Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Vagem - Página 7  Voltar

Vagem

Vagem

Phaseolus vulgaris L.

Outro nome: feijão-vagem.
Nome inglês: snap bean, french bean.
Origem: América.

Valor alimentício

Vitaminas A, B2 e C sais minerais, como flúor, cálcio, fósforo, ferro, sódio e potássio; contém fibras essenciais o funcionamento do intestino.

Clima

Quente (15°C a 30°C). Não tolera .

pH do solo

5,5 a 6,7.

Cultivares

a) tipo Macarrão (vagem com seção transversal )

Bandeira, Itatiba II, Maravilha, , favorito, etc.

b) tipo Manteiga (vagem com seção transversal elíptica)

Teresópolis, Campeão, Estrela, Namorado, Atibaia, Senhorita, etc.

Época de plantio

Agosto a março, no -sul do Brasil; em regiões mais quentes, o ano todo.

Semeadura

Em canteiro definitivo; a cultura é conduzida estaqueada.

Principais pragas e doenças

Pulgões

Ácaros

Mosca-branca

Ferrugem

Antracnose

Mancha angular

Colheita

60 a 80 dias após a semeadura.

Fonte: www2.petrobras.com.br

Vagem

Vagem

A vagem, suculenta, de textura áspera e contendo feijões cor-de-rosa ainda verdes nada mais é do que a vagem do feijoeiro. Com uma quantidade razoável de nutrientes e fibras, uma porção de 100 g de vagem cozida fornece 25% das necessidades diárias de vitamina C de um adulto, cerca de 20% das necessidades diárias de vitamina C de um adulto.

A vagem é normalmente consumida cozida, mas as vagens mais novas são deliciosas cruas, cortadas fininhas e servidas em forma de saladas.

A vagem crua possui mais nutrientes do que a cozida pois cerca de um terço das vitaminas se perde durante o cozimento.

Tradicionalmente, a vagem é um dos alimentos mais comuns na mesa dos brasileiros, fazendo parte da alimentação diária de crianças e adultos. Como é muito rica em fibras, a vagem atua como eficiente regulador das funções intestinais.

Fonte: culinaria.terra.com.br

Vagem

Vagem

Valor nutricional

A vagem contém gorduras e proteínas em pequenos teores. Possui, ainda, vitaminas A, C e do complexo B, além de minerais como o manganês e o zinco. Seu ponto forte, sem dúvida, é o teor de fibras capazes de regular o trabalho do intestino.

Calorias por 100g (sete unidades médias): 42 kcal

Fonte: nutri-vida.vilabol.uol.com.br

voltar 1234567avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal