Breaking News
Home / Biografias / João Câmara

João Câmara

PUBLICIDADE

Nascimento: 1944/01/12 (Brasil, Paraíba, João Pessoa).

João Câmara – Vida

João Câmara
João Câmara

João Câmara Filho (João Pessoa PB 1944).

Estuda pintura sem curso na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco, entre 1960 e 1963. Este ano é eleito presidente da Sociedade de Arte Moderna do Recife e cursa xilogravura, sob orientação de Henrique Oswald e Emanoel Araújo, na Escola de Belas Artes de Salvador.

Em 1964, funda com Adão Pinheiro, José Tavares e Guita Charifker o Ateliê Coletivo da Ribeira em 1965, o Ateliê + Dez, ambos em Olinda.

Entre 1964 e 1968, cursa psicologia na Universidade Católica de Pernambuco.

Entre 1967 e 1970, leciona pintura na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Paraíba.

Em 1974, montou um ateliê de litografia, transformou-se na Oficina de Guaias de Gravura, hoje instalada no Mercado da Ribeira, em Olinda, e foi incorporada à Universidade Federal de Pernambuco.

Em 1980, funda a Associação dos Artistas Plásticos de Pernambuco e, em 1987, assumir a carga de assessor da Secretaria de Estado da Cultura, Esportes e Turismo do mesmo Estado.

Em 1991, recebeu o Diploma Lula Cardoso Ayres, do Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco, por atuação no campo das artes plásticas.

Desde 1994 é membro do Conselho Nacional de Política Cultural.

Em 1995, recebeu Grau de Comendador da Ordem do Rio Branco.

João Câmara – Biografia

João Câmara
João Câmara

João Câmara Filho Nasceu em João Pessoa, Paraíba, no dia 12 de janeiro de janeiro de 1944, filho de João Landelino Dornelas Câmara Neto e Noemia de Araújo Câmara

Morou até os nove anos em João Pessoa, transferindo-se para uma família para o Rio de Janeiro, onde ficou até 1954. Residiu no bairro do Grajaú e depois em Niterói, quando freqüentou o Educandário Marília Matoso.

Voltou ao Nordeste, fixando-se no Recife. Fez o curso secundário nos Colégios Salesiano e Nóbrega. Nesta época, fez cópias de caricaturas e freqüentou uma casa de pintor Jorge Tavares, de quem recebeu como primeiras orientações sobre pintura a óleo.

De 1960 a 1963 fez o Curso Livre da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, no Recife, onde foi aluno de Laerte Baldini e Fernando Barreto e recebeu, informalmente, orientações de Vicente do Rego Monteiro.

Montou seu primeiro ateliê em 1962, numa pensão na rua João de Barros, transferindo-se para uma rua dos Coelhos, começando a participar de salões de arte.

Recebeu o 1º prêmio de pintura e 2º de desenho, nenhum Salão Universitário de Belo Horizonte, em 1962, eo 1º de pintura, no Salão de Pernambuco, neste mesmo ano.

Em 1963, realizou sua primeira exibição individual de desenhos, na Galeria de Arte Contemporânea da Universidade Federal da Paraíba. Colaborou com vários jornais e manteve uma coluna de arte sem jornal. Última Hora, do Recife, além de um programa na Rádio Universitária da UFPE.

Em 1966, fundou juntamente com os artistas Anchises, Delano e Maria Carmen, em Olinda, Pernambuco o Ateliê + 10 e participou da III Bienal Internacional de Córdoba, na Argentina, onde recebeu o prêmio da Associação Industrial de Córdoba.

Formou-se em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco, em 1968

A maioria da sua obra é composta de pintura a óleo sobre tela.

Seus quadros fazem parte de galerias e museus nacionais e estrangeiros, como o Museu do Estado de Pernambuco, o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, uma Pinacoteca do Estado de São Paulo, uma Galeria Metropolitana de Arte do Recife, Museu de Arte de Brasília, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Museu de Arte de Toronto, no Canadá, entre outros.

Como séries temáticas são uma das características da sua obra. A primeira e mais conhecida Cenas da Vida Brasileira, 1930-1954 (dez painéis e cem litografias), de 1976. Outra série importante é Dez Casos de Amor e uma Pintura de Câmara, iniciada, em 1977, e concluída em 1983.

Em 1986, conclui o painel Inconfidência Mineira, com 21 metros de comprimento por quatro de altura, em acrílico sobre tela, para o Panteão Nacional.

Premiado nacional e internacionalmente, já participou de dezenas de salões de arte, bem-estar e realização de exposições individuais pelo país e não exterior, como a Mostra João Câmara, na Maison de L`Amerique Latine, em Paris, em 1993/1994

João Câmara Filho mora e trabalha em Olinda, Pernambuco.

João Câmara – Pintor

João Câmara
João Câmara

João Câmara Nasceu em João Pessoa, na Paraíba, Morou no Rio de Janeiro Entre 1952 e 1954 e voltou ao Nordeste fixando Residência não Recife.

Em 1960, ingressa no curso de pintura da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco, onde permanece até 1963.

Monta seu primeiro ateliê em 1962, quando começou a publicar artigos sobre artes plásticas nos jornais de Pernambuco. Hoje, o pintor integra o tempo dos colunistas do Diário de Pernambuco.

Premiado nacional e internacionalmente, João Câmaratem seus trabalhos exibidos em galeiras espalhadas por todo Brasil e pelo mundo. A maioria das obras foi realizada em madeira ou madeira, embora o artista utilize também tintas acrílicas e técnicas mistas. Outra característica de sua obra é como séries temáticas.

A Primeira das Cenas da Vida Brasileira, realizada entre 1974 e 76. Esta série compõe-se de 10 pinturas e 100 litografias que exploram temas relacionados ao período Vargas (Getúlio Dorneles Vargas, Presidente e Ditador do Brasil, 1883-1954.

Como pinturas e gravuras entrelaçam cenas da vida pública com fantasias sobre uma vida privada e os perfis de fantasias, na época tratada.

De 1976 e 1983, desenvolve uma série Dez Casos de Amor e uma Pintura de João Câmara.

Este conjunto compreende um caderno de fontes (litografias), um tríptico, 10 pinturas de grandes dimensões, 70 gravuras, 22 montagens e 3 objetos.

Esta série trabalha imagens do imaginário masculino e feminino.

Fonte: www.escritoriodearte.com/www.fundaj.gov.br/www.pernambuco.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Samuel Morse

Samuel Morse

PUBLICIDADE Samuel Morse – Vida/Biografia Samuel Morse foi um artista e inventor norte-americano mais lembrado por …

Jean-Antoine Nollet

Jean-Antoine Nollet

PUBLICIDADE Quem foi Jean-Antoine Nollet? Nascimento: 19 de dezembro de 1700, Pimprez Morte: 25 de …

Vasco da Gama

Vasco da Gama

PUBLICIDADE Quem foi Vasco da Gama? Nascimento: 1469, Sines, Alentejo, Portugal Morte: 24 de dezembro de 1524, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.