Breaking News
Home / Meio Ambiente / Floresta

Floresta

PUBLICIDADE

Floresta – Definição

Uma floresta pode ser definida como uma comunidade biológica dominada por árvores e outra vegetação lenhosa.

A diversidade de clima, juntamente com fatores de perturbação naturais e antropogênicos, resultaram em uma variedade de comunidades arborizadas que exibem uma ampla variação na densidade da anopia das árvores em áreas arborizadas.

Essas áreas variam de savanas (campos com árvores dispersas), a florestas abertas de dossel predominantemente arborizadas, mas com alguma penetração de luz), a florestas ense (muito arborizadas).

Além da variedade de florestas de terra firme, uma variedade de florestas de terra firme (ou seja, planície de inundação) ocorre em todo o lugar.

As origens da palavra remontam ao latim ‘foris’ que significa ‘fora’, de modo que, em vez de uma área de densa cobertura arbórea, o termo originalmente se referia a qualquer terra ‘fora de cultivo’ e, portanto, por padrão, a propriedade de o monarca.

A definição da palavra “Floresta” difere de região para região e de país para país.

A palavra Floresta é entendida como “um denso crescimento de árvores e arbustos cobrindo uma grande área” do seu significado no dicionário. No entanto, definir uma floresta não é fácil.

A definição de Floresta é tão diversa quanto sua diversidade em termos de tipos, espécies composição, bens e serviços que fornece, etc. Os tipos de floresta diferem amplamente, determinados por fatores incluindo latitude, temperatura, padrões de chuva, composição do solo e atividade humana.

Floresta – O que é

Florestas são áreas com alta densidade de árvores.

Segundo alguns dados as florestas ocupam cerca de 30% da superfície terrestre.

As florestas são vitais para a vida do ser humano, devido a muitos fatores principalmente de ordem climática. As florestas podem ser de formação natural ou artificial.

A mais conhecida floresta é a floresta pluvial Amazônica, maior que alguns países.

Erroneamente considerada o Pulmão do Mundo, não é, pois foi comprovado cientificamente que a floresta Amazônica consome cerca de 65% do oxigênio que produz (com a fotossíntese) com a respiração e transpiração das plantas.

Atualmente aceita-se o conceito de “ar condicionado” do mundo, devido a intensa evaporação de água da bacia.

Floresta – Classe de uso do solo que identifica as áreas dedicadas à atividade florestal.

A classe floresta inclui os seguintes tipos de ocupação do solo: povoamentos florestais, áreas ardidas de povoamentos florestais, áreas de corte raso e outras áreas arborizadas.

Floresta
Floresta

Uma floresta é um bioma que é dominado por árvores. As características de uma floresta dependem em grande parte do clima, tipo de solo e extensão. Portanto, a vida vegetal e animal de uma floresta tropical é muito diferente daquela encontrada em uma floresta boreal ou temperada. As florestas podem ter ecologias muito ricas e diversificadas. Por exemplo, embora as florestas tropicais agora cubram menos de 10% da superfície da Terra, elas ainda abrigam metade a dois terços de todas as espécies conhecidas de plantas e insetos.

A complexa e rica biodiversidade das florestas as torna vulneráveis à superexploração. As pessoas sempre tiraram madeira da floresta ou usaram a terra para cultivar alimentos.

Mas os solos florestais são frequentemente pobres e, uma vez perturbados, podem não se recuperar. Enquanto isso, a perda de árvores pode destruir os habitats dos animais que vivem na floresta.

Os cientistas estão trabalhando para encontrar maneiras de usar as florestas de forma sustentável, se quiserem continuar desempenhando seu papel vital no ecossistema do planeta.

Antecedentes Históricos e Fundamentos Científicos

As florestas se formaram há cerca de 420 milhões de anos, durante o período geológico Siluriano, quando plantas e animais emergiram do mar e começaram a ocupar a terra.

Essas florestas primitivas eram muito diferentes das dos tempos modernos. Eles eram dominados por cavalinhas gigantes, musgos e samambaias altas. Invertebrados simples teriam sido a única vida animal presente.

