Breaking News
Home / Corpo Humano / Cérebro

Cérebro

PUBLICIDADE

Cérebro humano – O que é

cérebro é a parte mais complexa do corpo humano. Esse órgão de um quilo é a sede da inteligência, intérprete dos sentidos, iniciador do movimento corporal e controlador do comportamento.

É responsável por tudo que você faz, pensa, sente e diz – as coisas que fazem de você quem você é e permitem que você realize suas atividades diárias.

Em sua concha ossuda e lavado por um fluido protetor, o cérebro é a fonte de todas as qualidades que definem nossa humanidade. O cérebro é a joia da coroa do corpo humano.

Cérebro humano, que requer 25% daquilo que o coração bombeia, é particularmente complexo e extenso. Se divide em 2 metades, o hemisfério esquerdo e o hemisfério direito.

O seu aspecto se assemelha ao míolo de uma nóz.

É um conjunto distribuído de milhares de milhões de células que se extende por uma área de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo às chamadas «áreas funcionais», que podem cada uma abranger até um décimo dessa área.

cérebro cresce à um ritmo impressionante durante o seu desenvolvimento. Em certas épocas do desenvolvimento cerebral, 250.000 novos neurônios por minuto são adicionados!!! No nascimento, o cérebro já possui a maioria dos neurônios definitivos. Mesmo assim, o cérebro continua à crescer por alguns anos após o nascimento. Lá pelo segundo ano de vida, o cérebro já possui 80% do tamanho do cérebro adulto.

Como é que o cérebro funciona?

cérebro é o órgão primário do sistema nervoso central em quase todos os animais, incluindo humanos. Ele coleta informações dos órgãos sensoriais e das células nervosas do corpo, que nos vertebrados estão ligadas a ele através da medula espinhal. As células cerebrais processam essas informações para decidir e executar ações, funções que podem realizar milhões de vezes em um segundo.

Em humanos, o cérebro também inicia a linguagem, o raciocínio e a criatividade. Este órgão é objeto de estudo contínuo e algumas de suas funções ainda não são totalmente compreendidas.

Como o resto do sistema nervoso, o cérebro é composto de células nervosas, também chamadas de neurônios. Únicos entre as células, os neurônios são projetados para transmitir informações entre si e outras células com impulsos elétricos e químicos. Os neurônios têm grande comprimento para esse propósito; uma única célula pode se estender por mais de 1 metro em seres humanos. Essas células formam uma rede densa no cérebro para transmitir e processar informações rapidamente. Em criaturas primitivas, o cérebro pode não ser mais do que um ponto largo na medula espinhal. Em criaturas avançadas como os humanos, 100 bilhões de neurônios se combinam para criar um órgão complexo pesando mais de 1,36 kg.

Em humanos, o cérebro tem várias seções, cada uma das quais controla diferentes funções físicas ou mentais. No topo da coluna vertebral, o tronco cerebral regula as funções involuntárias, como respiração e circulação, e se conecta aos nervos da medula espinhal. Estruturas próximas chamadas tálamo e hipotálamo lidam com a dor, o desejo sexual e o sono.

As funções motoras e o equilíbrio são mantidos pelo cerebelo, também localizado na base do cérebro.

A principal estrutura do cérebro humano é o cérebro, dividido em hemisférios direito e esquerdo.

Grande parte dessa estrutura é composta por milhões de axônios entrelaçados, as partes das células nervosas responsáveis pela transferência de informações. Essa área, conhecida coletivamente como substância branca, coordena a entrada sensorial, a função hormonal e algumas emoções simples. A camada mais externa, o córtex cerebral, lida com tarefas complexas como linguagem, memória e pensamento ou emoção avançados.

córtex cerebral é composto de neurônios. Sua cor cinza em cérebros preservados inspirou a frase matéria cinzenta. Os axônios dessas células constituem a substância branca subjacente.

Qualquer célula ou axônio pode se comunicar com qualquer outra por meio de conexões chamadas sinapses, sinais elétricos no neurônio que disparam sinais químicos, que por sua vez criam outros sinais elétricos no neurônio receptor. Este processo, repetido milhões de vezes por segundo ao longo de trilhões de sinapses possíveis, é responsável pelo funcionamento do cérebro.

Os detalhes precisos desse funcionamento são objeto de estudo científico contínuo.

Quais são as partes do cérebro?

As várias partes do cérebro trabalham juntas para conduzir os processos de pensamento diários e as funções necessárias, como a respiração.

Essencialmente, o cérebro é composto pelo prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Cada parte consiste em estruturas diferentes que lhes permitem realizar tarefas diferentes e lidar com responsabilidades variadas.

Composto pelo cérebro e pelas estruturas dentro do cérebro conhecidas como cérebro interno, o prosencéfalo é a maior parte do cérebro. Conectado por feixes de nervos, o cérebro é composto por dois hemisférios, chamados de hemisfério direito e hemisfério esquerdo. As atividades controladas pelo hemisfério esquerdo incluem movimentos do lado direito do corpo e a capacidade de formar pensamentos.

