Breaking News
Home / Meio Ambiente / Parque Nacional do Viruá

Parque Nacional do Viruá

PUBLICIDADE

Parque Nacional do Viruá é um parque nacional no estado de Roraima, Brasil.

Protege uma área com solos arenosos muito inférteis, periodicamente inundados, sem valor económico, mas com uma biodiversidade excepcionalmente elevada.

Abrange um mosaico de ecossistemas úmidos florestais e não florestados, que são representativos de um sistema geoecológico único na Amazônia e desempenham papéis importantes no controle de enchentes, deposição de sedimentos e outros ciclos naturais.

Parque Nacional do Viruá apresenta níveis excepcionais de biodiversidade, especialmente de peixes com 500 espécies registadas, e aves com mais de 530 espécies registadas das quais 28 são endémicas.

Fornece importantes recursos pesqueiros.

Parque Nacional do Viruá abriga populações de espécies como a ariranha (Pteronura brasiliensis) ameaçada de extinção e a quase ameaçada onça-pintada (Panthera onca).

OBJETIVO DO PARQUE

Os objetivos do Parque Nacional do Viruá busca proteger e preservar amostras de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica ali existentes, assegurando a preservação de seus recursos naturais, proporcionando oportunidades controladas para uso público, educação e pesquisa científica.

DECRETO E DATA DE CRIAÇÃO

Foi criado pelo Decreto s/n de 29 de abril de 1998.

Em 4 de novembro de 2010 teve início a consulta pública sobre a ampliação da área do parque.

O conselho consultivo foi criado em 20 de novembro de 2012.

O plano de gestão foi aprovado em 17 de abril de 2014.

ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS

Parque Nacional do Viruá

Parque Nacional do Viruá foi criado por força de convenção internacional, da qual o Brasil é signatário, que prevê a destinação de 10% dos ecossistemas existentes para Unidades de Conservação.

Como já havia articulação para a criação da unidade a área foi transferida ao IBAMA pelo INCRA.

Anteriormente a área pertencia a união tendo sido destinada pelo INCRA, a pedido da extinta SEMA, para a criação de Reserva Ecológica em função da inaptidão do solo para implantação de projeto de assentamento rural.

O nome dado à unidade é devido ao igarapé de mesmo nome que tem sua nascente no interior do Parque.

ÁREA, LOCALIZAÇÃO E ACESSOS

Parque Nacional do Viruá possui uma área de 227.011 ha.

Está localizado no estado de Roraima, no município de Caracaraí.

O acesso é feito através da BR-174 de Boa Vista até Caracaraí, e de lá, por via fluvial, através do rio Branco.

O principal rio é o Igarapé do Viruá, um rio de águas pretas com poucos sedimentos, que deságua no rio Anauá ao longo do limite sul do parque. O Anauá, por sua vez, alimenta o Rio Branco, que forma o limite oeste do parque.

Parque Nacional do Viruá

A Estação Ecológica Caracaraí e a Estação Ecológica Niquiá ficam na margem oposta do Rio Branco.

O parque é contíguo à Reserva Extrativista Baixo Rio Branco-Jauaperi ao sul e à Floresta Nacional de Anauá ao sudeste.

CLIMA

O clima da região apresenta pequena estação de seca, com maiores quedas pluviométricas no outono; é constantemente úmido, sendo que tanto com as temperaturas como com as chuvas, sofre um mínimo de variação anual e mantém um nível elevado de umidade.

O clima é tropical, quente úmido, com média anual de temperatura entre 28°C e 38°C

QUE VER E FAZER (ATRAÇÕES ESPECIAIS)/ÉPOCA IDEAL PARA VISITAÇÃO

A unidade é nova e está em implantação, não estando ainda aberta à visitação pública.

RELEVO

Na sua maior parte, a área compreende uma vasta superfície praticamente plana, com predomínio de solos arenosos, e mal drenados, com grande quantidade de lagoas.

Na sua parte norte, ocorrem morros residuais com altitudes modestas.

Ao longo de sua extensão oeste, delimitada pelo rio Branco, há ocorrência de planícies aluvionares inundáveis, situação observada também em sua porção sul ao longo do rio Anauá.

VEGETAÇÃO

Possui alta heterogeniedade ambiental, com presença de Campos e Cerrados, Florestas Densas e Abertas, Serras Isoladas, com razoável diversidade e endemismo em sua flora.

FAUNA

Existe uma diversidade de espécies registradas, aves migratórias como o tuiuiu (Jabiru mycteria) e a águia pescadora (Pandion haliaetus); aves relacionadas a ambientes encharcados como a garça branca (Egretta thula), o socó-boi (Tigrosoma lineatum), a jaçanã (Jaçanã jaçana) e outras em extinção como a onça pintada (Panthera onça), a suçuarana (Felis Pardalis), a anta (Tapirus terrestris) e outras.

Fonte: rsis.ramsar.org/www.brasilturismo.com/oeco.org.br/www.turismo.rr.gov.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Efeito La Niña

PUBLICIDADE Efeito La Niña – O que é Tradicionalmente, La Niña tem recebido menos atenção do que …

Poluição Industrial

PUBLICIDADE Muitos processos de fabricação industrial usam ou produzem produtos químicos que podem prejudicar a …

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental

PUBLICIDADE Definição A biotecnologia ambiental, em particular, é a aplicação de processos para a proteção e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.