Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Química / Calor Específico

Calor Específico

PUBLICIDADE

Definição

A Capacidade de calor é a quantidade de calor necessária para elevar a temperatura de uma substância ou sistema em um grau, geralmente expressa em calorias por grau Celsius

A capacidade de calor de uma substância é uma medida de quão bem a substância armazena calor. Sempre que fornecermos calor a um material, isso necessariamente causará um aumento na temperatura do material. A capacidade calorífica é definida como a quantidade de calor necessária por unidade de aumento de temperatura, de modo que

Calor adicionado = capacidade de calor x (mudança de temperatura)

Assim, materiais com grandes capacidades de calor, como a água, mantêm bem o calor – sua temperatura não aumenta muito para uma determinada quantidade de calor – enquanto que materiais com baixa capacidade térmica, como cobre, não retêm calor – sua temperatura aumentará significativamente quando o calor é adicionado.

O que é Calor específico?

O Calor específico é uma medida usada em termodinâmica e calorimetria que indica a quantidade de energia térmica necessária para aumentar a temperatura de uma determinada massa de uma determinada substância em alguma quantidade.

Embora diferentes escalas de medida sejam usadas às vezes, esse termo geralmente se refere especificamente à quantidade necessária para elevar 1 grama de alguma substância em 1,8° F (1° Celsius). Segue-se que, se duas vezes mais energia é adicionada a uma substância, sua temperatura deve aumentar duas vezes mais.

O calor específico é geralmente expresso em joules, a unidade normalmente usada em química e física para descrever a energia. É um fator importante na ciência, engenharia e na compreensão do clima da Terra.

Calor e Temperatura

A energia térmica e a temperatura são dois conceitos diferentes, e entender a diferença é importante.

A primeira é uma quantidade em termodinâmica que descreve a quantidade de mudança que um sistema pode causar ao seu ambiente. A transferência dessa energia para um objeto faz com que suas moléculas se movimentem mais rapidamente; esse aumento na energia cinética é o que é medido ou experimentado como um aumento na temperatura.

Calor específico e capacidade térmica

Essas duas propriedades são freqüentemente confundidas.

O primeiro é o número de joules necessários para aumentar a temperatura de uma determinada massa de uma substância por alguma unidade. É sempre dado “por unidade de massa”, por exemplo, 0,45 j / g °C, que é o calor específico do ferro, ou o número de joules de energia térmica para elevar a temperatura de um grama de ferro em um grau Celsius. Este valor é, portanto, independente da quantidade de ferro.

A capacidade de aquecimento – às vezes chamada de “massa térmica” – é o número de joules necessários para elevar a temperatura de uma massa específica de material a 1,8° F (1° Celsius) e é simplesmente o calor específico do material multiplicado por sua massa. É medido em joules por °C. A capacidade de calor de um objeto feito de ferro, e pesando 100g, seria 0,45 X 100, dando 45j / °C. Essa propriedade pode ser considerada como a capacidade de um objeto de armazenar calor.

O calor específico de uma substância é mais ou menos verdadeiro em uma ampla faixa de temperaturas, ou seja, a energia necessária para produzir um aumento de um grau em uma determinada substância varia apenas ligeiramente com seu valor inicial. Não se aplica, no entanto, quando a substância sofre uma mudança de estado. Por exemplo, se o calor é continuamente aplicado a uma quantidade de água, ele produzirá um aumento na temperatura de acordo com o calor específico da água. Quando o ponto de ebulição é alcançado, no entanto, não haverá mais aumento; em vez disso, a energia irá para a produção de vapor de água. O mesmo se aplica aos sólidos quando o ponto de fusão é atingido.

Uma medida de energia agora desatualizada, a caloria, é baseada no calor específico da água. Uma caloria é a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de um grama de água a 1,8 °F (1° C) à pressão atmosférica normal. É equivalente a 4.184 joules. Valores ligeiramente diferentes podem ser dados para o calor específico da água, pois varia um pouco com a temperatura e a pressão.

Efeitos

Substâncias diferentes podem ter aquecimentos específicos muito diferentes. Metais, por exemplo, tendem a ter valores muito baixos. Isso significa que eles se aquecem rapidamente e se resfriam rapidamente; eles também tendem a se expandir significativamente à medida que ficam mais quentes.

Isso tem implicações para a engenharia e o design: muitas vezes, é preciso fazer concessões para a expansão de peças metálicas em estruturas e maquinário.

