Breaking News
Home / Meio Ambiente / Parque Nacional da Serra da Capivara

Parque Nacional da Serra da Capivara

PUBLICIDADE

 

Parque Nacional da Serra da Capivara guarda a maior concentração de sítios arqueológicos atualmente conhecida nas Américas, a maioria com pinturas e gravuras rupestres, situado no sudeste do Piauí.

Nesses sítios arqueológicos encontram-se vestígios extremamente antigos da presença do homem – entre 50 mil e 60 mil anos atrás.

Com altitudes entre 500 e 600 metros, o relevo do Parque é suavemente ondulado no topo da chapada, ainda que com algumas quedas abruptas na base das quais, junto a lagoas, viveram animais pré-históricos.

Já o solo é constituído de camadas areníticas, sobre as quais se assentam espessas formações de latossolos vermelho-amarelados, enquanto nos vales dos rios Piauí e Bom Jesus de Gurguéia, predominam os terrenos arenosos.

Único inteiramente situado dentro do ecossistema da caatinga o Parque Nacional da Serra da Capivara tem vegetação dominada nos estratos mais altos pela aroeira (Astronium urundeuva) e braúna (Schnopsis brasiliensis) e, nos estratos mais baixos, pela jurema-preta (Mimosa acutistipula) e facheiro (Leocereus squamosus) além de outras espécies comuns à caatinga.

Em pares ou em pequenos grupos, as siriemas (Cariama cristata) são o destaque entre as aves. Há também rapineiros, como o gavião-carrapateiro (Milgavo chimachima) e acauã (Herpetotheres cachinnans), e corujas.

Com freqüência pode-se observar iguanas aquecendo-se ao sol, mas que ao menor ruído retornam velozmente para dentro da vegetação. E, entre os répteis, merecem menção a jararaca (Bothrops spp) e cascavel (Crotalus durissus).

Dentre os animais de pêlo destacam-se o gato-do-mato (Leopardus triginus), jaguatirica (Leopardus pardalis), tatu (Daypus sp), paca (Agouti paca) e cutia (Dasyprocta sp).

Semelhante à cutia ocorre também na região um pequeno roedor denominado mocó (Keredon rupestris) que vive nas rochas e se alimenta de brotos de vegetais.

O Parque dispõe de surpreendente infra-estrutura inclusive com visitação autoguiada pelas trilhas que levam às inscrições rupestres.

Abriga também a sede da Fundação Museu do Homem Americano que conta com o apoio do governo francês.

As cidades mais próximas são São Raimundo Nonato e Coronel José Dias e o acesso mais rápido e fácil é através da cidade pernambucana de Petrolina da qual dista 300 km.

Existe também em São Raimundo Nonato um campo de pouso habilitado a receber pequenos aviões.

As escassas precipitações ocorrem de novembro a março período chamado de inverno e o calor mais intenso é de setembro a novembro.

Parque Nacional da Serra da Capivara – Dados

Parque Nacional da Serra da Capivara – Pedra Furada

Data de criação: 05 de junho de 1.979, pelo decreto federal nº. 83.548.
Localização: Piauí, abrangendo os municípios de São Raimundo Nonato, São João do Piauí, Coronel José Dias e Canto do Buriti.
Área: 97.933 hectares
Perímetro: 300 km
Clima: tropical de zona equatorial, quente semi árido, com seis meses secos.
Temperaturas: média anual de 24 a 26ºC, máxima absoluta de 40 a 42ºC e mínima absoluta de 8 a 12ºC.
Chuvas: Entre 500 e 750 mm anuais.
Relevo: tabular, com escarpas abruptas.

Parque Nacional da Serra da Capivara – São Raimundo Nonato, Piauí

Parque Nacional da Serra da Capivara

Muitos dos inúmeros abrigos rochosos do Parque Nacional da Serra da Capivara são decorados com pinturas rupestres. Algumas dessas pinturas rupestres têm mais de 25.000 anos.

É um testemunho expressivo de uma das atividades humanas mais antigas da América Latina.

Parque Nacional da Serra da Capivara é um parque nacional da região Nordeste do Brasil. A área tem muitas pinturas pré-históricas.

Esta área possui a maior e mais antiga concentração de sítios pré-históricos das Américas. Estudos científicos confirmam que a serra da Capivara era densamente povoada na era pré-colombiana.

O parque foi criado para proteger os artefatos e pinturas pré-históricos encontrados ali. Tornou-se Patrimônio da Humanidade em 1991.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA UNIDADE: Proteção do ambiente ( área semi-áridas, fronteiriça entre duas grandes formações geológicas), preservação de sítios arqueológicos e o ecoturismo.

DECRETO E DATA DE CRIAÇÃO: Foi Criado pelo Decreto n.º 83.548 de 05.06.1979

ANTECEDENTES LEGAIS

A criação do Parque esta associada a preservação de um meio ambiente específico e de um dos mais importantes patrimônios culturais atualmente conhecidos no país.

