Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Bem-Estar / Mulungu

Mulungu

PUBLICIDADE

Mulungu é excelente para pessoas com problemas de insônia.

É anti depressivo, alivia o estresse, calmante, sedativa do sistema nervoso, dores de cabeça, bruxismo.

O mulungu também é regulador dos batimentos do sistema cardíaco. Auxilia em problemas do sistema respiratório, como asma, tosse, bronquite.

( Por Portal São Francisco)

Erythrina mulungu ( Mulungu ) é uma árvore ornamental brasileira e é uma planta medicinal nativa do cerrado e da caatinga no Brasil , América do Sul.

Estudos mostram que a erva é um sedativo, e tem ansiolíticas e anticonvulsivantes propriedades.

Usos Medicinais

Mulungu não é amplamente conhecido ou usado na América do Norte, na maior parte aparecendo como um ingrediente em apenas algumas fórmulas à base de plantas para a ansiedade ou a depressão.

Preparação típica é fazer uma infusão da casca ou raiz e beber a infusão como calmante. Outros métodos incluem a preparação de uma tintura, que é então consumida em pequenas quantidades.
Alguns sites incluem alertas sobre a potência de mulungu como um sedativo.

Erythrina mulungu

Fitoterápicos: Mulungu

Descrição

Planta da família das Fabaceae, também conhecida como amansa-senhor, bico-de-papagaio, canivete, capa-homem, corticeira, eritrina, sapatinho-de-judeu, sinanduva, suinã e mulungu. Árvore de 10 a 17 m de altura. Tronco retilíneo, revestido por casca grossa, com fissuras longitudinais, ramos aculeados, com áculeos tringulares, compressos. Folhas compostas, trifoliadas, sustentadas por pecíolo de 4 a 10 cm de comprimento; folíolo central quase orbicular, os laterais elitícos-oblongos, glabros, coriáceos, 7 a 10 cm de comprimento por 5 a 8 cm de largura. Inflorescências numerosas, em cacho, muito atraentes, com flores alaranjadas até avermelhadas, abundantes. Fruto tipo legumes, achatado, com sementes de coloração acastanhada, presas a parede do fruto. Anualmente, na estação fria, perdem as suas folhas, ficando somente a copa da árvore constituída de flores, e nesse momento, sobressai na mata pela sua beleza.

Parte utilizada

Casca, flores, frutos, sementes.

Modo de Conservar

As cascas de tronco e dos ramos devem ser secas ao sol, em local ventilado e sem umidade. Guardar em recipiente de vidro ou louça bem fechado, ao abrigo da luz solar, do calor e da umidade. Após a secagem podem ser transformadas em pó.

Origem

Regiões litorâneas do Brasil

Princípios Ativos

Erisopina, erisodina, eritramina, eritrina, eritrocoraloidina, eritratina, esteróides, glucosídeos, hipaforina.

Propriedades medicinais

Analgésico, antiasmático, antitussígeno, calmante, diurético, expectorante, hepatoprotetor, hipnótico, hipotensivo, narcótico, resolutivo, sedativo, tranquilizante.

Indicações

Afecções bucais, agitação, asma, bronquite asmática, coqueluche, crises nervosas, dor reumática, dores musculares, febres, fígado, histeria, insônia, neurose, palpitação, sistema nervoso, tosses.

Contra-indicações/cuidados

Em excesso, pode provocar alucinações.

Efeitos colaterais:

Sedativo do sistema nervoso central.

Modo de usar

Ansiedade; tensão nervosa; insônia : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de pó e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá, de 1 a 32 vezes ao dia, ou 1 xícara de chá antes de se deitar.

Banho (calmante e relaxante); dores (reumáticas e musculares); stresses : Coloque 3 colheres de sopa de cascas picadas em 1 litro de água em fervura. Desligue o fogo, coe e adicione à água do banho que deverá estar morna. A duração do banho é de 10 a 15 minutos, de preferência antes de se deitar.

Reumatismo; dores musculares; afecções hepáticas e do baço : Coloque 2 colheres de sopa de cascas picadas em 1 litro de água em fervura. Deixe ferver por 10 minutos. Espere amornar e coe. Aplique nos locais afetados, com um pano, em forma de compressas mornas e deixe agir por 2 horas ou a noite toda.

Fitoterápicos: Mulungu

 

Mulungu

Planta medicinal com efeito ansiolítico, antidepressivo, tranquilizante, sedativo, hepatoprotetor, hipotensivo, entre outros. Seu uso interno faz-se através de infusões, decocções, extrato seco, tintura e xaropes.

Nomes

Nomes em português: mulungu, corticeira, murungu, muchocho, murungo, totocero, flor-de-coral, árvore-de-coral, amerikadeigo, ceibo, chilichi, chopo, hosoba deiko, pau-imortal, mulungu-coral, capa-homem, suiná-suiná, amansa senhor, bico de papagaio, canivete, capa homem, corticeira, eritrina, sapatinho de judeu, sinanduva, suinã, mulungu, murungu

Nome latim: Erythrina mulungu
Nome inglês: mulungu, murungu, muchoc
Nome francês: mulungu
Nome alemão: mulungu
Nome italiano: mulungu
Nome espanhol: mulungu

Família

Fabaceae

Constituintes

Alanina, arginina, ácido aspártico, cristacarpina, cristadina, cristamidina, dmietilmedicarpina, eribidina, ericristagalina, ericristanol, ericristina, eridotrina, erisodienona, erisodina, erisonina, erisopina, erisotrina, erisovina, eristagalina A-C, eritrabissina ii, eritralinas, eritraminas, eritratina, eriariestireno, ácido gama-amino butírico, ácido glutâmico, lectinas hipaporinas, n-nor-orientalina, ácido oléico, ácido oleanóico, faseolidinas, proteinases, ácido ursólico e vitexina.

Partes utilizadas

Raiz e casca da árvore.

Efeitos do mulungu

Antidepressivo, ansiolítico, sedativo, calmante, tônico hepático (tonifica, equilibra e fortalece o fígado), antibacteriano, antiinflamatório, antimicobacteriano, antiespasmódico, tônico, hipotensivo, diurética, expectorante, narcótica, tranquilizante, dores reumáticas e musculares.

Indicações do mulungu

Doenças mentais (depressão, neurose, ansiedade, estresse, histeria, ataque de pânico, compulsões, etc.), sedativo para insônia, relaxamento, distúrbio do sono, doenças hepáticas (hepatite, obstruções, enzimas hepáticas aumentadas, esclerose, etc.), hipertensão, palpitações cardíacas, abstinência de drogas/nicotina, cistite, epilepsia, irritações oculares, histeria, insônia, dor de estômago, problemas de lactação, edema, dor de cabeça, hepatite, hérnia, reumatismo, espasmos, insuficiência urinária, diarréia, hemorróida, infecção respiratória, infecção urinária, asma, infecções bacterianas, bronquite, tosse, febre, gengivite, neuralgia, tensão nervosa, estresse, inflamações, bronquite asmática, coqueluche,tosse.

Efeitos secundários

O mulungu é um sedativo e pode causar sonolência. Em excesso pode causar depressão e paralisias musculares.

Contra-indicações

Por seu efeito hipotensivo, é recomendado que pacientes que utilizem o fitoterápico e ainda façam uso de algum medicamento anti-hipertensivo, tenham sua pressão controlada e monitorada de acordo com as devidas precauções.

Interações

Nenhuma interação foi documentada, entretanto o mulungu pode potencializar o efeito de alguns medicamentos ansiolíticos e anti-hipertensivos.

Toxicidade

As sementes dos frutos são tóxicas.

Preparações à base de mulungu

Infusão
Extrato Fluído
Extrato Seco
Tintura
Xarope
Decocção

Onde cresce o mulungu?

É nativa da parte central e Nordeste do Brasil e hoje cresce na região desde São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e na floresta estacional semidecidual da Bacia do Paraná, até Tocantins e Bahia.

A árvore nativa é vistosa, tem floração vermelho vivo, grande porte e é comum nas regiões do leste do estado de Minas Gerais.

Quando colher o mulungu?

A época da floração varia entre Junho a Setembro, destituído de folhas, e em geral as árvores Mulungu não mantêm suas flores mais que uma ou duas semanas. Já a colheita de seus frutos pode ser observada entre setembro e outubro.

Fonte: wikipedia.org/www.plantasquecuram.com.br/www.criasaude.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Veganismo

Veganismo

PUBLICIDADE O veganismo é um sistema de crenças que considera que os animais não devem …

Ergonomia

Ergonomia

PUBLICIDADE Definição Ergonomia é o processo de projetar ou organizar locais de trabalho, produtos e sistemas …

eletroterapia

Eletroterapia

PUBLICIDADE A eletroterapia é o uso terapêutico da eletricidade para tratamento médico. Este tipo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+