A água, em contraste, tem um calor específico muito alto – nove vezes o do ferro e 32 vezes o do ouro. Devido à estrutura molecular da água, uma grande quantidade de energia é necessária para aumentar a sua temperatura em até mesmo uma pequena quantidade. Isso também significa que a água morna leva muito tempo para esfriar.

Esta propriedade é essencial para a vida na Terra, pois a água tem um efeito estabilizador significativo no clima global. Durante o inverno, os oceanos se resfriam lentamente e liberam uma quantidade significativa de calor no ambiente, o que ajuda a manter a temperatura global razoavelmente estável.

Por outro lado, no verão, é preciso muito calor para aumentar significativamente a temperatura do oceano. Isto tem um efeito moderador no clima. Os interiores continentais, longe do oceano, experimentam extremos de temperaturas muito maiores do que as regiões costeiras.

Capacidade de calor

Calor específico
Capacidade térmica específica é a energia necessária para elevar a temperatura de um material em um grau

A capacidade de calor de um sistema definido é a quantidade de calor (geralmente expressa em calorias, quilocalorias ou joules) necessária para elevar a temperatura do sistema em um grau (geralmente expresso em Celsius ou Kelvin).

É expresso em unidades de energia térmica por grau de temperatura.

Para auxiliar na análise de sistemas com certas dimensões específicas, pode-se usar capacidade de calor molar e capacidade específica de calor.

Para medir a capacidade de calor de uma reação, um calorímetro deve ser usado.

Os calorímetros de bomba são usados para capacidades de calor de volume constante, embora um calorímetro de xícara de café seja suficiente para uma capacidade de calor de pressão constante.

Capacidade de calor – Definição

Capacidade calorífica, relação de calor absorvido por um material para a mudança de temperatura. Geralmente é expresso como calorias por grau em termos da quantidade real de material a ser considerado, mais comumente uma toupeira (o peso molecular em gramas). A capacidade de calor em calorias por grama é chamado calor específico. A definição da caloria é baseada no calor específico da água, definido como uma caloria por grau Celsius.

Em temperaturas suficientemente altas, a capacidade de calor por átomo tende a ser a mesma para todos os elementos.

Para metais de maior peso atômico, essa aproximação já é boa à temperatura ambiente, dando origem à lei de Dulong e Petit.

Para outros materiais, a capacidade de calor e sua variação de temperatura dependem das diferenças nos níveis de energia para átomos (estados quânticos disponíveis).

As capacidades de calor são medidas com uma variedade de calorímetros e, usando a formulação da terceira lei da termodinâmica, as medições de capacidade de calor tornaram-se importantes como meio de determinar entropies de vários materiais.

Tabela de calorias específicas comuns e capacidades térmicas

Este gráfico de valores específicos de capacidade de calor e calor deve ajudá-lo a ter uma noção melhor dos tipos de materiais que conduzem o calor prontamente em comparação àqueles que não o fazem. Como você poderia esperar, os metais têm níveis específicos relativamente baixos.

Material

Calor específico
(J/g°C)

Capacidade de calor
(J/°C for 100 g)

Ouro 0.129 12.9
Mercúrio 0.140 14.0
Cobre 0.385 38.5
Ferro 0.450 45.0
Sal (Nacl) 0.864 86.4
Alumínio 0.902 90.2
Ar 1.01 101
Gelo 2.03 203
Água 4.179 417.9

Fórmula de Capacidade de Calor

A capacidade térmica, ou “massa térmica” de um objeto, é definida como a Energia em Joules requerida para elevar a temperatura de um determinado objeto em 1º C. Este é o ‘calor específico’ do objeto (uma propriedade física/química definida ) multiplicado pela sua massa e pela mudança de temperatura.

Capacidade calorífica = massa x calor específico x mudança de temperatura

Q = m.c.?T.

Q = capacidade de calor, J

m = massa, g

c = calor específico do objeto, J / (g-ºC)

?T = mudança de temperatura, ºC

Fonte: chem.libretexts.org/www.wisegeek.org/www.britannica.com/www.thoughtco.com/theory.uwinnipeg.ca/www.softschools.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Acido Palmítico

Ácido Palmítico

PUBLICIDADE Definição O ácido palmítico é um ácido gordo saturado comum encontrado em gorduras e ceras, incluindo …

Permetrina

PUBLICIDADE A permetrina é um composto químico sintético, juntamente com outros piretróides, semelhante ao produzido …

A água perfeitamente destilada contém apenas moléculas de hidrogênio e oxigênio.

Água Destilada

PUBLICIDADE Definição A água destilada é criada através do processo de destilação. Basicamente, no processo de destilação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+