Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home   Voltar

Poluição Térmica

 

A poluição térmica, embora tendo um considerável impacto ecológico, é, talvez, uma das formas de poluição menos conhecidas, o que decorre do fato de não ser diretamente visível ou audível.

Este tipo de poluição resulta de uma elevação da temperatura do meio de suporte de um determinado ecossistema (por exemplo, um rio), em consequência de uma ação humana, como o despejo de efluentes industriais a temperaturas superiores do meio aquático em que são diluídos, ou pela libertação de águas de arrefecimento provenientes de centrais eléctricas e, sobretudo, nucleares.

O que époluição térmica?

Consiste no aquecimento das águas naturais pela introdução de águas quentes utilizadas na refrigeração de refinarias, siderúrgicas e indústrias diversas. A poluição térmica combinada e reforçada com outras formas de poluição pode empobrecer o ambiente de forma imprevisível.

Embora tendo um considerável impacto ecológico, é, talvez, uma das formas de poluição menos conhecidas, o que decorre do fato de não ser diretamente visível ou audívelMuitas indústrias e quase todas as estações de produção de energia, sejam elas estações nucleares ou movidas a combustíveis fósseis, descarregam efluentes superaquecidos no ambiente aquático.

Geralmente a poluiçãotérmicapode ser controlada através de torres de esfriamento.

Funcionamento de uma torre de resfriamento: a água aquecida éconduzida por tubulações e exposta a correntes ascendentes de ar (induzidas geralmente por um ventilador), perdendo calor.

As torres"úmidas" têm a capacidade resfriadoraainda maior.

Planta esquemática do funcionamento da usina de Angra

Poluição Térmica

Possíveis conseqüências

As conseqüências negativas da poluição térmica são muito variadas, sendo as seguintes algumas das principais:

O incremento da temperatura faz com que espécies termosensíveis(com reduzida tolerância a variações de temperatura) desapareçam, visto não suportarem as novas condições do meio. Por exemplo, o desaparecimento da truta em rios em que ocorreu um aumento da temperatura da água.

Podem surgir importantes alterações ecológicas no meio, resultantes da substituição de espécies termosensíveispor outras termotolerantes, as quais suportam uma gama mais ampla de temperaturas originandoalterações nas cadeias tróficase nas relações interespecíficasdas espécies que habitam o meio. Por exemplo: a substituição da truta pela carpa.

Aumento da sensibilidade aos poluentes, jáque a aproximação aos limites de tolerância de um dado fator (temperatura, neste caso)diminui a tolerância a outros fatores (por exemplo, concentração de metais pesados).

Diminuição da quantidade de oxigênio dissolvido na água (a água quente comporta menores quantidades de oxigênio dissolvido que aágua fria), podendo conduzir a situações de asfixia.

Favorecimento do desenvolvimento bacteriano, em consequênciada aproximação ao ótimo térmico de algumas dessas espécies

Perturbações na reprodução, jáque os juvenis, assim como os ovos (e as células sexuais, das espécies com fecundação externa) são, regra geral, muito pouco termo tolerantes.

Morte por choque térmico, causada, por exemplo, pela alteração brusca da temperatura de um ribeiro junto àconduta de saída de um afluente sobreaquecido.

Potenciação da eutrofizaçãodos cursos de água onde exista matéria orgânica em quantidades consideráveis.

Diminuição da diversidade da fauna e da flora aquática

Perturbações na alimentação dos animais aquáticos, por alterações no zooe fitoplâncton

A poluição térmica aérea assume importância sobretudo ao nível das zonas urbanas e industrializadas, em consequência da libertação dos fumos e escapes aquecidos, resultantes da queima de combustíveis fósseis. Estes gases contribuem também para o incremento do efeito de estufa e do smog, gerando, deste modo, uma poluição térmica indireta adicional.

As principais formas de erradicação da poluição térmica passam pela redução da libertação de fumos quentes, o que implica uma diminuição da queima de derivados do petróleo, bem como pelo pré-arrefecimento dos efluentes libertados nos rios e águas superficiais. A energia térmica destes efluentes pode ser utilizada, por exemplo, no aquecimento urbano, o que não só reduz a poluição, com também permite uma maior rentabilização energética e econômica.

Fonte: alunoca.io.usp.br

Poluição Térmica

A Poluição térmica é o aumento prejudicial da temperatura da água em córregos, rios, lagos, ou ocasionalmente, águas costeiras do oceano.

