Breaking News
Home / Corpo Humano / Bexiga Urinária

Bexiga Urinária

PUBLICIDADE

Bexiga Urinária – O que é

bexiga urinária é uma bolsa de parede elástica, dotada de musculatura lisa, cuja função é acumular a urina produzida nos rins. Quando cheia, a bexiga pode conter mais de ¼ de litro (250 ml) de urina, que é eliminada periodicamente através da uretra.

bexiga urinária é um órgão presente no trato urinário de várias espécies animais. Antes de urinar, ele armazena a urina produzida e liberada pelos rins por meio de dois ureteres.

Bexiga Urinária – Uretra

Os ureteres movem a urina dos rins para a bexiga

A urina é drenada da pelve renal de cada rim para os ureteres. Os ureteres são tubos longos e finos feitos de músculo liso.

As contrações do músculo liso empurram a urina para baixo através dos ureteres e para a bexiga. Em adultos, os ureteres têm 25-30 cm de comprimento, aproximadamente o comprimento de uma régua de 30 cm.

A uretra é um tubo que parte da bexiga e termina, na mulher, na região vulvar e, no homem, na extremidade do órgão sexual dos indivíduo. Sua comunicação com a bexiga mantém-se fechada por anéis musculares – chamados esfíncteres.

Quando a musculatura desses anéis relaxa e a musculatura da parede da bexiga contrai-se, urinamos.

bexiga urinária é um saco muscular na pelve, um pouco acima e atrás do osso púbico. Quando vazia, a bexiga é do tamanho e forma de uma pêra.

A urina é feita nos rins, e percorre dois tubos chamados ureteres para a bexiga. A bexiga armazena a urina, permitindo micção ser pouco frequentes e voluntária.

A bexiga é revestida por camadas de tecido muscular que se estendem para acomodar a urina. A capacidade normal da bexiga é de 400 a 600 ml.

A bexiga urinária é o órgão que recolhe a urina excretada pelos rins antes da sua eliminação por micção.

bexiga urinária funciona como um reservatório temporário para o armazenamento da urina.

A bexiga urinária é um reservatório de urina

urina flui através dos ureteres para a bexiga urinária.

Nas mulheres, a bexiga está localizada na frente da vagina e abaixo do útero.

Nos homens, a bexiga fica na frente do reto e acima da próstata.

A parede da bexiga contém pregas chamadas rugas e uma camada de músculo liso chamada músculo detrusor. Conforme a urina enche a bexiga, as rugas se suavizam para acomodar o volume.

O detrusor relaxa para reter a urina e então se contrai para urinar. Uma bexiga adulta está cheia com cerca de meio litro, ou cerca de duas xícaras.

Bexiga Urinária – Órgão

A bexiga é um órgão do sistema urinário.

bexiga urinária é um órgão que serve para coletar a urina para ser eliminada através da urina depois que a urina é filtrada pelos rins (onde os íons necessários são reabsorvidos se fisiologicamente necessários por meio de mecanismos de feedback encontrados em todo o corpo e nos néfrons dos rins, como como a mácula densa).

Os rins, ureteres, bexiga e uretra são as estruturas primárias do sistema urinário. Eles filtram o sangue e removem os resíduos do corpo na forma de urina.

Ele desempenha duas funções principais:

Armazenamento temporário de urina – a bexiga é um órgão oco com paredes distensíveis. Possui um forro interno dobrado (conhecido como rugae), que permite acomodar até 400-600ml de urina em adultos saudáveis.
Auxilia na expulsão da urina – a musculatura da bexiga se contrai durante a micção, com relaxamento concomitante dos esfíncteres.

Aparelho urinário

Aparelho urinário

Aparelho urinário, conjunto de órgãos que produzem e excretam a urina, o principal líquido de excreção do organismo.

Na maioria dos vertebrados, os dois rins filtram todas as substâncias da corrente sanguínea; estes resíduos formam parte da urina que passa, de forma contínua, pelos ureteres para a bexiga.

Depois de armazenada na bexiga, a urina passa por um conduto denominado uretra até o exterior do organismo.

A saída da urina produz-se pelo relaxamento involuntário de um esfíncter que se localiza entre a bexiga e a uretra, e também pela abertura voluntária de um esfíncter na uretra.

Bexiga, órgão que armazena a urina formada nos rins. A urina chega à bexiga por dois ureteres e é eliminada para o exterior através da uretra.

Bexiga Urinária

Bexiga

bexiga urinária é um órgão muscular, que armazena a urina produzida pelos rins. A capacidade média da bexiga de um adulto é de meio litro de líquido.

A urina sai da bexiga através de um tubo chamado uretra. O esvaziamento da bexiga é uma reação reflexa, que as crianças demoram vários anos para controlar inteiramente.

Os órgãos que formam o sistema excretor humano são: rins, ureteres, bexiga urinária e uretra.

A urina produzida pelos rins é coletada pelos ureteres e transportadas até a bexiga, onde fica temporariamente armazenada. Da bexiga a urina é expelida para o meio externo através do canal denominado uretra.

Bexiga Urinária

Cada rim humano é formada por uma infinidade de néfrons, que inicia-se por uma cápsula de Bowman (estrutura em forma de cálice), por onde penetra a arteríola aferente (ramificação da artéria renal).

No interior da cápsula, a arteríola ramifica-se formando um emaranhado de vasos denominados glomérulo de Malpighi, de onde emerge a arteríola eferente, que abandona o glomérulo.

A cápsula de Bowman está ligada a um longo túbulo contorcido denominado túbulo proximal, que desemboca numa estrutura em forma de U chamada alça de Henle, a partir da qual se estende o contorcido túbulo distal. Vários túbulos distais, de vários néfrons, mergulham num túbulo coletor.

Bexiga Urinária – Função

A função da bexiga urinária é acumular a urina produzida nos rins. A urina chega à bexiga por dois ureteres e é eliminada para o exterior através de um tubo chamado de uretra.

O esvaziamento da bexiga é uma reação reflexa, que as crianças demoram vários anos para controlar inteiramente. A capacidade média da bexiga de um adulto é de meio litro de líquido.

bexiga e os órgãos genitais femininos são muito relacionados. Por isso, o seu funcionamento é mútuamente alterado quando há afecções, tanto da bexiga como dos órgãos genitais.

Bexiga UrináriaBexiga Urinária

É um verdadeiro reservatório onde a urina se acumula; é um órgão muscular oco e acha-se na pequena bacia, atrás do osso púbis. A sua forma varia conforme se encontra vazia ou. cheia. Quando está vazia, é frouxa e parece uma taça aberta para cima. Quando está cheia, apresenta, contrariamente, uma forma globosa, semelhante à de um grande ovo.

A capacidade da bexiga não é bem calculável. No cadáver se pode introduzir nela até um litro e meio de líquido sem que ela se rompa; todavia, basta meio litro de líquido para distendê-la.

Na pessoa viva esses valores não podem ser levados em consideração. Calcula-se, contudo, que a sua capacidade média seja de 350 centímetros cúbicos pouco mais ou menos.

O estímulo para esvaziar a bexiga é sentido muito antes que a bexiga esteja completamente cheia; quando a urina distende, além de um certo- limite, as paredes vesicais, surge a necessidade de urinar.

Se, contudo, a bexiga não é esvaziada, as paredes se dilatam ativamente de modo a diminuir a pressão interna da urina: o desejo de urinar, portanto, cessa, para reaparecer somente depois de certo tempo, quando o conteúdo da bexiga estiver ulteriormente aumentado. Este poder da bexiga se chama “atividade postural”. As paredes da bexiga são mais distensíveis na mulher do que no homem; por isso, na mulher, a frequência da micção é menor do que no homem, e, em geral, a mulher tem maior capacidade de resistir ao estímulo de urinar.

Bexiga Urinária

A bexiga tem relações diversas na mulher e no homem. A sua parede posterior, na mulher, está em relação com o útero, e, no homem, com o intestino reto.

A face superior e posterior da bexiga está recoberta pelo peritônio, que, passando para trás, torna a subir sobre o reto, formando entre este e a bexiga um bolso, chamado cavo reto-vesical ou cavo de Douglas.

Na mulher, em que, entre a bexiga e o reto está interposto o útero, há dois bolsos: um está situado entre a bexiga e o útero (fossa útero-vesical), e o outro se acha entre o útero e o reto (fossa útero-retal), e é justamente este último que constitui o cavo de Douglas na mulher.

A grande distensibilidade e elasticidade da bexiga é devida aos seus músculos.

Na verdade, as paredes vesicais são constituídas das costumadas três camadas: uma túnica mucosa que é a parte interna e diretamente em contato com a urina, e é constituída pela continuação da mucosa do ureter; uma túnica muscular, intermédia, formada por três camadas de músculo: na interna as fibras se entrecruzam em todas as direções; na camada intermédia, as fibras correm no sentido circular; na camada mais externa, as fibras se dispõem longitudinalmente.

Esta disposição das fibras musculares permite ao órgão dilatar-se largamente quando se enche, de modo a conter muita urina, para depois murchar quando a urina foi expulsa para o exterior.

No interior da bexiga notam-se três orifícios: dois situados em cima e posteriormente, são o ponto de chegada dos dois ureteres; o terceiro é o orifício da uretra.

Os três furos determinam um triângulo que é chamado trígono vesical. O trígono tem a característica de ser quase inestensível, ao contrário do resto da bexiga; o desenvolvimento da musculatura que se encontra abaixo torna esta região muito diferente de aspecto em relação ao resto da parede vesical. Os ureteres, como temos dito, desembocam obliquamente na bexiga; isto faz com que a pressão exercida pela urina sobre as paredes da bexiga se faça sentir também sobre os ureteres (que caminham, em parte, no interior da parede vesical), comprimindo-os.

Isto impede que a urina possa subir para o rim, com a bexiga cheia.

Em torno do orifício da uretra se acha um anel muscular: o esfíncter interno da bexiga. Este músculo, contraindo-se, impede o contínuo destilar da urina para o exterior; ao contrário, relaxando-se, permite a passagem da urina durante a micção. A sua ação é coadjuvada pelo esfíncter externo, que envolve a uretra.

Fonte: www.corpohumano.hpg.ig.com.br/teachmeanatomy.info/www.ceunes.ufes.br/www.kenhub.com/www.geocities.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Nós musculares

PUBLICIDADE Nós musculares – O que são O fenômeno dos nós musculares não é incomum. Essencialmente, os nós …

Córtex auditivo

PUBLICIDADE Córtex auditivo – Definição O córtex auditivo executa uma variedade de funções que nos permitem segregar …

Hipotálamo

PUBLICIDADE O que é o hipotálamo? O hipotálamo é a pequena estrutura em forma de cone dentro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.