir de alimentos funcionais ou suplementos alimentares, eles concentram vitaminas, sais minerais e outras substâncias fundamentais à saúde do organismo”, diz a dermatologista Roberta Vasconcelos, pesquisadora do ambulatório de Dermatologia do Hospital das Cínicas da Universidade de São Paulo. “E também participam de reações químicas importantes no interior das células, promovendo a restauração dos tecidos”, complementa o dermatologista Adriano Almeida, diretor do Instituto de Pesquisa e Tratamento do Cabelo e da Pele (IPTCP), que resume: “São autênticas pílulas da beleza”.

De fato, os benefícios que os nutricosméticos podem proporcionar à saúde e à beleza são importantes. Eles atuam para melhorar a firmeza da pele e atenuar rugas, reduzir a vermelhidão causada pela exposição solar assim como a própria ação nociva do sol, diminuir os sintomas da caspa, aliviar o aspecto da celulite, fortalecer unhas e cabelos e até amenizar os sintomas da TPM. “Pensando em efeitos de curto prazo, os que protegem a pele dos raios solares mostram resultados mais interessantes”, diz Roberta Vasconcelos. Concorda com ela a médica nutróloga Marcella Garcez Duarte, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia: “A maior causa dos sinais de envelhecimento cutâneo é a radiação UV e o uso de nutricosméticos com propriedade fotoprotetora oral é o que tem mais comprovação científica”. Mas ainda assim eles não dispensam o filtro solar convencional.

Cápsula da Beleza
Com efeitos comprovados pela prática médica, nutricosméticos tem eficácia ainda maior quando usados em conjunto como uma alimentação balanceada e produtos tópicos, como protetor solar

O que diz a ciência

Apesar de existirem algumas pesquisas científicas sobre os nutricosméticos, elas ainda não são conclusivas. “A maior parte delas foi realizada pelos próprios laboratórios que produzem os suplementos. Mas a credibilidade é maior quando esse tipo de estudo é feito por instituições imparciais, como universidades, por exemplo”, afirma Roberta. No entanto, na prática, a eficácia dos nutricosméticos vem sendo comprovada pelos médicos. Em uma escala de zero a dez, o dermatologista Adriano Almeida daria oito e a nutróloga Marcella Duarte, daria entre seis e sete para a eficácia dessas cápsulas.

Os componentes

Cápsula da Beleza

As substâncias que mais aparecem na fórmula dos nutricosméticos são as vitaminas C, E e B12; os minerais cobre, zinco, silício; substâncias antioxidantes, como licopeno (retirado do tomate), chá verde, cacau, resveratrol (encontrado na uva), picnogenol (extraído da casca do pinheiro), isoflavonas (produto da soja). “Porém, vale lembrar que o que caracteriza um nutricosmético é justamente um complexo de ativos combinados, com uma alta tecnologia, para um determinado benefício”, destaca a dermatologista Roberta Vasconcelos, da USP. O que não significa que o consumo de suplementos com um único ativo – como óleo de linhaça, vitamina C e óleo de coco, por exemplo – não seja eficaz, tudo depende do objetivo do tratamento.

Ação combinada

Apesar de nutritivas, as cápsulas não substituem uma dieta balanceada no dia-a-dia. “Eles agem juntos”, garante Adriano. Roberta ressalta ainda que os nutricosméticos também não substituem os produtos tópicos, ou seja, não dá para deixar de usar cremes ou protetor solar. Em suma, apesar de eficaz é um tratamento que não age isoladamente. “Os nutricosméticos atuam com mais eficácia quando a pessoa tem hábitos alimentares e estilo de vida saudáveis e ainda usa produtos tópicos nos cuidados com a pele”, afirma Marcella Duarte. Mas de fato, parece que as cápsulas fazem diferença. “Um estudo provou que mulheres que tomaram esse tipo de cosmético obtiveram melhor resultado no preenchimento de rugas com ácido hialurônico”, diz a doutoranda da USP, se referindo à pesquisa realizada em Monza, na Itália, em 2009, pelo Clinical Research and Bioengineering Institute.

Resultados

Estima-se que em médio e longo prazo se obtenha os efeitos plenos do tratamento.“Com o uso contínuo, a melhora é progressiva, iniciando logo que se começa a usar. Em caso de descontinuidade não haverá a ação plena da substância sobre o organismo, o que resultará na diminuição ou ausência de seus benefícios”, avisa o dermatologista Adriano Almeida, que calcula três meses como um período razoável para se sentir os efeitos das cápsulas e recomenda que o consumo seja regular, sem pausas. Para Marcella Duarte pode ser necessário fazer intervalos no uso ou substituir uma formulação por outra, de acordo com a necessidade do organismo no momento. Mas no geral, as pílulas da beleza podem ser usadas continuamente e sem riscos. O único risco é reduzir ou anular seu efeito, no caso de abandonar o consumo.

Orientação médica

Os nutricosméticos são regulamentados como venda livre. “Porém, um médico especialista é capaz de personalizar o tratamento, tornando-o mais eficiente, com a dose adequada a cada organismo e ao propósito de uso”, sugere a dermatologista Roberta Vasconcelos. Efeitos colaterais são raros. “Mas pode acontecer desde intoxicação até reações alérgicas, por conta de uma possível sensibilidade aos componentes da fórmula”, lembra Adriano Almeida. Inclusive, podemos destacar outro ponto importante que justifica a consulta a um médico: “O dermatologista vai avaliar o suplemento mais adequado e associá-lo a tratamentos tópicos e procedimentos estéticos para a obtenção dos resultados desejados”, diz Roberta, que recomenda cautela para as gestantes e mulheres que amamentam e avisa que só devem consumir com orientação médica.

Hora de consumir

O momento do dia mais indicado para tomar a cápsula depende dos princípios ativos da fórmula. Segundo o dermatologista Adriano Almeida, se a principal substância for vitamina C, por exemplo, deve ser ingerido em jejum. Já se a base for a vitamina E, o ideal é tomar com as refeições. A nutróloga Marcella Duarte recomenda que os fotoprotetores sejam ingeridos no início do dia, enquanto os com ação antioxidante e demais nutrientes podem ser consumidos a qualquer hora.

Recomenda-se também:

Filtro Solar
Exercícios
Dormir o suficiente
Cremes a base de ácidos e oxidantes
Peelings
Evitar açúcar refinado

Fonte: guarulhosempresas.com.br

Veja também

triptofano

Triptofano

PUBLICIDADE O triptofano é um aminoácido, uma proteína sem a qual os seres humanos não …

melatonina

Melatonina

PUBLICIDADE A melatonina é um hormônio produzido pelo nosso cérebro, e esse hormônio interfere em …

Kefir

Kefir

PUBLICIDADE Alimentos probióticos são microrganismos vivos que ajudam a equilibrar a flora intestinal. A flora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.