O lado direito do cérebro controla os movimentos do lado esquerdo do corpo e permite que você pense abstratamente.

Em cada hemisfério do cérebro existem lobos com funções especializadas. Os lobos frontais lidam com tarefas de planejamento e programação. Os lobos parietais permitem que você experimente o sabor, o toque e a temperatura. Responsáveis por processar as imagens e armazená-las na memória são os lobos occipitais. Finalmente, seus lobos temporais permitem processar música e formar memórias relacionadas a atividades musicais.

Alojados no interior do cérebro, o hipotálamo, o tálamo, o hipocampo e os gânglios da base representam outro segmento do prosencéfalo. Esses órgãos e células nervosas trabalham juntos para transferir sinais entre o cérebro e a medula espinhal. O cérebro interno é responsável por emoções, percepções e movimentos.

Repousando na parte superior do tronco cerebral está a segunda parte do cérebro. O mesencéfalo funciona para controlar os reflexos e os movimentos voluntários. Por exemplo, controlar o movimento dos olhos é uma atividade ativada pelo mesencéfalo.

Situado na base do pescoço, o rombencéfalo inclui o tronco cerebral, a parte superior da medula espinhal e o cerebelo. Vital para a existência, o rombencéfalo é responsável pela respiração e pelos batimentos cardíacos.

cerebelo controla e ajuda a coordenar especificamente os movimentos relacionados a coisas como jogar uma bola de beisebol ou tocar um instrumento musical.

Outra das partes essenciais do cérebro é o córtex cerebral. É um tecido fino que envolve os vários componentes do cérebro. O córtex cerebral é responsável por grande parte do processamento de informações que ocorre no cérebro. No cérebro e no sistema nervoso, as células cerebrais enviam mensagens entre áreas do cérebro e ajudam a coordenar a atividade.

Cérebro – Sistema Nervoso Central

Cérebro (principal constituinte do encéfalo) é o principal órgão do sistema nervoso central e o centro de controlo de muitas atividades voluntárias e involuntárias do nosso corpo.

Ele também é responsável pelas ações complexas como pensamento, memória, emoção e linguagem.

No adulto este órgão pode ter cerca de 12 biliões de neurónios (células do sistema nervoso).

O encéfalo está protegido pela caixa craniana, por membranas finas chamadas meninges e pelo líquido cefalorraquidiano.

Existem três meninges:

1. dura?máter, a camada mais externa, é espessa, dura e fibrosa, e protege o tecido nervoso do ponto de vista mecânico.
2. 
aracnoideia, a camada intermédia, é mais fina, sendo responsável pela produção do líquido cefalorraquidiano.
3. 
pia-máter, a camada mais interna, é muito fina e é a única membrana vascularizada, sendo responsável pela barreira sangue-Cérebro.

Ao espaço entre a membrana aracnoideia e a pia-máter dá-se o nome de espaço subacnoideu. Este é constituído por um fluído limpo, o fluído cefalorraquidiano, e por um conjunto de pequenas artérias que fornecem sangue à superfície exterior do Cérebro.

Cérebro

Podem-se distinguir várias zonas principais no encéfalo:

Bolbo raquidiano: É o ponto de passagem dos nervos que ligam a medula ao Cérebro. Contém grupos de neurónios especializados no controlo de funções fisiológicas vitais, como o ritmo cardíaco, a respiração, a pressão arterial, ou funções motoras básicas como engolir. Esta região também influencia o sono e a tosse.

Cerebelo: É uma zona dorsal e desempenha um papel importante na manutenção do equilíbrio e na coordenação da atividade motora. Esta região recebe ordens do Cérebro sobre os músculos e ajusta-as? para uma melhor atuação motora.

Encéfalo médio ou mesencéfalo: É a zona que processa informação sensorial (visual e auditiva).

Tálamo: É a zona onde chegam a maior parte das fibras sensitivas e aqui as informações sensoriais são retransmitidas para as respectivas áreas do córtex cerebral.

Cérebro

Hipotálamo: Desempenha um papel fundamental na regulação da temperatura do corpo, da fome, da sede, do comportamento sexual, na circulação sanguínea e no funcionamento do sistema endócrino (regulação hormonal).

Sistema límbico: É constituído por: hipocampo, septo, amígdala e o bolbo olfativo. Ele é responsável por emoções, motivação e comportamento agressivo.

Cérebro – Corpo Humano

É o centro da maioria das atividades conscientes e inteligentes e é composto pelos hemisférios cerebrais direito e esquerdo, unidos pelo corpo caloso.

hemisfério esquerdo é responsável pela linguagem verbal, pelo pensamento lógico e pelo cálculo.

hemisfério direito controla a percepção das relações espaciais (distâncias entre objetos), a formação de imagens e o pensamento lógico, entre outros.

Em geral as funções motoras e sensitivas são cruzadas, ou seja, a metade direita do Cérebro controla a metade esquerda do corpo e vice-versa.

Cérebro

Cada hemisfério é constituído por uma camada de substância branca e outra de substância cinzenta ou córtex cerebral.

A substância cinzenta, que corresponde aos centros nervosos, tem um aspecto acinzentado devido aos corpos celulares dos neurónios que a constituem.

São várias as funções do córtex cerebral, algumas simples, outras mais complexas. Estas últimas envolvem processamento a alto nível- córtex associativo.

É nesta substância que estão os centros de cognição e personalidade e onde se organiza a coordenação dos movimentos complexos.

A substância branca, correspondente às vias nervosas, é formada pelas caudas dos neurónios (axónios). Os axónios ligam as células entre si e também as ligam a outras partes do encéfalo.

Existem em cada hemisfério quatro lobos:

Cérebro

Lobo temporal: Cuja zona superior recebe e processa informação auditiva. As áreas associativas deste lobo estão envolvidas no reconhecimento, identificação e nomeação dos objetos.

Lobo frontal: É o córtex motor primário, associado ao movimento de mãos e da face. As funções associativas deste lobo estão relacionadas com o planeamento.

Lobo parietal: É o córtex somato-sensorial primário, recebe informação através do tálamo sobre o toque e a pressão. A nível associativo este lobo é responsável pela reação a estímulos complexos.

Lobo occipital

Recebe e processa informação visual. As suas áreas associativas estão relacionadas com a interpretação do mundo visual e do transporte da experiência visual para a fala.

O oxigénio e os nutrientes, necessários para o funcionamento normal das células do Cérebro, chega-lhes através do sangue que circula em vasos sanguíneos (artérias).

O Cérebro recebe sangue por dois pares de artérias:

Artérias carótidas, que se formam a partir das artérias do pescoço.

Estas dividem-se em: artéria carótida externa, que fornece sangue à face e ao couro cabeludo; artéria carótida interna, que fornece sangue à parte da frente do Cérebro e do globo ocular.

Artérias vertebrais, que se formam a partir das artérias do peito. Estas dividem-se e fornecem sangue à parte de posterior do Cérebro, ao cerebelo e ao bolbo raquidiano.

Tamanho do Cérebro

Como você já pode ter imaginado, os animais maiores tem cérebros maiores.

Porém, isto não significa que animais com cérebros maiores são mais inteligentes que animais com cérebros menores.

Por exemplo, um cérebro maior é necessário para controlar os músculos maiores que os animais maiores possuem.

Um cérebro maior também é necessário para processar a grande quantidade de informações sensoriais que um animal maior necessita, e isto, não tem nada à ver com inteligência.

Peso do Cérebro (gramas) Espécie
6,000 Elefante
1,300-1,400 Humano Adulto
97 Macaco (Rhesus)
72 Cachorro
30 Gato
10 Coelho
2.2 Coruja

Durante a evolução, as áreas do cérebro que mais sofreram mudanças são os hemisférios cerebrais.

Os animais que evoluíram mais recentemente tem uma área maior do cérebro dedicada ao córtex cerebral.

Nos animais “superiores” (especialmente os mamíferos), a superfície do córtex começa à apresentar dobras, que são chamadas de circunvoluções. Estas dobras protuberantes são chamadas de giros, enquanto que os “vales” entre elas são chamadas de giros.

O córtex dos animais adquiriu esta forma, pois ela permite um aumento muito grande na área cortical, sem a necessidade de um aumento exagerado no tamanho da caixa craniana (o que dificultaria muito o parto).

córtex cerebral é dividido em 4 lobos, e está envolvido na maior parte das nossas funções mentais mais complexas como o raciocínio, a linguagem, e a consciência.

Fonte: www.ninds.nih.gov/www.ageuk.org.uk/www.igc.gulbenkian.pt/br.geocities.com/www.ebnataw.com.br/www.universitario.com.br/www.hopkinsmedicine.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Córtex auditivo

PUBLICIDADE Córtex auditivo – Definição O córtex auditivo executa uma variedade de funções que nos permitem segregar …

Hipotálamo

PUBLICIDADE O que é o hipotálamo? O hipotálamo é a pequena estrutura em forma de cone dentro …

Sistema Nervoso Simpático

PUBLICIDADE Sistema Nervoso Simpático – Definição O sistema autônomo é composto de duas divisões, os …

Um comentário

  1. O cérebro ao fim e ao contas é uma fonte de ligação com o universo que pode ser uma fonte de luz e de consciência.
    A verdadeira mente é aquela que desafia os obstáculos da ignorância.
    O cérebro é um fenómeno criado por Deus para o homem ser pensador e inteligente.
    A sabedoria está no fundo da razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.