Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Alimentos / Pindaíba

Pindaíba

PUBLICIDADE

 

Nome científico: Duguetia lanceolata (sinonímia: Aberemoa lanceolata)

Família: Anonáceas

Nomes Populares: Pindaíba, Pindaíva, Pindaúva, Pindabuna, Perovana, Pindabuna, Pinda-Ubana, Cortiça, Corticeira, Duguetia-Pindaíba e Biribá.

Família botânica: Annonaceae

Ocorrência: Nativa em Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul. Prefere Solos arenosos na Mata Atlântica e na floresta semidecídua da Bacia do Paraná.

Origem: Regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Pindaíba
Pindaíba

Pindaíba
Pindaíba

Características da planta

Árvore que pode atingir até 20 m de altura, tronco com casca rugosa de coloração castanho-acinzentada. Folhas verde-amareladas, brilhantes. Flores avermelhadas no botão, róseo-esbranquiçadas posteriormente. Floresce de outubro a novembro.

Fruto

Globoso, formado pelo denso agrupamento das sementes de coloração castanha envoltas pela polpa, cujo conjunto assemelha-se a escamas de consistência carnosa e coloração vinácea quando maduro.

Frutifica de março a maio.

Cultivo

Ocorre de forma nativa em regiões de matas de altitude, sempre em solos bem drenados. Propaga-se por sementes, apresentando um desenvol-vimento lento.

A pindaíba é fruta da família das Anonáceas e, portanto, é também parente dos araticuns, da pinha, do biribá, da graviola e da pimenta-de-macaco.

Com este mesmo nome – pindaíba -, são conhecidos, no Brasil, tipos bastante diferentes de plantas dessa família botânica. Além da pindaíba aqui apresentada, cujo nome científico é Duguetia lanceolata, várias outras p antas brasileiras da mesma família são popularmente denominadas como pindaíbas.

No entanto, os frutos da pindaíba vermelha, da pindaíba reta, da pindaíbado-brejo e da pindaíba d’água, por exemplo, não apresentam a forma de “pinhas”, lembrando mais o formato dos frutos da pimenta-de-macaco.

Ao contrário, esta pindaíba constitui-se em fruto de forma e tamanho semelhantes aos da própria ata, pinha ou fruta-do-conde, a Anona squamosa. Seus frutos, que guardam a aparência externa característica daqueles, no entanto, não se confundem. Também quem já viu a árvore alta e esbelta da pindaíba sabe que trata-se de espécie distinta.

A pindaíba é fruta de aparência rústica, muito bonita e especial: à medida que vai amadurecendo, sua coloração verde adquire matizes de vermelho, até ficar completamente tomada por uma cor de sangue, violácea.

Conta-se que, no interior de São Paulo, os frutos da pindaíba davam água na boca às crianças que esperavam, ansiosamente, a volta dos adultos, pais e parentes, das incursões nos matos de onde os traziam.

Isto porque quem já chupou a polpa róseo-averme lhada que envolve suas sementes conta que, muitas vezes, ela é mais saborosa do que a própria pinha comum, embora bem mais fina e pouco volumosa.

Presume-se que a origem da expressão “estar na pindaíba” esteja, talvez, ligada ao fato da polpa da fruta ser muito fina e sem substância: diz-se de uma pessoa que ela “está na pindaíba” quando ela se encontra tão sem recursos que não tem outra alternativa senão alimentar-se dos frutos da pindaíba, mesmo sabendo que esta lhe oferecerá pouco alimento.

Natural das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil onde era muito comum, a pindaíba ocorre principalmente nas florestas de altitude e na mata pluvial atlântico, assim como suas parentes homônimas.

No entanto, cada vez menos freqüente nessas matas, a pindaíba é, hoje, uma bela delícia vermelha que está se acabando.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Pindaíba

O que é

Árvore da Mata Atlântica, de crescimento lento, madeira de lei, utilizada em reflorestamento e paisagismo. Seus frutos são atrativos, doces e comestíveis, porém com pouca polpa, semelhante à fruta do conde, porém vermelho quando maduro e com polpa mais fina e pouco volumosa, ainda que muito saboroso.

Árvore de 15-20 m de altura, com folhas glabras, subcoriáceas, de 8-12 cm de comprimento. Flores andróginas axilares. Frutos compostos (sinacarpo), de superfície tuberculada com arestas aguçadas, de polpa suculenta de sabor doce.

A pindaíba é uma árvore nativa, perene, não cultivada comercialmente, pode atingir 20 metros de altura.

A planta apresenta um crescimento lento.

As folhas são verde-amareladas, brilhantes, com 8 a 12 centímetros de comprimento.

As flores são hermafroditas, avermelhadas na fase de botões, e rosada a esbranquiçada na sua fase final.

Os frutos são compostos, têm formato globoso e cheios de protuberâncias angulosas.

Cada protuberância é um fruto, que contém uma semente envolta por uma fina camada de polpa suculenta, doce, de cor róseo-avermelhada, quando bem maduro.

Externamente, os frutos em desenvolvimento são verdes e, à medida que amadurecem, aumentam de intensidade de tom avermelhado ao vináceo.

As plantas se desenvolvem e frutificam bem em condições de clima ameno a levemente frio, solos bem drenados e com boa disponibilidade de água ao longo do ano.

A propagação é feita por sementes.

Produção e produtividade

Em se tratando de planta nativa e não plantada comercialmente, não existem dados de produtividade. Em geral, as plantas iniciam a frutificação de 2 a 4 anos de idade.

Utilidade

A fina camada de polpa que envolve a semente é consumida ao natural.

Devido ao belo aspecto visual dos frutos e a planta não ser agressiva no seu desenvolvimento, ela pode ser usada na arborização de praças, bosques, parques e na recomposição de vegetação de áreas degradadas.

Fonte: globoruraltv.globo.com

Pindaíba

Pindaíba
Árvore de Pindaíba

Pindaíba
Pindaíba

Pindaíba
Pindaíba

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Árvore de 9 a 20 metros de altura. Folhas simples, alterna, oblogo-lanceoladas, glabras, brevemente acuminadas, base aguda, sem pêlos na face superior, densamente dotadas de escamas brancacentas na face inferior, membranáceas de 8 a 12 cm de comprimento.

Flores solitárias ou duas opostas aos pecíolos das folhas, cálice esverdeado, com escamas prateadas, pétalas de creme até marrom clara.

Fruto oval, de até 6 cm de diâmetro, provido de unidades que formam protuberâncias fáceis de destacar, de verdes até arroxeadas quando maduros.

OBSERVAÇÕES ECOLÓGICAS E OCORRÊNCIA

Espécie perenifólia. Ocorre desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, passando por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul principalmete nas formações florestais do complexo atlântico e nas forestas estacionais semideciduais, preferencialmente em terrenos bem drenados e de altitude.

USOS MAIS FREQUENTES

Frutos comestíveis, consumidos ao natural e bastante procurados pela fauna, com grande valor ornamental.

Muito usada na recuperação de áreas degradadas por atrair a fauna.

Flor: Outubro a novembro.
Fruto: Março a maio.

Fonte: www.esalq.usp.br

Pindaíba

Pindaíba
Pindaíba

Pindaíba
Pindaíba

O que é

A Pindaíba e a Pimenta de Macaco, são duas anonáceas de origem brasileira, porém não são cultivadas comercialmente.

A Pindaíba apresenta coloração vermelha quando madura, diferentemente das outras anonáceas e há quem diga que é mais saborosa do que a Pinha.

A Pimenta de Macaco tem frutos de forma irregular, de coloração esverdeada, polpa avermelhada contendo sementes escuras, quase negras, envoltas por arilo branco.

Quando maduros abrem-se completamente em duas partes, expondo a polpa. Sementes são aromáticas e condimentares, usadas em algumas regiões para substituir a pimenta-do-reino ou a pimenta-da-índia.

“Está na pindaíba” é uma expressão usada para dizer que uma pessoa se encontra sem recursos e não tem outra alternativa senão alimentar-se dos frutos da pindaíba, mesmo sabendo que esta não lhe oferecerá pouco alimento.

A fruta-do-conde ficou assim popularmente conhecida, pois foi introduzida no Brasil em 1626 pelo Conde de Miranda na Bahia. Em 1811, D. João VI pediu a um agrônomo francês que as plantasse no Rio de Janeiro.

Os frutos

Os frutos têm sabor agradável e são consumidos somente ao natural (in natura). Propaga-se por sementes e apresenta crescimento lento, apesar disso, é útil para o plantio em áreas degradadas de preservação permanente.

A madeira é recomendada para usos internos na construção civil, como vigas, caibros, batentes de portas e janelas, molduras, lâminas faqueadas decorativas; também empregada em obras externas, como postes, moirões e dormentes, na confecção de móveis, etc. A árvore é esbelta e elegante, prestando-se para o paisagismo em geral.

Seus frutos são comestíveis e também muito procurados pela fauna em geral. Apesar de seu lento crescimento, é útil para o plantio em áreas degradadas de preservação permanente.

Fonte: www.hortibrasil.org.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Painço

PUBLICIDADE Nos últimos anos, houve uma revolução alimentar saudável. Especialmente, com o aumento da consciência de …

Carotenoides

Carotenoides

PUBLICIDADE Definição Distinguidos por seus pigmentos laranja, amarelo e vermelho, os carotenoides são encontrados em muitas …

Tiramina

PUBLICIDADE Definição A tiramina, um aminoácido encontrado no corpo e nos alimentos que contêm proteínas, …

2 comments

  1. Tenho algumas. Exeplares festa maravilhosas. Árvores. Tenho algumas mudas também

  2. Silvia Fontanário Cardoso

    Pindaíba, doce lembrança da infância!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+