Breaking News
Home / Alimentos / Confrei

Confrei

O que é

PUBLICIDADE

O confrei é uma planta originada da Ásia e muito usado como ornamento de jardins.

Seu nome científico é derivado da palavra grega “symphyo”, que significa “unir”, em alusão ao seu poder terapêutico como cicatrizante.

Na Idade Média, e ainda hoje, popularmente é muito usado nos casos de fraturas, aumentando a velocidade de recuperação dos ossos.

Confrei
Confrei

OUTROS NOMES:Consolida do Cáucaso, capim roxo da Rússia.

USO MEDICINAL

Indica-se o uso do confrei para combater as seguintes enfermidades; asma, diabetes, leucemia, hepatite, gastrite, úlceras, prisão de ventre, reumatismo, icterícia, câncer. Elimina as dores nos olhos e regulariza a pressão arterial. Combate a anemia, debilidades, dores nas costas, dor de cabeça, dores musculares. Evita a velhice prematura, normaliza a atividade sexual, mantém a pigmentação natural dos cabelos, elimina sardas, espinhas, irritações da pele. Age como desintoxicaste do sangue, auxiliando nessa completa função. Consolida as oxidações ósseas.

O confrei estimula a produção de glóbulos vermelhos pela medula óssea, combatendo, assim a leucemia.

Mas é como cicatrizante de feridas, cortes e queimaduras que o confrei se impõe como planta medicinal, além das indicações mencionadas.

Conforme pesquisas de laboratório o confrei é o vegetal mais rico em:

Vitaminas e sais minerais

Comparado ao espinafre, contém o dobro de açúcar. Em relação ao leite e a alfafa o teor de proteínas, açúcar e vitamina A do confrei é cerca de 5 vezes maior.

Os sais minerais de maior destaque do confrei são compostos de ferro, manganês, cálcio, fósforo e zinco.

PARTE USADA

Folhas frescas ou secas.

DOSE

Uma folha é suficiente para um copo de chá. 2 ou 3 folhas frescas, picadas e misturadas com outras hortaliças, fazem uma salada nutritiva e saborosa. Pode ser comido em forma de refogado.

Um algodão embebido no suco da folha fresca e colocado nas feridas previamente limpas age como cicatrizante de efeito rápido.

Confrei – Symphytium officinale

Parte utilizada

Folhas.

Descrição

É uma planta originária da Rússia e muito difundida no Japão onde é usada como estimulante físico e emagrecedor. Pertence à família das Boragináceas.

Indicações

Indicado no combate à leucemia, anemia, úlceras do estômago, duodeno e dor de cabeça. Normaliza as funções intestinais e acaba com problemas nas vias respiratórias, fígado, feridas, úlceras varicosas, esclerose, pressão alta e infecções. Possui também propriedades cicatrizantes, descongestionantes e calmantes.

Contra-indicações

Não é aconselhável o uso prolongado dessa erva. Não se deve fazer o chá muito forte, pois pode atacar os rins ou o fígado. Não se deve usar as folhas novas, mas sim as adultas e de preferência secas.

Modo de usar:

O chá de confrei é indicado para a pele, intestinos e ovários.
O emplastro de confrei cura feridas, sendo depurativo.

Outras formas de tomar o confrei são:

Suco: Misture uma folha de confrei a 1 copo de suco de frutas e bater no liquidificador, tomar 1 a 2 copos por dia.

Salada: Adicione à salada de sua preferência uma a duas folhas de confrei adultas ou como refogado sendo preparado semelhante à couve.

Efeitos colaterais: possíveis irritações gástricas.

Confrei
Confrei

Descrição e característica da planta

O confrei é uma planta perene, herbácea, forma pequenas touceiras e atinge 50 centímetros de altura.

As folhas são lanceoladas, inteiras, com 30 a 40 centímetros de comprimento, superfície áspera, cor verde-clara a verde-escura.

As flores são pequenas com cores brancas, rosadas ou violáceas. As plantas apresentam rusticidade, fácil cultivo, se desenvolvem bem em solos ricos em matéria orgânica, sem encharcamento, mas com boa disponibilidade de água durante o ano e toleram bem baixa temperatura, inclusive geada.

A propagação é feita por mudas através da divisão de touceiras ou rizomas (parte basal da planta que fica no solo).

Produção e produtividade

A primeira colheita das folhas geralmente ocorre a partir do quarto mês do plantio de mudas no campo. Os cortes podem ser realizados a cada 2 a 3 meses por um período variável de 3 a 6 anos, na dependência dos cuidados na condução e adubação da cultura. A produtividade normal, por hectare, chega a 1,5 a 2,3 toneladas de folhas secas e 3 a 8 toneladas de raízes secas.

Utilidade

Na década de 1980, era uma das plantas medicinais mais populares em todo o Brasil. Contudo, pesquisas realizadas na época indicaram que o seu uso interno e prolongado na forma de chá ou outros preparados, pode provocar o aparecimento de tumores malignos no fígado, nos brônquios, na bexiga, no estômago e no intestino.

Em 1992, o Ministério da Saúde publicou uma portaria proibindo a prescrição de medicamentos à base de confrei para uso interno.

O seu uso externo tem apresentado eficácia como cicatrizante, antiinflamatório e revitalizador de células. Assim como outros medicamentos, o seu uso deve seguir orientação médica.

A planta apresenta alto teor de proteína, alantoína (cicatrizante), alcalóides pirrolizidinicos (princípio tóxico), cálcio, ferro, sais minerais, vitaminas, fósforo, colinas e outros elementos.

