Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Mongólia  Voltar

Mongólia

MONGÓLIA, CORAÇÃO DE ÁSIA

Mongólia é um dos mais desconhecido países do mundo, turisticamente falando. Entretanto o país oferece belos espaços para quem gosta de aventura e de culturas nômades. Ademais tem picos e cimas, ideais para os amantes de altura.

ALFÂNDEGA E DOCUMENTAÇÃO

Passaporte em vigor é imprescindível visto. Pode-se entrar no país com 600 cigarros ou 250 gramas de tabaco, duas garrafas de bebidas alcóolicas e três botelhas de perfume.

CLIMA

Clima continental com verão curto de temperatura quente e inverno muito longo e temperaturas extremamente frias. As chuvas aparecem freqüentemente de junho a setembro.

EQUIPAMENTOS DE VIAGEM

Recomenda-se levar roupa de algodão e calçados cômodos, uma capa de chuva, roupa e casacos, repelente contra os insetos (para os meses de calor).

IDIOMA

O idioma oficial é o khalkha mongol.

RELIGIÃO

A maioria da população não professa nenhuma religião (73%). Existe uma porcentagem de shamanistas (23%).

ELETRICIDADE

A tensão elétrica é de 220 voltz a 50 Hz.

MOEDA E CÂMBIO

A moeda oficial é o Tughrik que se divide em mongos. Moedas de 1, 2, 5, 10, 15, 20 e 50 mongo. Bilhetes de 1, 2, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 tughrik. Pode-se trocar moeda nos bancos e nos hotéis.

CORREIOS E TELEFONIA

O serviço de correios é eficaz, tendo em conta as condições do país. As chamadas pode-se fazer nos telefones públicos e em alguns hotéis. Não é fácil estabelecer comunicação. Para ligar a Mongólia se deve fazer através de operadora.

FOTOGRAFIA

Na capital, Ulan Bator, pode-se adquirir alguns materiais fotográficos (rolos de filme). Entretanto, é aconselhável viajar prevenido com todo tipo de material necessário. Recordem que as condições de luz são muito fortes, recomenda-se a utilização de filtros polarizadores.

HORÁRIO COMERCIAL

Nas principais cidades os bancos abrem pela manhã de Segunda-feira a Sábado. As lojas fazem durante todo o dia. Em povoados menores os horários variam consideravelmente.

GORJETAS

Nos últimos anos o costume de dar gorjetas está estendendo-se, apesar de que não é uma conduta habitual nesta latitude do Oriente.

TAXAS E IMPOSTOS

Existe uma taxa de aeroporto para os vôos internacionais.

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

Mongólia encontra-se em Ásia Central, ocupando uma superfície de 1.560.500 quilômetros quadrados, constituindo um dos países mais altos do mundo. Faz fronteira ao norte com Rússia e a sul com China e sua geografia se caracteriza pelas mística mesetas de estepes, com grande altura na zona norte, formando cadeias montanhosas de Altai Mongol e Hangai (com o Monh Hayrahan Uul com 4.362 m). O Deserto de Gobi estende-se em direção a sul e oeste do país. No país existem cerca de 3.000 lagos, alguns de origem vulcânica, como o de Lago Hovsgol Nuur. Os principais rios são os Kerulen e o Sélenega.

A capital do país é Ulan Bator. Outras cidades de importância são Darham e Erdenet. Mongólia está dividida está dividida em 18 estados (aimuguud) e três municípios autônomos.

FLORA E FAUNA

A fauna e flora de Mongólia são as típicas dos desertos e mesetas de estepes. Na zona de montanhas, algumas cobertas por neves eternas pode-se ver alguns bosques, que alternam com bacias lacustres e belos vales.

HISTÓRIA

Mongólia esteve submetida por China desde o século XII até o ano 1911, quando com a ajuda de Rússia, alcança certa autonomia, mas sempre baixo o controle chinês. Depois da Revolução Russa, Mongólia conquista o poder, a frente do partido comunista, reconhecendo China sua autonomia e independência em 1924.

Nos últimos anos Mongólia está experimentando certos avanços quanto a democracia. Em 1990 forma-se o Partido Democrata Mongol, o primeiro partido da oposição na história contemporânea de Mongólia. Neste mesmo ano, o governo renuncia ao monopólio do poder, adotando o socialismo democrático e humano como principal ideologia política. Dois anos depois se adota uma nova Constituição e estabelece a primeira bolsa de valores do país.

ARTE E CULTURA

As expressões artísticas e culturais dos mongóis estão estreitamente ligadas as experiências do norte da China. Como povos nômades, suas manifestações se transformaram efêmeras, sujeitas a mobilidade.

