Breaking News
Home / Bem-Estar / Kawa Kawa

Kawa Kawa

Benefícios da kava

PUBLICIDADE

Como a raiz de valeriana, a kava tem qualidades sedativas e anestésicas.

De fato, seus efeitos foram comparados ao álcool e às benzodiazepinas – um fato que certamente explica a enorme demanda por kava no final dos anos 90.

Mas os benefícios da kava vão além de quaisquer propriedades moderadas de alteração de humor que possam ter.

Por exemplo, estudos mostraram que a kava melhora tanto o desempenho cognitivo quanto o humor.

Também foi mostrado para ser eficaz no tratamento da ansiedade social de curto prazo.

E também age como relaxante muscular, o que pode ser útil para aliviar a tensão muscular que frequentemente acompanha o estresse.

A planta possui várias propriedades medicinais.

Entre suas propriedades estão calmante, analgésica, sedativa.

Também é utilizada em tratamentos para atrite, insônia, menopausa, estresse, enxaquecas.

Usos terapêuticos, Benefícios e Reivindicações de Kava

Kawa Kawa
A erva kava kava ( Piper methysticum )

Kava é uma erva popular para tratar a ansiedade , estresse e depressão. O estado relaxante provocado por esta erva torná-lo útil no tratamento destas condições.

Esta erva é frequentemente usada em cerimônias religiosas para obter um estado iluminado.

Algumas pesquisas tem mostrado benefícios para o uso da kava no câncer de ovário e tratamento da leucemia.

Tradicionalmente, Ilhas do Pacífico têm usado kava para tratar reumatismo, cólicas menstruais , doenças venéreas, tuberculose e lepra.

Kava pode ser usado no lugar do ácido acetilsalicílico, acetaminofeno, ibuprofeno, ou como um analgésico de ervas.

Esta erva também age como um diurético e agente anti-inflamatório, tornando-se assim úteis no tratamento da gota , congestões brônquicos, cistite, prostatite.

Kava é muitas vezes usado como um auxílio para dormir à base de plantas também.

Preparação e Utilização

A erva pode ser moída num pó e misturada com uma pequena quantidade de água para formar uma pasta. Este é, então, misturado com um líquido frio para fazer uma bebida. Kava pode também ser combinado com outras ervas para combinar e melhorar os efeitos.

Potenciais efeitos colaterais da Kava

Kava, em pequenas quantidades e em curtos períodos, acredita-se ser relativamente seguro, porém há questionamentos sobre possível toxicidade hepática.

O uso prolongado pode causar pele seca e, eventualmente, levar a úlceras de pele. A maioria das pesquisas apóia a idéia de que o uso de kava não leva a dependência.

Esta erva não deve ser tomada durante a condução, ou qualquer outra atividade onde a acuidade mental é necessária. Doses elevadas podem levar a tonturas, fraqueza muscular, e deficiência visual. Utilização a longo prazo pode contribuir para a hipertensão, os níveis de proteína reduzida, anormalidades de células de sangue, ou até mesmo danos no fígado.

Kava não deve ser utilizado com prescrição de anti-depressivos, sedativos ou misturado com o álcool.

Esta erva não deve ser usada por pessoas com cirrose do fígado ou outras doenças hepáticas.

Esta erva não deve ser usado por aqueles que estão amamentando, grávidas ou em tratamento para depressão.

 Kawa Kawa

Kava-kava é uma raiz encontrada em ilhas do Pacífico Sul.

A planta é usada na medicina e em cerimônias durante tempos.

A planta tem um efeito calmante. Kava também previne convulsões e relaxa os músculos.

INDICAÇÃO

Em forma de chá a planta é indicada:

no controle da ansiedade
menopausa
Síndromes pré-menstruais;
insônia;
relaxante muscular
anticonvulsivante (epilepsia)

Seus efeitos:

alivio da ansiedade, agitação
problemas com insônia
sintomas relacionados ao estresse
analgésico

Observações:

Não se deve ingerir álcool ou medicamentos psicotrópicos durante a ingestão de kawa kawa.
Não se deve conduzir ou operar máquinas
Em casos raros pode causar reação alérgica cutânea
Seu uso a longo prazo resulta em problemas de fígado, falta de ar e inchaços, sendo que os dois últimos são reversíveis.Siga sempre as instruções de seu médico, antes de iniciar qualquer tratamento.

AÇÃO E INDICAÇÃO

Indicada para tratamento de nervosismo, estresse, insônia e ansiedade. Relaxante muscular leve. Coadjuvante no tratamento da depressão, cefaléias tensionais e enxaquecas.

FORMAS UTILIZADAS

Cápsula (pó da planta ou extrato seco)
Tintura (líquido)

Kawa Kawa

Nome Científico: Piper methysticum
Familia: Piperaceae

Histórico e Curiosidades

Originária da Polinésia (sul do Pacífico), onde era utilizada há centenas de anos em rituais de danças religiosas e cerimoniais, e também como calmante e anti-inflamatório. Antigamente, as nativas das ilhas mascavam as folhas e raízes para formar uma massa que cuspiam num vasilhame para então misturar com água, leite de coco e sucos de frutas, coquetel este, que depois de coado, era consumido em ocasiões especiais como casamentos, nascimentos e funerais. Hoje em dia se mantém esta cultura, exceto que em vez de serem mascadas, utiliza-se a planta pulverizada, embora esta formulação seja menos potente que a anterior. Normalmente uma visita é recebida com uma beberragem feita a base de kawa, como nós recebemos nossas visitas aqui no Brasil com o café. Como o efeito do kawa é sedativo, e muito rápido, auxilia nos relacionamentos entre as pessoas, evitando brigas e alterações de humor. O primeiro europeu que se referiu ao uso da kava foi um membro do grupo do Capitão James Cook, durante a viagem que realizou nas Ilhas da Oceania em 1775. Esta foi a primeira vez que o homem branco se referiu à bebida a base de kawa. Por volta de 1778, recebeu seu nome científico de Piper methysticum.

Botânica

Planta arbustiva, de folhas cordiformes e membranáceas, de coloração verde escuro brilhante. Sua inflorescência é típica da família das Piperáceas. Seu caule possui entre-nós curtos e nós salientes, com raízes em formato de cabeleira.

Cultivo e Colheita

Não encontramos muitas informações sobre o cultivo. Mas sua produção se restringe às ilhas do Pacífico, sendo que seu crescimento de cultivo não tem acompanhado o crescimento do seu consumo, o que tem provocado um aumento do preço da droga.

Parte Utilizada

Praticamente a planta toda. Em rituais empregam-se as folhas e as raízes. Já para a produção de medicamentos no ocidente, emprega-se praticamente as raízes e a base do caule.

Princípios Ativos

Encontramos vários ativos importantes, entre eles kavapironas (D e L cavaína, metisticina, ou kavakina, dihidro-metisticina, kavaina, dihidro-kavaina), compostos alfa-pirônicos (yangonina, desmetoxiyangonina), flavokavinas A e B (pigmeentos), alcalóides (pipermetistina), mucilagens, glicosídeos, ácidos benzóico e ácido cinâmico.

Ação Farmacológica e Indicações

Melhora o humor e a ansiedade. As kavalactonas promovem um relaxamento da musculatura esquelética, sem afetar os músculos respiratórios. Em animais mostrou efetiva ação ansiolítica, anticonvulsivante, astiespasmódica e relaxante muscular, além de propriedades analgésica e anestésica (semelhante à da cocaína e maior do que a benzocaína). Em humanos provou sua ação ansiolítica, e ação benéfica na indução do sono. Em outros estudos mostrou maior duração da ansiólise que o diazepam. O Kava é um ansiolítico muito menos sedativo que os benzodiazepínicos, não produzindo sonolência significativa. No sistema nervoso, possui ação ansiolítica, hipnótico discreto melhorando a qualidade do sono, relaxante muscular leve, discreta ação anticonvulsivante, anestésico local, estados de estresse com fadiga e fraqueza, coadjuvante no tratamento da depressão, cefaleias tensionais ou mesmo enxaquecas, alguma atividade antipsicótica. Possui ação bacteriostática e antimicótica.

Efeitos Colaterais

No início do tratamento pode ocorrer cansaço e adinamia. Pode alterar discretamente os reflexos para dirigir ou conduzir máquinas. O consumo constante pode provocar uma coloração amarelada da pele, cabelo e unhas, sempre transitório, melhorando com a suspensão da droga. Evitar em gestantes e crianças com menos de 12 anos por falta de estudos clínicos.

Ademar Menezes Junior

Fonte: www.stressfreetomorrow.com/www.herbal-supplement-resource.com/herbario.com/www.oficinadeervas.com.br

Veja também

triptofano

Triptofano

PUBLICIDADE O triptofano é um aminoácido, uma proteína sem a qual os seres humanos não …

melatonina

Melatonina

PUBLICIDADE A melatonina é um hormônio produzido pelo nosso cérebro, e esse hormônio interfere em …

Kefir

Kefir

PUBLICIDADE Alimentos probióticos são microrganismos vivos que ajudam a equilibrar a flora intestinal. A flora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.