As gimnospermas, ou árvores, evoluíram em torno do período Triássico de 245 a 208 milhões de anos atrás e teriam causado mudanças dramáticas no ecossistema florestal.

Plantas com flores, pássaros, insetos e mamíferos evoluíram do período Cretáceo de 144 a 65 milhões de anos atrás e teriam contribuído para a rica diversidade da vida na floresta. Todas essas florestas eram tropicais.

As florestas temperadas do Hemisfério Norte surgiram após as eras glaciais.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) define floresta como uma região onde as árvores fornecem mais de 10% da cobertura da terra. Essa é uma descrição ampla.

Em um extremo estariam as savanas africanas, onde as árvores podem cobrir até 20% da área terrestre, mas haveria muito terreno aberto no meio. No outro extremo estão as florestas de dossel fechado, como as florestas tropicais, onde a cobertura de árvores é tão densa que pouca luz realmente penetra no solo da floresta. Hoje, as florestas cobrem cerca de um terço da superfície terrestre da Terra.

Existem vários tipos de florestas; sua aparência e ecologia dependem do clima. As florestas tropicais úmidas – muitas vezes conhecidas como florestas tropicais – são encontradas principalmente perto do equador, entre as latitudes 23,5 norte e 23,5 sul, e em áreas onde a precipitação é superior a 200 cm por ano. Nas florestas tropicais, as temperaturas normalmente variam de 25 a 27°C.

O interior da floresta é quente, em vez de quente, porque a chuva tende a evaporar rapidamente, o que provoca o resfriamento. Uma das florestas tropicais mais conhecidas está na região amazônica do Brasil.

As florestas não têm inverno no sentido usual, embora algumas delas tenham uma estação seca, variando em duração. As temperaturas não variam durante o dia nas florestas tropicais e a duração do dia é de 12 horas.

Depois, há florestas de nuvens frias, que são um tipo de floresta tropical que ocorre em regiões montanhosas.

Aqui as árvores e outras vegetações estão sempre molhadas porque as temperaturas são relativamente baixas e há menos evaporação.

A biodiversidade de árvores em uma floresta tropical é alta, com uma centena ou mais de espécies diferentes possivelmente ocorrendo em um quilômetro quadrado.

A corrente de ar e a intensa atividade biológica contribuem para manter a temperatura média do planeta e retardar o efeito estufa.

Existem também as florestas tropicais sazonais. São aquelas que perdem suas folhas nas estações de Inverno e Outono, adquirindo uma cor amarelada, avermelhada ou alaranjada.

A uma pequena floresta também se dá o nome de mata.

Floresta – Área de Vegetação

Uma floresta é uma área de vegetação em que as plantas dominantes são árvores; as florestas constituem os principais biomas. As florestas temperadas têm chuvas adequadas ou abundantes e temperaturas moderadas.

Eles podem ser dominados por árvores de folha caduca (como carvalho, freixo, olmo, faia ou bordo), muitas vezes crescendo juntos para formar florestas decíduas mistas.

As florestas frias, das regiões do norte, são dominadas por coníferas perenes. As florestas tropicais incluem a floresta tropical, caracterizada por chuvas fortes e regulares, floresta de monções, encontrada no sudeste da Ásia e com fortes chuvas intercaladas com períodos de seca; e floresta de espinhos, como no sudoeste da América do Norte, sudoeste da África, e partes da América Central e do Sul e Austrália, que tem chuvas esparsas, é dominada por pequenas árvores espinhosas, e se transforma em savana e semi-deserto.

Floresta
Floresta

Uma floresta é uma área arborizada, relativamente densa, que consiste em um ou mais estandes de árvores e espécies associadas.

Uma pequena área de arborização é dito madeira ou bosque bosque de acordo com a sua importância. Definições de floresta são baseadas em muitas latitudes e usos.

Além disso, vários tipos de florestas existem: florestas primárias em florestas chamados urbano, com gradientes intermediários. Há também muitos tipos de florestas (silvicultura, sistemas agroflorestais).

A floresta também é um modo de vida e uma fonte de renda para o homem, no início do século XX, mais de 500 milhões de pessoas, 150 milhões de pessoas indígenas ainda vivem na floresta ou na vizinhança.

Ele contém uma riqueza de ecológico composto por uma centena de espécies de mamíferos, cerca de 50 espécies de aves, uma espécie de planta mil e milhões de espécies de insetos.

A ação do homem em várias partes do mundo leva a destruição ou a exploração excessiva das florestas. Trata-se sobretudo atualmente florestas tropicais, e levou ao fenômeno do desmatamento.

Metade das florestas do mundo foram destruídas durante o século XX.

Florestas são áreas com alta densidade de árvores. Segundo alguns dados as florestas ocupam cerca de 30% da superfície terrestre. As florestas são vitais para a vida do ser humano, devido a muitos fatores principalmente de ordem climática. As florestas podem ser de formação natural ou artificial.

Uma floresta de formação natural é o habitat de muitas espécies de animais e plantas, e a sua biomassa por unidade de área é muito superior se comparado com outros biomas.

Além disso, a floresta é uma fonte de riquezas para o homem: fornece madeira, resina, celulose, cortiça, frutos, bagas, é abrigo de caça, protege o solo da erosão, acumula substâncias orgânicas, favorece a piscicultura, cria postos de trabalho, fornece materiais para exportação, melhora a qualidade de vida.

As florestas plantadas são aquelas implantadas com objetivos específicos, e tanto podem ser formadas por espécies nativas como exóticas.

Este é o tipo de florestas preferido para o uso em processos que se beneficiem da uniformidade da madeira produzida, como a produção de celulose ou chapas de fibra, também chamadas de placas de fibra, por exemplo. Assim como as culturas agrícolas, o cultivo de florestas passa pelo plantio, ou implantação; um período de crescimento onde são necessários tratos culturais (ou silviculturais) e um período de colheita.

Floresta Amazônica

A mais conhecida floresta é a floresta pluvial Amazônica, maior que alguns países. Erroneamente considerada o Pulmão do Mundo, não é, pois foi comprovado cientificamente que a floresta Amazônica consome cerca de 65% do oxigênio que produz (com a fotossíntese) com a respiração e transpiração das plantas.

Atualmente aceita-se o conceito de “ar condicionado” do mundo, devido a intensa evaporação de água da bacia.

A corrente de ar e a intensa atividade biológica contribuem para manter a temperatura média do planeta e retardar o efeito estufa.

Existem também as florestas tropicais SAZONAIS. São aquelas que perdem suas folhas nas estações de Inverno e Outono, adquirindo uma cor amarelada, avermelhada ou alaranjada.

Floresta – Ecossistema

Uma floresta é um sistema natural dominado por espécies arbóreas, com diversas espécies vegetais arbustivas e herbáceas e habitada por diferentes espécies animais, formando uma estrutura complexa (ecossistema formado por solo, plantas e animais).

As vulgarmente chamadas florestas de produção, na realidade não são florestas mas sim monoculturas de origem artificial (plantação ou sementeira em linha em que são usadas espécies invasoras, prejudiciais) dominadas por uma ou duas espécies de árvores (geralmente eucalipto ou pinheiro bravo) e com reduzido número de outras espécies vegetais e animais.

A floresta é um ecossistema complexo que consiste principalmente de árvores que protegem a terra e sustentam uma infinidade de formas de vida. As árvores ajudam a criar um ambiente especial que, por sua vez, afeta os tipos de animais e plantas que podem existir na floresta. As árvores são um componente importante do meio ambiente. Eles limpam o ar, resfriam em dias quentes, conservam o calor à noite e atuam como excelentes absorventes de som.

As plantas fornecem um dossel protetor que diminui o impacto das gotas de chuva no solo, reduzindo assim a erosão do solo.

A camada de folhas que cai ao redor da árvore evita o escoamento e permite que a água penetre no solo. As raízes ajudam a manter o solo no lugar. As plantas mortas se decompõem para formar húmus, matéria orgânica que retém a água e fornece nutrientes ao solo. As plantas fornecem habitat para diferentes tipos de organismos. Os pássaros constroem seus ninhos nos galhos das árvores, animais e pássaros vivem nas cavidades, insetos e outros organismos vivem em várias partes da planta. Eles produzem grandes quantidades de oxigênio e absorvem dióxido de carbono.

A transpiração das florestas afeta a umidade relativa e a precipitação em um local.

As florestas podem desenvolver-se onde a temperatura média é superior a 10 °C no mês mais quente e a precipitação excede os 200 mm anualmente.

Em qualquer área com condições acima dessa faixa existe uma variedade de espécies de árvores agrupadas em vários tipos de floresta que são determinados pelas condições específicas do ambiente, incluindo clima, solo, geologia e atividade biótica. As florestas podem ser amplamente classificadas em tipos como a taiga (composta por pinheiros, abetos, etc.), as florestas temperadas mistas (com árvores coníferas e decíduas), as florestas temperadas, as florestas subtropicais, as florestas tropicais e as florestas florestas tropicais equatoriais.

Floresta – Importância

Floresta

As árvores e as florestas são essenciais à vida desempenhando inúmeras funções:

Produzem oxigénio para nós respirarmos
Consomem o Dióxido de carbono (um dos principais gases com efeito de estufa que provoca alterações climáticas)
Moderam as temperaturas fornecendo-nos sombras e abrigos.
Facilitam a infiltração de água no solo reabastecendo os lençóis subterrâneos
Fixam o solo e impedem a erosão
Embelezam a paisagem, tornando-a mais atrativa
Dão abrigo e alimento aos animais (fauna) e às pessoas
Fornecem-nos matérias-primas (lenha, pasta de papel, cortiça, resinas e colas, madeiras e tábuas, borracha, especiarias, sementes, cogumelos silvestres, mel, frutos do bosque,)

As florestas podem ser de formação: São aquelas implantadas com objetivos específicos, e tanto podem ser formadas por espécies nativas como exóticas.

Floresta – Artificial

São o habitat de muitas espécies de animais e plantas e fonte de riquezas para o homem.

As florestas podem ser: Boreais, Temperadas, Tropicais e Matas Sazonais.

Existem 3 tipos principais de florestas: As florestas tropicais existem em regiões de exposição, como a americana, a africana e a indo-malaia. Recebem, geralmente, mais de 1.5 m de chuva por ano.

Floresta – Tropicais

As florestas temperadas crescem em clima mais húmido. As árvores têm folhas mais longas e designam-se por folhas folhosas.

Floresta – Temperadas

As boreais estendem-se pelo norte da Europa.

Existem também: São pequenas florestas.

Floresta – Matas

São florestas que perdem as suas folhas nas estações do Inverno e do Outono, adquirindo uma cor amarelada, avermelhada ou alaranjada.

As florestas são fundamentais para a sobrevivência do homem!

Renovam o ar, produzindo oxigénio e consumindo dióxido de carbono.
Têm uma ação regularizadora do clima, através da produção de vapor de água.
Contribuem para a proteção dos solos, evitando a erosão.
Favorecem a infiltração e conservação da água no solo.
Impedem, em certas zonas, o avanço da areia e dos ventos marítimos.
Constituem uma fonte de alimentação para muitos seres vivos.
É, ainda, para o homem fonte de energia e de matérias-primas.

Fonte: br.viarural.com/www.geocities.com/fr.slideshare.net/www.encyclopedia.com/edugreen.teri.res.in/www.soas.ac.uk

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Predação

PUBLICIDADE Na ecologia, a predação é um mecanismo de controle populacional. Assim, quando o número de predadores …

Desequilíbrio ambiental

PUBLICIDADE Desequilíbrio ambiental – O que é O desequilíbrio ambiental é uma das questões ambientais que mais …

Competição Ecológica

PUBLICIDADE Competição Ecológica – O que é A competição ecológica é a luta entre dois organismos pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.