Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Princípio Da Ação E Reação  Voltar

PRINCÍPIO DA AÇÃO E REAÇÃO

Karl F. Gauss (1777 - 1855)

PRINCÍPIO DA AÇÃO E REAÇÃO

PRINCÍPIO DA AÇÃO E REAÇÃO

PRINCÍPIO DA AÇÃO E REAÇÃO

PRINCÍPIO DA AÇÃO E REAÇÃO

Sempre que uma força está aplicada sobre um objeto, há alguma coisa (ou alguém) que a está exercendo. A Terra é a causa da força de gravidade que age sobre todos os objetos próximos a sua superfície. Uma esfera de metal é atraída por um ímã, uma bola de tênis sofre uma força aplicada pela raquete. Todos esses exemplos evidenciam que uma força envolve sempre dois objetos. Mas não temos aqui uma ação que ocorre num único sentido, em que somente um dos objetos exerceria a força e o outro a receberia. A influência é sempre recíproca.

Se A exerce uma força sobre B, também B exerce uma força sobre A. O princípio da ação e reação tem conseqüências aparentemente estranhas e, à primeira vista, difíceis de aceitar. Os objetos A e B podem ser, por exemplo, a Terra e a Lua. Então, não só a Terra atrai a Lua, mas também a Lua atrai a Terra, e as duas forças têm a mesma intensidade. Se A é uma pedra e B a Terra, chegamos à conclusão de que mesmo uma pedra atrai a Terra, e que a intensidade dessa força é igual ao peso da pedra. Mas como é possível que uma pedra atraia a Terra? Nunca se viu uma pedra, enquanto cai de uma torre, puxar a Terra para si. Essa aparente incoerência se esclarece se lembrarmos que a pedra e a Terra têm massas muito diferentes.

A Terra, cuja massa é grande, acelera pouco. 1 - De que modo se explica, por exemplo, o movimento de um barco a remo? O remador maneja o remo, empurrando a água para trás, enquanto o barco se movimenta para frente. O remador exerce sua força muscular sobre o remo e o remo exerce urna força sobre a pá.

A massa de água deslocada pelo remo reage sobre ele. 2 - Que força nos empurra, quando andamos? Quando você anda, exerce sobre o chão uma força para trás. Você produz uma força de atrito entre a sola do seu pé (ou do sapato) e o chão. O chão reage a essa força com outra força, também . de atrito, de mesma intensidade, mas de sentido oposto à que você aplicou. Esta força provoca seu movimento. 3 - A propulsão de foguetes, como a dos que levam os satélites artificiais até o espaço, por exemplo, também pode ser explicada pelo princípio da ação e reação. Quando, o combustível desses foguetes queima, produz-se uma grande quantidade de gases que são expelidos a uma grande velocidade.

O gás aplica força de reação sobre as paredes internas do foguete e é essa força que impulsiona o foguete.

Fonte: www.saladefisica.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal