Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Como fizeste, Pórcia, tal ferida? (1595)  Voltar

Como fizeste, Pórcia, tal ferida? (1595)

Sonetos de Luís Vaz de Camões

Como fizeste, Pórcia, tal ferida?

Foi voluntária, ou foi por inocência?

—Mas foi fazer Amor experiência

se podia sofrer tirar me a vida.

—E com teu próprio sangue te convida

a não pores à vida resistência?

—Ando me acostumando à paciência,

porque o temor a morte não impida.

—Pois porque comes, logo, fogo ardente,

se a ferro te costumas?—Porque ordena

Amor que morra e pene juntamente.

E tens a dor do ferro por pequena?

—Si: que a dor costumada não se sente;

e eu não quero a morte sem a pena

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal