Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Clima da China  Voltar

Clima da China



Na China, existe um vasto território que abrange muitos graus de latitude e com terreno complicado, o clima varia radicalmente.

A China tem uma variedade de zonas de temperatura e precipitação, incluindo áreas continentais de monção. No inverno, a maioria das áreas tornam-se frio e seco, e o verão équente e chuvoso.

Cinco zonas de temperatura

As temperaturas variam muito. Influenciado por atividades de latitude e monções, no inverno, uma isoterma de zero graus atravessa o Huaihe River-Qinling montanha-sudeste Planalto Qinghai-Tibet.

Áreas ao norte da isoterma tem temperaturas abaixo de zero graus e sul do mesmo, acima de zero.

Mohe em Heilongjiang pode atingir uma média de 30 graus centígrados abaixo de zero, enquanto que a temperatura de Sanya na província de Hainan está acima de 20 graus.

No verão, a maioria das áreas são acima de 20 graus centígrados, apesar da alta de Qinghai-Tibete, e outras montanhas, como Tianshan. Entre esses lugares quentes, Turpan Basin em Xinjiang é o centro de calor intenso a 32 graus centígrados, em média.

Frio Temperado Zona: parte norte da província de Heilongjiang e Mongólia Interior (Representante cidade: Harbin)

Mid-Temperado Zona: Jilin, no norte de Xinjiang, e mais de Heilongjiang, Liaoning e Mongólia Interior (cidades representativos: Pequim, Shenyang, Dalian, Urumqi, Hohhot, Dunhuang, Lanzhou)

Warm-Temperado Zona: área do médio e baixo do rio Amarelo, Shandong, Shanxi, Shaanxi, e na província de Hebei (cidades representativos: Xian, Taiyuan, Luoyang, Jinan, Qingdao, Zhengzhou)

Zona Subtropical: Sul de isoterma de Qinling Mountain-Huaihe River, a leste do Planalto Qinghai-Tibet (cidades representativos: Xangai, Guangzhou, Hong Kong, Macau, Guilin, Hangzhou, Suzhou, Kunming, Dali, Lijiang, Chengdu)

Zona Tropical: Província de Hainan, sul de Taiwan, Guangdong, província de Yunnan e (cidades representativos: Haikou, Sanya)

Planalto Clima Zona: Planalto Qinghai-Tibet (Representante da cidade: Lhasa)

Precipitação

A precipitação na China é basicamente regular, a cada ano. Do ângulo espacial, a distribuição mostra que a chuva está aumentando de sudeste para noroeste, porque as praias orientais são influenciadas mais de zonas interiores pela monção de verão. No lugar com mais chuvas, Huoshaoliao em Taipei, a precipitação média anual pode chegar a mais de 6.000 mm. As estações chuvosas são principalmente maio a setembro. Em algumas áreas, especialmente no noroeste seca, mudanças na precipitação a cada ano são maiores do que na área costeira.

Com base na precipitação, a área divide-se em quatro partes: área molhada, semi-húmida área, semi-seca e de área de superfície seca.

Monção

No verão, uma monção do sudeste do Oceano Pacífico ocidental e uma monção sudoeste do golpe Oceano Índico equatorial para o continente chinês. Essas monções são a principal causa de chuvas. A partir de abril e maio, as monções de verão da estação chuvosa chegou às províncias do sul de Guangdong, Guangxi, Hainan e. Em junho, as chuvas soprar do norte, e sul da China fica mais chuvas com o nome poético, ameixa chuva-tempo, uma vez que este é o momento em ameixas maduro. Norte da China recebe a sua estação chuvosa, em julho e agosto, diz adeus em setembro; gradualmente em outubro, as monções de verão retirar do território chinês. Leste da China experimenta mudanças climáticas muitos, enquanto a área noroeste é uma região não-monção.

Fonte: www.travelchinaguide.com

Clima da China

O clima na China em geral é o clima de monção continental, com grandes amplitudes térmicas.

No norte e interior, o clima é continental, Junto à Mongólia o clima é mesmo desértico. No sudeste e no sul o clima é tropical húmido do tipo monção. As temperaturas variam entre 0 °C e 22 °C, em Janeiro, e entre 23 °C e 37 °C, em Julho.

Nas bacias montanhosas e planaltos do interior os verões são quentes, os invernos frios e a chuva escassa. No Norte prevalecem condições desérticas e semidesérticas. A maior parte da população vive no Leste, especialmente nas planícies do Huang He (rio Amarelo) e do Chang Jiang (o Iansequião), com os seus férteis solos de aluvião. A norte do Huang He a quantidade de chuva é limitada e as colheitas principais são o trigo, o milho e o algodão. Mais para sul, uma maior pluviosidade e a irrigação permitem que o arroz cresça em abundância, tal como o chá, a cana-de-açucar e os legumes.

A intensa pressão populacional e a escassez da terra levaram ao desenvolvimento da agricultura em socalcos, com o cultivo do arroz nas encostas das colinas. As povoações ocupam áreas estreitas e apertadas para poupar terra valiosa.

O inverno começa em setembro e acaba em abril. O vento frio chega da Sibéria e do Planalto Mongol ao norte da China. De norte a sul, a temperatura no inverno é muito diferente.

De abril a setembro é o verão. O verão é quente e chuvoso, com pouca diferença de temperatura entre o norte e o sul.

Baseando-se na temperatura, pode-se dividir o território chinês em seis zonas: faixa equatorial, zona tropical, zona subtropical, zona quente temperada, zona temperada e zona fria temperada.

Baseando na umidade, a China contém quatro regiões: úmida, meio úmida, meio seca e seca, as quais ocupam 32%, 15%, 22% e 31% do território chinês.

Fonte: www.minhachina.com

Clima da China

A maior parte do território chinês se encontra situada na zona temperada do Norte.

O clima é temperado e as quatro estações são marcadas, por isso é favorável para a vida humana.

O clima da China se carateriza por monções continentais.

Desde Setembro até Abril do ano seguinte,as monções invernais secas e frias que vêm da Siberia e da meseta da Mongólia, se debilitam pouco a pouco do Norte a Sul formando a situação do clima frio e seco , da existência de diferença de temperaturas no Norte e Sul.

De Abril a Setembro, a corrente do ar húmido vem dos mares de Leste e Sul formando a situação de alta temperatura e muita chuva, daí a pouca diferença de temperatura entre o Norte e Sul.

Conforme os índices de temperatura, a China se divide em seis zonas climáticas de Sul a Norte: equatorial,tropical,subtropical,temperada,temperada fria e fria;

As precipitações diminuem do Sudeste a Noroeste,e muito grande a diferença das precipitações entre os distintos lugares do país. As chuvas podem passar para os 1.500 mm3 na costa Sudeste ,enquanto no lado noroeste, no interior do Continente as precipitações não excedem a 200mm3.

A China possui dois principais tipos de clima: um tipicamente monçônico e o outro complexo e variado.

Os ventos do Norte predominam durante o inverno e os do Sul, no verão. As estações são bem marcadas: o verão, quente e úmido, é a época da chuva.

A partir de setembro, até abril, as monções do inverno que vêm da Sibéria e do Planalto da Mongólia se enfraquecem pouco a pouco de norte a sul, originando um clima frio e seco e diferenças de temperatura entre o Norte e o Sul.

De abril a setembro, a corrente quente e úmida vêm dos mares, originando alta temperatura e muita chuva, com pouca diferença de temperatura.

Na China, há diversos tipos de faixas de temperatura e zonas secas e úmidas, e assim pode-se observar como é complexo e variado seu clima.

De acordo com a temperatura, o território divide-se em seis faixas do sul para o norte: equatorial, tropical, subtropical, temperada, temperada-fria e fria; de acordo com as condições hidrólogas, do sudeste para noroeste, se divide em quatro grandes zonas: úmida, 32% do território chinês; semi-úmida, 15%; semi-seca, 22% e seca, 31%.

Fonte: mz2.mofcom.gov.cn

Clima da China

A China possui oito tipos de clima catalogados, que variam do semi-árido, no extremo norte, ao sub-tropical de monções, no extremo sul.

O volume das chuvas, sobretudo no verão, diminui progressivamente do sul para o norte, da mesma forma que as temperaturas médias.

Na região de Beijing, as quatro estações são bem definidas.

Os invernos são longos e secos, enquanto que os verões quentes e úmidos.

Fonte: www.fmprc.gov.cn

Clima da China

Em um país gigantesco como a China, o clima é tão variado quanto a sua geografia.

No entanto, é possível generalizar quanto a algumas regiões:

Norte - nessa região, o começo da primavera e o fim do outono (ambos do hemisfério norte) têm dias agradáveis e noites frescas, sem muita chuva, o que torna esses períodos ideais para viagens. No inverno, cidades como Pequim passam os meses de dezembro até março com temperaturas abaixo de zero e gélidos ventos vindos da Mongólia. No verão, não raro passam dos 30 graus. Da Mongólia vêm também as tempestades de areia que atingem a região e deixam o céu amarelo a partir de meados de abril.

O noroeste da China, sem os ventos litorâneos que equilibram a temperatura, têm estações extremas - verões muito quentes (Tupan, a cidade mais quente da China, já registrou 47 graus) e invernos gelados, embora não sofra com o excesso de umidade.

O centro, onde ficam as cidades "fornalhas" ao longo do rio Yangtsé, tem invernos curtos e longos e tórridos verões. Xangai tem clima semelhante, mas oceânico.

Sul - no sul do país, o verão chuvoso dura de abril a setembro. Nessa época, os termômetros batem na casa dos 40 graus e tufões atingem a costa de julho a setembro. As altas temperaturas e a excessiva umidade dão uma trégua aos viajantes entre novembro e fevereiro.

O Tibete tem temperaturas amenas no verão e seus invernos são muito frios e secos.

Em Lhasa, no entanto, o inverno pode ser surpreendentemente menos frio do que a grande altitude levaria a acreditar.

Fonte: wikitravel.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal