Breaking News
Home / História do Brasil / Bandeirantes

Bandeirantes

PUBLICIDADE

Durante os primeiros anos da colonização brasileira, a figura dos bandeirantes se mostrou como uma das mais importantes para a recém descoberta terra pela parte portuguesa, ao lado apenas dos jesuítas e donatários.

Os bandeirantes eram sertanistas que a partir das primeiras décadas do século XVI desbravaram as paisagens naturais brasileiras em busca de riquezas minerais como ouro e prata. Sua motivação dava-se devido ao grande descobrimento dessas riquezas na América Espanhola, fato este que invejava aos portugueses. Paralelamente, os bandeirantes também eram responsáveis pela captura de indígenas para escravização e combate e destruição de comunidades de índios e escravos foragidos, os quilombos.

Bandeirantes
Representação de Domingos Jorge Velho, um dos mais importantes bandeirantes brasileiros. Entretanto, não se sabe ao certo a sua feição, uma vez que a imagem foi feita posteriormente e com fins políticos.

Devido as dimensões do Brasil, a ganância pelo ouro e ao pouco controle metropolitano,  os bandeirantes acabavam desrespeitando os limites impostos à Portugal pelo famoso Tratado de Tordesilhas. Por este motivo, foi justamente graças aos bandeirantes que foram descobertas as primeiras jazidas de ouro nas regiões Centro Oeste e Sul do Brasil, e, em especial, em Minas Gerais.

Bandeirantes

Ao fim e ao cabo, os bandeirantes se tornaram figuras polêmicas e contraditórias devido ao fato de que existe certa discrepância entre seus feitos e a memória construída em torno deles. A maioria das representações sobre estas figuras são bem conhecidas do imaginário popular, em especial dos habitantes do estado de São Paulo: os bandeirantes são apresentados como heróis nacionais, homens fortes, bravos e destemidos que lutaram contra uma série de intempéries, aí inclusos os ferozes índios, em busca do ouro no Brasil. Como consequência de sua bravura, os bandeirantes acabaram por fundar o principal estado do país.

Como todo processo de construção memorialística, esse processo é dado a manipulação daqueles responsáveis por escrever e, na verdade construir essa história. Nesse processo, alguns fatos são descartados, como, por exemplo, a nacionalidade dos bandeirantes, uma vez que muitos nem sequer eram portugueses de fato, bem como a realidade social dos mesmos, desconsiderando que muitos eram tidos por persona non grata em Portugal.

Pelo ponto positivo, foi devido às andanças dos bandeirantes que o Brasil conseguiu expandir as suas fronteiras, descobrindo assim riquezas minerais que salvariam a nossa economia após a falência do comércio canavieiro e alicerçando as bases para que a colônia viesse a se tornar o maior e mais importante país da América Latina.

Vinicius Carlos da Silva

Bandeirantes – Movimento

O movimento dos bandeirantes, ou simplesmente bandeiras, foi um movimento iniciado em meados do século XVII.

Os bandeirantes foram, praticamente, os desbravadores do Brasil.

Bartolomeu Bueno da Silva, Antônio Raposo Tavares, Manuel de Borba Gato e Fernão Dias Pais são alguns dos mais famososbandeirantes.

No início do movimento, os bandeirantes adentravam o país em busca de índios para serem escravizados. Depois que a escravidão de índios deixou de ser usual, ele passaram a procurar no interior do país metais preciosos.

Foi aí que o ouro foi descoberto em Cuiabá e também em Minas Gerais. Goiás também teve suas cidades mineradoras como a antiga Vila Boa – atual Cidade de Goiás – e Pirenópolis. Os bandeirantes também capturavam escravos fugitivos que se embrenhavam dentro de matas para formar quilombos. O Quilombo dos Palmares, por exemplo, foi destruído por um grupo de bandeirantes.

Durante suas aventuras no território brasileiro, os mantimentos dosbandeirantes muitas vezes acabavam. Assim, eles eram obrigados a montar acampamentos para plantar e fazer reposição do estoque de mantimentos. Esses acampamentos davam origem a pequenos arraiais. Os arraiais formados por causa da mineração, muitas vezes desapareciam junto com a prospecção ou então davam origem a municípios.

As descobertas de ouro e pedras preciosas no Brasil tornaram-se as mais importantes do Novo Mundo colonial. A corrida por minerais preciosos resultava na falta de gente para plantar e colher nas fazendas. Calcula-se que, ao longo de cem anos, foram garimpados dois milhões de quilos de ouro no país, e cerca de 2,4 milhões de quilates de diamante foram extraídos das rochas. Pelo menos 615 toneladas de ouro chegaram a Portugal até 1822.

Toda essa fortuna não foi reinvestida no Brasil, nem em Portugal:passou para a Inglaterra, que vinha colhendo os frutos de sua Revolução Industrial.

Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhangüera

Foi o pioneiro na exploração dos sertões de Goiás. Seu filho de apenas 12 anos, também chamado Bartolomeu Bueno, participou de sua primeira expedição, em 1682. O Anhangüera ficou conhecido assim porque colocou fogo em aguardente e disse aos índios Goiases que era água. Os índios passaram a chamá-lo a partir de então de Anhangüera, que significa “Diabo Velho”.

Antônio Raposo Tavares

Ele apreendeu cerca de dez mil índios para vender como escravos ou para trabalhar em sua fazenda. Raposo Tavares (1598-1658), atravessou pela primeira vez a Floresta Amazônica.

Fernão Dias Pais

Conhecido como “caçador de esmeraldas”, ganhou do governador-geral do Brasil, Afonso Furtado, o direito de liderar uma expedição em busca de pedras preciosas, isso entre 1674 a 1681. Apesar disso, nunca encontrou esmeraldas. Ele mandou enforcar o próprio filho, José Dias Pais, que liderou uma revolta.

Manuel da Borba Gato

Genro de Fernão Dias, foi acusado de um assassinato e fugiu para a região do Rio Doce, em Sabará (MG). Descobriu ouro em Sabarabuçu e no Rio das Velhas.

Ele também participou da Guerra dos Emboabas, entre 1708 e 1709.

Portal São Francisco

Veja também

Presidentes da Câmara Municipal de Limeira

PUBLICIDADE A partir de 22 de julho de 1844 DATA(S) NOME(S) 1844/1845 Cap. Manoel José …

Personagens da História de Limeira

PUBLICIDADE Capitão Luiz Manoel da Cunha Bastos O fundador de Limeira nasceu em Portugal, na …

Hino da Cidade de Limeira

PUBLICIDADE Música: Prof.ª Dyrcéia Ricci Ciarrochi Letra: Dr. Guilherme Mallet Guimarães Harmonização: Mário Tintori Chão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.