Breaking News
Home / Obras Literárias / Como fizeste, Pórcia, tal ferida? (1595)

Como fizeste, Pórcia, tal ferida? (1595)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

PUBLICIDADE

Como fizeste, Pórcia, tal ferida?

Foi voluntária, ou foi por inocência?

—Mas foi fazer Amor experiência

se podia sofrer tirar me a vida.

—E com teu próprio sangue te convida

a não pores à vida resistência?

—Ando me acostumando à paciência,

porque o temor a morte não impida.

—Pois porque comes, logo, fogo ardente,

se a ferro te costumas?—Porque ordena

Amor que morra e pene juntamente.

E tens a dor do ferro por pequena?

—Si: que a dor costumada não se sente;

e eu não quero a morte sem a pena

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Velhas Árvores

Olavo Bilac PUBLICIDADE Olha estas velhas árvores, — mais belas, Do que as árvores mais …

Plutão – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Negro, com os olhos em brasa, Bom, fiel e brincalhão, Era a …

O Trabalho – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Tal como a chuva caída Fecunda a terra, no estio, Para fecundar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.