Breaking News
Home / Biografias / Gay Lussac

Gay Lussac

Gay Lussac – Vida

PUBLICIDADE

Nascimento: 6 de dezembro de 1778, Saint-Léonard-de-Noblat, França.

Falecimento: 9 de maio de 1850, Paris, França.

Gay Lussac foi um químico e físico francês.

Ele é conhecido principalmente por duas leis relacionadas com gases, e por seu trabalho em misturas álcool-água, o que deu origem aos graus de Gay-Lussac utilizados para medir bebidas alcoólicas em muitos países.

Joseph Louis Gay Lussac foi um dos grandes cientistas da era industrial.

É professor da Escola Politécnica e da Sorbonne entre 1808 e 1832.

Estabelece as leis que têm o seu nome, referentes à expansão dos gases e à forma como se combinam os elementos gasosos.

Em 1804 realiza duas ascensões em balão; na primeira alcança 4000 m de altura e na segunda os 7016 m. No decurso destas experiências investiga o magnetismo terrestre e recolhe amostras de ar.

Em 1807 confirma a teoria da capilaridade formulada por Laplace. Constrói um hidrómetro e um alcoolómetro. Estuda as temperaturas dos materiais em relação com a sua dissolubilidade na água.

É, além do mais, homem público que desempenha cargos importantes.

Na França militarizada de Napoleão, as suas experiências eletrolíticas permitem-lhe a obtenção de grandes quantidades de sódio e de potássio com fins bélicos.

Pertence à Câmara dos Deputados.

Gay Lussac – Biografia

Gay Lussac
Gay Lussac

Nascido em 6 de Dezembro de 1778, em St. Léonard no centro da França, ele era o mais velho de cinco filhos.

Seu pai era um advogado, promotor público e juiz, e a agitação política em torno da Revolução Francesa desempenhou um papel no início do desenvolvimento do jovem Joseph.

Quando seu pai foi preso em 1794 (ele foi liberado mais tarde) como um membro do estabelecimento burguês, Gay Lussac foi enviado para um internato em Paris.

Estudou com Berthollet, na Escola Politécnica de Paris, da qual se tornou catedrático de química aos 31 anos de idade, simultaneamente com a cátedra de física da Sorbonne.

Em 1802, Gay-Lussac fez importantes investigações sobre a expansão dos gases, completando os estudos de outro cientista francês, Jacques Alexandre César Charles.

Fez também ascenções em balões, verificando a invariabilidade da composição do ar nas altitudes que conseguiu atingir.

Em 1808, sintetizando a água, verificou que sempre 2 volumes de hidrogênio se combinam com 1 volume de oxigênio.

Fascinado pela simplicidade dessa proporção, Gay-Lussac estudou outros gases e constatou que a proporção de combinação dos gases é sempre muito simples.

Daí, surgiram as leis volumétricas de Gay Lussac, as quais contribuíram e muito para a consolidação da teoria atômico-molecular.

Gay Lussac apefeiçoou métodos de análises químicas, processos industriais de síntese e, juntamente com Louis Jacques Thénard, conseguiu isolar o elemento químico boro em 1808. Por seus trabalhos, foi eleito para as academias de ciência da França e Inglaterra.

Gay Lussac faleceu em Paris, em 9 de maio de 1850.

Gay Lussac – Química

Gay Lussac
Gay Lussac

Joseph Louis Gay Lussac nasceu em 1778, na França. Ele era físico e químico, trabalhando na Universidade de Sorbonne, em Paris.

Na área da Química, ele desenvolveu diversos trabalhos na área de inorgânica e orgânica. O boro foi obtido por ele e outros, a partir do ácido bórico. Foi ele, também, quem mostrou que uma substância para ser ácida, não necessitava da presença de oxigênio em sua estrutura, como se pensava na época.

O trabalho mais notável de Gay-Lussac, foi os seus estudos sobre expansão de gases e as suas leis referentes a isso.

Em 1850, Gay Lussac morre.

Gay Lussac – Físico

Gay Lussac
Gay Lussac

Físico e químico francês, Gay-Lussac nasceu em Saint Leonard de Noblat, Marche, em 6 de Dezembro de 1778. Morreu em Paris no dia 9 de Maio de 1850.

Estudou na Escola Politécnica de Paris, onde viria a ser professor de Química. Foi também professor de Física na Sorbonne.

Juntamente com Louis-Jacques Thénard, dedicou-se a aperfeiçoar os trabalhos de Davy, devendo-se a eles a descoberta do boro, iodo e cianogênio.

Em 1804, por encargo do Instituto da França, fez duas ascensões de balão a fim de estudar física e quimicamente as regiões elevadas da atmosfera. Os seus trabalhos mais importantes dizem respeito à dilatação dos gases.

Deve-se-lhe neste domínio a chamada lei de Gay-Lussac, que foi simultaneamente descoberta pelo físico francês Charles e pelo inglês Dalton.

Gay Lussac – Lei

Gay Lussac
Gay Lussac

Químico e físico iluminista francês, natural de Saint-Léonard-de Noblat, Marche próximo a Limonges, pioneiro nas pesquisas sobre o comportamento das substâncias em estado gasoso.

