Breaking News
Home / Química / Actinídeos

Actinídeos

PUBLICIDADE

Actinídeos são os elementos localizados no sétimo período na tabela periódica. São os metais de transição interna de números atômicos (Z) de 89 a 103 (Ac – Lr).

São chamados assim devido ao elemento Actínio (Ac) que inicia o período dos metais de transiçãointerna no período 7 da tabela periódica. Também são conhecidos como elementos do bloco f, pois têm os orbitais 5f progressivamente preenchidos. A maior parte dos actinídeos não são encontrados na natureza, são os chamados transurânicos de Z maior que 92, os quais são produzidos artificialmente em laboratórios por aceleradores de partículas e todos os seus isótopos são radioativos.

Estes elementos não obedecem a teoria do octeto por serem constituídos por átomos com alta densidade eletrônica. A função que configura a distribuição eletrônica desses elementos pode ser resumida por: (n-2)f¹ a 13 ns². O Laurêncio (Lr) é um dos elementos que fogem a essa regra, pois apresenta o 6d¹como subnível mais energético

Vejamos alguns exemplos:

Laurêncio (Lr) = [Rn]5f146d17s2 (Z = 103).

Actinídeos

Demais elementos como o amerício (Am) e o berquélio (Bk) possuem o subnível f como o mais energético:

actinideos-2

Devido a essas características da configuração eletrônica, os actinídeos apresentam ampla faixa de oxidação, o estado de oxidação desses elementos vão desde o +2 até o +7, essa propriedade que os diferenciam dos demais metais, configurando-os metais de transição interna, além da ocupação irregular de elétrons nos orbitais 5f. Assim, os elétrons de valência dos átomos de menor densidade estão disponíveis mais facilmente, o que torna os átomos que constituem esses elementos extremamente reativos.

Radiação – Urânio

Outra características desses elementos é a propriedade de radiação para aqueles elementos de Z > 92.A radiação consiste na emissão de energia eletromagnética, isto é, emitida por ondas e partículas que liberam algum tipo de energia (térmica, nuclear, por exemplos).Trata-se do processo de fragmentação do núcleo em outros dois núcleos menores, o qual há liberação de grande quantidade energia, energia nuclear.

O exemplo clássico é a cisão de um átomo Urânio-235 produzindo 3 nêutrons, que irão se dividir em outros átomos de urânio vizinhos. Tal característica foi descoberta por Marie Curie (1867 a 1934) ao estudar amostras que continham óxidos de urânio, a jovem polonesa descobriu que os átomos de urânio são a própria fonte de radiação, grande descoberta em sua tese de doutorado que ela denominou de radioatividade.

Bons estudos!

David Pancieri Peripato

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Formamida

Formamida

PUBLICIDADE Definição Em química a formamida é um líquido límpido e picante usado em uma ampla variedade …

Molalidade

Molalidade

PUBLICIDADE Definição A molalidade é uma propriedade de uma solução e é definida como o número de …

Concentração de solução

PUBLICIDADE Definição Em química, a concentração de solução é a quantidade de um soluto que está contido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.