Após estudos feitos por especialistas da Missão Franco-Brasileira ressaltando a relevância da área, vários segmentos da sociedade colaboraram para a criação do mesmo (comunidade e instituições).

ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS

A região como um todo apresenta aspectos arqueológicos bastante significativos e teve em outras épocas a presença de povos indígenas que foram dizimados pelos colonizadores espanhóis e portugueses.

O parque foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em função do acervo arqueológico ali encontrado, cerca de 460 sítios arqueológicos já foram cadastrados.

No sítio arqueológico do Boqueirão da Pedra Furada, foram feitas as mais antigas datações que atestam a presença do homem no continente Americano: 48 mil anos atrás.

O Parque ainda possui milhares de pinturas rupestres e conta com o apoio de um trabalho de arqueologia da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM) sediada em São Raimundo Nonato-PI, faz um trabalho de preservação dos aspectos culturais e naturais do Parque Nacional Serra da Capivara.

ÁREA, LOCALIZAÇÃO E ACESSOS

Possui uma área de100.000 ha. Está localizado no sudeste do estado do Piauí, nos municípios de Coronel José Dias, São Raimundo Nonato, São João do Piauí e João Costa.

O acesso é feito através da BR-343 até a cidade de Floriano, seguindo pela PI-140 até São Raimundo Nonato. Outra opção para quem vem do sul do país, é vir por Petrolina/PE, que fica à 300 Km de São Raimundo Nonato.

As Cidades mais próximas são São Raimundo Nonato e Coronel Dias.

A distância da unidade à capital do estado, Teresina, é de 504 Km.

Existe um campo de pouso em São Raimundo Nonato, habilitado para receber pequenos aviões. A distância da cidade de São Raimundo Nonato ao Parque é de 20 Km.

CLIMA

O clima do Parque é característico do sudeste do Piauí, com temperatura média anual de 28° C, sendo junho o mês mais frio. As noites na Serra são frias (10° C).

O período das chuvas é entre outubro e novembro.

A precipitação média anual fica em torno de 689 mm.

O clima é de zona tropical, quente semi-árido, com seis meses secos.

Os meses secos vão de maio a outubro e os de chuva de novembro a abril.

O QUE VER E FAZER (ATRAÇÕES ESPECIAIS)/ÉPOCA IDEAL PARA VISITAÇÃO

Está aberto diariamente de 7:00h ás 17:hs, durante o ano inteiro. O valor do ingresso é R$ 3,00 por pessoas.

Os meses com clima mais ameno (dezembro a junho) são os de maior visitação.

O percurso aberto à visitação conta com 22 sítios arqueológicos preparados para visitação, todos com escadas de acesso, passarelas e sinalização.

RELEVO: Situa-se na bacia do Alto Rio Piauí, no contato com a bacia Maranhão-Piauí e a depressão periférica do médio São Francisco, estendendo-se por três conjuntos geomorfológicos: Planaltos de arenitos, Zona Cuestra e Vasto sedimento.

VEGETAÇÃO: A unidade possui como vegetação característica a Caatinga, conjunto de formações vegetais características da zona semi-árida do Nordeste, apresentando numerosa diversidade herbácea e arbustiva.

FAUNA

No Parque os refúgios da fauna são representados pelos enclaves de mata semidecídua dos Boqueirões.

Os mamíferos do Parque são aqueles caracterizados pela fauna do cerrado, apresentando endemismo do mocó (Kerodon rupestris), e uma grande diversidade de macacos, morcegos, tatus e veados.

As aves são representadas por 208 espécies. As espécies mais expressivas da fauna são: onça pintada, tatu-bola, tamanduá-bandeira, jacú, paca, mocó, zabelê e codorniz.

USOS CONFLITANTES QUE AFETAM A UNIDADE E SEU ENTORNO

No parque há famílias residentes que praticam atividades agrícolas, criam animais de forma extensiva, extraem mel, e, no período da estiagem, caçam com freqüência para complementar o regime alimentar.

As queimadas realizadas no entorno para atender finalidades diversas contribuem na pertubação do ecossistema como um todo.

BENEFÍCIOS INDIRETOS E DIRETOS DA UNIDADE PARA O ENTORNO: O benefício mais evidente é resguardar para a humanidade o patrimônio cultural brasileiro.

Fonte: paginas.terra.com.br/www.brasilturismo.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Predação

PUBLICIDADE Na ecologia, a predação é um mecanismo de controle populacional. Assim, quando o número de predadores …

Desequilíbrio ambiental

PUBLICIDADE Desequilíbrio ambiental – O que é O desequilíbrio ambiental é uma das questões ambientais que mais …

Competição Ecológica

PUBLICIDADE Competição Ecológica – O que é A competição ecológica é a luta entre dois organismos pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.