Breaking News
Home / Corpo Humano / Tipos de Sangue

Tipos de Sangue

PUBLICIDADE

Tipos de Sangue – Classificação

O sangue humano é classificado em grupos e subgrupos, sendo os mais importantes o ABO (A, B, AB e O) e o Rh (positivo e negativo).

Existem 4 grupos sanguíneos principais (tipos de sangue) – A, B, AB e O.

Seu grupo sanguíneo é determinado pelos genes que você herda de seus pais.

Grupos sanguíneos

Embora vários sistemas de grupo sanguíneo sejam usados para digitar seu sangue, o ABO é o mais importante.

Seu tipo ABO é baseado na presença ou ausência de dois antígenos (A e B) na superfície das células vermelhas do sangue.

Existem quatro tipos: ABO: A, B, AB e O.

Seu tipo de sangue também é determinado pelo status Rh: Rh + ou Rh-.

O Sistema ABO

Tipos de Sangue
Diagrama de compatibilidade

Tipos de Sangue

Para entendemos como os grupos sangüíneos podem ser combinados entre si, precisamos entender alguns conceitos. A compatibilidade entre os vários tipos de sangue humano tem a ver com antígeno e Anticorpos.

Aqui nos referimos a Antígenos Eritrocitários ou seja Antígenos existentes (ou não) nas nossas hemácias.

São estes Antígenos que diferenciam os grupos sangüíneos entre si.

Veja como:

GRUPO SANGUÍNEO ANTÍGENO do sistema ABO
A A
B B
AB A e B
O nenhum

Preste bem atenção. Antígeno é algo que temos nas nossas hemácias ao nascermos, faz parte de sua estrutura molecular, é determinado geneticamente pela herança de nossos pais.

Observe que se você é do grupo O você não tem nenhum Antígeno (do sistema ABO) em suas hemácias. Indivíduos são do grupo A porque tem o Antígeno A em suas hemácias, Os do grupo B tem o antígeno B, os do grupo AB tem antígeno A e B.

Antígenos tem a propriedade de gerar Anticorpos quando introduzidos em organismo que não o contenha. Por exemplo, indivíduos do grupo A, que tem em suas hemácias o antígeno A, não podem ter em seu plasma o anticorpo Anti A. O mesmo ocorre com o indivíduo do grupo B, em relação ao antígeno B.

Se um indivíduo tivesse em seu plasma um anticorpo oposto ao seu antígeno correspondente todas as suas hemácias seriam destruídas por ele.

Um conceito muito importante é que não existe anticorpo anti O, uma vez que não existe antígeno O.

Durante a infância sempre adquirimos naturalmente os anticorpos referentes aos grupos sangüíneos opostos, ou seja: Se você é do grupo O, em seu plasma existe anticorpos Anti-A e Anti-B, adquiridos naturalmente durante a infância.

Veja na tabela abaixo:

GRUPO SANGUINEO ANTÍGENO ANTICORPO
A A Anti-B
B B Anti-A
A e B A e B nenhum
O nenhum Anti-A e Anti-B

Fica fácil de entender agora como os diversos tipo de sangue podem ser combinados entre si. Se você é do grupo AB, então você não tem nenhum dos anticorpos em seu plasma, daí você poderá tomar sangue de todos os grupos: A, B, AB e O (receptor universal).

Se você é do grupo A você tem anti-B em seu plasma, daí não poder tomar sangue do grupo B ou AB. Pode tomar dos grupos A e O. Como não existe “anti-O” as hemácias do grupo O podem teoricamente ser transfundidas em pessoas de todos os outros grupos (doador universal).

E o fator Rh?

O antígeno Rh, presente em 85% da raça, situa-se na membrana da hemácia. Sua denominação deriva do nome do macaco Rhesus, em que foi inicialmente estudado. O plasma não contém anticorpo anti-Rh, mas um indivíduo Rh-negativo é capaz de produzi-lo após receber o antígeno numa transfusão. No primeiro contato não há reação, mas uma outra transfusão pode levar o indivíduo à morte, em função da aglutinação das hemácias recebidas.

Existe também o sistema Rh e ele determina a presença de um Antígeno (também em suas hemácias), denominado Antígeno D. Indivíduos que o tem são Rh POSITIVOS e indivíduos que não o tem são Rh NEGATIVOS.

Veja a tabela:

Fator Rh Antígeno do sistema Rh
POSITIVO Antígeno D
NEGATIVO nenhum

Não existe Anticorpos Anti-D adquiridos naturalmente e portanto ninguém tem Anti-D em seu plasma a não ser que tenha sido inoculado de alguma forma com sangue Rh POS., (pode ocorrer inoculação durante o parto ou aborto, transfusão incompatível ou compartilhamento de seringas em drogados).

Daí o conceito simples de que em relação ao Rh, indivíduos Rh POS podem tomar sangue Rh POS e NEG, enquanto indivíduos Rh NEG só podem tomar sangue Rh NEG., (na verdade poderiam tomar uma primeira transfusão Rh POS, mais seriam sensibilizados e desenvolveriam Anti-D e uma segunda transfusão poderia matá-los).

Eis abaixo um diagrama que ajuda a compreender a relação entre os sangues. Visualize primeiro sangues do mesmo Rh.

Lembre-se: Rh positivo pode receber sangue Rh negativo. O oposto não é possível.

Diagrama que exemplifica as transfusões possíveis entre os diversos
tipos de sangue e Rh

O que determina o tipo de sangue de uma pessoa?

Tipos de Sangue

No processo comum de tipagem sanguínea ABO, o tipo sanguíneo de uma pessoa pode ser A, B, AB ou O.

É muito importante que as pessoas conheçam seu próprio tipo sanguíneo, assim como o de seus cônjuges e filhos.

Pode ser necessário tomar decisões importantes sobre transfusões de sangue de emergência rapidamente, portanto, ter essas informações em mãos para os profissionais médicos pode economizar minutos preciosos do processo de triagem inicial após um trauma.

O tipo de sangue de uma pessoa é determinado em grande parte pela genética e não muda ao longo de sua vida.

Um simples teste de tipagem sanguínea pode ser realizado literalmente em qualquer lugar por qualquer pessoa por meio do uso de cartões de teste especialmente tratados.

Um dos principais fatores que determinam o tipo de sangue é a genética familiar. Uma criança recebe fontes separadas de código genético, chamadas alelos, de cada pai no momento da concepção.

Um dos alelos localizados no cromossomo 9 contém o tipo preciso do progenitor doador e é classificado como A, B, AB ou O. Um fator adicional é denominado fator de Reso, que pode ser positivo ou negativo.

O tipo real de sangue de uma criança é determinado pelo tipo dominante entre os dois pais. A e B são ambos dominantes sobre O, o que significa que uma criança que recebe um A do pai e um O da mãe terá sangue do tipo A.

Posteriormente, A e B são considerados codominantes, o que significa que uma criança que herde um A da mãe e um B do pai provavelmente terá um tipo de sangue AB.

Apenas dois genes O recessivos de ambos os pais resultarão em uma criança com tipo O. Um tipo de sangue O negativo é considerado um doador universal, uma vez que não contém nada que pareça estranho ao sangue de outra pessoa. Aqueles com tipo A ou B positivo não devem receber infusões de sangue do tipo oposto, uma vez que as defesas naturais do corpo atacarão as células sanguíneas que chegam como fariam com qualquer outra infecção.

tipo sanguíneo de uma pessoa é determinado por meio de um teste ABO simples, disponível em um consultório médico, centro de doação de sangue ou mesmo em farmácias.

Uma gota de sangue é colocada em dois círculos de teste separados marcados com A e B. O cartão já foi preparado com soro seco contendo produtos químicos anti-A e anti-B. Se o sangue reage ao círculo A, mas não ao círculo B, então o tipo de sangue do testador é considerado A. Uma reação a ambos os círculos indica o tipo AB, enquanto uma não reação completa a qualquer um dos círculos indica sangue do tipo O.

A reação é causada pelos produtos químicos no cartão que entram em contato com os antígenos do tipo A ou do tipo B na superfície dos glóbulos vermelhos.

Por que o tipo sanguíneo é importante?

Quando questionados, muitas pessoas não sabem seu tipo sanguíneo, mas é muito importante em uma emergência médica que possa exigir uma transfusão de sangue ou um transplante de órgão.

O estudo do sangue é uma especialidade da medicina conhecida como hematologia. Existem 29 sistemas de grupos sanguíneos diferentes, cada um representado por elementos específicos encontrados na superfície das células vermelhas do sangue. Os sistemas de grupo sanguíneo mais comuns são ABO.

O tipo de sangue de uma pessoa tornaSe um indivíduo receber uma transfusão do tipo errado de sangue, -se uma questão crucial quando uma transfusão de sangue é necessária. pode ocorrer uma reaExistem diferentes níveis em que uma transfusão incompatível pode ocorrer, de incompatibilidade menor a maior. ção que compromete gravemente o sistema imunológico.

Fatores menores podem levar a problemas muito pequenosmas uma grande incompatibilidade de tipo de sangue durante uma transfusão pode ser séria.

O tipo de sangue é tão importante durante uma transfusão que os doadores que dão sangue a um banco de sangue devem atender a certos requisitos. Uma transfusão de sangue é monitorada de perto, muitas vezes por um hematologista.

No caso de transplantes de órgãos, o tecido do órgão do doador deve corresponder ao tipo de sangue do receptor. Uma incompatibilidade pode causar rejeição e, portanto, sem uma correspondência positiva, o transplante não será realizado. Indivíduos colocados em uma lista de espera para transplante têm seu tipo de sangue cuidadosamente testado antes de serem incluídos na lista.

Saber o tipo de sangue de uma pessoa também é importante para uma mulher grávida e seu feto. O tipo sanguíneo de uma mulher geralmente é determinado durante exames de sangue de rotina no início da gravidez.

Nos casos em que o tipo da mãe não corresponde ao do bebê, que são frequentes, é possível que o corpo da mãe desenvolva anticorpos para se defender contra os glóbulos vermelhos do feto.

Se esses anticorpos passarem pela placenta, eles podem fazer com que o bebê desenvolva um distúrbio do sangue ou doença. Embora a maioria das complicações dessa situação varie de leve a moderada, podem ocorrer reações graves ou até fatais.

Fonte: www.hemonline.com/www.redcrossblood.org/verekeskus.ee/www.wisegeek.org/www.blood.co.uk/www.nhs.uk/stanfordbloodcenter.org/www.nzblood.co.nz

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Nós musculares

PUBLICIDADE Nós musculares – O que são O fenômeno dos nós musculares não é incomum. Essencialmente, os nós …

Córtex auditivo

PUBLICIDADE Córtex auditivo – Definição O córtex auditivo executa uma variedade de funções que nos permitem segregar …

Hipotálamo

PUBLICIDADE O que é o hipotálamo? O hipotálamo é a pequena estrutura em forma de cone dentro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.