Breaking News
Home / Geografia / Tabela de Exposição Segura ao Sol

Tabela de Exposição Segura ao Sol

PUBLICIDADE

queimadura solar é uma inflamação ou formação de bolhas na pele causada pela exposição excessiva ao sol.

queimadura solar é causada pela exposição excessiva aos raios ultravioleta (UV) do sol.

Existem dois tipos de raios ultravioleta: UVA e UVB.

Os raios UVA penetram profundamente na pele e podem causar melanoma em pessoas suscetíveis. Os raios UVB, que não penetram tão profundamente, causam queimaduras solares e rugas. A maioria dos raios UVB é absorvida pelos protetores solares, mas apenas cerca de metade dos raios UVA são absorvidos.

O câncer de pele por exposição excessiva ao sol é um grave problema de saúde nos Estados Unidos, afetando quase um milhão de americanos a cada ano. Uma pessoa em cada 87 desenvolverá melanoma maligno, o tipo mais grave de câncer de pele, e 7.300 delas morrerão a cada ano. A Agência de Proteção Ambiental (EPA) informou em 2000 que a taxa de melanoma maligno está aumentando mais rapidamente nos Estados Unidos do que as taxas de todos os outros cânceres evitáveis, exceto o câncer de pulmão. Uma razão para esta alta taxa é a crença popular de que a pele bronzeada é saudável e atraente. Muitas pessoas passam mais tempo no sol do que é bom para a pele tentando alcançar um bronzeado da moda.

Pessoas com pele clara são mais suscetíveis a queimaduras solares, porque sua pele produz apenas pequenas quantidades do pigmento protetor preto ou marrom escuro chamado melanina. No entanto, pessoas de qualquer raça podem se queimar se não protegerem a pele contra a superexposição. Pessoas que tentam se bronzear muito rapidamente sob luz solar forte também são mais vulneráveis a queimaduras solares.

A superexposição repetida ao sol e a queimadura podem envelhecer prematuramente a pele, causando uma pele amarelada e enrugada. A superexposição, especialmente uma queimadura grave na infância, pode aumentar o risco de câncer de pele.

Causas e sintomas

Os raios ultravioleta da luz solar destroem as células na camada externa da pele, danificando os minúsculos vasos sanguíneos por baixo. Quando a pele é queimada, os vasos sanguíneos se dilatam e vazam fluido.

As células param de produzir proteínas. Seu DNA é danificado pelos raios ultravioleta. Danos repetidos no DNA podem levar ao câncer.

Quando o sol queima a pele, desencadeia defesas imunológicas que identificam a pele queimada como estranha. Ao mesmo tempo, o sol transforma uma substância na pele que interfere nessa resposta imune.

Embora esta substância impeça o sistema imunológico de atacar a própria pele de uma pessoa, isso também significa que quaisquer células malignas na pele poderão crescer livremente.

queimadura solar faz com que a pele fique vermelha e com bolhas. Vários dias depois, as células mortas da pele descascam. Em casos graves, a queimadura pode ocorrer com insolação (vômitos, febre e desmaios).

Embora a superexposição ao sol seja prejudicial, até fatal, nenhuma exposição significa que o corpo não pode fabricar vitamina D, que é a única vitamina cuja forma biologicamente ativa é um hormônio. A vitamina D é produzida na pele a partir da energia dos raios UV do sol. As pessoas em risco de deficiência de vitamina D incluem alcoólatras, não bebedores de leite e aqueles que não recebem muita luz solar – especialmente aqueles que vivem em regiões com pouca luz natural. O Dr. Sheldon Saul Hendles diz que, à medida que mais pessoas usam protetores solares e diminuem a exposição ao sol, devem certificar-se de ter fontes alimentares e suplementares adequadas de vitamina D. O protetor solar impede a síntese da vitamina.

Radiação Solar

Radiação Solar

O Índice UV-B é um número numa escala de 0 a 16 que mede o risco do efeito biológico de eritema sobre a pele humana exposta à radiação solar: quanto maior o Índice UV-B, maior é o risco.

O eritema é o envermelhecer da pele devido a exposição à radiação UV-B. A exposição em excesso causa queimadura na pele e a longo prazo pode causar câncer de pele entre outros males.

Há 4 tipos de pele no que se refere aos efeitos de eritema e queimadura devido a exposição à radiação UV-B conforme mostra a tabela abaixo.

Tipo de pele em função do efeito de eritema produzido pela radiação UV-B

Tipo Cor Efeito da exposição
I branca queima sempre
II morena clara bronzeia e queima
III morena escura bronzeia e às vezes queima
IV negra bronzeia e raramente queima

Essa variedade de tipos de pele faz com que para um dado valor de Índice UV-B, obtido na figura abaixo, o tempo máximo de exposição varie conforme mostra a TABELA DE EXPOSIÇÃO SEGURA AO SOL abaixo.

TABELA DE EXPOSIÇÃO SEGURA AO SOL, EM MINUTOS

Valor do Índice UV-B Pele Tipo I Pele Tipo II Pele Tipo III Pele Tipo IV
0-2 30 60 90 120
3 20 47 70 90
4 15 32 50 75
5 12 25 40 60
6 10 22 35 50
7 8,5 19 30 40
8 7,5 17 26 35
9 7 15 24 33
10 6 14 22 30
11 5,5 13 20 27
12 5 12 19 25
13 4,5 11 18 23
14 4 10 17 21
15 3,5 9 15 20

NOTA: Os valores acima são valores médios, obtidos através de vários experimentos científicos. Em caso de dúvida, sempre consulte o seu médico dermatologista.

Fonte: www.cbmet.com(Marcelo de Paula Corrêa)/www.encyclopedia.com/www.dge.inpe.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Energia Fotovoltaica

PUBLICIDADE Energia Fotovoltaica – O que é Os materiais e dispositivos fotovoltaicos convertem a luz …

Geleiras

PUBLICIDADE Geleiras – O que são As geleiras são formadas de neve que, ao longo …

Mapas Temáticos

PUBLICIDADE Definição de Mapas temáticos Um mapa temático mostra a distribuição espacial de um ou mais temas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.