Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Orégano  Voltar

Orégano

Originário da Europa, África e Ásia, o orégano, Origanum vulgare L. (LAMIACEAE) é uma das espécies integrantes do projeto "Produção, processamento e comercialização de ervas medicinais, condimentares e aromáticas", coordenado pela Embrapa Transferência de Tecnologia - Escritório de Negócios de Campinas (SP), a qual está sendo cultivada e multiplicada nas unidades demonstrativas da Embrapa Pantanal (Corumbá, MS), Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE) e nos Escritórios de Negócios de Dourados (MS), Canoinhas (SC) e Petrolina (PE). Esse projeto contempla também o treinamento de técnicos e a qualificação de pequenos agricultores e seus familiares na produção e manipulação de ervas, fundamentadas em boas práticas agrícolas.

Orégano

DESCRIÇÃO BOTÂNICA

Planta perene de caule ereto, por vezes corado de vermelho, com 4 ângulos e ramoso na extremidade superior, podendo atingir até 80 cm de altura; folhas inteiras, pecioladas, ovais, pontiagudas e quase sem pêlos; flores numerosas, cor de rosa púrpura; rizoma rastejante, escuro e com raízes fibrosas.

COMPOSIÇÃO QUÍMICA

Taninos, timol, fenóis, origaneno e caneacol.

FORMAS DE PROPAGAÇÃO

Sementes ou mudas produzidas por estaquia a partir de ramos ou divisão de touceiras.

CULTIVO

Espaçamento de 20 x 30 cm entre plantas, em regiões de clima temperado brando.Tem preferência por solos férteis e bem drenados.

COLHEITA E BENEFICIAMENTO

A colheita dos ramos e folhas deve ser realizada antes da floração. Após a secagem, os ramos devem ser batidos e peneirados; para comercialização, as folhas são secas separadamente.

REQUISITOS BÁSICOS PARA UMA PRODUÇÃO DE SUCESSO

Utilizar sementes e material propagativo de boa qualidade e de origem conhecida: com identidade botânica (nome científico) e bom estado fitossanitário.

O plantio deve ser realizado em solos livres de contaminações (metais pesados, resíduos químicos e coliformes).

Focar a produção em plantas adaptadas ao clima e solo da região.

É importante dimensionar a área de produção segundo a mão-de-obra disponível, uma vez que a atividade requer um trabalho intenso.

O cultivo deve ser preferencialmente orgânico: sem aplicação de agrotóxicos, com rotação de culturas, diversificação de espécies, adubação orgânica e verde, controle natural de pragas e doenças.

A água de irrigação deve ser limpa e de boa qualidade.

A qualidade do produto é dependente dos teores das substâncias de interesse, sendo fundamentais os cuidados no manejo e colheita das plantas, assim como no beneficiamento e armazenamento da matéria prima.

Além dos equipamentos de cultivo usuais, é necessária uma unidade de secagem e armazenamento adequada para o tipo de produção.

O mercado é bastante específico, sendo importante a integração entre produtor e comprador, evitando um número excessivo de intermediários, além da comercialização conjunta de vários agricultores, por meio de cooperativas ou grupos.

REFERÊNCIAS

FERRI, M. G.; MENEZES, N. L. de; MONTEIRO-SCANAVACCA, W. R. Glossário Ilustrado de Botânica. 1 ed. São Paulo, SP: NOBEL, 1981, 197p, il.
JACOBS, B. E. M. Ervas: como cultivar e utilizar com sucesso. São Paulo, SP: NOBEL, 1995, 215p. il.
LOW, T.; RODD, T.; BERESFORD, R. Segredos e virtudes das plantas medicinais: um guia com centenas de plantas nativas e exóticas e seus poderes curativos. Reader´s Digest Livros. Rio de janeiro, RJ. 1994, 416p. il.
SARTÓRIO, M. L.; TRINDADE, C.; RESENDE, P.; MACHADO, J. R. Cultivo de plantas medicinais. Viçosa, MG: Aprenda Fácil, 2000, 260p: il.

Fonte: www.campinas.snt.embrapa.br

Orégano

Orégano

Variedade da manjerona e parente do tomilho, o orégano é uma erva de diversas espécies, bastante aromática e de sabor forte levemente amargo. Os tipos com sabores mais fortes são considerados os melhores.

Sua planta é rasteira de com folhas verde-escuras. Muito utilizado em pratos com tomate fresco ou queijo, molhos a base de tomate, omelete e assados. Era utilizado pelos gregos como óleo pós-banho e, hoje largamente utilizado na cozinha italiana, francesa e grega.

Denominado de origanon (erva amarga) por Hipócrates na Grécia Antiga, o orégano é originário do Mediterrâneo, Norte da África e Oriente Médio. Participando da receita da pizza ficou conhecido no mundo todo. Na Idade Média era usado para curar infecções e dores de ouvido e os medievais utilizavam nas magias. Somente o uso da erva na pizza a tornou popular como tempero, sendo cultivado hoje na Europa, Ásia e Américas.

Outros Nomes

Orégão

Nome Científico

Origanum vulgare

Utilizando

O sabor característico da pizza vem da utilização do orégano, mas ainda pode ser utilizados em pratos a base de queijos, molhos, pizzas, vinagres, sopas, massas, legumes, saladas, ensopados, feijão e ovos. A culinária italiana e grega conta com o orégano em suas receitas.

Comprando

Fresco: Seus ramos danificados são escurecidos e murchos, evite-os. Seco: As embalagens mais escuras o protegem da luz.

Conservando

Frescas: em sacos plásticos limpos na geladeira. Seco: em recipientes herméticos em lugar fresco e seco. Se preferir secar: pendure os ramos de orégano ventilado, protegido do sol.

Combinando

Além de combinar com diversos tipos de alimentos já citados, o orégano compõe temperos combinados com outras ervas, temos o exemplo das ervas finas (composta por orégano, estragão, cerefólio, salsa e cebolinha).

Preparando

As folhas devem ser lavadas e imersas em solução anti-séptica. Apenas as folhas devem ser bem picadas.

Dicas

Pode substituir o tomilho quando está fresco.

Uso Medicinal

Horta em Casa O chá de orégano é indicado no tratamento de tosse, dor-de-cabeça de origem nervosa e irritação. O chá pode ser usado para aliviar enjôo do mar. Observação importante: Qualquer uso terapêutico deve sempre ser acompanhado por um médico.

Fonte: www.fleischmann.com.br

voltar 123456avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal