Breaking News
Home / Corpo Humano / Baço

Baço

PUBLICIDADE

Baço é um órgão sólido, de coloração arroxeada, consistência mole e elástica; localiza-se na parte superior do abdome, no lado esquerdo, abaixo das costelas; mede aproximadamente 12 cm de comprimento, 8 cm de largura e 5 cm de espessura, tem várias funções importantes no corpo humano.

Basicamente, as funções do baço como parte do sistema imunológico funciona como um filtro e um reservatório de sangue.

baço produz, controla, armazena e destrói células sangüíneas.

Trata-se de um órgão esponjoso, macio e de cor púrpura, quase do tamanho de um punho e localizado na região superior esquerda da cavidade abdominal, logo abaixo das costelas.

O baço funciona como dois órgãos.

A polpa branca faz parte do sistema de defesa (sistema imune) e a polpa vermelha remove os materiais inúteis do sangue (p.ex., eritrócitos defeituosos).

Certos leucócitos (linfócitos) produzem anticorpos protetores e têm um papel importante no combate às infecções.

Os linfócitos são produzidos e amadurecem na polpa branca.

polpa vermelha contém outros leucócitos (fagócitos) que ingerem o material indesejado (p.ex., bactérias ou células defeituosas) do sangue circulante.

A polpa vermelha controla os eritrócitos, determina quais são anormais ou velhos demais ou lesados e não funcionam adequadamente, e os destrói.

Consequentemente, a polpa vermelha é algumas vezes denominada cemitério de eritrócitos. A polpa vermelha também serve como depósito de elementos do sangue, especialmente de leucócitos e plaquetas (partículas semelhantes a células e que estão envolvidas no processo de coagulação). Em muitos animais, a polpa vermelha libera esses elementos do sangue na circulação sanguínea quando o organismo necessita deles, mas, nos seres humanos, essa liberação não representa uma função importante do baço. Quando é realizada uma esplenectomia (remoção cirúrgica do baço), o corpo perde parte da sua capacidade de produzir anticorpos protetores e de remover bactérias indesejáveis do sangue. Consequentemente, a capacidade do corpo de combater as infecções é reduzida.

Após um breve período, outros órgãos (principalmente o fígado) aumentam sua capacidade de combate s infecções para compensar essa perda e, por essa razão, o risco de infecção não dura toda a vida.

Polpas Branca e Vermelha

Baço

Em seu interior encontra-se um material de consistência mole, chamado polpa. Distingue-se a polpa branca e a polpa vermelha. A primeira é formada por nódulos linfáticos (Corpúsculos de Malpighi – semelhantes aos gânglios linfáticos).

A segunda, constituída de glóbulos vermelhos e brancos, relaciona-se ainda com as veias de nosso organismo; e a polpa branca, por sua vez, com as artérias.

Baço – Funcionamento

Quando o baço aumenta, está acumulando sangue como um “banco”. Esse sangue traz glóbulos vermelhos jovens e velhos, ou seja, uns podem fixar o oxigênio de que precisamos e outros não podem mais.

Então, o baço faz sua seleção e retém alguns dos glóbulos vermelhos velhos, destruindo-os. A hemoglobina desse é, posteriormente, transformada em bilirrubina, pigmento da bile, restando o ferro.

O ferro é outra vez utilizado pela medula óssea na formação de nova hemoglobina, preparando-se, por esse processo, o caminho para a produção de novos glóbulos vermelhos.

Estes só são produzidos no baço durante a fase embrionária, sendo depois formados na medula óssea.

A função de reter os glóbulos vermelhos é realizada por macrófagos existentes no baço, que englobam e destroem as hemácias velhas e parasitas (processo chamado de fagocitose), evitando assim, um grande número de doenças.

O baço também produz glóbulos brancos e regula o volume de sangue em circulação nas artérias e veias.

No caso de sofrer um corte ou hemorragia, o baço bombeia imediatamente mais líquido para o aparelho circulatório, restabelecendo aos poucos, o equilíbrio.

Funções do Baço

Baço é um órgão importante que é considerado como uma parte do sistema linfático. Este órgão está presente em quase todos os vertebrados, incluindo seres humanos e cães, e que desempenha várias funções importantes em nosso corpo.

O baço humano está localizado na parte superior esquerda do abdômen, logo abaixo do diafragma e atrás do estômago. É um órgão pequeno, não maior do que o tamanho de um punho.

No feto, a função principal deste órgão é a fabricação de hemácias e leucócitos (glóbulos brancos). Após o nascimento esta função é interrompida. Porém, esta função pode ser reiniciada posteriormente caso apareça alguma doença que debilite esta função na medula óssea.

O baço humano médio é de cerca de 12 cm de comprimento, 7 centímetros de altura, quatro centímetros de espessura e pesa cerca de 150 gm. No entanto, várias condições e as infecções podem causar alargamento deste rgão, que é referido como esplenomegalia.

O baço é um órgão humano soft, que é roxo escuro. Os tecidos deste órgão podem ser classificados em dois tipos, polpa branca e polpa vermelha, que são responsáveis por executar algumas funções específicas.

Aqui está uma breve discussão sobre a função do baço, em seres humanos.

O que o baço humano faz?

BaçoBaço

baço humano é um componente importante do sistema linfático. Ele está preocupado com a produção de linfócitos, que é um tipo de glóbulos brancos.

Pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts e da Escola de Medicina de Harvard relataram estudos que revelam ser o baço um reservatório de grandes quantidades das células do sistema imunológico conhecidas como monócitos.

E ainda relataram que, na ocorrência de um sério trauma ao corpo, como um ataque cardíaco, um ferimento profundo ou uma invasão microbiana, o baço lança uma multidão de monócitos na corrente sanguínea para debelar a crise.

A descoberta acrescenta um novo nível de complexidade anteriormente não associado ao órgão.

Então, o baço é parte integrante do sistema imunológico humano, como os linfócitos são responsáveis pela produção de anticorpos para lutar contra os invasores estranhos.

Os anticorpos são principalmente associados com a destruição das bactérias, vírus ou quaisquer outros microorganismos ou germes, que podem causar diversas doenças.

Esta função imunológica do baço é o tema da polpa branca do órgão.

A polpa vermelha do baço, por outro lado, está preocupada com a procura após as atividades de filtração, ou seja, remover as antigas ou danificadas células vermelhas do sangue do corpo.

Baço também é responsável por agir como um reservatório de sangue a ser fornecido no momento da emergência como choque hemorrágico ou perda excessiva de sangue devido a cortes ou ferimentos.

Ao agir como um filtro, o baço reconhece, bem como remove as velhas, ou estragadas e malformadas células vermelhas do sangue. Os velhos glóbulos vermelhos são, discriminados pelos macrófagos, que são um tipo de fagócitos.

Baço

Outra característica importante sobre a função do baço é que ao filtrar o sangue, ou seja, ao destruir os glóbulos vermelhos velhos, conserva alguns elementos importantes como o ferro a partir deles.

O ferro é armazenado no baço como bilirrubina e ferritina. Preservado desta forma é então transportado para a medula óssea, que é o principal local de síntese de hemoglobina.

A hemoglobina é um tipo de proteína que consiste em transportar o oxigênio dos pulmões para todos os tecidos e órgãos do nosso corpo. Para além destas funções, o baço também armazena os monócitos, que é um tipo de leucócitos que ajudam engolindo e digerindo as bactérias e outros microorganismos nocivos.

Baço – Órgão

Baço é um órgão esponjoso e de cor avermelhada; em condições normais, não é palpável, sendo visualizado apenas com auxílio de exames radiológicos como a ultra-sonografia ou a tomografia computadorizada.

Está localizado abaixo do diafragma, no quadrante superior esquerdo do abdome.

O baço funciona como um grande “filtro” de sangue. É no seu interior que as hemácias defeituosas ou muito velhas são removidas.

Além disso, o baço é parte importante do sistema imunológico, onde os linfócitos têm a oportunidade de entrar em contato com antígenos estranhos, presentes na superfície de agentes infecciosos que eventualmente ganhem acesso corrente sangüínea.

Nos adultos jovens pesa cerca de 200 gramas e com o passar dos anos tende a ter seu tamanho reduzido, chegando a 120 gramas em pessoas idosas. Tem 12 cm de comprimento e 8cm de largura.

Variando o estado de saúde pode ter seu tamanho aumentado.

O baço não é um órgão essencial, embora muito importante. Com a esplenectomia (retirada cirúrgica do baço, muitas vezes necessária em pessoas que sofrem traumatismos abdominais), sofreremos uma anemia, nos recuperando após algum tempo por haver outras partes do organismo com condições de assumir as funções que ele desempenha.

É necessário, porém que tenhamos atenção médica especial sempre que se apresente qualquer sinal de infecção (ex: febre) já que o indivíduo fica mais predisposto a infecções graves.

No seu interior podemos distinguir a polpa branca, que constitui um quarto de todo órgão, na qual encontramos o tecido linfóide (formada por nódulos linfáticos, denominados corpúsculos de Malpighi, semelhantes aos gânglios linfáticos) e a polpa vermelha, na qual se encontra seu tecido vascular, sendo constituído de glóbulos vermelhos e brancos.

Baço – Localização

Localizado na parte superior esquerda do abdome, o baço desempenha uma função importante na defesa do organismo contra infecções e invasão de partículas estranhas.

baço é um órgão do tipo vascular, constituído de tecido mole (polpa esplênica) e envolto por fibras musculares lisas. Localiza-se abaixo do diafragma e atrás do estômago. Com forma oval, mede cerca de 13cm de comprimento e sete a dez centímetros de largura. Entre suas funções está a eliminação de glóbulos vermelhos anormais, mortos ou fragmentados, por meio da macrofagia (ação de células grandes, de um só núcleo, capazes de devorar elementos estranhos). Por ação fagocitária (processo de envolvimento e digestão), o baço se encarrega também de remover bactérias e outras partículas nocivas.

Responsável pela produção de anticorpos e linfócitos (um tipo de glóbulo branco do sangue), o baço influencia a regulação do número de leucócitos e plaquetas sangüíneas.

Sua atuação é importante na formação de sangue e na duração da vida das hemácias.

Não é rara a ruptura do baço, decorrente de traumatismo na parte superior do abdome, sobretudo em acidentes de automóvel.

É possível haver ruptura espontânea ou durante exame de palpação de baço aumentado por causas diversas, como mononucleose infecciosa, septicemia ou outras infecções. Há, em tais casos, dor aguda e sinais de hemorragia intra-abdominal.

Alguns tipos de anemia podem atingir o baço. Uma delas, a anemia hemolítica adquirida, de natureza auto-imune, caracteriza-se por uma súbita destruição dos glóbulos vermelhos (a hemólise), com risco de morte.

Pode ocorrer em todas as idades, sobretudo no sexo feminino. Uma variante é a anemia hemolítica de tipo não imune. Nesta, a destruição dos glóbulos vermelhos se dá no próprio baço, que cresce mais do que no caso anterior.

Doenças infecciosas como tuberculose, esquistossomose e brucelose, podem provocar aumento do volume do baço, ou esplenomegalia. São raros, porém, os casos de abscessos, tumores e cistos, e raramente o câncer dá metástase para o baço.

Condições que afetam o baço

Muitas condições diferentes podem fazer com que o baço aumente, especialmente doenças que fazem com que as células sanguíneas se rompam muito rapidamente. Uma destruição excessiva de células sanguíneas, por exemplo, pode sobrecarregar o baço e fazer com que ele cresça.

Outras condições que causam um aumento do baço incluem:

Infecções bacterianas, virais e parasitárias, como sífilis, tuberculose, endocardite, mononucleose (mono) e malária
Cânceres do sangue, como doença de Hodgkin, leucemia e linfoma
Doenças hepáticas como cirrose
Anemia hemolítica
Distúrbios metabólicos como doença de Gaucher e doença de Niemann-Pick
Um coágulo de sangue em uma veia do baço ou fígado

Quando o baço aumenta, ele não consegue filtrar o sangue com a mesma eficiência de antes. Pode acidentalmente filtrar glóbulos vermelhos e plaquetas normais, deixando menos glóbulos saudáveis em seu corpo.

Um aumento do baço que leva à destruição de muitas células sanguíneas é uma condição chamada hiperesplenismo.

Um baço aumentado pode não causar sintomas no início. Eventualmente, pode se tornar doloroso. Se o baço aumentar muito, ele pode romper.

O baço também pode ser ferido ou romper imediatamente após um golpe forte no abdômen, uma fratura de costela ou outro acidente. Isso pode levar à remoção do baço.

