Breaking News
Home / Química / Actinídeos

Actinídeos

PUBLICIDADE

Actinídeos são os elementos localizados no sétimo período na tabela periódica. São os metais de transição interna de números atômicos (Z) de 89 a 103 (Ac – Lr).

São chamados assim devido ao elemento Actínio (Ac) que inicia o período dos metais de transiçãointerna no período 7 da tabela periódica. Também são conhecidos como elementos do bloco f, pois têm os orbitais 5f progressivamente preenchidos. A maior parte dos actinídeos não são encontrados na natureza, são os chamados transurânicos de Z maior que 92, os quais são produzidos artificialmente em laboratórios por aceleradores de partículas e todos os seus isótopos são radioativos.

Estes elementos não obedecem a teoria do octeto por serem constituídos por átomos com alta densidade eletrônica. A função que configura a distribuição eletrônica desses elementos pode ser resumida por: (n-2)f¹ a 13 ns². O Laurêncio (Lr) é um dos elementos que fogem a essa regra, pois apresenta o 6d¹como subnível mais energético

Vejamos alguns exemplos:

Laurêncio (Lr) = [Rn]5f146d17s2 (Z = 103).

Actinídeos

Demais elementos como o amerício (Am) e o berquélio (Bk) possuem o subnível f como o mais energético:

actinideos-2

Devido a essas características da configuração eletrônica, os actinídeos apresentam ampla faixa de oxidação, o estado de oxidação desses elementos vão desde o +2 até o +7, essa propriedade que os diferenciam dos demais metais, configurando-os metais de transição interna, além da ocupação irregular de elétrons nos orbitais 5f. Assim, os elétrons de valência dos átomos de menor densidade estão disponíveis mais facilmente, o que torna os átomos que constituem esses elementos extremamente reativos.

Radiação – Urânio

Outra características desses elementos é a propriedade de radiação para aqueles elementos de Z > 92.A radiação consiste na emissão de energia eletromagnética, isto é, emitida por ondas e partículas que liberam algum tipo de energia (térmica, nuclear, por exemplos).Trata-se do processo de fragmentação do núcleo em outros dois núcleos menores, o qual há liberação de grande quantidade energia, energia nuclear.

O exemplo clássico é a cisão de um átomo Urânio-235 produzindo 3 nêutrons, que irão se dividir em outros átomos de urânio vizinhos. Tal característica foi descoberta por Marie Curie (1867 a 1934) ao estudar amostras que continham óxidos de urânio, a jovem polonesa descobriu que os átomos de urânio são a própria fonte de radiação, grande descoberta em sua tese de doutorado que ela denominou de radioatividade.

Bons estudos!

David Pancieri Peripato

Veja também

Álcool Isopropílico

PUBLICIDADE Definição O isopropanol é um líquido claro, incolor e volátil. Também é comumente conhecido …

Serotonina

Serotonina

PUBLICIDADE Definição de Serotonina A Serotonina é um neurotransmissor que está envolvido na transmissão de …

Untitled-3

Recristalização

PUBLICIDADE Definição A recristalização, também conhecida como cristalização fracionada, é um procedimento para purificar um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.