Entrou na Escola Politécnica e aos 19 anos de idade, abandonou os estudos de engenharia para se dedicar a pesquisas químicas, com o apoio de dois grandes filósofos: Claude-Louis Berthollet e Pierre-Simon Laplace.

Pioneiro em observações científicas com balões, que o levou a pesquisas sobre as propriedades das combinações com gases, auxiliado pelo célebre cientista Alexander von Humbold, com quem conseguiu determinar com precisão a composição volumétrica da água.

Rival de Humphrey Davy, suas pesquisas sobre a dilatação dos gases foram decisivas para a evolução da teoria atômica de John Dalton.

Foi nomeado professor de química na École Polytechnique, a famosa Escola Politécnica de Paris (1802) e depois professor de Física na Sorbonne.

Fez importantes investigações sobre a expansão dos gases (1802), completando os estudos de outro cientista francês, Jacques Alexandre César Charles.

Por encargo do Instituto de França, fez duas ascensões de balão a fim de estudar física e quimicamente as regiões elevadas da atmosfera (1804), verificando a invariabilidade da composição do ar nas altitudes que conseguiu atingir.

Formulou a lei da dilatação dos gases, enunciou a lei das combinações gasosas (1805), e descreveu as leis básicas das reações químicas entre gases em A combinação dos gases (1808), sintetizando a água e verificando que sempre dois volumes de hidrogênio se combinavam com um volume de oxigênio.

Tornou-se catedrático de Química (1809) da Escola Politécnica de Paris, simultaneamente com a cátedra de física da Sorbonne. Juntamente com Louis-Jacques Thénard, dedicou-se a aperfeiçoar os trabalhos de Davy, e juntos isolaram os elementos boro, iodo e cianogênio(1809).

Fascinado pela simplicidade da proporção de combinação para a água, estudou outros gases e constatou que a proporção de combinação dos gases era sempre muito simples. Enunciou, então, a lei da combinação dos volumes ou lei de Gay-Lussac, onde para pressão constante a relação entre volumes é igual a relação entre temperaturas (1811), que muito contribuíram para a consolidação da Teoria Atômico-Molecular.

Simultaneamente relações similares foram descobertas por Charles e pelo inglês Dalton. Dalton lançou uma teoria que relacionava pesos e não volumes. Posteriormente, o físico italiano Amedeo Avogadro demonstrou como os resultados se conciliavam.

Foi diretor de Saint-Gobain, ligado igualmente à sociedade industrial Mulhouse.

Por seus trabalhos foi eleito para as academias de ciências da França e da Inglaterra.

Morreu em Paris.

Gay Lussac – Pesquisas

Gay Lussac
Gay Lussac

Cientista iluminista formado pela herança cultural da revolução francesa, Gay-Lussac foi pioneiro nas pesquisas sobre o comportamento das substâncias em estado gasoso e também estudou o eletromagnetismo.

Joseph Louis Gay Lussac nasceu em Saint-Léonard-de Noblat em 6 de dezembro de 1778.

Abandonou os estudos de engenharia para dedicar-se a pesquisas químicas, com o apoio de dois grandes filósofos: Claude-Louis Berthollet e Pierre-Simon Laplace. Seu principal trabalho foi sobre a expansão térmica dos gases.

Em 1802 demonstrou que, sob pressão constante, o volume de um gás perfeito varia na razão direta da temperatura. A lei é conhecida como lei de Charles e Gay Lussac , ou lei de Gay Lussac .

A paixão pela pesquisa levou-o a voar num balão a quase quatro mil metros de altura para estudar as alterações do campo magnético terrestre, as variações de temperatura e pressão e a composição do ar a grandes altitudes.

Os resultados obtidos foram inexpressivos, mas a experiência representou um recorde de altitude só superado meio século depois.

Em colaboração com o célebre cientista Alexander von Humboldt, conseguiu determinar com precisão a composição volumétrica da água.

Realizou, entre outros trabalhos, a análise de substâncias de origem vegetal e animal e estudos sobre a solubilidade dos sais.

Ao enunciar a lei de expansão dos gases, Gay Lussac entrou em confronto com o cientista britânico John Dalton. Divulgada na mesma época, a teoria de Dalton relacionava pesos e não volumes. Posteriormente, o físico italiano Amedeo Avogadro demonstrou como os resultados se conciliavam.

Gay-Lussac teve uma ativa vida política e morreu em Paris, em 9 de maio de 1850.

Fonte: br.geocities.com/www.biografias.us/www.vidaslusofonas.pt

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Samuel Morse

Samuel Morse

PUBLICIDADE Samuel Morse – Vida/Biografia Samuel Morse foi um artista e inventor norte-americano mais lembrado por …

Jean-Antoine Nollet

Jean-Antoine Nollet

PUBLICIDADE Quem foi Jean-Antoine Nollet? Nascimento: 19 de dezembro de 1700, Pimprez Morte: 25 de …

Vasco da Gama

Vasco da Gama

PUBLICIDADE Quem foi Vasco da Gama? Nascimento: 1469, Sines, Alentejo, Portugal Morte: 24 de dezembro de 1524, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.