Breaking News
Home / Turismo / Locais Turísticos do Níger

Locais Turísticos do Níger

PUBLICIDADE

Capital: Niamey
Idioma: francês e haussa
Moeda: franco da comunidade centro-africana
Clima: árido e savana
Fuso horário (UTC): +1

Níger conta com numerosos lugares de interesse para visitar, desde o norte desértico do Saara com suas paisagens douradas de excepcional beleza ao maciço montanhoso de Air no centro e as principais povoações concentradas às márgens do rio Níger.

NIAMEY

Niamey, a capital do país, está construida ao longo da bacia do rio Níger. Esta cidade tipicamente fluvial conta com formosos contrastes que valem a pena visitar, desde os bairros residenciais até as construções tipicamente africanas, menos suntuosas e mais exóticas, dos bairros Alto e Baixo da cidade, onde pode-se contemplar dromedários dando voltas, fazendo funcionar os tradicionais moinhos de azeite.

Resulta imprescindível a visita ao porto da cidade, sempre animado, onde pode-se desfrutar com o variado e colorido ambiente que nele se respira. Este mesmo ambiente respira-se nos mercados da cidade, no Grande Mercado e no Pequeno Mercado situados no centro da cidade.

O Bairro dos Artesanos oferece o maravilhoso espetáculo de poder contemplar como os mestres de diferentes etnias trabalham os diversos materiais seguindo as técnicas tradicionais apreendidas dos antepassados. Pode-se adquirir todo tipo de objetos a preços econômicos.

No Museu Nacional, que ocupa 24 hectares, pode-se admirar uma excelente mostra da história, folclore, artesanato e etnologia do país.

Resultam de interesse também o Centro Cultural Franco-Nígeriano, o Aquarium, o Zoo e o Jardim Botânico, onde pode-se desfrutar com a fauna e flora do país.

Como lugares curiosos que o visitante não deve perder-se destacam Bukoki, zona onde se reunem todas as tribos do país para celebrar um concorrido mercado de animais, com camelos, dromedários, cabras, ovelhas, bois, e outros muitos -os leilões são espetaculares. E nos arredores da cidade, Kouré, famoso pelas numerosas girafas.

AGADEZ

Nos tempos medievais essa cidade floresceu justamente por estar à borda do deserto, onde caravanas de camelos passavam por ela. Passou por vários problemas políticos e ainda hoje sofre com o ataque de tuaregs rebelados que se refugiam nas montanhas próximas de Aïr.

A Grande Mesquita foi reconstruída em 1844 em perfeita arquitetura sudanesa.

O Grande Mercado é o local mais animado da cidade, com uma grande variedade de artesanato. Outro ponto de interesse é o Mercado de Camelos.

Agadez é uma cidade desértica onde pode-se conviver com diversas tribos nômades. Conhecida como a Pérola do Níger esta vila destaca-se pela formosa arquitetura e a amabilidade das pessoas.

Resulta muito atrativo o barulhento mercado de camelos onde pode-se contemplar de perto os fascinantes homens azuis do deserto, os tuaregs, que acudem a este mercado para vender seus animais.

Este mercado encontra-se rodeado por construções de grande beleza como a grande mesquita do século XVI do estilo sudanes, com seu minarete de 27 metros de altitude, onde pode-se contemplar o maciço do Air, o Palácio do Sultão do qual apenas conservam-se as muralhas, o bairro Antigo cheio de locais de grande encanto e o Centro da Arte.

ZINDER

Zinder é a antiga capital do país e a terceira cidade em importância do país. Como lugares de interesse destacam o grande Mercado com uma grande atividade, o bairro Zengou, o bairro Birnin, o Palácio do Sultão e a mesquita com suas belas decorações geométricas, o Museu e o Centro Cultural Francês.

OUTRAS POVOAÇÕES DE INTERESSE

Na margem esquerda do rio Níger encontram-se Tillabery, famosa pela espetacular fauna que pode-se contemplar nos arredores e Ayoru muito popular pelo mercado dos domingos, onde os tuaregs com seus trajes azuis acodem para vender os seus produtos.

A 11 quilômetros, em Firgum, pode-se viajar de canoa pelo rio Níger e contemplar os hipopótamos que abundam na zona.

Arlit é conhecida pelas minas de uranio enquanto que Birnin-Koni é uma cidade petrolífera muito animada.

Diffa é uma cidade rural de grande encanto e Gaya, encantadora vila situada na fronteira com Benim, conta com excelentes mostras de arquitetura Sahelian.

Maradi é uma cidade comercial e industrial com um animado mercado. Nguigmi conta como máximo atrativo com seu colorido mercadinho.

Tahoua, denominada cidade Hausa, merece uma visita para conhecer em seu ambiente a esta etnia, a mais numerosa do país.

Atrações turísticas

Estes incluem os parques de vida selvagem no Parque W, Boubon área de lazer na Ilha do rio Níger perto de Niamey, a área de Say, perto da fronteira do Benin, e Diffa no Lago Chade.

Locais históricos incluem Tahoua; Agadez, com sua mesquita do século 16; ruínas do Império de Sokoto em Maradi e Konni e Zinder, a capital colonial do Níger até a capital mudou-se para Niamey em 1920.

A Arte nativa e artesanato estão disponíveis, particularmente em Agadez. (No entanto, as viagens para Agadez e outras cidades do norte é desencorajado devido à tensão política e étnica em curso.)

Parque Nacional de W

Considerado um dos melhores “game parks” na África Ocidental, com grande quantidade de carnívoros, como leões, leopardos, chitas, hienas e chacais, e de suas presas, como antílopes, babuínos, pássaros, elefantes, e crocodilos. O parque fica nas savanas do sul do país.

Fonte: www.rumbo.com.br/www.geomade.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.