Breaking News
Home / Automóveis / História da Mazda

História da Mazda

PUBLICIDADE

Mazda começou como um fabricante de máquinas-ferramenta chamada Toyo Cork Kogyo Co., Ltd, que foi fundada no Japão em 1920.

Em 1927 Toyo Cork Kogyo rebatizou-se como Toyo Kogyo Co., Ltd. em 1927 e mudou-se de fabricação de máquinas-ferramentas para veículos, com a introdução do primeiro veículo, Mazda-Go, em 1931.

Durante a segunda guerra mundial Toyo Kogyo produziu armas para os militares japoneses, principalmente foi a série de 30 a 35 Tipo 99 rifle.

A empresa adotou formalmente o nome Mazda em 1984, apesar de todos os automóveis vendidos desde o início deu esse nome. O Mazda R360 foi introduzido em 1960, seguindo-se o Mazda Carol em 1962.

No início da década de 1960, Mazda colocar um grande esforço de engenharia para o desenvolvimento do motor rotativo Wankel, como forma de se diferenciar de outras empresas de automóveis japoneses.

O limitado-produção Cosmo Esporte, de 1967 tornou-se o primeiro veículo a adotar o motor rotativo e ainda está sendo usado hoje no RX-8. Mazda tornou-se o único fabricante de motores Wankel do tipo, principalmente, por meio de atrito (NSU e Citroën tanto desistiu do projeto durante os anos 1970, e protótipo Corvette esforços da General Motors nunca chegou à produção.)

Este esforço para trazer a atenção para si, aparentemente ajudou, como Mazda rapidamente começou a exportar seus veículos. Ambos os modelos movidos rotativo movido a pistão e fizeram o seu caminho ao redor do mundo.

Os modelos rotativos rapidamente se tornou popular pela sua combinação de boa alimentação e peso leve quando comparado aos concorrentes com motor a pistão, que exigiam um V6 ou V8 pesado para produzir a mesma energia. O R100 e famosa série de RX (RX-2, RX-3, e RX-4) liderou os esforços de exportação da empresa.

Durante 1968 Mazda iniciou as operações formais no Canadá, apesar de terem sido visto no Canadá, já em 1959.

Em 1970, a Mazda entrou formalmente no mercado americano e foi muito bem sucedido lá, indo tão longe a ponto de criar o recolhimento Mazda Rotary para os compradores norte-americanos. Para este dia, Mazda continua a ser o único fabricante de automóveis ter produzido uma caminhonete Wankel-motorizado. Além disso, eles também são a única marca a já ofereceu um ônibus rotativo alimentado (a Mazda Parkway, oferecido apenas no Japão) ou station wagon (dentro da linha RX-3 & RX-4 para os mercados dos EUA).

Sucesso rotativo da Mazda continuou até o início da crise do petróleo de 1973. Como os compradores americanos (assim como os de outras nações) rapidamente virou-se para os veículos com melhor eficiência de combustível, os modelos rotativos potência relativamente sedentos começou a cair em desuso.

Sabiamente, a empresa não tinha totalmente virou as costas para motores de pistão, como eles continuaram a produzir uma variedade de modelos de quatro cilindros em toda a década de 1970. A linha de Familia menor em particular tornou-se muito importante para as vendas mundiais da Mazda depois de 1973, assim como a série um pouco maior Capella.

Não querendo abandonar o motor rotativo inteiramente, Mazda reorientou seus esforços e fez dela uma escolha para o motorista esportivo ao invés de um motor convencional. Começando com o leve RX-7 em 1978 e continuando com o RX-8 moderno, Mazda continuou a sua dedicação a este motor único.

Essa opção em foco também resultou no desenvolvimento de um outro carro esportivo leve, o movido a pistão Mazda Roadster (talvez mais conhecido por seus nomes em todo o mundo como o MX-5 Miata ou), inspirado no conceito “Jinba Itai ‘.

Introduzido em 1989, para aclamação mundial, o Roadster tem sido amplamente creditado com a reviver o conceito do pequeno carro esporte após seu declínio no final de 1970.

Anos 20

História da Mazda
Jyujiro Matsuda

Jyujiro Matsuda funda a empresa em 1920 com a designação Toyo Cork Kogyo Co., Ltd.

Em japonês, o nome da empresa sempre foi pronunciado e soletrado como “Matsuda”, o nome do fundador.

Anos 30

História da Mazda
Mazda Cosmo Sports 110S

A Mazdago, um carrinho de três rodas, começa a ser produzida em 1931.

O primeiro logotipo da Mazda surge em 1934. O nome origina de Ahura Mazda, um deus antigo.

Além disso, também tem uma sonoridade semelhante à do nome do fundador.

Anos 60

História da Mazda
Mazda Familia (323)

O nosso primeiro automóvel, o veículo de passageiros Mazda R360 Coupé de duas portas, é lançado em 1960.

O Mazda Carol de quatro portas surge em 1962.

Em 1963, construimos o nosso milionésimo automóvel.

O nosso primeiro veículo com motor rotativo, o Mazda Cosmo Sports 110S, é lançado em 1967. A partir desta altura, o motor rotativo desempenha um papel fundamental na história da Mazda.

No mesmo ano, inicia-se a exportação em larga escala para a Europa.

Anos 70

Em 1970 inicia-se a exportação para os EUA.

São lançados vários novos modelos nesta década. Entre os que ajudam a estabelecer a nossa reputação encontram-se os lançamentos de 1977 do Mazda Familia (323) e do Mazda Capella (626).

Em 1972, o automóvel número 5 milhões sai da linha de produção. No ano seguinte, o total das exportações supera 1 milhão de unidades.

Em 1975, o logótipo com o nome Mazda faz a sua estreia.

Anos 80

História da Mazda
MX-5 NA (1989)

Em 1981, fundamos a Mazda, Inc. (América do Norte) e a atual Mazda Motor Europe (Europa).

Em 1984 alterámos a nossa designação para Mazda Motor Corporation. No ano seguinte, a nossa produção total até à data alcança os 10 milhões de automóveis.

Em 1986, 1,5 milhões destes automóveis são veículos com motor rotativo. E em 1987, o total de veículos duplica para 20 milhões.

A Mazda B2500 é lançada em 1985, sendo um de vários veículos novos. Em 1987, começamos a produzir nos EUA, em Michigan.

E em 1989 acontece algo muito especial: o Mazda MX-5 é apresentado pela primeira vez, no Salão Automóvel de Chicago.

Anos 90

História da Mazda
Mazda 787B em 1991, Le Mans

A Mazda vence as 24 Horas de Le Mans em 1991 com o Mazda 787B. Foi a primeira vitória de um construtor japonês na competição e a única vitória alcançada por um motor rotativo.

Em 1992 adoptámos as normas ambientais globais da Mazda (“The Mazda Global Environmental Charter”).

Em 1994 somos o primeiro fabricante automóvel japonês a obter a certificação ISO 9002.

Em 1996 obtemos a certificação ISO 9001, a norma de qualidade mais elevada. Mais uma vez, somos pioneiros entre as marcas japonesas.

O logótipo atual é introduzido a partir de 1997.

Em 1999, o Mazda MX-5 número 500.000 sai para a estrada.

Anos 2000

História da Mazda
Motor rotativo RENESIS

Em 2002, a expressão “Zoom-Zoom” é escolhida como a representação da essência da nossa marca.

Em 2003 surge a primeira versão de série do Mazda RX-8. O seu motor RENESIS vence o prémio de “Motor do ano” em 2003 e 2004.

Em 2004 comemorámos 25 anos de parceria com a Ford.

Em 2005 é lançada uma nova versão do roadster mais vendido em todo o mundo, o Mazda MX-5. Além disso, atualizámos as normas ambientais globais da Mazda.

Fonte: dailynewsdig.com/www.mazda.pt

História da Mazda

Uma breve história da Mazda

O nome Mazda teve origem em Ahura Mazda, o mais importante deus zoroástrico da razão, que concedeu sabedoria e uniu o homem, a natureza e os outros deuses.

De igual modo, é bastante parecido com a fonética do nome do fundador da empresa, Jujiro Matsuda, que fundou a empresa no dia 30 de janeiro de 1920 com o nome de Toyo Cork Kogyo Co. Ltd (companhia industrial do oriente).

Em 1927 alterou o seu nome para Toyo Kogyo Co.; em 1929 tem início a fabricação de máquinas e ferramentas; e pouco depois, em 1931, inicia a produção de um veículo de carga de três rodas batizado de Mazda-Go, um misto de moto e caminhão.

Já em 1932, a montadora começou a exportar seus veículos para a China.

Em 2001, a Mazda comemorou 70 anos de produção automóvel.

Somente no ano de 1934 nasceu o primeiro logotipo da marca com o nome MAZDA.

Durante a Segunda Guerra Mundial a empresa passou a produzir armamentos para o exército japonês como o rifle Tipo 99, que se tornou extremamente conhecido. Depois do término do conflito, a empresa, que teve suas instalações seriamente destruídas, começou sua reconstrução, iniciando novamente as exportações somente em 1949 para a Índia. No final da década de 50, a montadora introduziu no mercado o Mazda Romper, um pequeno e durável caminhão.

O primeiro carro da marca, o MAZDA R360, um pequeno cupê de dois lugares com motor V2 traseiro, surgiu somente em 1960; seguido no ano seguinte pela picape compacta B-series 1500; e do MAZDA Carol 600, primeiro automóvel de quatro portas da montadora, introduzido em 1962.

No ano seguinte, além da produção automóvel acumulada atingir a faixa de um milhão de unidades, a MAZDA introduz no mercado sua primeira van destinada ao uso familiar, e, em 1966 a van comercial chamada Bongo. Em 1967 a MAZDA começa a exportar em larga escala para o continente europeu, além de estabelecer escritórios de vendas na Austrália. Nesse ano é também lançado o Mazda Cosmo 110S, primeiro automóvel da montadora a receber um motor rotativo Wankel, que por ser um motor de combustão interna recorria a um rotor ao invés de pistões. Esse motor possuía um peso muito menor e a mesma potência que um motor normal, mas com cilindrada inferior. Foi com esse modelo qua a MAZDA debutou nas competições esportiva em 20 de outubro de 1968, na maratona de resistência de 84 horas em Nürburgring na Alemanha.

Ainda nesse mesmo ano, foi a vez da picape B2500, que vendeu mais de 3 milhões de unidades até os dias de hoje. Este ano também foi marcado pelo início da produção de automóveis em uma fábrica na Malásia. Em 1969 a MAZDA firmou uma parceria com a Ford e a Nissan, dando início a uma joint venture para produzir caixas de transmissão automáticas. A incorporação do motor Wankel em vários modelos levou a MAZDA, na década de 70, a ser reconhecida como uma marca de alta performance.

E foi justamente no início dessa década que os números da montadora japonesa começaram a crescer: em 1970 iniciou a exportação de seus automóveis para o mercado americano, e, em 1972, atingiu a produção de 5 milhões de carros em sua história.

Vários modelos ajudaram a construir a reputação da empresa nesta década, entre eles o cupê compacto Familia e o grande Capella, introduzidos em 1977; e o MAZDA RX-7, um esportivo equipado com motor de 260 cavalos de potência, que teve importância fundamental em estabelecer a montadora no segmento de carros esportivos, ficando extremamente conhecido no Brasil quando apareceu na série Jaspion. No final da década, em 1979, depois de um baixo volume de vendas, a montadora tem a sua primeira grande crise financeira. Para escapar à crise a MAZDA assina um acordo com a Ford, onde a montadora americana adquiriu 25% das ações, vindo a aumentar sua participão para 33.4% em 1996.

Nos anos seguintes, tanto a Ford como a MAZDA lançaram modelos em conjunto, alterando o seu nome dependendo do mercado. Nos anos 80 a montadora, que adotou oficalmente o nome de Mazda Motor Corporation em 1984, assistiu seu volume de vendas passar para um patamar muito mais elevado, graças ao apoio da Ford, e principalmente com o lançamento de MAZDA MX-5, em 1989, que se tornaria um campeão mundial de vendas na categoria esportivo de dois lugares, proporcionando ao mercado um roadster a preços mais acessíveis. A década seguinte tem início, em 1991, com um MAZDA 787B vencendo a tradicional prova das 24 Horas de Le Mans, sendo a primeira vitória na competição de um construtor japonês e a única vitória alcançada por um motor rotativo.

Apesar do bom início nesta década, a MAZDA começou novamente a ter prejuízos financeiros. As boas vendas no mercado europeu não serviam para cobrir as perdas financeiras no mercado japonês e americano, especialmente devido a crise asiática de 1997.

Sob o comando de Henry Wallace, a MAZDA foi completamente reestruturada, dando início ao desenvolvimento de novos e avançados automóveis. O novo século coincidiu com a saída do carro de n.º 35 milhões da linha de produção. Foi também nesta época que a MAZDA lançou sua famosa campanha corporativa, denominada “Zoom-Zoom”, ressaltando de uma forma criativa à agilidade de seus veículos e diretriz visual que serviria como inspiração para o desenvolvimento de sua nova geração de veículos.

Os primeiros veículos

A fábrica de máquinas-ferramentas teve início em 1929, sendo pouco tempo depois (1931) seguido de um veículo de carga de três rodas, o Mazdago. O primeiro carro, o Mazda R360 Coupé, um veículo de passageiros de duas portas, surgiu em 1960, e o Mazda Carol de quatro portas veio ao mundo em 1962.

No ano seguinte, a produção automóvel acumulada atingiu a fasquia do milhão de unidades.

Tradição de inovação

O primeiro veículo da Mazda com motor rotativo, o Mazda Cosmo Sports 110S, foi lançado em 1967. No grupo de carros notáveis que ajudaram a construir a nossa reputação, podemos incluir também as introduções de 1977 do Mazda Familia (323) e do Mazda Capella (626). A nossa herança no capítulo dos carros desportivos foi solidamente estabelecida pelo Mazda RX-7 (1978) e consolidada pelo Mazda MX-5, campeão mundial de vendas de carros desportivos de dois lugares, cujo lançamento data de 1989.

Tecnologia de motorização

A Mazda tem permanecido na vanguarda do desenvolvimento de motores desde 1961, altura em que deu início à cooperação técnica com a companhia alemã NSU/Wankel no domínio dos motores rotativos.

O mais recente desenvolvimento foi o novo motor RENESIS incluído no concept car RX-EVOLV.

Tecnologia de motorização

Foi com muito orgulho que, com o Mazda 787B, vencemos as 24 Horas de Le Mans em 1991. Foi a primeira vitória na competição de um construtor japonês e a única vitória alcançada por um motor rotativo.

O protótipo do Xedos 9 causou grande sensação no Salão Automóvel de Frankfurt de 1993. Introduzimos a Inovação Digital Mazda em 1996, incorporando tecnologia de ponta. No ano passado, entrou em cena o inventivo Mazda Premacy. O novo século coincidiu com a saída do nosso carro n.º 35 milhões da linha de produção.

Uma parceria estável

Inicialmente, a companhia firmou uma parceria com a Ford em 1969, formando uma joint venture com vista ao fabrico de caixas automáticas.

Dez anos depois, a Ford adquiriu uma participação de 25% na Mazda, e, desde então, a relação entre as duas companhias desenvolveu-se fortemente. A AAI, a joint venture de ambas as companhias nos EUA, fabricou já muito para cima de 2 milhões de veículos desde 1992.

A linha do tempo

1978 – Lançamento do MAZDA MX-7, automóvel esportivo responsável por tornar acessível este tipo de modelo no mundo.
1986
– Lançamento do MAZDA FESTIVA, um carro compacto que foi introduzido nos Estados Unidos com o nome de MAZDA 121.
1987 – Lançamento do MAZDA MX-6, um sedã esportivo de porte médio. O modelo foi chamado de MAZDA CAPELLA no Japão até 2002, quando foi relançado como MAZDA6. O modelo está atualmente disponível nas versões sedã e wagon.
1988 – Lançamento do MAZDA PERSONA, um sedã de médio porte.
1989 – Lançamento do MAZDA MX-5, esportivo e carro mais famoso da montadora japonesa.
1991 – Lançamento do MAZDA SENTIA, um sedã luxuoso que possuiu duas gerações até ter sua produção encerrada em 1999.
1996 – Lançamento do MAZDA2, um automóvel compacto estilo urbano, também comercializado com o nome de DEMIO.
1999 – Lançamento do MAZDA PREMACY, uma van mono-volume de porte médio. A segunda geração do modelo, introduzida em 2005, adotou o nome de MAZDA5.

2003

Lançamento do MAZDA MX-8, um esportivo equipado com o famoso motor Wankel Renesis de apenas 1.3 litros, capaz de gerar impressionantes 250 cavalos de potência, acelerando de 0-100 km/h em 5.9 segundos. O modelo foi o sucessor do famoso MAZDA RX-7.
Lançamento do MAZDA3, um automóvel compacto, disponível nas versões sedã (quatro portas) e hatchback/wagon (cinco portas). O modelo também é comercializado com o nome de MAZDA AXELA.

2004 – Lançamento do MAZDA VERISA, um automóvel compacto especialmente desenvolvido para o mercado japonês, aliando estilo e versatilidade.

2006

Lançamento do MAZDA CX-7, um crossover compacto que se tornou um grande sucesso de venda no Japão. O visual esportivo, que tinha linhas bastante arrojadas e carroceria inclinada, era acentuado pelo motor turbo 2.3 litros com injeção direta de combustível.
Lançamento da linha de picapes MAZDA BT-50, nas versões cabine simples, dupla e estendida. A designação BT-50 representa que a nova linha tem capacidade de carga de meia tonelada.

2007 – Lançamento do MAZDA CX-9, um crossover com capacidade para sete pessoas, direcionado para o mercado americano. O modelo tem um visual muito agressivo, principalmente devido às suas grandes rodas de 20 polegadas, desenho moderno, sofisticação e muito conforto.
2008 – Lançamento do MAZDA BIANTE, uma van de tamanho grande, com capacidade para oito pessoas distribuídas em três fileiras de assentos, disponível somente no mercado japonês. Para facilitar o acesso o modelo possui duas portas corrediças laterais. De acordo com a MAZDA, o nome foi escolhido baseado na palavra inglesa “ambient” (ambiente), com o objetivo de“criar a impressão de um interior unificado que contribui para um clima confortável e agradável para todos os ocupantes”.

Logotipo

No logotipo 1936, a curva em forma de M foi inspirado no emblema da cidade de Hiroshima.

Os logos de 1991 e 1992 simbolizou uma asa, o Sol e um círculo de luz. Logotipo atual Mazda⠀ ™ s, apelidado de “o logotipo do owl”, foi projetado pelo Rei Yoshimara em 1997.

O “M” estilizado foi concebido para se parecer com asas esticadas, mas muitas pessoas viram uma tulipa estilizada em seu lugar.

Há algum debate sobre a origem do nome da Mazda para a empresa.

Acredita-se por alguns como uma versão latinizada do nome do fundador, Matsuda. Outros acham que o próprio Matsuda escolheu o nome Mazda como ele é derivado de Ahura Mazda, o nome de uma divindade exaltado eles cuja seguir o costume do zoroastrismo.

Zoroastrismo é considerado por alguns em perto de culturas orientais a ser a fonte de sabedoria, inteligência e harmonia.

História da Mazda
Primeiro Logo da Mazda

História da Mazda
Logo autal da Mazda

Fonte: mazdaallmotors.com.br/sorrac.wordpress.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

História da Cadillac

História da Cadillac, Carro, Marca, Modelos, Fabricação, Motor, Empresa, Construção, Logo, Veículos, Automóveis, História da Cadillac

Cadillac Self-Starter

Cadillac Self-Starter, Construção, Sistema, Motor, Arranque, Partida, Elétrica, Dispositivo, Inovação, História, Cadillac Self-Starter

Aero Willys

Aero Willys, Carros, Brasil, Versão, Veículos, Velocidade, Modelo, Características, Linha, História, Fotos, Aero Willys

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.