Confrei
Confrei

História

Originário da Europa e Ásia, o confrei, Symphytum officinale L. (BORAGINACEAE) é uma das espécies integrantes do projeto “Produção, processamento e comercialização de ervas medicinais, condimentares e aromáticas”, coordenado pela Embrapa Transferência de Tecnologia – Escritório de Negócios de Campinas (SP), a qual está sendo cultivada e multiplicada nas unidades demonstrativas da Embrapa Pantanal (Corumbá, MS), Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE) e nos Escritórios de Negócios de Dourados (MS), Canoinhas (SC) e Petrolina (PE). Esse projeto contempla também o treinamento de técnicos e a qualificação de pequenos agricultores e seus familiares na produção e manipulação de ervas, fundamentadas em boas práticas agrícolas.

DESCRIÇÃO BOTÂNICA

Planta herbácea e perene que se concentra em uma pequena touceira; pode atingir até 90 cm de altura; rizoma carnoso e sem caule aparente; folhas alanceoladas ou ovais, que saem praticamente ao nível do solo, na base da planta são grandes e um pouco menores na parte superior, espessas e guarnecidas de pêlos ásperos; flores reunidas em escapo floral, em ramalhetes mais ou menos folhosos e torcidos, com coloração amarelada, esbranquiçada ou violácea.

COMPOSIÇÃO QUÍMICA

Alantoínas, mucilagens, taninos, saponinas, colina, açúcares, triterpenos, vitaminas, aminoácidos, esteróides, ácidos orgânicos e ácido fólico.

FORMA DE PROPAGAÇÃO

Mudas produzidas a partir de rizomas com cerca de 5 cm.

CULTIVO

Espaçamento de 20 x 30 cm entre plantas. Adaptase bem em regiões com altitudes de até 1.500 metros, úmidas, frescas e ensolaradas. Tem bom desenvolvimento em solos argilosos, soltos, profundos, levemente úmidos e com bastante matéria orgânica. Recomenda-se uma adubação com esterco de curral bem curtido, esterco de aves ou composto orgânico, quando necessário.

COLHEITA E BENEFICIAMENTO

As folhas devem ser colhidas a partir do 4° mês do plantio, e depois, a cada dois meses. Os rizomas devem ser colhidos quando a planta perde a parte aérea, cerca de 1,5 ano após o plantio. Depois de bem lavados, devem ser picados e secos ao sol.

REQUISITOS BÁSICOS PARA UMA PRODUÇÃO DE SUCESSO:

Utilizar sementes e material propagativo de boa qualidade e de origem conhecida: com identidade botânica (nome científico) e bom estado fitossanitário
O plantio deve ser realizado em solos livres de contaminações (metais pesados, resíduos químicos e coliformes)
Focar a produção em plantas adaptadas ao clima e solo da região
É importante dimensionar a área de produção segundo a mão-de-obra disponível, uma vez que a atividade requer um trabalho intenso
O cultivo deve ser preferencialmente orgânico: sem aplicação de agrotóxicos, com rotação de culturas, diversificação de espécies, adubação orgânica e verde, controle natural de pragas e doenças
A água de irrigação deve ser limpa e de boa qualidade
A qualidade do produto é dependente dos teores das substâncias de interesse, sendo fundamentais os cuidados no manejo e colheita das plantas, assim como no beneficiamento e armazenamento da matéria prima
Além dos equipamentos de cultivo usuais, é necessária uma unidade de secagem e armazenamento adequada para o tipo de produção
O mercado é bastante específico, sendo importante a integração entre produtor e comprador, evitando um número excessivo de intermediários, além da comercialização conjunta de vários agricultores, por meio de cooperativas ou grupos

REFERÊNCIAS

CORRÊA JÚNIOR, C.; MING, L. C.; SCHEFFER, M. C. Cultivo de plantas medicinais, condimentares e aromáticas. 2 ed. Jaboticabal, SP: FUNEP,1994, 162p: il.
FERRI, M. G.; MENEZES, N. L. de; MONTEIRO-SCANAVACCA, W. R. Glossário Ilustrado de Botânica. 1 ed. São Paulo, SP: NOBEL, 1981, 197p, il.
JACOBS, B. E. M. Ervas: como cultivar e utilizar com sucesso. São Paulo, SP: NOBEL, 1995, 215p. il.
LOW, T.; RODD, T.; BERESFORD, R. Segredos e virtudes das plantas medicinais: um guia com centenas de plantas nativas e exóticas e seus poderes curativos. Reader´s Digest Livros. Rio de janeiro, RJ. 1994, 416p. il.
PANIZZA, S. Plantas que curam. 28 ed. São Paulo, SP: IBRASA,1997, 279p. il.
SARTÓRIO, M. L.; TRINDADE, C.; RESENDE, P.; MACHADO, J. R. Cultivo de plantas medicinais. Viçosa, MG: Aprenda Fácil, 2000, 260p: il.

Nome popular: Confrei

Nome científico: Symphytum officinale L.

Família: Boraginaceae

Origem: Europa e Ásia.

Fonte: br.geocities.com/aservascuram.50megs.com/members.fortunecity.com/campinas.snt.embrapa.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Antocianinas

PUBLICIDADE Definição As antocianinas são fitoquímicos solúveis em água com uma cor vermelha a azul …

Glúten

Glúten

PUBLICIDADE Definição Glúten é o nome dado às proteínas encontradas em certos grãos de cereais: principalmente …

Painço

Painço

PUBLICIDADE Nos últimos anos, houve uma revolução alimentar saudável. Especialmente, com o aumento da consciência de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.