Breaking News
Home / Física / Energia Reativa

Energia Reativa

PUBLICIDADE

Definição

Energia Reativa é a parcela de eletricidade que estabelece e sustenta os campos elétricos e magnéticos de equipamentos de corrente alternada.

A potência reativa deve ser fornecida para a maioria dos tipos de equipamentos magnéticos, como motores e transformadores.

Também deve suprir as perdas reativas em instalações de transmissão.

A energia reativa é fornecida por geradores, condensadores síncronos ou equipamentos eletrostáticos como capacitores e influencia diretamente a tensão do sistema elétrico. Geralmente é expresso em quilovares (kvar) ou megavares (Mvar).

O que é

No transporte de energia elétrica e distribuição, volt-ampere reativo (var) é uma unidade pela qual potência reativa é expressa em um sistema de energia elétrica AC. A potência reativa existe em um circuito de corrente alternada quando a corrente ea tensão não estão em fase.

O símbolo correto é var e não Var, VAr ou VAR, mas todos os três termos são amplamente utilizados, e VAR é amplamente utilizado em toda a infra-estrutura da indústria de energia.

O termo var foi proposto pelo engenheiro elétrico romeno Constantin Budeanu e introduzido em 1930 pelo IEC em Estocolmo, que o adotou como a unidade para a potência reativa.Vars pode ser considerado como a parte imaginária da potência aparente, ou o poder fluindo

Em uma carga reativa, onde tensão e corrente são especificados em volts e amperes.

As duas definições são equivalentes. A unidade “var” não segue a prática recomendada do Sistema Internacional de Unidades, porque a quantidade que a unidade var representa é poder ea prática SI não inclui informação sobre o tipo de potência que está sendo medida em nome da unidade.

Na transmissão e distribuição de energia elétrica, volt-ampere Reativo (var) é uma unidade pela qual a potência reativa é expressa em um sistema de energia elétrica AC.

A potência reativa existe em um circuito de corrente alternada quando a corrente ea tensão não estão em fase.

O símbolo correto é var e não Var, VAr ou VAR, mas todos os três termos são amplamente utilizados, e VAR é amplamente utilizado em toda a infra-estrutura da indústria de energia.

Circuito de Corrente

Em um circuito de corrente contínua, ou em um circuito de corrente alternada cuja impedância é uma resistência pura, a tensão e a corrente estão em fase e a seguinte fórmula é válida:

P = ErmsIrms

Onde P é a potência em watts, Erms é a tensão média-quadrada (rms) em volts, e Irms é a corrente rms em amperes.

Mas em um circuito de corrente alternada cuja impedância consiste em reatância, bem como resistência, a tensão ea corrente não estão em fase. Isso complica a determinação do poder.

Na ausência de reatância, os produtos ErmsIrms representa o verdadeiro poder, porque ela se manifesta de forma tangível (radiação, dissipação e / ou movimento mecânico).

Mas quando há reatância em um circuito de CA, os produtos ErmsIrms é maior do que a potência real.

O excesso é chamado de potência reativa, e representa a energia alternadamente armazenado e liberado por indutores e / ou capacitores.

A soma vetorial da potência verdadeira e reativa é conhecida como potência aparente.

A Energia elétrica reativa

A Energia elétrica reativa é \ energia elétrica que circula continuamente entre os diversos campos elétricos e magnéticos de um sistema de corrente alternada, sem produzir trabalho, expressa em quilovolt-ampère-reativo-hora (kVArh).

Energia Reativa
Energia Reativa

O Órgão Regulador, o estabelecimento de um limite de referência para o fator de potência indutivo e capacitivo, bem como a forma de avaliação e de critério de faturamento da energia reativa excedente a esse novo limite.

A legislação estabelecida pelo Órgão Regulador, introduz uma forma de abordagem do ajuste, pelo baixo fator de potência, com os seguintes aspectos relevantes:

Aumento do limite mínimo do fator de potência de 0,85;

Faturamento de energia reativa capacitiva excedente;

Redução do período de avaliação do fator de potência, de mensal para horário.

O que é o Fator de Potência?

O fator de potência é uma relação entre potência ativa e potência reativa. Trata-se da diferença entre o consumo aparente (medido em VA) e o consumo real (medido em watts).

Ele indica a eficiência com a qual a energia está sendo usada. Um alto fator de potência indica uma eficiência alta e inversamente um fator de potência baixo indica baixa eficiência. Um baixo fator de potência indica que você não está aproveitando plenamente a energia, e a solução para corrigir, é a instalação de Banco de Capacitores.

O fator de potência é determinado pelo tipo de carga ligada ao sistema elétrico, que pode ser: Resistiva, Indutiva ou Capacitiva.

É possível corrigir o fator de potência. Essa prática é conhecida como correção do fator de potência e é conseguida mediante o acoplamento de bancos de capacitores, com uma potência reativa contrária ao da carga, tentando ao máximo anular essa componente. Por exemplo, o efeito indutivo de motores pode ser anulado com a conexão em paralelo de um capacitor (ou banco) junto ao equipamento.

A principal vantagem em corrigir o fator de potência é a economia que gera na conta de energia elétrica, além de evitar multas. Entre em contato, nossos engenheiros podem explicar melhor como funciona o Fator de Potência e passar um orçamento sem compromisso.

Correção do Fator de Potência

A Correção do Fator de Potência ou Compensação reativa é uma Obrigação Legal sob pena de cobrança de multas a título de excedentes reativos.

Potência ativa

É a capacidade real das máquinas de produzirem trabalho útil e sua unidade é o quilowatt (kW).

Potência reativa

É a potência utilizada para produzir o fluxo magnético necessário ao funcionamento das cargas indutivas (motores, transformadores, reatores, etc.) expressa em quilovolt-ampère reativo (kVAr).

Energia elétrica ativa

Energia elétrica que pode ser convertida em outra forma de energia, mecânica (do eixo do motor), térmica (que aquece a água do chuveiro), etc. É medida em quilowatt-hora (kWh).

Exemplo: Quando uma carga com potência elétrica de 10 kW é mantida ligada durante uma hora e meia, é consumida a energia elétrica de 10 kW x 1,5 h = 15kWh.

Energia elétrica reativa

Energia elétrica que circula continuamente entre os diversos campos elétricos e magnéticos de um sistema de corrente alternada, sem produzir trabalho. É expressa em quilovolt-ampère-reativo-hora (kVArh).

Exemplo: Quando uma carga com potência elétrica de 10 kVAr é mantida ligada durante uma hora e meia, é consumida a energia elétrica de 10 kVAr x 1,5 h = 15kVArh.

Potência aparente

É a potência total absorvida por uma instalação elétrica, usualmente expressa em quilovolt-ampère (kVA).

É obtida pela soma geométrica da Potência Ativa (kW) com a Potência Reativa (kVAr).

Energia Elétrica

É a energia elétrica que circula continuamente entre os diversos campos elétricos e magnéticos de um sistema de corrente alternada, sem produzir trabalho, expressa em quilovolt-ampére-reativo-hora (kVArh).

A Resolução ANEEL nº 414 de 09/09/2010 estabelece que, o fator de potência de referência “fr”, indutivo ou capacitivo, terá como limite mínimo permitido, para as instalações elétricas das unidades consumidoras, o valor de fr=0,92, bem como a forma de avaliação e de critério de faturamento da energia reativa excedente a esse limite.

O fator de potência indica qual porcentagem da potência total fornecida (kVA) é efetivamente utilizada como potência ativa (kW). Assim, o fator de potência mostra o grau de eficiência do uso dos sistemas elétricos. Valores altos de fator de potência (próximos a 1,0) indicam uso eficiente da energia elétrica, enquanto valores baixos evidenciam seu mau aproveitamento, além de representar uma sobrecarga para todo o sistema elétrico.

A energia reativa existe em duas formas diferentes:

Energia reativa indutiva: Energia gerada por aparelhos consumidores normalmente dotados de bobinas tais como motores de indução, reatores, transformadores, etc ou mesmo aqueles que operam em formação de arco elétrico, como os fornos a arco. Este tipo de carga apresenta fator de potência dito reativo indutivo.

Energia reativa capacitiva: Energia que pode ser gerada por motores síncronos superexcitados (compensadores síncronos) ou por capacitores. Este tipo de carga apresenta fator de potência dito reativo capacitivo.

Energia ativa e reativa

A energia elétrica necessária para o funcionamento de equipamentos como motores, transformadores e fornos é formada por duas componentes: a componente ativa (energia ativa) e componente reativa (energia reativa).

A energia ativa, medida em kWh, é a energia que realmente executa trabalho, ou seja, no caso dos motores é a energia responsável pelo movimento de rotação.

A energia reativa, medida em kVArh, é a componente da energia elétrica que não realiza trabalho, mas é consumida pelos equipamentos com a finalidade de formar os campos eletromagnéticos necessários para o funcionamento.

Fonte: whatis.techtarget.com/en.openei.org/www.reduzcontaenergia.com.br/www.engeletrica.com.br/www.aessul.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Equações de Maxwell

Equações de Maxwell

PUBLICIDADE Quais são as Equações de Maxwell? As quatro Equações de Maxwell descrevem os campos …

Corrente Contínua

Corrente Contínua

PUBLICIDADE O que é corrente contínua? A corrente contínua (CC) é unidirecional, portanto o fluxo …

Espectro Eletromagnético

Espectro Eletromagnético

PUBLICIDADE Definição O espectro eletromagnético é uma faixa contínua de comprimentos de onda. Os tipos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.