A Poluição térmica é causada tanto por despejo de água quente a partir de fábricas e usinas de energia ou remoção de árvores e vegetação que os fluxos de sombra, permitindo que a luz solar para aumentar a temperatura destas águas. Como outras formas de poluição da água, poluição térmica é generalizada, afetando muitos lagos e um grande número de córregos e rios da Estados Unidos e em outras partes do mundo. um aumento de temperatura tão pequenas quanto 1 ou 2 graus Celsius (cerca de 2 a 4 graus centígrados) pode matar peixes nativos, moluscos e plantas, ou expulsá-los em favor de outras espécies, muitas vezes com efeitos indesejáveis.

FONTES PRINCIPAIS

As principais fontes de poluição térmica são usinas elétricas e fábricas industriais. Na maioria das usinas de energia elétrica, o calor é produzido quando o carvão, petróleo ou gás natural é queimado ou combustíveis nucleares sofrer fissão para liberar enormes quantidades de energia. Este calor transforma a água em vapor, que por sua vez gira as turbinas para produzir eletricidade.

Depois de fazer o seu trabalho, o vapor passou deve ser resfriado e condensado de volta à água.

Para condensar o vapor, água fria é trazido para a planta e circulou ao lado do vapor quente. Neste processo, a água utilizada para o resfriamento aquece 5 a 10 graus Celsius (9 a 18 graus Fahrenheit), após o que pode ser despejado de volta para dentro do lago, rio ou oceano de onde veio. Da mesma forma, as fábricas contribuem para a poluição térmica quando despejar água usada para resfriar suas máquinas.

O segundo tipo de poluição térmica é muito mais difundida.

Córregos e pequenos lagos são naturalmente mantida sob refrigeração por árvores e outras plantas altas que bloqueiam a luz solar.

As pessoas muitas vezes remover essa vegetação sombreamento, a fim de colher a madeira nas árvores, para dar lugar a plantações, ou para a construção de edifícios, estradas e outras estruturas. Deixado sem sombra, aquece água em até 10 graus Celsius (18 graus Fahrenheit).

De maneira similar, pastoreio de ovinos e bovinos pode tira streamsides de baixa vegetação, incluindo árvores jovens. Mesmo a remoção da vegetação longe de um córrego ou lago pode contribuir para a poluição térmica, acelerando a erosão do solo para dentro da água, tornando-o barrento. Água barrenta absorve mais energia do sol do que a água clara faz, resultando em mais aquecimento.

Finalmente, a água corrente fora de superfícies artificiais, tais como ruas, estacionamentos, e telhados, é mais quente do que a água de correr terra com vegetação e, portanto, contribui para a poluição térmica.

IMPACTOS

Todas as espécies de plantas e animais que vivem na água são adaptadas para temperaturas dentro de um determinado intervalo. Quando a água em uma área aquece mais do que podem tolerar, as espécies que não podem se mover, como plantas, crustáceos e moluscos enraizadas, vai morrer. Espécies que podem se mover, como peixes, vai deixar a área em busca de condições mais frias, e eles vão morrer se eles não podem encontrá-los. Normalmente, as outras espécies, muitas vezes, menos desejável, vai se mudar para a área para preencher a vaga.

Em geral, as águas frias são melhor habitat para plantas e animais do que as quentes águas frias, porque contêm mais oxigênio dissolvido. Muitas espécies de peixes de água doce que são valorizados por esporte e comida, especialmente truta e salmão, fazem mal em água morna. Alguns organismos que prosperam em água morna, muitas vezes com efeitos indesejáveis. As algas e outras plantas crescem mais rapidamente em água quente do que no frio, mas eles também morrem mais rapidamente, as bactérias que decompõem o tecido morto usar o oxigênio, reduzindo ainda mais a quantidade disponível para os animais. As algas mortas e em decomposição fazer o olhar da água, gosto e cheiro desagradável

Fonte: www.ukm.my

Poluição Térmica

A temperatura é um aspecto fundamental em corpos aquáticos, pois os seres vivos apresentam diferentes reações quando ocorrem mudanças deste fator.

A poluição térmica decorre principalmente de lançamentos, em sua maioria em rios, da água aquecida usadas no processo de refrigeração do maquinário de refinarias, siderúrgicas e usinas termoelétricas.

Tais efluentes provocam, nos rios, desoxigenação, uma vez que o calor provoca dissipação do oxigênio dissolvido, além disso, podem provocar a mortandade de peixes, pois a faixa de temperatura de sobrevivência deles é bastante estreita. E para os seres vivos, os efeitos da temperatura dizem respeito à aceleração do metabolismo, ou seja, das atividades químicas que ocorrem nas células.

A aceleração do metabolismo provoca aumento da necessidade de oxigênio e, por conseguinte, na aceleração do ritmo respiratório. Por outro lado, tais necessidades respiratórias ficam comprometidas, porque a hemoglobina tem pouca afinidade com o oxigênio aquecido.

Combinada e reforçada com outras formas de poluição ela pode empobrecer o ambiente de forma imprevisível.

Fonte: pt.shvoong.com

Poluição Térmica

Ocorre freqüentemente pelo descarte, nos rios, de grandes volumes de água aquecida usada no processo de refrigeração de refinarias, siderúrgicas e usinas termoelétricas.

O aumento da temperatura causa vários efeitos:

Para os seres vivos, os efeitos da temperatura dizem respeito à aceleração do metabolismo, ou seja, das atividades químicas que ocorrem nas células. A aceleração do metabolismo provoca aumento da necessidade de oxigênio e, por conseguinte, na aceleração do ritmo respiratório. Por outro lado, tais necessidades respiratórias ficam comprometidas, porque a hemoglobina tem pouca afinidade com o oxigênio aquecido.

Combinada e reforçada com outras formas de poluição ela pode empobrecer o ambiente de forma imprevisível.

Diminuição da solubilidade dos gases em água, havendo assim um decréscimo na quantidade de oxigênio dissolvido na água, prejudicando a respiração dos peixes e de outros animais aquáticos.

Há uma diminuição do tempo de vida de algumas espécies aquáticas, afetando os ciclos de reprodução.

Potencializa-se a ação dos poluentes já presentes na água, pelo aumento na velocidade das reações e solubilidade de alguns poluentes.

Fonte: www.uenf.br

Poluição Térmica

A Poluição Térmica consiste no aquecimento das águas naturais pela introdução de águas quentes utilizadas na refrigeração de refinarias, siderúrgicas e indústrias diversas.

A elevação da temperatura afeta a solubilidade de oxigênio na água fazendo com que esse gás escape mais facilmente para a atmosfera, isso acarreta uma diminuição de sua disponibilidade na água o que prejudica diversas formas aeróbicas aquáticas.

A poluição térmica combinada e reforçada com outras formas de poluição pode empobrecer o ambiente de forma imprevisível.

Fonte: www.rainhadapaz.g12.br

Poluição Térmica

Degradação da qualidade da água pela introdução de um efluente aquecido, principalmente o efeito da descarga de águas de esfriamento de processos industriais, em particular da geração de energia elétrica.

Mesmo as pequenas variações das temperaturas normais da água podem afetar a vida aquática.

Geralmente a poluição térmica pode ser controlada através de torres de esfriamento.

Fonte: www.cteep.com.br

Poluição Térmica

Determinados processos industriais utilizam grandes quantidades de água em reservatórios ou como refrigeradores o que aparelha como resultado uma notável alteração em sua temperatura natural.

Modificar a temperatura da água é também outra forma de alterar o ecossistema e é denominado poluição térmica.

O aumento da temperatura das águas, traz maior demanda bioquímica de oxigênio.

Fonte: www.discoverybrasil.com

Poluição Térmica

O lançamento de águas quentes num rio causará, de imediato, fenômenos localizados de desoxigenação pois, o calor favorece a dissipação do oxigênio dissolvido; além disso, a faixa de temperatura de sobrevivência de peixes e muitos microorganismos é bastante estreita e, ainda, alguns vegetais têm sua proliferação acentuada com o aumento de temperatura.

Fonte: www.gpca.com.br

Poluição Térmica

Consiste no aquecimento das águas naturais pela introdução de águas quentes utilizadas na refrigeração de refinarias, siderúrgicas e indústrias diversas.

Quando a temperatura se eleva, a solubilidade de oxigênio na água é afetada, assim ocorre o dispersamento desse gás para a atmosfera, acarretando uma diminuição de sua disponibilidade na água, prejudicando assim diversas formas aeróbicas aquáticas.

A poluição térmica combinada e reforçada com outras formas de poluição pode empobrecer o ambiente de forma imprevisível.

Fonte: www.coladaweb.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal