Breaking News
Home / Automóveis / Porsche 911

Porsche 911

PUBLICIDADE

Porsche 911 (1963-1998)

O Porsche 911, talvez mais do que qualquer outro carro moderno, é claramente um descendente direto de seu ancestral de origem.

Enquanto Porsche 991 de hoje é tanto maior e exponencialmente mais sofisticado do que o original 901 que se curvou em 1963 Salão do Automóvel de Frankfurt, o mais novo 911 é simplesmente a mais recente evolução de uma era duradoura.

Até o final dos anos 1950 era óbvio para que a Porsche 356, que tinha começado como basicamente um Volkswagen Beetle fortemente modificada em 1948, era pequeno e não particularmente poderosa em comparação com outros carros esportivos, em seu nível de preço elevado. Mas foi também o carro em que a empresa foi construída e era essencialmente único produto da Porsche. Substituí-lo era necessário, mas perigosa. Quem diria que o eventual substituto para o 356, o 911, iria superar o seu antecessor em vendas, longevidade e glória?

Poucos veículos são capazes de provocar tanta paixão em diferentes gerações como o Porsche 911.

Com design exclusivo e luxuoso, combinado a um desempenho incomparável, o Porsche demonstra, mais uma vez, potência, agilidade e conforto.

Com capacidade para atingir até 289 km/h de velocidade, o novo modelo conta com 350 cavalos de força, chegando a acelerar de 0 a 100 km/k em apenas 4.8s.

Em seu interior, mantém o luxo e conforto típico da marca, com a utilização de materiais de alta qualidade e diversas opções de cores. A empresa também manteve seu crescente compromisso com a redução de emissão de gases nocivos e equipou o veículo com um motor planejado para produzir menos poluentes.

Porsche 911 Carrera

Porsche 911
Porsche 911

Porsche 911
Porsche 911 Carrera

Cada elemento instalado no carro tem função distinta. É também aí que o 911 vai buscar a sua força interior. As leviandades são impensáveis, não têm lugar neste conceito. O coeficiente aerodinâmico muito baixo – de 0,29 – do 911 Carrera é apenas uma conseqüência lógica.

As entradas de ar da frente ficaram maiores com o novo desenho, para melhorar a refrigeração e para transparecer toda a dinâmica desse veículo. Os faróis bi-xenon são itens de série em todos os modelos da linha. Os piscas e as luzes de lanterna – todas com LEDs – ficam nas unidades ópticas acima das entradas de ar. Já o dispositivo de luz dinâmica, opcional, possui um módulo oscilante para os faróis baixos, permitindo que eles acompanhem o movimento de uma curva – e melhorando a visão do motorista. Já os espelhos retrovisores foram desenhados para oferecer a melhor visão da traseira do carro.

Traseira esta, que foi igualmente modificada. O conjunto óptico ganhou LEDs e ficou ainda mais marcante ao prolongar-se sobre o paralama, em direção ao lado de fora. Ficam inconfundíveis especialmente à noite. As ponteiras de escape – duplas nos modelos S – são fabricadas em aço inoxidável. As rodas de série são de 18 polegadas – e 19 polegadas nas versões S.

Em resumo: o design é inequivocamente 911. Porque é funcional, mas ao mesmo tempo, oferece muita emoção.

Caráter

Porsche 911
Porsche 911 Carrera Cabriolet

Eficiência, potência e caráter esportivo. Desde sempre as virtudes mais importantes do 911 Carrera e sinônimos da sensação única que é pilotar um Porsche.

Voltamos a transformá-lo. Mais uma vez com sucesso.

Na parte de eficiência, o novo motor está equipado com injeção direta de gasolina (Direct Fuel Injection, DFI).

Para potência usamos um motor Boxer de 3.6 litros, 6 cilindros, montado na traseira do carro.

Equipado com este motor, o 911 Carrera despeja agora 345 cavalos de potência a 6.500 rpm; e um torque máximo de 390 Nm a 4.400 rpm. Isso tudo sem abrir mão de uma redução de 9% das emissões de CO2 e de 6% do consumo nos carros com câmbio manual. Números convincentes.

Tal como os que se seguem: aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,9 segundos.

Velocidade máxima: 289 km/h.

A caixa manual desportiva de 6 velocidades e embreagem auto-regulável que equipam o 911 Carrera de fábrica, garantem uma desenvoltura precisa

Marcantes: as duas ponteiras de escape individuais novas. Tal como o típico som Porsche.

As rodas de série Carrera IV de 18 polegadas têm um novo design. As pinças do novo sistema de freios são de construção monobloco em alumínio, têm 4 êmbolos, são pintadas a preto e estão agora mais rígidas devido à construção passou a ser fechada. Os discos de freio na traseira ganharam quatro milímetros de altura em relação à geração anterior. O diâmetro é de 330 mm nos quatro discos para melhorar ainda mais a eficácia da frenagem.

Mas existem outros equipamentos que passaram a ser de série: por exemplo o sistema aperfeiçoado do Porsche Stability Management (PSM) e os faróis bi-xenon.

Eficiência, potência, caráter esportivo. Três virtudes que definem o 911 Carrera.

Motor

Porsche 911
Porsche 911 Carrera S

DFI

O sistema DFI injeta o combustível direcamente na câmara de combustão, sob uma pressão máxima de 120 bar e com uma precisão de milésimos de segundo, através de válvulas de injeção de comando eletro-magnético.

Os ângulos de irradiação e de cone são otimizados em função do torque, da potência, do consumo e das emissões. Tudo visando uma distribuição homogênea da mistura de ar e combustível e, portanto, uma combustão mais eficiente.

Na injeção direta, a gestão eletrônica do motor EMS SDI 3.1 regula os tempos de injeção separadamente para cada cilindro – tal como a quantidade de combustível injetado por cada bancada de cilindros, melhorando o processo de combustão e o consumo de combustível. Outro dispositivo mede as massas de ar, avaliando a todo instante se a mistura dentro das câmaras de combustão está correta.

O processo de injeção até 2.500 rpm é triplo; e passa a ser duplo até 3.200 rpm. A quantidade necessária de combustível é dividida por dois ou três processos de injeção sucessivos, de modo que os catalisadores entrem em ação o quanto antes quando é dada a partida – e também para aumentar o torque em faixas de giro mais altas.

O DFI melhora a refrigeração interna da câmara de combustão graças à formação da mistura diretamente no cilindro. O aumento da relação de compressão (12,5:1) permite ainda um acréscimo de potência e o aumento da eficácia dos motores. Desta forma foi possível reduzir até 15% as emissões de CO2.

O sistema de tratamento dos gases de escape produz valores que estão abaixo dos limites exigidos pela norma EU5 sobre emissões de escape – sempre visando preservar o meio ambiente.

Porsche Doppelkupplung

Porsche 911
Porsche 911 Carrera S Cabriolet

Como opcional, o 911 oferece o sistema de transmissão PDK, com modo manual e automático, que permite trocas de marcha extremamente rápidas e sem interrupção do impulso de propulsão. Para melhorar nitidamente os valores de aceleração e reduzir o consumo – sem ter que abrir mão do conforto de uma caixa automática.

Ao todo, a PDK dispõe de 7 velocidades. Da 1ª até à 6ª a relação é mais esportiva – prova disso é que a velocidade máxima é alcançada em 6ª marcha. Já a 7ª velocidade tem uma relação longa para reduzir ainda mais os valores de consumo.

A PDK é formada por duas transmissões integradas numa caixa. Duas transmissões exigem duas embreagens – que neste caso funcionam imersas em óleo.

Esta embreagem dupla liga as duas transmissões parciais por intermédio de dois eixos motrizes separados (o eixo motriz nº1 trabalha dentro do eixo motriz nº2, que é ôco) alternando cortes de potência com o motor.

O fluxo de potência do motor corre através de uma transmissão e de uma embreagem, enquanto a velocidade seguinte já se encontra engrenada na segunda transmissão. Na mudança de marcha não se engrena a velocidade seguinte, apenas se abre uma embreagem, enquanto a outra se fecha automaticamente. Desta forma, as trocas ocorrem numa questão de milésimos de segundo.

A embreagem nº1 serve a primeira transmissão parcial com as velocidades ímpares (1, 3, 5, 7) e também com a marcha ré. A embreagem nº2 serve a segunda transmissão parcial com as mudanças pares (2, 4, 6).

O funcionamento da Porsche Doppelkupplung (PDK)

O virabrequim transmite o torque do motor ao volante de bi-massa.

Em seguida esse torque é conduzido pela caixa de embreagem até ao acoplamento de lamelas – mais precisamente aos suportes da lamela exterior.

A embreagem nº1 fecha-se devido à pressão do óleo e produz um corte de potência com o eixo motriz nº1. Então a força é transmitida através do mecanismo diferencial ao eixo traseiro ou ao eixo dianteiro e traseiro (nos modelos 911 com tração integral).

Neste momento a PDK já escolheu a próxima mudança. O torque motor é conduzido ao respectivo suporte da lamela exterior.

Quando é captado o sinal para mudança de marcha há o entrecruzamento das mudanças: enquanto a embreagem nº1 se abre, a embreagem nº2 se fecha, produzindo o corte de potência com o eixo motriz nº2, e transmitindo a força até às rodas.

A velocidade engrenada é visualizada no painel.

Como vantagens, o PDK tem trocas de marcha extremamente rápidas e sem interrupção, melhorando ainda a aceleração do 911. A sensação ao dirigir torna-se ainda mais desportiva, mais dinâmica e a agilidade aumenta. Conforme o programa selecionado pelo motorista, a troca de marchas ocorre de forma mais confortável ou mais esportiva.

As dimensões compactas da caixa de câmbio reduzem as massas rotativas. Como conseqüência, uma resposta mais direta do motor e o peso do sistema reduzido.

Isso posto, mais o excelente grau de efeito e a relação longa da 7ª velocidade, permite alcançar valores menores de consumo e das emissões. Comparáveis com os de uma caixa de velocidades manual. Juntamente com os novos motores, o consumo pode ser reduzido em até 13% menos e as emissões, até menos 15% conforme os modelos. O pacote opcional Sport Chrono Plus completa a PDK com as funções «Launch Control» e «Estratégia de Pista de Corridas».

Volante esportivo para PDK com botões de comando

O volante esportivo para a PDK, com um design específico de três raios, apresenta dois botões de comando ergonômicos.

Uma leve pressão com o polegar e a PDK engrena uma marcha superior. Um toque com o indicador e a PDK reduz a marcha. O comando pode ser ativado tanto com a mão esquerda, quanto com a mão direita.

Como opcional, o volante desportivo para a PDK também está disponível na versão multifunções (com opções de revestimento em couro, em acabamento imitando alumínio, em carbono ou madeira «Makassar»). Também disponível como item opcional em ligação com a PDK está o aquecimento do arco do volante.

Alavanca do seletor de velocidades PDK

A alavanca de câmbio da PDK, com um design específico, foi projetada para proporcionar um elevado grau de funcionalidade e ergonomia.

Ela permite realizar manualmente as mudanças de velocidade e seu conceito de manuseamento segue a lógica dos botões de comando do volante PDK: um movimento para a frente para engrenar a marcha superior, um movimento para trás para reduzir a marcha.

Se a alavanca estiver no modo automático, as marchas podem ser engrenadas manualmente através dos botões de comando no volante.

Motor de alumínio

Porsche 911
Porsche 911 Turbo

Um motor construído em liga leve oferece uma série de vantagens. A principal dela é o peso menor, que representa também menos consumo de combustível. Seguindo uma evolução nessa construção inteligente, o peso da nova geração de motores do 911 foi novamente reduzido. Por exemplo, através da integração completa dos rolamentos nas cabeças dos cilindros.

A redução conseqüente do atrito mecânico do motor e a configuração otimizada do sistema de alimentação de óleo, também contribuem para a redução do consumo de combustível.

Câmbio Manual

Porsche 911
Porsche 911 Turbo Cabriolet

Para uma pilotagem mais pura e direta, o 911 ainda tem a caixa de câmbio manual de seis velocidades, que teve a transição entre as trocas de marcha aprimorada. Comandada por um sistema de cabo, a troca de marcha passa ao motorista uma sensação mais precisa e evita que as vibrações do conjunto motor e caixa de câmbio passem para a alavanca.

O curso da alavanca e curto e as trocas exigem menos força. Isso significa trocas mais rápidas, proporcionando uma verdadeira pilotagem esportiva. Como opcional através do programa Porsche Exclusive, é possível pedir cursos de troca de marchas ainda mais curtos. Além disso, todos os modelos 911 possuem uma embreagem auto-regulável – que reduz o desgaste do componente e também a força sobre o pedal em até 50%.

VarioCam Plus

O sistema VarioCam Plus é um conceito de motor dois em um. Ele trabalha no sistema das válvulas de admissão, adaptando-se às diversas exigências do motorista através do sistema ME7.8 de gerenciamento do motor. Como resultado, maior torque e potência do motor; consumo de combustível favorável e redução das emissões de substâncias nocivas ao meio-ambiente.

O VarioCam Plus combina o a variação contínua do tempo de abertura das válvulas com o levantamento de dois estágios. Por exemplo, para otimizar a admissão de gases durante a fase de aquecimento em condições de baixas temperaturas, o VarioCam Plus seleciona grandes cursos de válvula com tempos de comando em atraso.

Já em regimes médios de rotação e na zona de exigência baixa do motor, o sistema reduz o consumo e as emissões de escape através de cursos pequenos com tempos de comando adiantados.

Todos os modelos da linha 911 contam com um sistema de diagnóstico on-board, que reconhece falhas e defeitos que surjam eventualmente nos sistemas de escape e combustível. Desta forma podem ser evitados maiores índices de emissões ou consumo.

Performance

O 911 dispõe de uma nova geração de motores equipados com injeção direta de combustível (DFI) e que, por isso, tem muito mais potência. O motor de 3,6 litros desenvolve 345 cv, enquanto o propulsor de 3,8 litros gera 385 cavalos de potência. Tão impressionante quanto os números de potência, são os valores de consumo de combustível. Tudo graças à adoção de sistemas como o DFI, o VarioCam Plus e a construção voltada para diminuir o peso do motor, além de uma série de soluções técnicas.

Lubrificação

A lubrificação de cárter seco integrada contribui para uma alimentação de óleo segura, mesmo quando o motorista adota uma pilotagem esportiva, e assume funções complementares de refrigeração.

O reservatório de óleo fica dentro do motor. Assim foi possível poupar a instalação de um depósito de óleo externo. Quatro bombas transportam o óleo das cabeças dos cilindros diretamente para o cárter. E uma quinta bomba de óleo, no cárter, alimenta diretamente os pontos de lubrificação no motor.

Para evitar espuma, o óleo é canalizado, através cilindros chamados “Swirlpots”, que mantém as propriedades ideais de lubrificação. A pressão também fica o tempo todo dentro do nível necessário, para assegurar o funcionamento ideal do compensador hidráulico nas folgas de válvulas – que tem função primordial no comportamento do motor, principalmente no que diz respeito às emissões.

Para reduzir as perdas de propulsão e aumentar a eficiência, a alimentação dos pontos de lubrificação do motor é realizada por intermédio de uma bomba de óleo de comando eletrônico – que funciona de acordo com as necessidades. Isso significa que quando a necessidade de lubrificação é grande, a bomba de óleo funciona com maior potência; da mesma forma que, quando a necessidade é menor, a potência de ativação da bomba diminui. A grande vantagem é uma melhora na alimentação de óleo e também a redução do consumo de combustível e emissões de gases de escape.

Gerenciamento do motor

O sistema de comando do motor EMS SDI 3.1 garante que o motor trabalhe sempre de maneira otimizada, sob todas as condições de funcionamento, comandando especialmente a posição da borboleta “E-Gas” – que faz parte do acelerador eletrônico. Um pressuposto para o Porsche Stability Management (PSM) de série. Além disso, regula todos os órgãos e funções diretamente associadas ao motor (ver diagrama). O resultado são valores excelentes de consumo, teor dos gases de escape, potência e torque, em qualquer situação de pilotagem.

Uma outra importante função do sistema é o controle da detonação, seletivamente por cilindro. Dado que os seis cilindros nunca trabalham exatamente sob as mesmas condições, eles são controlados individualmente quanto à combustão – de forma que, em caso de necessidade, o ponto de ignição é diferido individualmente. Isto impede a eventual danificação, a alta rotação e sobrecarga de um cilindro ou de um pistão. De acordo com os padrões europeus, o diagnóstico a bordo reconhece precocemente a ocorrência de eventuais faltas ou defeitos no sistema de escape e de combustível – e os mostra ao motorista o tempo todo, evitando a emissão excessiva de substâncias nocivas e o consumo desnecessário de combustível.

Sistema de Escape

O sistema de escape em aço inoxidável é formado por dois coletores separados e independentes. Os catalisadores são resistentes às altas temperaturas e permitem um aquecimento rápido, necessário para um tratamento eficaz das substâncias nocivas.

Graças à sua tecnologia inovadora, cumprem os regulamentos mais rigorosos sobre emissões de escape, como por exemplo, a norma EU5 nos mercados da União Européia, e o regulamento LEV II dos Estados Unidos da América.

A regulação lambda stereo comanda, através das duas sondas lambda, a composição dos gases de escape separadamente para cada coletor. Além disso, uma sonda adicional controla a formação de substâncias nocivas dentro dos catalisadores.*

Está ainda disponível como opcional, um sistema de escape esportivo comandado através de um interruptor no console central. Em conjunto com o pacote opcional Sport Chrono, o sistema de escape desportivo é ligado automaticamente quando se ativa o modo Sport.

* Exceto nos países onde é utilizado combustível com chumbo.

Chassis

PASM

O PASM é um controle eletrônico que usa ajustes contínuos dos amortecedores para assegurar excelente dirigibilidade e maior conforto. O sistema é equipamento de série nos modelos com motor 3,8 litros e opcional nos modelos com motor 3,6 litros.

O PASM tem dois modos, ‘Normal’ e ‘Sport’, com mínima diferença entre eles. Enquanto o primeiro é um compromisso entre desempenho e conforto, o ‘Sport’ torna a suspensão mais firme. Em ambos os modos, o sistema responde às diferenças em transferência de peso aplicando automaticamente a melhor carga em cada amortecedor, partindo de uma série de opções pré-definidas.

Para fazer isso, o PASM usa uma série de sensores que monitoram todos os movimentos da carroceria, como por exemplo, na aceleração e frenagem, em contornos de curva ou superfícies precárias. A unidade de controle do PASM analisa estes dados e modifica o amortecimento em cada roda, de acordo com o modo selecionado. Isso resulta em redução de todos os movimentos da carroceria e em otimização do trabalho da suspensão em todas as rodas.

Se o modo ‘Sport’ estiver selecionado, a suspensão ficará mais firme. Se a qualidade da superfície da pista piorar, o sistema altera imediatamente para um acerto mais macio dentro do modo ‘Sport’ e restaura a tração e a aderência. Quando as condições da pista melhoram, o PASM faz a suspensão retornar à firmeza original.

No modo ‘Normal’, o PASM automaticamente deixa a suspensão mais firme (dentro das opções disponíveis nesse modo) ao detectar uma condução mais agressiva. Com isso, o carro responde da maneira mais apropriada e de maneira rápida ao comando do motorista.

Seja qual for a escolha, o resultado é o mesmo: um carro que se adapta ao jeito que você gosta de dirigir.

Conceito

A suspensão dianteira está montada sobre um eixo McPherson de pernas de mola, com rodas independentes suspensas por braços longitudinais e transversais; e suportes reforçados das rodas. Desta forma garante-se a precisão linear das rodas, uma trajetória perfeita e qualidades superiores de dirigibilidade.

Na traseira foi adotado um eixo multi-link oriundo das competições de automóvel, com chassis secundário de conceito LSA (leve, estável, ágil) – para uma dinâmica de rodagem excelente. A cinemática básica reduz nitidamente a inclinação do veículo ao acelerar. As pernas de mola de peso reduzido com amortecedores de alumínio aumentam ainda mais a agilidade.

A construção utiizando o mínimo possível de peso permite manter o peso global e o peso das massas não suspensas dentro de limites reduzidos. O chassi permite realizar mudanças de faixa, mesmo em alta velocidade, com segurança e harmonia. Seja na aceleração, na frenagem ou mesmo em curvas, a inclinação da carroceria é mínima. Tal qual o nível de ruídos e vibrações.

Sport Chrono Plus

Disponível como opcional, o pacote Sport Chronos Plus, permite uma afinação ainda mais esportiva do chassi e do motor. E, conseqüentemente, um acréscimo de prazer na condução.

O pacote inclui um cronômetro digital e analógico, a tecla Sport, um indicador de performance e uma memória individual no novo sistema Porsche Communication Management (PCM); e – em combinação com a PDK, a tecla Sport Plus.

A tecla Sport instalada no console central permite ativar o modo de pilotagem que ativa o sistema EMS SDI 3.1, tornando o motor mais agressivo, ainda mais esportivo. O curso do pedal do acelerador torna-se mais dinâmico, ou seja, para o mesmo movimento do pedal, a válvula de borboleta abre-se mais do que no modo Normal. A reação do motor ao acelerador torna-se, portanto, mais espontânea. Além disso, o limite de corte de rotações ganha mais fôlego nas mudanças de marcha.

Quando combinado com o sistema opcional Porsche Active Suspension Management (PASM), o modo Sport ativa a suspensão para um amortecimento mais rígido e uma direção mais precisa ao fazer curvas.

Também no modo automático da caixa Porsche Doppelkupplung (PDK), opcional, o limite de corte de rotações fica mais alto. As linhas deslocam-se para os regimes superiores, mais esportivos. Por sua vez, os tempos de troca de marcha ficam mais curtos e próximos de um carro de competição. Sob a mínima desaceleração – mesmo nos regimes superiores de rotações do motor – o sistema de freios fica pronto para qualquer emergência. Já nos carros com câmbio manual, os processos de troca de marcha são mais rápidos e mais dinâmicos.

A intervenção do PSM na nova geração do 911 Carrera ocorre mais tarde – favorecendo o reforço da dinâmica longitudinal e transversal.

As frenagens nas curvas tornam-se claramente mais ágeis: o PSM permite agora um estilo de condução mais esportivo tanto na freada quanto na retomada de velocidade depois de uma curva – especialmente a baixa velocidade.

O modo Sport proporciona uma agilidade ainda mais acentuada com o PSM desativado. No entanto, para sua segurança, este permanece sempre discretamente disponível e intervém automaticamente em caso de necessidade – como, por exemplo, quando o ABS é acionado nas duas rodas dianteiras.

Em ligação com a PDK, o pacote Sport Chrono Plus ganha duas funções complementares, que podem ser ativadas por intermédio da tecla Sport Plus, para um caráter eesportivo no limite da competição automobilística.

A primeira função nova: «Launch Control», permite por exemplo a melhor aceleração possível, uma arrancada própria de uma corrida de automóveis.

Para ativar essa função, basta pressionar a tecla Sport Plus com o nível «D» ou «M» seleccionado na alavanca de câmbio. Depois pise no freio com o pé esquerdo e, em seguida, pressione o acelerador até o fundo. O kickdown do pedal do acelerador permite reconhecer o modo Launch, fazendo subir as rotações para aproximadamente 6.500 rpm.

Feito isso, o painel de instrumentos alerta o motorista com a mensagem: «Launch Control ativado». Então é a hora de soltar o pedal do freio o mais rápido possível e presenciar uma aceleração sem igual.

A segunda função nova: «Estratégia de Pista de Corridas», regula a caixa de câmbio para reduzir ao mínimo os tempos de troca de marcha e maximizar a aceleração.

Outro elemento central do pacote Sport Chrono Plus é o cronômetro montado no painel central. Para exibir, guardar e avaliar os tempos das voltas e os tempos de percursos alternativos o sistema Porsche Communication Management (PCM ) inclui um indicador de performance, que permite visualizar o tempo total percorrido, o trecho percorrido do circuito atual e o número de voltas cumpridas – além dos respectivos tempos. Mais que isso, também indica a volta mais rápida e a autonomia do tanque de combustível. Permite ainda registar distâncias e definir trechos de referência.

A memória individual do pacote Sport Chrono Plus guarda também os ajustes pessoais, por exemplo da luz de orientação ou do sistema de climatização.

Direção

Sensível e exata, a direção assistida proporciona um contato sem igual com a estrada – sem perder o conforto e a maciez para dirigir. O resultado e uma direção tão exata quanto nas provas automobilísticas – mesmo em uma condução mais descontraída.

O diâmetro de giro é variável. Na posição reta, a proporção de entrada é menos direta, permitindo manobras mais suaves em alta velocidade. Na proporção inversa, este recurso permite contornos de curva e estacionamento mais fáceis, ao aumentar o ângulo de entrada quando se aplica um pouco mais de força ao virar o volante.

Apesar desta variação, não há perda de sensibilidade e a agilidade é mantida.

A manobralidade em baixas velocidades é reforçada pelo pequeno diâmetro de giro: 10,9 metros.

Diferencia bloquante

O bloqueio mecânico transversal do eixo traseiro – com efeito assimétrico de bloqueamento – equipa de série os novos modelos com tração integral, sendo opcional para todos os restantes modelos 911 com tração traseira equipados com rodas de 19 polegadas.

Este bloqueio melhora ainda mais a tração do eixo motriz em superfícies menores taxas de aderência e nas acelerações partindo de velocidades baixas como, por exemplo, ao sair de curvas apertadas. Para tal reduz as reações às mudanças de carga nas curvas feitas em alta velocidade.

Segurança

Luz de curva dinâmica

Todos os novos 911 possuem de série os faróis bi-xenon com regulagem dinâmica do feixe luminoso. Têm cerca do dobro da luminosidade das luzes de halógenas. Seja no farol baixo ou alto, a eficiência é melhorada e a superfície da estrada é iluminada de forma mais homogênea, o que contribui para reduzir o cansaço da condução. Os faróis têm ainda um dispositivo de lavagem (SRA) integrado.

A luz dinâmica de curva, disponível como opcional, permite uma iluminação da faixa de rodagem especialmente eficaz.

Os sensores avaliam permanentemente a velocidade, a aceleração transversal e posição do volante. Com base nesses dados, calculam o desenho da curva e o ângulo de comando da luz dinâmica. Para esse efeito, as luzes de farol baixo podem oscilar lateralmente até 15º.

Desta forma, o traçado da faixa de rodagem e os obstáculos existentes nas estradas sinuosas podem ser reconhecidos com maior antecedência.
Conceito de iluminação

As luzes dianteiras integram os piscas e as lanternas equipadas com LED, garantindo uma visibilidade excelente e uma imagem marcante. Conseqüentemente uma taxa elevada de reconhecimento, mesmo na escuridão.

A técnica de LED também é aplicada aos piscas, faróis de milha, luzes de freio, break-light no spoiler traseiro e aos faróis de neblina. A maior capacidade de iluminação permite ao motorista ter respostas mais rápidas e também, os veículos que circulam atrás são avisados mais cedo. Além disso, são consideráveis os benefícios em termos de economia de energia, compatibilidade ambiental e elevada durabilidade quando comparados a lâmpadas convencionais. Dando ao 911 uma imagem inconfundível de dia ou de noite.

Na face interior da porta foram montadas luzes, para melhorar a visibilidade ao entrar ou sair do carro.

Segurança passiva

O 911 satisfaz todos os requisitos legais de proteção dos ocupantes. Os valores limite prescritos pelos legisladores no que diz respeito a choques frontais, laterais ou de na traseira são cumpridos sem dificuldades.

A estrutura reforçada oferece proteção elevada em caso de colisão, e a célula de sobrevivência é extremamente resistente. Na dianteira é utilizada uma estrutura de longarinas e travessas patenteada pela Porsche. Esta estrutura resistente permite a distribuição das forças resultantes de um choque.

Três níveis de via de carga sobrepostos absorvem a energia de deformação, distribuem as forças e minimizam as deformações no habitáculo.

Além disso foi adotada uma travessa rígida no anteparo do motor – feita em aço de máxima resistência. O seu objetivo é apoiar as forças conduzidas através das longarinas dianteiras. A rigidez da travessa reduz ainda, em caso de um acidente, a deformação da zona dos pés, garantindo assim uma maior proteção dos membros inferiores dos ocupantes. Os elementos de deformação facilmente substituíveis protegem a estrutura bruta da carroceria em caso de pequenos acidentes. Assim, os custos de reparação são igualmente reduzidos.

As portas reforçadas contribuem também em grande parte para a segurança da estrutura do veículo. As forças presentes no caso de uma colisão frontal são ainda transmitidas através de uma via de carga superior. Assim, conseguimos melhorar ainda mais o comportamento de deformação da célula de passageiros.

Todas as portas dos modelos Porsche possuem, desde 1985, uma barra em aço de máxima resistência – a chamada proteção contra choque lateral. Nos modelos 911 Carrera as portas integram também um reforço de aço extremamente resistente (aço com liga de boro). A Porsche foi o primeiro construtor mundial a construir carrocerias com chapa galvanizada a quente de ambos os lados. Atualmente, a proteção de altíssima qualidade nas superfícies, garante a necessária resistência ao choque, mesmo depois de muito tempo.

Sistema de freios

Os freios Porsche são famosos por sua elevada capacidade de desempenho. Definem padrões de desaceleração e resistência ao superaquecimento; e são capazes de suportar cargas extremas. Tal como acontece no novo 911.

As pinças dos freios são formadas por uma só peça. Dessa maneira, garantem rigidez superior e melhor comportamento dos pontos de pressão, mesmo em condições de sobrecarga elevada – além de seguirem o padrão de construção em peso reduzido. Para uma resposta mais rápida dos freios, o curso do pedal é curto e o ponto de pressão, mais preciso.

Nos eixos dianteiro e traseiro dos modelos 911 Carrera foi adotada uma nova geração de freios – dotados de pinças monobloco em alumínio, com 4 pistões, pintadas de preto. Devido à sua construção fechada, as pinças são ainda mais rígidas. O diâmetro dos discos de freio ficou maior e passa a ser de 330 mm, tanto na traseira, quanto na dianteira. Os discos traseiros se diferenciam por serem 4 mm maiores na espessura, garantindo desempenho reforçado.

Os modelos S são equipadas com pinças monobloco em alumínio com 4 pistões. Maiores, mais reforçadas e pintadas em vermelho. Na frente as pastilhas de freio são maiores e os discos, mais espessos.

Em todos os modelos os discos de freio são perfurados e ventilados internamente – para um melhor comportamento de frenangem em piso molhado e uma melhor dissipação do calor.

Outras vantagens do sistema de freios é o servo-freio de vácuo de 10 polegadas: mais eficiente por reduzir as forças de atuação nos modelos com tração traseira. Spoilers de ar proporcionam um arrefecimento eficaz do sistema como um todo.

PSM

O PSM é um sistema automático de controle de estabilidade dos modelos 911 e equipa todos os modelos da série. Vários sensores determinam permanentemente a direção o carro, a velocidade, a aceleração de deriva (velocidade do desvio entre o eixo longitudinal do veículo e a sua verdadeira direção de movimento) e aceleração transversal do veículo. A partir destes valores, o PSM calcula a efetiva direção de marcha e, se esta desviar da trajetória desejada, o PSM distribui frenagens criteriosas sobre cada uma das rodas para estabilizar o veículo. Quando o PSM entra em ação, acende-se uma luz intermitente de controle no painel de instrumentos.

Em aceleração sobre superfícies irregulares, o PSM permite melhorar a tração graças às funções do diferencial auto-blocante (ABD) e do controle de tração (ASR). A intervenção ocorre de forma precisa e sensivelmente esportiva – para um controle ágil do veículo. No modo Sport do pacote opcional Sport Chronos Plus, o PSM intervém mais tarde – permitindo ao condutor uma maior margem de manobra principalmente em elocidades inferiores a 70 km/h. Enquanto o ABS integrado permite encurtar ainda mais a distância de frenagem com intervenções suaves e harmoniosas.

O PSM aperfeiçoado, agora também presente nos modelos com tração traseira, caracteriza-se por duas funções adicionais: a pré-carga do sistema de freios e o auxílio à frenagem.

Se o condutor retirar o pé do acelerador repentinamente, o PSM condiciona o sistema de freios para o máximo de disponibilidade, ou seja, a pré-carga do sistema faz com que as pastilhas se encostem ligeiramente aos discos para uma frenagem mais potente.

O sistema de assistência à frenagem, ao reconhecer uma situação de emergência – ou seja, uma situação em que é ultrapassada uma determinada força sobre o pedal do freio – produz a pressão necessária através do sistema hidráulico, de forma a aumentar a desaceleração.

Para aumentar a sensação de condução pura, o PSM pode ser desligado, ativando-se automaticamente, para sua segurança, se pelo menos uma das rodas da frente se encontrar na faixa de controle do ABS (ou as duas rodas da frente no modo Sport). No entanto, a função ABD mantém-se permanentemente ligada.

Airbags

Porsche 911
Porsche 911 GT2

Somos pioneiros não só na produção em série, mas também no uso dos airbags.

Neste domínio, a Porsche adotou precocemente uma nova tecnologia: a chamada tecnologia de geradores de gás com combustível orgânico, isenta de ácido, que permite que esses geradores sejam mais compactos e mais leves, com vantagens para a reciclagem.

Nos novos modelos 911 foi adotada mais uma tecnologia inovadora: airbags de grandes dimensões com dois níveis de insuflação para o condutor e passageiro da frente. Os airbags são acionados conforme a gravidade e tipo de acidente (por exemplo frontal ou transversal de frente). Nos acidentes de menor gravidade é ativado o primeiro nível de proteção dos ocupantes. Desta forma, a almofada de ar fica mais suave, reduzindo a carga sobre os ocupantes.

Para reconhecer a gravidade e direção do acidente, além da unidade instalada no túnel central, foram instalados dois sensores suplementares na zona dos faróis. Desta forma, uma eventual colisão pode ser reconhecida e avaliada com maior antecedência e rigor.

Os modelos 911 estão equipados de série com o sistema de proteção para impactos laterais (POSIP). Este sistema consiste não em um, mas em dois airbags laterais de cada lado. Nos flancos dos bancos está integrado um airbag para o tórax e nos painéis das portas, um airbag para a cabeça, que se desdobra de baixo para cima a partir do painel da porta. Com um volume aproximado de oito litros cada, o airbag de tórax e o airbag de cabeça proporcionam um elevado potencial de proteção em caso de colisão lateral. Pela sua forma, protegem os ocupantes dos modelos 911 Carrera Cabriolet, mesmo no caso de a capota estar aberta.

Os apoios de cabeça estão integrados no encosto do banco e também de série, a coluna de direção de segurança, cintos de três pontos com regulagem de altura (só nos modelos 911 Carrera Coupé), pré-tensores e limitadores de esforço na frente, estruturas de absorção das energias de choque do painel de comandos e materiais de combustão retardada no habitáculo.

PCCB

Como opcional, é possível equipar o 911 Carrera com o sistema de freios que foi devidamente aprovado nas duras exigências de pistas de corrida – como no caso dos bólidos da Porsche Supercup: os discos de freio construídos em cerâmica (PCCB). Esses discos têm um diâmetro de 350 mm nas quatro rodas para aumentar a eficácia da frenagem. São feitos a partir de fibras de carbono especialmente tratadas e trabalhadas a 1700º C num processo de vácuo.

Deste processo resultam discos de freio com um grau de dureza claramente mais elevado e maior resistência às sobrecargas térmicas – quando comparados aos discos tradicionais.

Uma das características típicas dos PCCB é a sua reduzida dilatação, que impede as deformações em situações de forte sobrecarga dos freios. Além disso, os discos em cerâmica garantem a ausência de corrosão e um melhor amortecimento acústico.

No eixo dianteiro, a adoção de pinças monobloco em alumínio com seis êmbolos – e de pinças com quatro êmbolos no eixo traseiro, garante valores de atrito muito elevados e sobretudo uma pressão de frenagem constante durante a desaceleração. A resposta ao comando no pedal é ainda mais precisa e mais rápida – sem exigir maiores doses de força no pé.

Mesmo em situações de emergência, as características do PCCB proporcionam uma distância bastante curta de frenagem. Além disso, o sistema reforça a segurança das frenagens em alta velocidade, graças à elevada resistência ao sobreaquecimento dos PCCB.

A vantagem decisiva do sistema de freios em cerâmica reside no peso extremamente baixo dos discos: estes são cerca de 50% mais leves do que os de fundição cinzenta com o mesmo tipo de construção e dimensões semelhantes. Um fator que se reflete de forma positiva nas manutenções, no consumo e que, principalmente, permite reduzir as massas rotativas.

Resultado: melhoria da aderência, bem como um aumento do conforto durante a rodagem especialmente em pisos irregulares.

Se o veículo for utilizado em circuitos de corridas ou submetido a um estilo de condução igualmente forçado, é natural que o desgaste dos discos dos freios – e especialmente das pastilhas – aumente nitidamente, seja qual for o sistema instalado. Assim torna-se necessário que discos sejam examinados por pessoal especializado e, se for o caso, submetidos a uma substituição dos componentes, tal como aconteceria com o sistema de freios em fundição cinzenta.

Proteção anti-furto

Porsche 911

Porsche 911
Porsche 911 GT3

Os novos modelos 911 estão equipados de série com imobilizador de partida através de transponder, além do sistema de alarme com utilizando detectores de contato e radares.

Vehicle Tracking System (sistema de localização do veículo)

Está disponível de fábrica a pré-instalação para o sistema de localização do veículo – Vehicle Tracking System (VTS). Este sistema permite assinalar a localização de um veículo roubado e requer, entre outras coisas, a pré-instalação de cabos especiais e de uma bateria de capacidade elevada – e ainda de um sensor de inclinação para o sistema de alarme.

Conforto

PCM

Os modelos 911 Carrera são equipados de série com a última versão do PCM (Porsche Communication Management). O sistema nada mais é que uma central de rádio, navegação e comunicação – que agora está ainda mais poderosa e multifuncional, além de mais fácil de operar.

A principal característica dessa nova geração do PCM é a tela de 6.5 polegadas com sistema touchscreen, ou seja, sensível ao toque das mãos. Claro que o motorista pode optar pelo controle através dos botões ou tocando diretamente a tela – que tem ainda, no seu rodapé, o menu de ajuda.

A função rádio pode memorizar até 48 estações preferidas. Mais que isso, o dispositivo possui o sistema RDS, que constantemente procura pelo melhor sinal da estação de rádio selecionada – trabalhando em conjunto com quatro antenas no carro.

O dispositivo de CD e DVD, combinado com o sistema de som BOSE (de série), pode reproduzir tanto a música, quanto as imagens de um DVD em formato 5.1 Como opcional o 911 Carrera tem ainda um carregador de CDs com capacidade para até seis discos.

Sistema de navegação

O sistema GPS de navegação – opcional no 911 Carrera – possui agora um disco rígido com os dados de todo o Brasil. O navegador por considerar tanto a roda mais rápida, quanto calcular outras três alternativas.

A tela sensível ao toque permite que o comando do GPS fique mais rápido, além de informar dados de trânsito e pontos de interesse (POI) que são identificados por símbolos nos mapas. O motorista ainda pode optar pela visualização em 3D ou no familiar 2D dos mapas tradicionais.

Diário de bordo

Este opcional para o PCM permite registro automático de quilometragem, distância total, data e hora, bem como local de partida e chegada em todas as viagens.

Os dados podem ser transferidos do PCM para um computador pessoal tanto via Bluetooth, quanto através de uma interface USB.

Sintonia de TV

Disponível como opcional, este sistema recebe tanto os sinais analógicos, quanto digitais de TV. Pensando na segurança dos ocupantes, as imagens da TV não são mostradas enquanto o veículo está em movimento.

Controle de voz

Quase todas as funções do PCM podem ser determinadas pelo sistema de controle de voz. Basta ler o item do menu tal qual ele aparece no display e o sistema reconhece o comando, independente da voz. Isso serve tanto para os comandos de rádio, quando para o sistema de agenda de telefones e o navegador. O endereço de destino, por exemplo, pode ser ditado ou soletrado para que o sistema faça o reconhecimento.

Pacote de som Plus

Todos os modelos 911 Carrera são equipados de fábrica com o pacote de som Plus. Nele, um amplificador separado com potência de 235 Watt é combinado a nove alto-falantes para oferecer uma experiência sonora única – e devidamente adequada ao interior desse carro.

Módulo de telefonia

Opcional na linha 911 Carrera, o módulo de telefonia GSM oferece conveniência e conforto com excelente qualidade. O motorista pode inserir o cartão SIM do seu celular diretamente no módulo PCM – e fazer as ligações usando os comandos do sistema. É possível também utilizar a ferramenta Bluetooth. Uma vez com PCM e celular conectados, o primeiro desliga a antena do segundo com o objetivo de economizar bateria. Dependendo do modelo do celular, é possível acessar a agenda do cartão SIM e os dados na memória interna do telefone. O volante multifuncional ou o controle de voz permitem tudo isso sem a necessidade de tirar o celular do bolso.

Porsche 911

Porsche 911
Porsche 911 GT3 RS

Fonte: autoweek.com/www.porsche.com.br

Veja também

História da Tucker

História da Tucker, 48, Carro, Preston, Empresa, Torpedo, Automóveis, Sedan, Motor, Características, Fotos, História da Tucker

Tucker Torpedo

Tucker Torpedo, Carro, História, Preston, Motor, Automóvel, Sedan, Velocidade, Características, Fotos, Tucker Torpedo

Willys Interlagos

Willys Interlagos, Carros, Modelos, História, Brasil, Versão, Velocidade, Motor, Autódromo, Berlineta, Conversível, Willys Interlagos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.