Breaking News
Home / Turismo / Região Norte do Brasil

Região Norte do Brasil

PUBLICIDADE

A região compreende os estados do Tocantins (Palmas). Pará (Belém), Amapá (Macapá), Roraima (Boa Vista), Amazonas (Manaus), Acre (Rio Branco) e Rondonia (Porto Velho).

Esta é a região que acolhe grande parte da Amazonia, extende-se por Bolívia, Peru, Equador, Colombia e Venezuela. A mais importante reserva biológica do mundo, com mais de 30% das espécies vivas do planeta, sem esquecer, que a Bacia Amazônica possui a quinta parte da reserva de água doce do mundo. O coração da região é o Rio Amazonas, que desemboca, depois de percorrer 5.500 quilômetros no Oceano Atlântico.

AMAZONAS

É o maior estado do Brasil, ocupando cerca de 20% do território nacional e tem sua capital em Manaus, na confluência dos rios Negro e Amazonas.

MANAUS

Manaus, no coração da selva e a 1.500 quilômetros do Oceano Atlântico, teve seu esplendor, como nenhuma outra cidade brasileira nos princípios do século. É um dos portos fluviais mais importantes do país e sua condição de zona franca tem favorecido notavelmente, a afluência de turistas. Os europeus atraídos pela riqueza da extração da borracha, montaram uma eficiente infra-estrutura urbana. Com os recursos edificaram construções imponentes, como é o caso do Teatro Amazonas, Teatro da Ópera, de estilo renascentista e desenhado e construido com materiais e arquitetos trazidos da Europa. Destaca-se sua cúpula coberta com trinta e seis mil escamas em cerâmica esmaltada e pintada com as cores da bandeira nacional e o pequeno museu, onde exibem-se diversas peças relacionadas com a cultura.

Na cidade recomendamos a visita ao Palácio Rio Negro, sede do governo estatal, e antiga residência do barão da borracha, o Porto Flutuante, construido em 1906, o Museu do Homem do Norte, um museu etnológico e antropológico (horário: terças às sextas-feiras das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Segundas –feiras das 9 às 12 horas) e o Museu do Índio, com peças de cerâmica, madeira e objetos ritualísticos de diferentes tribos.

Outros dos locais de interesse é o Mercado Municipal, construido em aço, no ano de 1882. O ambiente que respira-se é o único e não duvide em aproximar-se, já que aquí poderá encontrar a maioria dos exóticos produtos da região. O Porto Flutuante, dos principios do século é outro atrativo, sem esquecer o Instituto de Pesquisa do Amazonas, dedicado aos estudos do ecossistema.

Outro dos atrativos de Manaus é a Praia de Ponta Negra, a 13 quilômetros do centro da cidade, com mais de 2 quilômetros de fina areia e excelente local para contemplar o pôr do sol. Muito próximo a Reserva do Tarumá, um centro de reabilitação de animais, onde pode-se fazer fotos de algumas espécies da região. De Manaus pode-se realizar diversas excursões pela selva para acampar, observar a flora e a fauna e encontrar –se com uma maravilhosa natureza.

PARÁ

Os principais atrativos do Estado do Pará são as cidades de Belém, Santarém, a Ilha de Marajó e as navegações pelos rios Trombeta, Tapajós e Xingu.

BELÉM

Belém, a capital do estado, centro econômico da região norte e uma cidade fascinante com um passado explenderoso. Belém é uma das cidades com maior precipitações pluviais do mundo, não existe seca. É imprescindível uma boa capa de chuva, umas botas impermeáveis e um bom espírito para adentrar-se na “selva”.

A visita pode iniciar-se pela Praça da República, o centro de reunião dos habitantes. Encostado está o Teatro da Paz, do século XIX e, de estilo neo clássico com desenhos suntuosos a base de colunas grandes, espelhos, cristais, lâmpadas, etc.(horário: segunda à sexta-feira das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas). Em direção Bahia Guajará (Rio Amazonas), encontra-se o Mercado Ver o Peso, chamado assim pelos portugueses que verificavam o peso da pesca ao sair dos barcos. O espetáculo é muito interessante pela forma que vendem as verduras e frutas. É conveniente extremar as precauções. Ao nordeste da cidade encontra-se a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, construida em 1909 e, inspirada na Basílica de São Pedro em Roma. Em seu interior destacam-se os trabalhos em mármore e ouro e o pequeno Museu de Arte Sacra. Durante a celebração do Cirio de Nazaré, o templo é visitado por mais de um milhão de pessoas (aberto das 6:30 às 11:30 horas e de 15 às 21 horas). Mais ao nordeste, o Museu Emílio Goeldi, formado pelo Museu de Etnologia, o Parque Zoológico e o Aquário. Aqui pode-se admirar excelentes trabalhos em cerâmica dos índios Marajós (horário: terças à sexta-feira das 9 às 12 horas. Sábado e domingo das 9 às 17 horas).

Aconselhamos realizar algum passeio pelas praias e uma visita a Ilha de Marajó, uma das ilhas fluviais, a maior do mundo, assim como a Ilha de Mosqueiro, o lugar predileto dos habitantes da região, para descançar em suas praias nos finais de semana.

Santarém é uma tranquila e plácida vila, onde pode-se realizar uma viagem a confluência das águas, isto é, o lugar em que o rio Tapajós une com o rio Amazonas. Na cidade pode-se visitar a Casa da Cultura, o Mercado de Peixes e o pequeño mercado flutuante. O Parque Nacional da Amazônia, muito próximo do povoado de Itaituba é o melhor exemplo da terrível desflorestamento que tem submetido-se a região do Amazonas.

OUTROS ESTADOS DA REGIÃO NORTE

Os outros estados da Região Norte prevalecem as zonas selvagens, os afluentes do rio Amazonas, assim como, importantes Parques Nacionais como o Parque Nacional do Araguaia na Ilha do Bananal ou Reserva Especial dos Índios Yanomami, em Roraima, fronteira com a Venezuela.

O Estado Amapá, destaca-se a capital Macapá com o Forte São José de Macapá do século XVIII, como máximo expoente, a vila africana de Curiaú, o Rio Araguari, a Serra do Navio, a Reserva Biológica do Lago Piratuba, a Estação Ecológica de Maracá -Jipioca e o Parque Nacional de Cabo Orange, santuário de tartarugas.

Quanto o Estado do Tocantins, criado nos finais dos nos 80, distingue-se por alojar um trecho do Rio Araguaia e o Parque Nacionalñ do Araguaia na Ilha do Bananal.

O Estado de Roraima tem sua capital na população de Boa Vista, desenhada de forma estranha. A partir da Praça do Centro Cívico, partem quase todas as ruas, em forma de abanico, onde a orientação é coisa complicada. O Estado aloja o Monte Roraima, que pode-se ter acesso desde da pequena São Francisco de Yuruani, 60 km ao norte de Santa Elena.

O Estado de Rondonia nasceu do antigo Território de Guaporé, tem sua capital em Porto Velho, uma cidade jovem que tem crescido sem contemplações, nem planos urbanísticos. Nela encontra-se a velha Estação de Trem Madeira-Mármore e o Museu Ferroviário. Em algumas ocasiões funciona o trajeto entre estas cidades e se coinscedir, não duvide em abordar os velhos trens, para fundir-se em uma deliciosa e mística viagem. No Estado destaca-se além, as reservas biológicas de Guaporé e de Jaru, o Parque Nacional de Pacáas Novas e a Estação Biológica Cunia.

Finalmente, o Estado do Acre, local preferido pelos implacáveis colonizadores. Não esqueça-se que foi o território onde o célebre Chico Mendes, foi assinado no ano de 1988, inciou sua atividade para conscientizar que o desmatamento é um problema que compromete todo o mundo. Rio Branco é a capital e nela sobressai a Casa do Seringueiro, com uma boa coleção de fotos e vídeos do assinato do líder e o Museo da Borracha, com salas dedicadas a arqueologia, etnologia e história. De Rio Branco pode-se realizar visitas a Colônia Cinco Mil, uma comunidade religiosa que segue as doutrinas do Santo Daime, introduzidas na décadas dos anos 30 por Raimundo Irineu Serra (ver População e Costumes).

Fonte: www.rumbo.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.