Breaking News
Home / Química / Microanálise

Microanálise

PUBLICIDADE

Definição

microanálise é uma análise química, qualitativa ou quantitativa, em pequena ou minúscula escala que geralmente requer aparelhos especiais, muito sensíveis ou em pequena escala, miligramas.

A microanálise exige uma análise detalhada a um nível elementar no qual reações químicas e fenômenos elétricos podem ser isolados e modelados.

A microanálise é um método estatístico, e deve haver poros suficientes para observação, a fim de obter os resultados representativos.

Um dos pioneiros na microanálise de elementos químicos foi o vencedor do Prêmio Nobel da Áustria, Fritz Pregl.

O que é microanálise?

A microanálise é uma técnica usada pelos cientistas para examinar a composição das substâncias e o modo como elas se comportam sob diferentes condições.

As substâncias que estão sendo estudadas são divididas em pedaços muito pequenos, utilizando diferentes métodos analíticos, incluindo análises de micromilling, microprobing, microcalorimetria e termogravimetria.

Esse tipo de análise ajuda os cientistas a analisar elementos em materiais maiores, testar a homogeneidade e entender melhor as reações de uma substância quando colocadas em várias condições.

Esses métodos de teste científico são realizados em laboratórios com equipamentos especializados e medidas de segurança em vigor.

Os cientistas às vezes realizam microanálise para descobrir de quais elementos uma substância é composta. Por exemplo, uma rocha pode ser composta pelos elementos carbono, nitrogênio e hidrogênio.

A microanálise pode confirmar quanto de cada elemento a rocha contém. Isso é feito para substâncias que ocorrem naturalmente ou para aquelas que são cientificamente criadas em laboratório.

Em alguns casos, a microanálise pode determinar o tipo e a quantidade das variações dos elementos conhecidos como isótopos, que possuem diferentes números de nêutrons.

Os isótopos químicos podem ser distinguidos através da microanálise para fornecer mais informações sobre a composição de uma substância.

Esse conhecimento pode ajudar os cientistas a prever o comportamento de uma substância quando colocados em condições que foram previamente experimentadas.

Existem muitos métodos de microanálise utilizados pelos cientistas para coletar informações.

A microanálise da sonda de elétrons usa feixes de elétrons para criar um raio-x de um pequeno pedaço do material.

Isso também pode ser feito usando prótons, nêutrons, íons ou raios-x para encontrar diferentes tipos de informações.

As ferramentas utilizadas na microanálise ajudam a analisar as informações transmitidas em dados quantificados que podem ser usados para criar um mapa preciso da substância que está sendo estudada.

Como pedaços muito pequenos de um material funcionam melhor em análise, as substâncias são frequentemente micromrilhadas antes da análise, de modo que são pequenas partículas para começar.

Algumas experiências são feitas para descobrir como uma substância reagirá quando colocada sob temperaturas extremas de pressão.

Isso fornece dados úteis para aqueles que fabricam ou testam a segurança dos produtos.

Uma vez realizada a microanálise, as propriedades de uma substância são melhor compreendidas, o que permite que a substância seja usada em várias capacidades, como tecnologia ou produção.

O calor de uma reação também pode ser encontrado através da microanálise quando dois líquidos são colocados em um ambiente seguro e a reação é cuidadosamente medida.

Fonte: www.cambridge.org/www.ammrf.org.au/www.wisegeek.org/www.sciencedirect.com/www.microscopy.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fórmulas empíricas

PUBLICIDADE A Fórmula empírica é uma fórmula química que fornece a proporção mais simples de número inteiro …

Processo de contato

PUBLICIDADE O processo de contato é um método catalítico para produzir ácido sulfúrico a partir de dióxido …

Química Bioinorgânica

PUBLICIDADE A química bioinorgânica é o estudo das estruturas e funções biológicas das substâncias biológicas inorgânicas, ou …