Breaking News
Home / Obras Literárias / Que pode já fazer minha ventura (1668)

Que pode já fazer minha ventura (1668)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

PUBLICIDADE

Que pode já fazer minha ventura

que seja para meu contentamento.,

Ou como fazer devo fundamento

de cousa que o não tem, nem é segura?

Que pena pode ser tão certa e dura

que possa ser maior que meu tormento?

Ou como receará meu pensamento

os males, se com eles mais se apura?

Como quem se costuma de pequeno

com peçonha criar por mão ciente,

da qual o uso já o tem seguro;

assi de acostumado co veneno,

o uso de sofrer meu mal presente

me faz não sentir já nada o futuro.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Veja também

O Soldado e a Trombeta

Fábula de Esopo por Olavo Bilac PUBLICIDADE Um velho soldado Um dia por terra A …

O Credo – Olavo Bilac

Olavo Bilac PUBLICIDADE Crê no Dever e na Virtude! É um combate insano e rude …

O Remédio – Olavo Bilac

PUBLICIDADE A Amelinha está doente, Chora, tem febre, delira; Em casa, está toda gente Aflita, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.