Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Caterina É Mais Fermosa, 1595  Voltar

Caterina é mais fermosa (1595)

Redondilhas de Luís Vaz de Camões

Cantiga

a este moto alheio:
Caterina bem promete;
eramá I como ela mente I

VOLTAS

Caterina é mais fermosa

para mim que a luz do dia;

mas mais fermosa seria

se não fosse mentirosa.

Hoje a vejo piadosa,

amanhã tão diferente

que sempre cuido que mente.

Caterina me mentiu

muitas vezes, sem ter lei,

mas todas lhe perdoei

por üa só que cumpriu.

Se, como me consentiu

falar, o mais me consente,

nunca mais direi que mente.

Má, mentirosa, malvada,

dizei: para que mentis?

Prometeis, e não cumpris?

Pois sem cumprir, tudo é nada.

Não sois bem aconselhada;

que quem promete, se mente,

o que perde não no sente.

Jurou-me aquela cadela

de vir, pela alma que tinha;

enganou-me; tem a minha;

dá-lhe pouco de perdê-la.

A vida gasto após ela,

porque ma dá se promete,

mas tira-ma quando mente.

Tudo vos consentiria

quanto quisésseis fazer,

se esse vosso prometer

fosse prometer um dia

todo então me desfaria

convosco; e vós, de contente,

zombaríeis de quem mente.

Prometou-me ontem de vir,

nunca mais me apareceu;

creio que não prometeu

senão só por me mentir.

Faz-me enfim chorar e rir;

rio quando me promete,

mas choro quando me mente.

Mas pois folgais de mentir,

prometendo de me ver,

eu vos deixo o prometer,

deixai-me vós o cumprir:

haveis então de sentir

quanto fica mais contente

o que cumpre que o que mente.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal