Breaking News
Home / Turismo / Locais Turísticos de Camarões

Locais Turísticos de Camarões

PUBLICIDADE

O país oferece uma das paisagens mais maravilhosos da Àfrica Negra.

Além de ser um mosaico de cultura e etnias.

O recorrido começa em Douala e Yaoundé, a capital do país; depois se passa ao Oeste e por último à zona Norte de Camarão.

DOUALA

É um centro econômico importante habitado por diversas etnias e além de apresentar uma estrutura social muito marcada.

Entre os lugares mais interessantes encontra-se o Museu ou os mercados da cidade, entre os que destaca o Museo de Artesanato de Camarão, com numerosos produtos artesanais, se desejar ver algo mais pitoresco. Por último, nada melhor que um passeio pelo Bosque dos Monos.

Fora da cidade, a 10 quilômetros, concretamente em N’Donga situa-se a leproseria da Bibamba que oferece artesanato de cesteria.

LIMBE

Anteriormente conhecida como Vitória, esta cidade encontra-se a uns 80 quilômetros de Douala. Está escondida entre a exuberante vegetação. É uma cidade marcada influência britânica. Merece a pena acercar-se ao porto e ao Jardim Botânico. Também se recomenda-se dar um banho em suas praias de areia negra, como a Praia das Seis Milhas.

MONTE CAMARÃO

Tem uma altitude de 4.100 metros de altitude cuja cota pode-se atingir a pé durante a estação seca desde a população de Buea. dispõe de três refúgios onde pode-se fazer diversas etapas antes de lograr sua ascensão. Necessita-se obter uma permissão oficial e o acompanhamento de um guia especializado.

YAOUNDE

É a capital do país, lugar onde mistura-se a tradição e a modernidade. Está cravada num lugar rodeado de sete colinas. Entre os edificios e grandes avenidas surgem alguns lugares tradicionais africano como o Mercado le M’foundie e os distritos de Mong-Mbi, Mong-Ada, Mokolo e Madagascar.

Destaca-se como uma visita obrigatória o Monte Febe pelos suas bonitas vistas e o Museu Tibar e Bamoun, a cargo dos beneditinos.

Outro dos museus interessantes é o Museu de Arte Camerunês, o Museu Nacional e o Museu de Arte Negro, no bairro Melen. Neste mesmo bairro um espetáculo digno de ver é a Missa que celebra-se aos domingos ao ar livre; há música, coros e danças africanas.

Pode-se finalizar a visita à cidade com um passeio até a Catedral e a Grande Mesquita. A Capela do Monastério está decorada com tecidos e arte tipicamente camerunês.

Aos arredores da cidade encontram-se em direção norte as Cataratas Machtigal e Monatele no rio Sanaga. Ao sul as Cascatas de Ebogo sobre o rio Nyong e as Grutas Pigméias de Akok-Bekoe e Villa Carce.

O OESTE DE CAMARÃO

Entre o mais destacado desta zona aparecem as grandes plantações de bananas e os vulcões apagados como o Bamboura e Manengouba.

Toda esta zona disfruta de um clima temperado e é rica em vegetação. É a zona mais povoada de Camarão por ser a mais rica. Está habitada pelo povo Bamileke, um grupo muito empreendedor e comerciante.

Pode-se fazer uma visita à Missão de Babete que encontra-se a 4 quilômetros da cidade para penetrar na selva.

DSCHANG

Encontra-se a 1.400 metros de altitude. Na cidade pode-se realizar uma visita ao Mercado, mas o melhor é entrar-se na selva e poder desfrutar com as esplêndidas Cataratas de Mamy-Wata e a Cascata da Lenguam. Todo o vale está rodeado de belos acantilados.

FOUMBAM

É a sede do sultanato Bamoum e seus atrativos estão relacionados com este. Dispõe de dois museus, o Museu do Palácio do Sultão que pode ser visitado às vezes e o próprio Palácio. Outro museu muito interessante é o Museu de Artes e Tradições. São muito chamativas as casas tradicionais e a praça.

Nos mercados da cidade pode-se comprar numerosos artigos de artesanato como as pipas de barro, objetos realizados em bronze, etc.

BAMENDA

Nesta bonita cidade pode-se comprar algumas coisas na Cooperativa de Artesanato onde se fabrica cerâmica, cesteria e instrumentos musicais.

O mais singular é a Rota da Selva onde tem-se a possibilidade de ver ao vivo os costumes de seus habitantes.

N’KONGSAMBA

É uma região montanhosa que sobressai por ter sido a antiga capital dos Bamileke.

KEKEM

É uma visita obrigatória para desfrutar da natureza selvagem. O percurso se faz através de plantações de café, cacau e bananas até chegar a umas pendentes que atingem os 80 metros de altitude e conhecidas como as Pendentes de Ekom. Pode-se fazer uma caminhada desde o povo de Bayou.

BAFOUSSAM

Aqui pode-se visitar a fábrica de café e conhecer todo o processo que segue para sua elaboração. É uma cidade relativamente nova em pleno desenvolvimento, muito comercial e animada.

KRIBI

Na cidade há umas praias muito bonitas como as de Costa Branca, Cocotier Plage e Londje. Também pode-se viajar, a 7 quilômetros da cidade, para descobrir Cataratas da Lobe, umas espetaculares cataratas que caem diretamente do mar.

O NORTE DE CAMERÚN

É a zona mais chamativa de Camarão pelos suas atrativas cidades muçulmanas Marona e Garona.

N’GAONDERE

Deve visitar o Mercado Grande que está dedicado principalmente ao artesanato local, e o Mercado Pequeno onde pode-se encontrar tudo o que se busque. Além das visitas ao Palácio do Lamido e a Grande Mesquita.

Próximo a cidade encontram-se as Cataratas de Tello e os Lagos do Cráter. Uma excursão recomendada é a subida ao Monte Daran, chegando até o própria cume.

GARONA

É o país dos bororos, um povo nômade conhecido pelas jóias feitas em ouro que adornam suas cabeças. A zona oferece paisagens muito chamativas e reservas naturais como a Benoue ou o Faro. Aos sábados tem lugar um animado mercadinho.

MAGA

A uns 80 quilômetros de Marona encontra-se esta cidade que é a entrada sul ao Parque de Wasa. Muito perto está o pequeno povo de Pons, que é a fronteira com o Tchad, fazendo de linha fronteriça o rio Logone.

É um lugar ideal para o safari fotográfico, pois em suas praias de fina areia vivem numerosas aves.

Fonte: www.rumbo.com.br

Locais Turísticos de Camarões

Capital: Yaoundé
Idioma: inglês e francês
Moeda: franco da comunidade centro-africana
Clima: tropical úmido e savana
Fuso horário (UTC): +1

Pontos turísticos

Parque Nacional de Waza

Tem as melhores infra-estruturas e é o parque mais visitado de Camarões. As suas planícies permitem avistar facilmente as várias espécies animais que nele vivem, sendo que a espécie predominante são de símios.

Palácios dos Reinos e Sultanatos

Por todo o território há várias etnias que possuem seus reis e sultões. Para cada um deles, há palácios, chamados de lamidatos, construídos nas formas mais diversas.

O Palácio do Sultão de Foubam possui três andares do princípio do século XX, com paredes adornadas com talhas de madeira. Outros Palácios impressionantes são do sultão de Mourla; o de Ngaounderé; o inacabado da monarquia Douala, entre outros.

Kribi

Praias de areias brancas são o melhor atrativo dessa região. Nas proximidades, alguns vilarejos próximos, como Eboundja e Londji, oferecem frutos do mar da melhor qualidade além do contato com a população pesqueira local.

Fonte: www.geomade.com.br

Locais Turísticos de Camarões

Central e Oriental

Yaoundé, a capital, é construída sobre sete colinas. Ele tem 13 hotéis modernos e de mercados, lojas e cinemas.

Entre os museus que você vai encontrar o Museu dos beneditinos, o coração de um mosteiro beneditino no Monte Febe, que abriga uma coleção de artefatos e ofícios tradicionais, bem como o Museu Nacional de Yaounde, mais tarde.

Noroeste, montanhas exuberantes subida à altitude de 1000m. Mont Febe, com vista para a cidade, agora é um complexo turístico, trazendo hotel de luxo, discoteca, casino, jardins e campos de golfe. Alta altitude garante um clima agradável.

OESTE

Douala, a capital econômica dos Camarões, está localizado 24 km do mar, na margem esquerda do Wouri, dominada pelo Monte Camarões. A catedral, as ruas comerciais, os ofícios de artesanato nacionais (mercado / souvenir) Deido mercado, porto, museu, Wouri Ponte e café de classificação elétrica vale a pena visitar.

Buea é uma pequena cidade construída nas encostas do Monte Camarões (4.095m), o pico mais alto da África Ocidental e do vulcão mais alto da África.

Dschang é uma estação de montanha situada a uma altitude de 1.400 m, onde a temperatura é agradavelmente. A rota do sul de Douala e Nkongsamba através de magníficas paisagens, incluindo vales e cachoeiras espetaculares. Foumban, nordeste de Dschang, tem muitos edifícios tradicionais que remontam à colonização alemã, o palácio Fon abriga um centro de artesanato.

Você também vai encontrar o Museu do Palácio, cuja coleção inclui tronos bejeweled, armas, instrumentos musicais e máscaras de dança, o Museu de Artes e Tradições Bamoun e um mercado.

A cidade é um ótimo lugar para estadia para explorar as festas e comemorações Bamoun colorido da região Bamileke. Kribi, um pequeno porto e balneário ao sul de Douala, oferece talvez a mais bela praia de Camarões, o Londji alcance.

NORTE

Norte dos Camarões oferece paisagens inesperadas, a uma altitude média de 1.500 m, e planícies caindo para 300 metros, coberto com savana. Maroua está localizado no sopé das montanhas Mandara ao longo da Mayo.

Entre os locais a visitar incluem o mercado, o Diamare Museum (principalmente um museu etnográfico que vendem artesanato local:. Couro, jóias em relevo, etc), vários bairros e praias africanas de Mayo Kaliao. Um Parque Nacional é também nas proximidades (veja abaixo). Mokolo é uma pitoresca cidade situada no coração das Montanhas Rochosas para o terreno acidentado.

A cerca de 55 quilômetros, você vai encontrar a vila de Rhumsiki e seu labirinto de caminhos que ligam fazendas pequenas chamadas Kapsiki é aqui que vivo Kirdi, cujos costumes e folclore mudaram muito pouco ao longo dos séculos.

Parques Nacionais

Reserva é pequeno, mas Kalamaloué pode observar várias espécies de antílopes, macacos e javalis, elefantes também atravessar a reserva. O Parque Nacional de Waza ocupa 170.000 hectares. Ele inclui uma floresta (aberto novembro a março) e uma vasta área de planícies úmidas onde a grama é abundante, Yaeres chamados (aberto de fevereiro a junho). Elefantes, girafas, antílopes, hartebeest, waterbuck, leões, guepardos e warthogs abundam.

Uma grande variedade de espécies de aves também pessoas desta região: Eagles, guindastes perdiz, marabus, pelicanos, patos, gansos e uma variedade de pintadas. Benue National Park, localizado ao longo das principais estradas búfalos Ngaoundere Garoua-casas, hipopótamos, crocodilos, hienas, girafas, leopardos, leões e primatas diversos, e está aberto todo o ano.

O Korup National Park é o mais novo parque nacional na República dos Camarões, que abriga a mais antiga floresta tropical ea maior diversidade biológica na África. Acessível por táxi do arbusto, ele está localizado na ponta oeste do país, ao longo da fronteira da Nigéria, perto da cidade de Mundemba, cerca de 150 quilômetros a noroeste de Douala.

Fonte: www.afrique-planete.com

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.