Breaking News
Home / Alimentos / Canela

Canela

PUBLICIDADE

A canela tem sido usada como remédio na medicina tradicional ayurvédica e chinesa há séculos. Conhecida por seus benefícios ligados à digestão e às queixas gastrointestinais, a canela há muito é usada como remédio caseiro para azia, indigestão e náusea.

Os benefícios para a saúde da canela

A canela é uma ótima fonte de fibra , manganês e cálcio. Seus benefícios testados em pesquisa são diversos, mas esses são os maiores:

Antioxidantes: A canela demonstrou agir como um poderoso antioxidante . De fato, ele superou mais de duas dúzias de outros alimentos em termos de capacidade antioxidante em um estudo .

Antiinflamatória: A inflamação está associada a uma ampla gama de problemas de saúde, desde doenças da pele até doenças autoimunes e câncer, e estudos têm isolado vários compostos flavonóides da canela que têm atividades antiinflamatórias.

Benefícios Cerebrais: Comer canela aumenta os fatores neurotróficos , que mantêm vivos os neurônios existentes em seu cérebro e estimulam novos a crescer. Isso pode atrasar a progressão de doenças como Alzheimer e Parkinson. Também foi encontrado para diminuir as respostas ao estresse , para que você possa ficar focado e alerta.

Açúcar no sangue e perda de peso: Embora os estudos não sejam conclusivos, a canela mostrou reduzir os níveis de açúcar no sangue diminuindo a resistência à insulina, um possível benefício para todos nós, mas especialmente para aqueles com diabetes. Se você tiver que observar seu nível de açúcar no sangue, pode ser aconselhável adicionar mais canela à sua dieta. A pesquisa mostra que a canela pode ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue quando ingeridos com carboidratos. Pode também diminuir os níveis de gorduras ruins e colesterol no sangue. Importante: não há pesquisa estabelecida sobre uma ligação direta com a perda de peso, mas todos os seus benefícios potenciais – como reduzir a inflamação e equilibrar o açúcar no sangue – podem contribuir para que você alcance um peso saudável.

Combate à infecção: O cinamaldeído, um componente da canela que lhe confere sabor e cheiro, demonstrou ter propriedades antimicrobianas e antifúngicas , mas como isso pode se traduzir em combater infecções no corpo não é estabelecido.

Canela
Canela

Nome Científico: Cinnamomum zeylanicum Blume. (LAURACEAE)

Árvore mediana de casca castanho-claro; folhas opostas, ovaladas; flores verde-amareladas, em paniculas terminais. Originário da Ásia.

Princípio Ativo: Eugenol, safrol, felandreno, ácido cinâmico e taninos.

Partes Usadas: Folhas e casca das árvores.

Uso Popular

O pó das cascas é condimento. O chá das cascas ou da folha é estimulante digestivo, carminativo, anti-espasmódico e anti-reumático.

É a casca de um arbusto do Ceilão descoberto em 1505 pelos portugueses. Na Idade Média foi muito disputada, juntamente com o gengibre. Hoje em dia, a canela é vendida em forma de bastões e em pó. Seu uso foi difundido por gerações sendo comum nos doces, tortas ou mesmo em pães doces. A canela possui propriedades tonificantes e excitantes, além de entrar na composição de xarope ativante da circulação.

Estimulante, digestiva, antiespasmódica. Tratamento de febre, gripes e resfriados.

CANELA(CASCA)

Cryptocarya aschersoniana sistema digestivo em geral, estimula o trabalho cardíaco, aumenta a secreção gástrica.
Digestiva e antioxidante; ajuda a prevenir osteoporose, a controlar a pressão sanguínea e a aliviar sintomas da menopausa.

Uso

Compotas, infusões, marinados, picles e ensopados (em casca) e bolos, pães, biscoitos, mingaus e doces (em pó).
Combate azia, enjoos e infecções de garganta

Elemento

Usado como incenso para cura, clarividência, vibrações espirituais. Conhecida como um poderoso afrodisíaco. Usado em feitiços de prosperidade. Muito usada também em feitiços de amor.

CANELA DA CHINA

Cinnamomum cassia Ness – Óleo essencial (principais componentes:aldeído cinâmico e seus ésteres), mucilagem e manitol. Anti-séptico e como protetor solar em cremes e bronzeadores.

São usadas como tempero duas espécies de canela: a do Ceilão e a da China. Ambas são árvores das quais são extraídos pequenos pedaços da casca do tronco.

A canela pode ser vendida em pedaços (canela em pau) ou moída ( canela em pó). Da árvore da canela pode ser extraído óleo com propriedades medicinais usado para tratar gripes e resfriados, empregado também na perfumaria.

Com o nome de canela conhecem-se no comércio diferentes tipos de cascas que se empregam como condimento e se obtêm de diversos arbustos pertencentes à família das Lauráceas. A espécie melhor e mais utilizada é o Cinnamomum Ceylandicum, procedente do Ceilão, onde é abundantemente cultivado. Também é explorada noutros países, como Java, Sumatra e ria América do Sul. Das cascas dos ramos novos obtêm-se os delicados cilindros, pardo-avermelhados, utilizados no comércio. Caracterizam-se por um sabor fortemente aromático, algo picante e ao mesmo tempo doce.

Composição

Um óleo essencial que atinge proporções de 0,5 a 4%.

Também contém uma suave resina aromática, um corante que tem ferro e gomas.

Aplicações Médicas

A canela tem uma ação reguladora do apetite, fortalece o estômago, é estimulante e adstringente. Tem sido um remédio tradicional para a debilidade do estômago e do sistema digestivo em geral, especialmente nos casos de gastrite sub-ácida, caracterizada pela escassa produção de suco gástrico, e na diarreia.

Nas farmácias costuma-se preparar a «água de canela», a tintura de canela, o xarope e o óleo de canela. Infelizmente, estes preparados costumam empregar-se apenas para corrigir o sabor de outras receitas médicas, embora tenham certas propriedades muito aproveitáveis por si mesmas. A que se emprega mais freqüentemente é a tintura de canela, tomando-se uma colher de sopa, cheia, três vezes por dia. É muito recomendável na debilidade nervosa do estômago, na flatulência e nas gastrinterites.

CANELA PODE COMBATER DIABETES TIPO 2

Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou que a canela tem propriedades capazes de prevenir e combater o diabetes tipo 2. Os pesquisadores identificaram um componente que desempenha o papel de substituto da insulina e pode potencializar a atividade desta substância no organismo. Tratados com uma solução de canela por 40 dias, cerca de 30 voluntários demonstraram uma significativa redução dos níveis de glicose no sangue. A pesquisa também indicou redução dos níveis de triglicérides e colesterol. A equipe conseguiu identificar e descrever a estrutura química da molécula proanthocyanidin, encontrada na canela e que interfere na sinalização da insulina em células gordurosas. Agora, eles testam os efeitos benéficos da canela em ratos portadores de diabetes e os resultados devem ficar prontos em seis meses.

CANELA (CASCA)

Hemorragia nasal, moderar as cólicas, afecções catarrais, febre e vômitos.

ÓLEO DE CANELA

O óleo de canela atua contra as dores artríticas, musculares e reumáticas. Combate o estresse, a frigidez e a impotência, as gripes e resfriados, as infecções microbianas, a neurastenia ou qualquer tipo de estagnação física, emocional ou mental.

É um forte estimulante circulatório, cardíaco, metabólico e respiratório.

Ajuda a relaxar a musculatura.

PROPRIEDADES ESPECÍFICAS DO ÓLEO DE CANELA

Afrodisíaco. Analgésico. Antidepressivo. Antibiótico. Antiespasmódico. Antiparasitário. Antisséptico. Antiviral. Batericida. Expectorante. Fungicida. Imunoestimulante. Termogênico.

Seu aroma nos remete ao exotismo mágico do Oriente, seu sabor picante atiça nosso paladar e sua cor nos lembra a sensualidade das peles bronzeadas pelo sol.

É a canela, uma das mais conhecidas e utilizadas especiarias que, entre outras qualidades, tem poderes afrodisíacos.

A canela (Cinnamomum zeylanicum) é uma especiaria antiga, de aroma agradável, estimulante dos sentidos e calmante para o nervos. Ela é retirada da casca de uma árvore encontrada no Sri Lanka e no sudoeste da Índia, e é disponível também em forma de óleo, extrato e pó seco, sendo utilizada em substâncias aromáticas, incensos, chás, licores, cremes dentais, perfumes e cosméticos. O licor é feito incorporando a casca macerada na bebida.

De sabor forte, adstringente e picante, realça doces, sobremesas, e inúmeros pratos orientais. No ocidente é mais usada em doces, mas é comum saborear pratos salgados orientais temperados com canela. É vastamente usada em misturas como o curry, os garans indianos ou a mistura chinesa five spicy.

Uso medicinal

O óleo de canela é considerado pelos aromaterapeutas um óleo “quente” e muito aromático. Utilizado nas massagens, tonifica o corpo, é anti-séptico, anti-espasmódico, facilita a circulação sanguínea e é estimulante sexual.

Os antigos judeus curavam febres e gota misturando a canela com vinho de tâmaras, mas foi na China e em outros países asiáticos que ela começou a ser usada como condimento e acabou se tornando uma planta medicinal.

Útil na fadiga e depressão, também é um tônico para os sistemas respiratório e digestivo, em forma de chá, especialmente nas tosses, resfriados, gripes, dores de estômago e diarreia. Utilizado em difusores, evita que o vírus da gripe se espalhe pelo ar. Como afrodisíaco, atua em casos de impotência.

O incenso de canela é usado como um purificador de ambientes, é um poderoso calmante e também sintoniza bons fluidos financeiros, sendo seu odor reputado como “chamariz” para atrair clientes a negócios.

PODER AFRODISÍACO

A expressão “ganhar um amor pelo estômago” faz mais sentido quando os ingredientes de uma receita compõe uma refeição afrodisíaca. O estímulo sexual através dos alimentos é uma técnica de conquista amorosa milenar, que vem sendo transmitida de geração a geração pelo mundo todo. O termo afrodisíaco é derivado de Afrodite, nome da deusa da mitologia grega do amor carnal. Diz a mitologia, que Afrodite deu seu nome a todos os alimentos e medicamentos estimulantes do ato sexual.

Atualmente, a culinária afrodisíaca pode ser encontrada em livros, restaurantes especializados e até mesmo nas feiras livres, onde ela se difunde através do conhecimento popular.

A canela é incluída nesta classificação por seus poderes estimulantes da sexualidade. Se você quiser usá-la em sua receita de sedução, experimente fazer um chá com esses pauzinhos e ofereça ao seu amor. Não me responsabilizo pelo que pode acontecer.

Especiaria

Mencionada em alguns livros da Bíblia, a canela é uma das mais antigas especiarias de que se tem registro.

Conhecida como canela-do-ceilão, é nativa do Sri Lanka (antigo Ceilão), extraída da casca de uma árvore da mesma família do louro.

Próxima da canela-do-ceilão, a cássia ou canela-da-china, é também obtida de um loureiro, possui sabor e aroma mais intensos, mas menos delicados.

Ambas são cultivadas atualmente no Brasil e o processo de extração é o seguinte: a casca é retirada na época das chuvas, quando há mais seiva nas árvores, depois é seca e enrolada na forma de canudos.

Esses canudos é o que chamamos de canela em rama ou de canela em pau. Os resíduos e cascas quebradas servem para a preparação da canela em pó.

Podemos encontrá-la, ainda, na forma de essência e de óleo (usada para as fragrâncias).

Como comprar

A canela em rama é a que preserva melhor seu aroma e sabor. Quando comprar, verifique se o aroma é bem marcante, o sabor adstringente, doce e picante e a coloração marrom-avermelhada. A de melhor qualidade tem casca mais fina e maior concentração de sabor e de fragrância.

Na canela em pó, fique atento ao prazo de validade.

Como armazenar

Guarde em recipientes de vidro, bem limpos e fechados, em local protegido da umidade, para preservar o aroma e o sabor da especiaria. Quando for usar canela em pó, retire pequenas porções com uma colher limpa e seca e não com as pontas dos dedos, porque além de aumentar a umidade da especiaria, pode contaminá-la.

Usos culinários

A canela pode ser usada para condimentar frango e tender. É um dos ingredientes do curry e garam masala – misturas de especiarias, ambos da cozinha indiana.

Na cozinha mediterrânea não falta nos molhos de tomate e à bolonhesa. Por aqui, seus usos mais conhecidos são no preparo de pães, biscoitos doces, bolos, tortas de frutas, cremes, frutas condimentadas, compotas, pudins e licores e para aromatizar bebidas quentes à base de café e de chocolate.

Além disso, está presente em muitos de nossos doces tradicionais, como o arroz-doce, o curau, a ambrosia, as compotas de frutas e também na banana assada com mel e nas bebidas quentão e vinho quente.

Nome Científico: Cinnamomum Zeylanicum

Família: Lauráceas

Origem: Ceilão, Birmânia, Índia

Características

Conhecida há mais de 2500 anos a.C. pelos chineses, a canela é uma árvore que requer cerca de 1.300mm de chuva por ano e temperatura média anual superior a 21O C.

A canela é uma árvore do ciclo perene e que atinge até 8 a 9 metros de altura. A casca dos ramos é comercializada em rama (pau), raspas e pó. A caneleira é utilizada na culinária e na fabricação de bebidas, medicamentos, perfumes, shampoos e sabonetes.

As suas propriedades medicinais são: Adstringente, afrodisíaca, anti-séptica, carminativa, digestiva, estimulante, hipertensora, sedativa, tônica e vasodilatadora.

A canela é muito utilizada na culinária como condimento e na cosmética é utilizada em shampoos para dar brilho nos cabelos, usadas em pasta dentais, sabonetes e bronzeadores.

Fonte: nutritiouslife.com/www.severomoreira.net/www.soreceitasculinarias.com/www.aromasdafloresta.com.br

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Antocianinas

PUBLICIDADE Definição As antocianinas são fitoquímicos solúveis em água com uma cor vermelha a azul …

Glúten

Glúten

PUBLICIDADE Definição Glúten é o nome dado às proteínas encontradas em certos grãos de cereais: principalmente …

Painço

Painço

PUBLICIDADE Nos últimos anos, houve uma revolução alimentar saudável. Especialmente, com o aumento da consciência de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.