Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biografias / Adolfo Lutz

Adolfo Lutz

Adolfo Lutz – Vida

PUBLICIDADE

Nascimento: 18 de dezembro de 1855, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Falecimento: 1940, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Adolfo Lutz foi médico brasileiro, pai da medicina tropical e um dos pioneiros epidemiologista e pesquisador em doenças infecciosas.

Adolfo Lutz nasceu em Rio de Janeiro, em 18 de Dezembro de 1855, filho de Gustav Lutz († 1891) e Mathilde Oberteuffer.

Ele estudou medicina na Suíça, graduando-se em 1879 na Universidade de Berna.

Após a formatura, ele passou a estudar técnicas de medicina experimentais em Londres, Inglaterra (onde estudou com Joseph Lister, 1827-1912), Leipzig, Alemanha, em Viena, Áustria, Praga e Paris, França (onde estudou com Louis Pasteur, 1822- 1895).

Após sua aposentadoria em 1908, Adolfo Lutz mudou-se para Rio de Janeiro, onde trabalhou por mais 32 anos, até sua morte, em 6 de Outubro de 1940, no Instituto Oswaldo Cruz, criada por outro grande médico e epidemiologista brasileiro, Oswaldo Cruz, e onde foi diretor do Instituto de Patologia Experimental.

Sua filha, Bertha Lutz (1894-1976), foi uma zoóloga brasileira, feminista e uma política.

Adolfo Lutz – Biografia

Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 18 de dezembro de 1855.

Estudou na Suíça, formando-se em medicina em 1879, tendo realizado, também, cursos de especialização nos principais laboratórios da França, Alemanha e Inglaterra.

Retornando ao Brasil, estabeleceu-se na cidade de Limeira, onde clinicou durante seis anos. Viajou novamente para a Europa e, na Alemanha, trabalhou com o cientista Unna, em Hamburgo.

De volta ao Brasil, recebeu convite do governo inglês para ocupar o cargo de diretor do Hospital Kalihi, no Havaí. Lá, realizou inúmeras pesquisas sobre a lepra.

Trabalhou, também, na Califórnia, nos Estados Unidos e, em 1892, foi chamado pelo governo do Estado de São Paulo para dirigir o Instituto Bacteriológico (hoje, Instituto Adolfo Lutz). Juntamente com Emílio Ribas e Vital Brazil, identificou o surto da peste bubônica em Santos.

Apoiou e incentivou Vital Brazil nas pesquisas sobre ofidismo, inclusive, foi o idealizador do laço para captura de serpente e contribuiu incisivamente para a criação do “Instituto Serumtherápico no Butantan”, onde seriam fabricadas as vacinas e soros contra a peste bubônica e os antiofídicos. Em 1902, confirmou as experiências de Walter Reed em relação à febre amarela e sua transmissão pelo mosquito, agente depositário do vírus.

Em 1908, identificou em São Paulo, a blastomicose sul-americana, além de identificar e debelar surtos de cólera e de peste em várias localidades do Estado. Através de suas pesquisas, conseguiu estabelecer a natureza tifóidica das “febres paulistas”.

Dentre as pesquisas realizadas por A. Lutz, destacaram-se aquelas referentes ao impaludismo, os estudos sobre ancilostomose, esquistossomose e leishmaniose.

Adolfo Lutz realizou também estudos sobre as plantas brasileiras, tendo percorrido, em viagens científicas, grande parte do continente sul-americano.

Em 1908, obteve sua aposentadoria em São Paulo e transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou, ativamente, no Instituto Oswaldo Cruz até sua morte, ocorrida em 6 de outubro de 1940

Além de trabalhos pioneiros sobre doenças epidêmicas e endêmicas que assolavam o Brasil, como a cólera, febre amarela, febre tifóide e malária, o médico e sanitarista Adolfo Lutz destacou-se em pesquisas sobre a lepra e a ancilostomíase.

Adolfo Lutz nasceu no Rio de Janeiro RJ em 18 de dezembro de 1855. Fez os cursos secundários e superior em Berna, na Suíça, e formou-se em medicina em 1880. Freqüentou também as universidades de Viena, Leipzig, Praga, Paris, Londres e Hamburgo. Entre as instituições que dirigiu figuram o hospital Khalili, no Havaí, Estados Unidos, e o Instituto Bacteriológico de São Paulo, primeiro no gênero na América do Sul, que em sua homenagem passou a chamar-se Instituto Adolfo Lutz.

A convite de Osvaldo Cruz, assumiu em 1908 a direção de um setor do Instituto Soroterápico Federal (Manguinhos), depois chamado Instituto Osvaldo Cruz, e permaneceu nesse cargo até a morte.

No Instituto Osvaldo Cruz empreendeu pesquisas sobre entomologia médica, helmintologia e zoologia aplicadas à medicina tropical. Para estudar a malária e outras doenças infecciosas, fez expedições às florestas serranas do estado de São Paulo, ao rio São Francisco e ao Nordeste. Adolfo Lutz morreu no Rio de Janeiro em 6 de outubro de 1940, deixando diversos trabalhos sobre entomologia médica, protozoologia e micologia.

Adolfo Lutz – Cientista

Adolfo Lutz
Adolfo Lutz

Estudou na Suíça, formando-se em medicina em 1879, tendo realizado, também, cursos de especialização nos principais laboratórios da França, Alemanha e Inglaterra.

Retornando ao Brasil, estabeleceu-se na cidade de Limeira, onde clinicou durante seis anos. Viajou novamente para a Europa e, na Alemanha, trabalhou com o cientista Unna, em Hamburgo.

De volta ao Brasil, recebeu convite do governo inglês para ocupar o cargo de diretor do Hospital Kalihi, no Havaí. Lá, realizou inúmeras pesquisas sobre a lepra. Trabalhou, também, na Califórnia, nos Estados Unidos e, em 1892, foi chamado pelo governo do Estado de São Paulo para dirigir o Instituto Bacteriológico (hoje, Instituto Adolfo Lutz).

Juntamente com Emílio Ribas e Vital Brazil, identificou o surto da peste bubônica em Santos.

Apoiou e incentivou Vital Brazil nas pesquisas sobre ofidismo, inclusive, foi o idealizador do laço para captura de serpente e contribuiu incisivamente para a criação do “Instituto Serumtherápico no Butantan”, onde seriam fabricadas as vacinas e soros contra a peste bubônica e os antiofídicos.

Em 1902, confirmou as experiências de Walter Reed em relação à febre amarela e sua transmissão pelo mosquito, agente depositário do vírus.

Em 1908, identificou em São Paulo, a blastomicose sul-americana, além de identificar e debelar surtos de cólera e de peste em várias localidades do Estado.

Através de suas pesquisas, conseguiu estabelecer a natureza tifóidica das “febres paulistas”.

Dentre as pesquisas realizadas por A. Lutz, destacaram-se aquelas referentes ao impaludismo, os estudos sobre ancilostomose, esquistossomose e leishmaniose.

Adolfo Lutz realizou também estudos sobre as plantas brasileiras, tendo percorrido, em viagens científicas, grande parte do continente sul-americano. Em 1908, obteve sua aposentadoria em São Paulo e transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou, ativamente, no Instituto Oswaldo Cruz até sua morte, ocorrida em 6 de outubro de 1940.

Adolfo Lutz – Quem Foi

Sanitarista, microbiologista, médico clínico e pesquisador, o fluminense Adolfo Lutz foi o responsável pela identificação dos principais agentes transmissores da malária.

Criador da Medicina Tropical e da Zoologia Médica no Brasil, formou-se em Medicina pela Universidade de Berna (Suíça).

Escolheu voltar e trabalhar em um país onde a ciência precisava enfrentar um caminho tortuoso para se desenvolver. Entre 1881 e 1886, Lutz instalou seu primeiro consultório na cidade de Limeira, interior de São Paulo, para atender a população carente.

Ajudou a combater doenças como febre amarela, varíola, peste bubônica, febre tifóide, cólera, malária e tuberculose. Em 1892, com a criação do Instituto Bacteriológico, um marco na história da pesquisa em Saúde no Brasil, Lutz era o mais preparado para assumir o comando da nova instituição.

Lutz também identificou, em 1902, o mosquito transmissor do vírus causador da febre amarela, o Aedes aegypti. A essa altura, ele já era uma celebridade.

Em 1908, deixou o Instituto Bacteriológico, já consolidado como o mais importante centro de pesquisa médica do País, mudando-se para o Rio de Janeiro, onde passou a trabalhar em Manguinhos, a convite de Oswaldo Cruz.

Lutz trabalhou até a sua morte, em 1940, ano em que a instituição foi transformada em Instituto Adolfo Lutz em sua homenagem.

Adolfo Lutz nasceu no Rio de Janeiro no dia 18 de dezembro de 1855. Morreu no dia 6 de outubro de 1940, aos 85 anos.

Fonte: en.wikipedia.org/www.biomania.com.br/ctjovem.mct.gov.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Samuel Morse

Samuel Morse

PUBLICIDADE Samuel Morse – Vida/Biografia Samuel Morse foi um artista e inventor norte-americano mais lembrado por …

Jean-Antoine Nollet

Jean-Antoine Nollet

PUBLICIDADE Quem foi Jean-Antoine Nollet? Nascimento: 19 de dezembro de 1700, Pimprez Morte: 25 de …

Vasco da Gama

Vasco da Gama

PUBLICIDADE Quem foi Vasco da Gama? Nascimento: 1469, Sines, Alentejo, Portugal Morte: 24 de dezembro de 1524, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+