Breaking News
Home / Obras Literárias / Sendo os restos envidados (1595)

Sendo os restos envidados (1595)

Redondilhas de Luís Vaz de Camões

Esparsa

PUBLICIDADE

do Autor ao desconcerto do mundo

Os bons vi sempre passar

no mundo graves tormentos;

e, para mais m’espantar,

os maus vi sempre nadar

em mar de contentamentos.

Cuidando alcançar assim

o bem tão mal ordenado,

fui mau, mas fui castigado.

Assim que, só para mim

anda o mundo concertado

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Veja também

O Soldado e a Trombeta

Fábula de Esopo por Olavo Bilac PUBLICIDADE Um velho soldado Um dia por terra A …

O Credo – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Crê no Dever e na Virtude! É um combate insano e rude …

O Remédio – Olavo Bilac

PUBLICIDADE A Amelinha está doente, Chora, tem febre, delira; Em casa, está toda gente Aflita, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.