Aumento de Tamanho do Baço

Quando o baço aumenta de tamanho (esplenomegalia), a sua capacidade de reter e armazenar células sangüíneas aumenta. A esplenomegalia pode reduzir o número de eritrócitos, de leucócitos e de plaquetas circulantes. Muitas doenças podem causar esplenomegalia. Para definir a sua causa, o médico deve aventar a possibilidade de distúrbios que vão desde cânceres do sangue até infecções crônicas. Quando o baço aumentado de tamanho retém um grande número de células sangüíneas anormais, estas produzem obstruções no seu interior e interferem no seu funcionamento.

Este processo pode dar início a um ciclo vicioso: quanto mais células o baço retém, maior ele fica; quanto maior ele fica, mais células ele retém.

Quando o baço remove da circulação uma quantidade excessiva de células sangüíneas (hiperesplenismo), podem ocorrer vários problemas como, por exemplo, anemia (uma quantidade excessivamente pequena de eritrócitos), infecções freqüentes (decorrentes do número excessivamente pequeno de leucócitos) e distúrbios hemorrágicos (devidos a uma quantidade muito pequena de plaquetas).

Com o passar do tempo, o baço muito aumentado de tamanho também retém células sangüíneas normais e as destrói juntamente com as células anormais.

Ruptura do Baço

Como o baço está localizado na parte superior esquerda do abdômen, um golpe forte sobre o estômago pode rompê-lo, lacerando a cápsula que o recobre e o tecido interno.

A ruptura do baço é a complicação grave mais freqüente de lesões abdominais causadas por acidentes automobilísticos, por acidentes esportivos ou por agressões. Quando o baço rompe, um grande volume de sangue pode extravasar para o interior da cavidade abdominal. A resistente cápsula externa do baço pode conter o sangramento temporariamente, mas é necessária a realização imediata de uma cirurgia para evitar uma hemorragia potencialmente letal.

Doenças que podem prejudicar as funções do Baço

Várias doenças podem causar aumento do baço e, assim, interromper as suas funções. Aumento do baço ou esplenomegalia é o principal problema de saúde associado ao órgão.

Condições como a infecção, a malária, anemia, lúpus sistemático, como câncer de linfoma, leucemia e doenças hepáticas como a cirrose pode causar um alargamento do órgão, que resulta do aprisionamento excesso de glóbulos e plaquetas. Este, por sua vez, pode aumentar o risco de outras doenças e infecções.

Às vezes, um aumento significativo no tamanho do baço pode resultar em ruptura, o que exige atenção médica imediata. Tal condição pode exigir cirurgia para remover uma parte ou o baço inteiro.

Um fato importante sobre o baço é que, embora ele executa várias funções importantes, não é um órgão vital, ou seja, humanos pode sobreviver sem o baço.

Remoção do Baço

No caso de remoção cirúrgica de todo o órgão, a maioria das funções do baço são absorvidos pelo fígado e outros órgãos do corpo. No entanto, se apenas uma parte do baço é removido, o órgão pode se regenerar.

Embora possamos sobreviver sem o baço, a sua ausência pode aumentar o risco de infecções. Além disso, esse fato também pode afetar a quantidade de células circulantes no sangue e plaquetas. Isso pode debilitar o sistema imunológico de uma forma muito perigosa pelo resto da vida do indivíduo.

Portanto, o baço não deve ser negligenciado e qualquer problema deve ser atendido imediatamente, a fim de detectar as causas subjacentes.

Para isso, um entendimento sobre as funções do baço e os problemas relacionados com o órgão é muito importante e espero que este artigo tem ajudado você a este respeito.

Fonte: www.msd-brazil.com/usuarios.cultura.com.br/www.virtual.epm.br/www.healthline.com/www.chp.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Córtex auditivo

PUBLICIDADE Córtex auditivo – Definição O córtex auditivo executa uma variedade de funções que nos permitem segregar …

Hipotálamo

PUBLICIDADE O que é o hipotálamo? O hipotálamo é a pequena estrutura em forma de cone dentro …

Sistema Nervoso Simpático

PUBLICIDADE Sistema Nervoso Simpático – Definição O sistema autônomo é composto de duas divisões, os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.