Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Química / Destilação Fracionada

Destilação Fracionada

PUBLICIDADE

O que é

A destilação fracionada é a separação de uma mistura nas suas partes componentes, ou frações, a separação dos compostos químicos por seu ponto de ebulição por aquecimento a uma temperatura à qual uma ou mais frações do composto irá vaporizar. Ele usa a destilação para fracionar.

Geralmente, os componentes têm pontos de ebulição que diferem em menos de 25 ° C a partir de um ao outro, sob uma pressão de uma atmosfera. Se a diferença de pontos de ebulição é superior a 25 ° C, uma destilação simples é tipicamente utilizado.

A destilação fracionada

A destilação fracionada difere da destilação apenas pelo facto de separar uma mistura em várias partes diferentes, denominadas frações. Uma alta coluna é montada acima da mistura, com vários condensadores saindo em diferentes alturas. A coluna está quente na parte inferior e esfria na parte superior. As substâncias com pontos de ebulição elevados condensam-se no fundo e as substâncias com pontos de ebulição baixos condensam-se no topo.

Como a destilação, a destilação fracionada funciona porque as diferentes substâncias na mistura têm diferentes pontos de ebulição.

Características

A destilação fracionada apresenta algumas características diferentes da destilação simples, sendo muito utilizada na indústria química.

A destilação fracionada é um processo de separação onde se utiliza uma coluna de fracionamento na qual é possível realizar a separação de diferentes componentes que apresentam diferentes pontos de ebulição, presentes em uma mistura.

Na destilação simples, a diferença entre pontos de ebulição tem de ser de pelo menos cerca de 10ºC, no entanto, numa destilação fracionada estes podem ser mais próximos).

Trata-se de um processo de rejuvenescimento, separação e loteamento dos produtos da mistura e é empregada quando os pontos de ebulição dos componentes de uma mistura são próximos e não é possível realizar uma destilação simples. A coluna de fracionamento torna esta destilação um pouco mais complexa, exigindo mais tempo e mais energia para a separação.

Neste processo existe uma coluna de fracionamento que cria várias regiões de equilíbrio líquido-vapor, levando a uma série de micro destilações simples sucessivas, enriquecendo a fração do componente mais volátil da mistura na fase de vaporização.

Na destilação simples, notamos que nas primeiras frações do destilado, temos uma composição mais rica do componente mais volátil. Conforme o processo se mantém, temos o surgimento gradual do componente menos volátil, que impurifica o anterior. Quando a diferença dos pontos de ebulição dos compostos é alta, podemos, no entanto, prever esta etapa. Mas, em misturas de compostos onde ambos apresentam pontos de ebulição próximos, necessitaríamos de realizar inúmeras vezes este processo. Assim, torna-se uma vantagem a utilização de uma coluna de fracionamento, realizando a destilação fracionada.

Neste método, usa-se um balão de destilação, uma coluna de destilação, um condensador e um recipiente para recolher o destilado. A mistura a ser purificada é colocada no balão de destilação, que é aquecido. Surge então um vapor quente. Ele sobe pela coluna, mas vai arrefecendo ao longo da mesma, acabando por condensar. Com a condensação, o composto volta à forma líquida, que retorna à fonte de calor. Vapores sobem continuamente pela coluna e acabam por encontrar-se com o líquido. Parte deste rouba o calor do vapor ascendente e torna a vaporizar-se. Este ciclo ocorre repetidas vezes ao longo de todo o comprimento da coluna.

Os vários obstáculos instalados na coluna forçam o contato entre o vapor quente ascendente e o líquido condensado descendente, gerando sucessivas destilações simples. Quanto maior a quantidade de estágios de vaporização-condensação e quanto maior a área de contato entre o líquido e o vapor no interior da coluna, mais completa é a separação e mais purificada é a matéria final.

A atenção à temperatura é importante. A cada salto de temperatura no termómetro, devem-se recolher os destilados correspondentes.

Este método de separação é muito comum em refinarias de petróleo, para extrair diversos componentes que diferem muito pouco no seu ponto de ebulição, tais como o asfalto, gasolina, gás de cozinha (propano, butano), entre outros. Nestas separações são empregues colunas de aço de grande diâmetro, compostas de pratos ou de seções recheadas. Os internos, sejam pratos, chicanas ou recheios, tem como função colocar as fases vapor e líquido em contato, de modo a que ocorra a transferência de massa entre elas. Ao longo da coluna, a fase vapor vai se enriquecendo com os compostos mais voláteis, enquanto a fase líquida se concentra com os compostos mais pesados de maior ponto de ebulição.

Processo

A destilação fracionária é o processo de tomar uma mistura química e de usar o calor separar para fora os vários componentes nessa mistura. Quando você pensa neste processo, a primeira palavra que deve vir à mente é a separação. Em outras palavras, como um químico no laboratório, você usaria este processo quando você está interessado em isolar um ou mais compostos presentes em uma amostra mista contendo apenas dois e até uma infinita quantidade de compostos.

Como o calor é utilizado nesta técnica de separação, os pontos de ebulição desempenham um papel muito importante na destilação fracionada. Essencialmente, você é capaz de determinar qual dado componente é separado da mistura por seu ponto de ebulição. Lembre-se que o ponto de ebulição é uma propriedade física. Especificamente, é a temperatura à qual ocorre uma mudança de fase de líquido para vapor

Em síntese: para separarmos uma mistura de produtos, utilizamos de uma propriedade físico-química: o ponto de ebulição, ou seja, a certa temperatura o produto irá evaporar. A destilação fracionada é um processo de aquecimento, separação e esfriamento dos produtos.

O Processo de Destilação Fracionária

Quando a substância com o ponto de ebulição mais baixo tiver sido removida, a temperatura pode ser elevada e o processo de destilação repetido com a substância com o próximo ponto de ebulição mais baixo.

O processo de obtenção de porções (ou frações), desta forma é um tipo de destilação fracionada. Um método mais eficiente de destilação fracionada envolve a colocação de um tubo vertical chamado uma coluna de fracionamento entre o balão e o condensador.

A coluna é cheia com muitos objetos nos quais o vapor pode condensar e reevaporar repetidamente à medida que se move em direção ao topo, destilando efetivamente o vapor muitas vezes. As substâncias menos voláteis no vapor tendem a correr de volta para baixo na coluna depois de se condensarem, concentrando-se perto do fundo. Os mais voláteis tendem a reevaporar e manter movendo para cima, concentrando-se perto do topo. Devido a isso a coluna pode ser aproveitada em vários níveis para extrair diferentes frações.

A destilação fracionada é vulgarmente utilizada na refinação de petróleo, sendo algumas das frações assim obtidas gasolina, benzeno, querosene, óleos combustíveis, óleos lubrificantes e parafina.

Separação

Destilação fracionada é um processo de separação de misturas homogêneas, onde se utiliza uma coluna de fracionamento na qual é possível efetuar a separação de diferentes componentes (com diferentes pontos de ebulição) presentes em uma mistura.

Esse tipo de destilação serve para realizar a separação em uma mistura de produtos, utilizando uma propriedade física que é o ponto de ebulição. Ela é um processo de aquecimento, separação e esfriamento dos produtos e é empregada quando a diferença entre os pontos de ebulição dos líquidos da mistura é menor.

Neste método de destilação, usa-se um balão de destilação, uma coluna de Vigreux (coluna de destilação, quando em indústria), um condensador e um receptor.

A mistura a ser purificada é colocada no balão de destilação, que é aquecido. O calor quente gerado sobe pela coluna, mas vai se resfriando ao longo dela e acaba por condensar-se. Com a condensação, forma-se um líquido, que escorre para baixo pela coluna, em direção à fonte de calor. Vapores sobem continuamente pela coluna e acabam por encontrar-se com o líquido. Parte desse líquido rouba o calor do vapor ascendente e torna a vaporizar-se. A uma certa altura um pouco acima da condensação anterior, o vapor torna a condensar-se e escorrer para baixo. Esta seqüência é um ciclo que ocorre repetidas vezes por todo o comprimento da coluna.

Os vários obstáculos instalados na coluna forçam o contato entre o vapor quente ascendente e o líquido condensado descendente. A intenção desses obstáculos é promover várias etapas de vaporização e condensação da matéria. Isto nada mais é do que uma simulação de sucessivas destilações flash. Quanto maior a quantidade de estágios de vaporização-condensação e quanto maior a área de contato entre o líquido e o vapor no interior da coluna, mais completa é a separação e mais purificada é a matéria final.

A cada salto de temperatura no termômetro, devem-se recolher os destilados correspondentes.

Esse tipo de destilação é muito comum em refinarias de petróleo.

Definição

A destilação fracionada , serve para realizar a separação em uma mistura de produtos, utilizando a propriedade física ponto de ebulição.

Ela é um processo de aquecimento, separação e esfriamento dos produtos e é empregada quando a diferença entre os pontos de ebulição dos líquidos da mistura é menor. Um aparelho mais sofisticado e um pouco mais de tempo são necessários.

No aparelho de destilação fracionada existe uma coluna de fracionamento que cria várias regiões de equilíbrio líquido – vapor, enriquecendo a fração do componente mais volátil da mistura na fase de vapor.

Neste método de destilação, usa – se um balão de destilação (alambique, ou refervedor, dependendo da escala de produção), uma coluna de Vigreux (coluna de destilação, quando em indústria), um condensador e um receptor. A mistura a ser purificada é colocada no balão de destilação, que é aquecido.

Surge então um vapor quente. Ele sobe pela coluna, mas vai se resfriando ao longo dela e acaba por condensar-se. Com a condensação, forma-se um líquido, que escorre para baixo pela coluna, em direção à fonte de calor. Vapores sobem continuamente pela coluna e acabam por encontrar-se com o líquido. Parte desse líquido rouba o calor do vapor ascendente e torna a vaporizar-se. A uma certa altura um pouco acima da condensação anterior, o vapor torna a condensar-se e escorrer para baixo. Este ciclo de vaporização e condensação ocorre repetidas vezes ao longo de todo o comprimento da coluna.

Os vários obstáculos instalados na coluna forçam o contato entre o vapor quente ascendente e o líquido condensado descendente. A intenção desses obstáculos é promover várias etapas de vaporização e condensação da matéria. Isto nada mais é do que uma simulação de sucessivas destilações flash. Quanto maior a quantidade de estágios de vaporização – condensação e quanto maior a área de conta to entre o líquido e o vapor no interior da coluna, mais completa é a separação e mais purificada é a matéria final.

A atenção à temperatura é importante. A cada salto de temperatura no termômetro, devem-se recolher os destilados correspondentes.

Ela é muito comum em refinarias de petróleo, para extrair diversos tipos de compostos, como o asfalto, gasolina, gás de cozinha entre outros.

Nestas separações são empregadas colunas de aço de grande diâmetro, compostas de pratos ou de seçoes recheadas. Os internos, sejam pratos, chicanas ou recheios, tem como função colocar as fases vapor e líquido em contato, de modo a que ocorra a transferência de massa entre elas. Ao longo da coluna, a fase vapor vai se enriquecendo com os com postos mais voláteis, enquanto a fase líquida se concentra com os compostos mais pesados de maior ponto de ebulição.

Aplicações industriais da destilação fracionada

É bastante utilizada empregada na refinação do petróleo. Na maioria dos casos é um processo continuo. Novas matérias-primas estão sempre a ser alimentadas na coluna de destilação e os produtos da separação estão sempre a ser removidos. A menos que o processo seja perturbado devido a mudanças nas matérias primas, calor, temperatura ambiente, ou condensação, a quantidade de matéria prima a ser adicionada e o volume de produto a ser retirado são normalmente iguais.

A destilação industrial é tipicamente realizada em grandes colunas cilíndricas verticais conhecidas como “torres de destilação ou fracionamento” ou “colunas de destilação”, com diâmetro variando entre 65 cm a até 6 metros, e altura de 6 a 60 metros ou mais. Tais torres possuem escoadouros de líquidos intervalados na coluna, os quais permitem retirar diferentes frações ou produtos que possuem diferentes pontos de ebulição. Os produtos mais leves (aqueles com pontos de ebulição mais baixo) saem do topo da coluna e os produtos mais pesados (aqueles como o ponto de ebulição mais alto) saem da parte inferior da coluna.

As torres industriais de grande escala usam o refluxo para atingir uma separação mais completa dos produtos. O refluxo refere-se a uma porção do liquido condensado de uma torre de fracionamento que retorna para a parte superior da torre.

A destilação fracionada é também usada na separação do ar, produzindo oxigênio líquido, nitrogênio (ou azoto) líquido, e árgon de elevada pureza. A destilação de clorosilano também possibilita a produção de silício de alta pureza usada como um semicondutor.

Fonte: academics.wellesley.edu/br.geocities.com/www.colegiosaofrancisco.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Acido Palmítico

Ácido Palmítico

PUBLICIDADE Definição O ácido palmítico é um ácido gordo saturado comum encontrado em gorduras e ceras, incluindo …

Permetrina

PUBLICIDADE A permetrina é um composto químico sintético, juntamente com outros piretróides, semelhante ao produzido …

A água perfeitamente destilada contém apenas moléculas de hidrogênio e oxigênio.

Água Destilada

PUBLICIDADE Definição A água destilada é criada através do processo de destilação. Basicamente, no processo de destilação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+