LOCAIS TURÍSTICOS

Mongólia é um dos países mais alto da terra, com uma geografia de grandes contrastes. Impressionantes montanhas com neves perpétuas, vales, rios e paisagens inesquecíveis. Entre os lugares mais recomendados para realizar excursões em carro todo terreno está o Deserto de Gobi. Mongólia conta, por outro lado com mais de 3.000 lagos, alguns de origem vulcânica.

Ademais da visita a Ulan Bator, a capital do país e o Deserto de Gobi, aconselha-se aos viajantes ir as Montanhas Hangayn, Lago Baikal, rio Selenge e o Lago Hovsgol Nuur, de origem vulcânica.

GASTRONOMIA

Sem dúvida, o prato mais famoso e popular de Mongólia é o steak tartar (bife tártaro), carne de bovina moída, temperada com limão e diferentes ingredientes. A cozinha mongol se caracteriza por seus sabores fortes e por sua grande quantidade de espécies. Outro prato típico é o cozido mongol, com macarrão, verduras e pedaços de carne seca, cozidos por alguns minutos.

Quanto as bebidas, o mais aconselhável é beber água mineral.

Fonte: www.rumbo.com.br

Mongólia

Capital: Ulaan Baator

Idioma: mongol khalkha

Moeda: tugrik/togrog

Clima: estepes, polar de altitude e subártico

Pontos turísticos

Deserto de Gobi

O parque melhor estruturado é o Parque Nacional Gurvansaikhan, que tem uma mistura de montanhas, fósseis de dinossauros, dunas de areias, formações rochosas e vales cobertos por gelo. A fauna variada inclui 200 espécies de pássaros, gazela-de-rabo-preto, leopardo, ibex e camelos selvagens.

Four Holy Peaks

As montanhas Tsetseegum, Chingeltei, Sangino Khairkhan e Bayansurkh rodeiam a capital do país e são ótimos locais para caminhadas, onde se pode observar a fauna, que consiste de pássaros variados ao ibex.

Fonte: www.geomade.com.br

Mongólia

Nome oficial: República Popular da Mongólia (Mongol Uls).

Nacionalidade: mongol.

Data nacional: 11 a 13 de julho (Dia da Pátria).

Capital: Ulan Bator.

Cidades principais: Ulan Bator (739.500) (2000); Darhan (71.400), Erdernet (63.500), Choybalsan (38.600) (1998).

Idioma: mongol, cazaque.

Religião: budismo 96% (lamaístas), islamismo 4% (1996).

GEOGRAFIA

Localização: centro-leste da Ásia.
Hora local: +11h.
Área: 1.566.500 km2.
Clima: temperado continental árido (S) e árido frio (N).
Área de floresta: 94 mil km2 (1995).

POPULAÇÃO

Total: 2,7 milhões (2000), sendo mongóis 90%, cazaques 4%, chineses 2%, russos 2%, outros 2% (1996).
Densidade: 1,72 hab./km2.
População urbana: 62% (1998).
Crescimento demográfico: 1,7% ao ano (1995-2000).
Fecundidade: 2,6 filhos por mulher (1995-2000).
Expectativa de vida M/F: 64/67 anos (1995-2000).
Mortalidade infantil: 51‰ (1995-2000).
Analfabetismo: 0,7% (2000).
IDH (0-1): 0,628 (1998).

POLÍTICA

Forma de governo: República parlamentarista.
Divisão administrativa: 21 províncias e 1 municipalidade.
Principais partidos: coalizão Aliança Democrática (Nacional Democrático Mongol, Social-Democrático Mongol, entre outros), Popular Revolucionário Mongol (MAKN).
Legislativo: unicameral - Assembléia, com 76 membros eleitos por voto direto para mandato de 4 anos.
Constituição em vigor: 1992.

ECONOMIA

Moeda: tugrik.
PIB: US$ 1 bilhão (1998).
PIB agropecuária: 33% (1998).
PIB indústria: 28% (1998).
PIB serviços: 39% (1998).
Crescimento do PIB: 0,2% ao ano (1990-1998).
Renda per capita: US$ 380 (1998).
Força de trabalho: 1 milhão (1998).
Agricultura: cereais, batata, legumes e verduras
Pecuária: ovinos, caprinos, eqüinos, bovinos.
Pesca: 181 t (1997).
Mineração: espatoflúor, ouro, molibdênio, cobre.
Indústria:
vestuário, têxtil, couro, alimentícia, artesanato (tapetes).
Exportações: US$ 315 milhões (1998).
Importações: US$ 470 milhões (1998).
Principais parceiros comerciais: Federação Russa, China, Japão, EUA.

DEFESA

Efetivo total: 9,8 mil (1998).
Gastos: US$ 20 milhões (1998).

Fonte: www.portalbrasil.net

voltar 1234avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal