Breaking News
Home / Obras Literárias / De vos me aparto, ó vida! Em tal mudança (1595)

De vos me aparto, ó vida! Em tal mudança (1595)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

PUBLICIDADE

De vós me aparto, ó vida! Em tal mudança,

sinto vivo da morte o sentimento.

Não sei para que é ter contentamento,

se mais há de perder quem mais alcança.

Mas dou vos esta firme segurança

que, posto que me mate meu tormento,

pelas águas do eterno esquecimento

segura passará minha lembrança.

Antes sem vós meus olhos se entristeçam,

que com qualquer cous’ outra se contentem;

antes os esqueçais, que vos esqueçam.

Antes nesta lembrança se atormentem,

que com esquecimento desmereçam

a glória que em sofrer tal pena sentem.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Velhas Árvores

Olavo Bilac PUBLICIDADE Olha estas velhas árvores, — mais belas, Do que as árvores mais …

Plutão – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Negro, com os olhos em brasa, Bom, fiel e brincalhão, Era a …

O Trabalho – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Tal como a chuva caída Fecunda a terra, no estio, Para fecundar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.