Breaking News
Home / Biografias / Salvador Dali

Salvador Dali

PUBLICIDADE

Nascimento: 11 de maio de 1904, Figueres, Espanha.

Morte: 23 de janeiro de 1989, Figueres, Espanha.

Salvador Dali
Salvador Dali

Artista espanhol e o ícone surrealista Salvador Dalí é talvez melhor conhecido por sua pintura de relógios de fusão, A Persistência da Memória.

Salvador Dalí nasceu em 11 de maio de 1904, em Figueres, Espanha.

Desde tenra idade, Salvador Dali foi incentivado a praticar sua arte e acabaria por ir estudar em uma academia em Madrid.

Na década de 1920, ele foi para Paris e começou a interagir com artistas como Picasso, Magritte e Miró, o que levou a primeira fase surrealista de Dalí.

Salvador Dali é talvez melhor conhecido por seu 1931 pintura A Persistência da Memória, mostrando relógios derretidos em um ajuste da paisagem.

A ascensão do líder fascista Francisco Franco na Espanha levou à expulsão do artista do movimento surrealista, mas isso não o impediu de pintura.

Em Novembro de 1988, Salvador Dalí entrou em um hospital em Figueres com uma falha cardíaca. Depois de uma breve convalescença, ele voltou para o Teatro-Museu. Em 23 de Janeiro, 1989, na cidade de seu nascimento, Dalí morreu de insuficiência cardíaca na idade de 84.

Seu funeral foi realizado no Teatro-Museo, onde foi enterrado em uma cripta.

Salvador Dali morreu em Figueres em 1989.

Salvador Dali – Vida

Salvador Dali
Salvador Dali

Salvador Dali foi um dos pintores mais emblemáticos do século XX, com uma gama de imaginativa, marcante e trabalho surrealista. Seu repertório foi influenciada por mestres da Renascença clássicos

Bem como pintura, ele se envolveu em cinema, escultura e fotografia.

Salvador Dali é popularmente conhecido como Dali.

Ele é muito popular em todo o mundo para a criação de um novo gênero na arte – o surrealismo.

Dali é conhecido por sua estranha, certo nas imagens bizarras olho.

Dali foi fortemente influenciada por pensamentos, idéias e obras de arte do período da Renascença.

Dali era excêntrico, por natureza, e ele chamou a atenção de seus críticos que permaneceram em sua maioria irritado com suas palhaçadas estranhas e comportamento ultrajante e ações públicas.

Dali era apaixonado pelo estilo, tomada de declaração e de luxo.

Houve vários filmes, esculturas e exposições de fotografia pout transportadas por Dali em colaboração com outros artistas.

Dali foi um excelente relator, que produziu desenhos técnicos qualificados.

Dali deu muitas palestras de arte em toda a Europa. Mas sua fama era muito popular nos EUA.

As pinturas mais famosas de Dali incluem “A Metamorfose de Narciso”, “Paisagem perto de Figueras”, “Sonho Causado pelo Voo de uma Abelha ao Redor de uma Romã um Segundo Antes de Acordar” e “o grande masturbador”, que são alguns de seus maiores representações arte simbólica .

Além da pintura Dali entregou por escrito e produzido alguns grandes obras literárias como “A Vida Secreta de Salvador Dalí”, “Diary of a Genius” e “Oui: O Paranoid-Critical Revolution”.

Dali criou muitas litografias, gravuras e artes gráficas.

Dali era um gênio auto-proclamada que é conhecido por suas pinturas, mesmo nos tempos modernos.

Salvador Dali – Pintor espanhol

Salvador Dali
Salvador Dali

Pintor espanhol, representante do surrealismo, pintou algumas das obras clássicas dessa escola, empregando desenho refinado e técnica meticulosa para criar imagens provocativas e alucinadas que se chamava “sonhos fotográficos pintados à mão”.

Salvador Dalí foi um grande artista que era também um grande promotor de si mesmo e showman. A combinação foi uma fórmula irresistível para o sucesso.

Dalí, com os bigodes arrogantemente arrebitados, tornou-se uma figura familiar para milhões de pessoas que nunca tinham chegado perto de uma galeria de arte.

Dalí era espanhol, nascido em 11 de maio de 1904, na pequena cidade catalã de Figueras. De certo modo, o mundo interior de Dalí era Figueras, a planície de Ampurdán onde ela se localiza, a aldeia de pescadores, logo atrás das montanhas, e o vizinho Port Lligat onde ele construiu seu lar. Estes são os cenários da grande maioria de seus trabalhos, até mesmo quando o fundo é ocupado por uma crucificação ou por uma guerra civil.

Proveniente de uma família sólida de classe média, amigos ricos e cultos incentivavam o jovem Dalí e o mantinham extraordinariamente bem informado sobre os desenvolvimentos no mundo das artes. Ele já tinha uma bagagem artística muito boa quando foi estudar pintura em Madri (1921-6), e o período teve mais importância pelas amizades que fez com o poeta Lorca e o diretor de cinema Luis Buñuel, com quem filmou o famoso Un Chien Andalou (1929).

A partir de 1929, Dalí foi sendo cada vez mais atraído pelo Surrealismo. Este movimento sediado em Paris, influenciado pelas teorias relativamente novas de Sigmund Freud, criava obras ditadas pelo inconsciente através dos sonhos, com a escrita automática e outros procedimentos voltados para libertar o artista da tirania da racionalidade.

Em 1929, com a ajuda da mulher que seria sua amante, esposa, “zeladora” e musa, Gala Eluard, o pintor se estabeleceu como membro do grupo. Gala parece ter salvo Dalí de uma grave crise mental, e sem a sua ajuda e fé no gênio dele, talvez ele não tivesse tido tanto sucesso; por outro lado, foi Gala, cada vez mais gananciosa e extravagante, que o incentivou a comercializar e freqüentemente banalizar sua arte. O próprio Dalí promoveu um culto exagerado a Gala, cujos diversos aparecimentos em suas obras culminaram em imagens quase deificadas.

Dalí pintou suas obras mais famosas, e provavelmente as melhores, na década de 1929-39, usando um “método crítico-paranóico” que ele mesmo imaginou. Este método envolvia várias formas de associações irracionais, notadamente imagens que variavam conforme a percepção do observador, de tal maneira que um grupo de soldados guerreando pudesse de repente ser visto como o rosto de uma mulher

. Uma característica distintiva da arte de Dalí é que, além de serem fantásticas, elas eram sempre pintadas com uma técnica “acadêmica” impecável e precisão “fotográfica” que a maioria dos artistas de vanguarda contemporâneos considerava fora de moda.

No final da década de 1930, Dalí estava começando a ser reconhecido nos Estados Unidos, onde as atitudes em relação às novidades artísticas eram menos conservadoras do que no Velho Mundo. O início da Segunda Guerra Mundial e a vitória dos alemães sobre a França, em 1940, levaram Dalí a fugir para os EUA, onde ficou oito anos. A América proporcionou inúmeras oportunidades para ele usar seu talento e também despertou deu lado exibicionista. Tornou-se uma supercelebridade, encenando happenings muito antes da invenção deste termo, e eventualmente até aparecendo em comerciais de TV.

Entretanto, Dalí também continuava trabalhando muito e com seriedade, mantendo-se prolífero como artista, projetista e escritor. Viveu o bastante para se tornar um ícone da geração hippie e criar um monumento pessoal fantástico na forma do Museu Dalí em Figueras, todo um ambiente repleto de objetos e murais bizarramente criativos.

Os últimos anos da Dalí foram obscurecidos por um distanciamento de Gala, embora ele se sentisse arrasado com sua morte em 1982. Subseqüentemente, crescia a preocupação com a quantidade de obras falsas circulando atribuídas a Dalí. Ele mesmo foi culpado disso, porque é claro que foi induzido a assinar centenas, talvez milhares, de folhas em branco que seriam obviamente usadas de forma ilícita. Perdurou virtualmente como um espectro vivo até sua morte, em 20 de janeiro de 1989.

Está enterrado no Museu Dalí em sua terra natal.

Salvador Dali – Biografia

Salvador Dali
Salvador Dali

O pintor espanhol Salvador Dali foi um dos mais conhecidos artistas surrealistas (artistas que procuram expressar o conteúdo da mente inconsciente).

Abençoado com um enorme talento para o desenho, ele pintou seus sonhos e humores bizarros de uma forma precisa.

Aos cinco anos, Dalí foi levado pelos pais para visitar o túmulo de seu irmão, falecido três anos antes de ele nascer. Chegando ao local, os pais lhe disseram que ele era a reencarnação do irmão, fato no qual Dali acreditou durante muitos anos.

Mais tarde, referindo-se ao irmão e à visita ao cemitério, ele diria: “Eu vivi a morte antes de viver a vida. Meu irmão morreu por causa de uma meningite, com a idade de sete anos […]. Éramos semelhantes a duas gotas de água, mas com reflexos diferentes”.

Apesar do pai disciplinador e austero, Dalí foi apoiado pela mãe em sua carreira artística. Ele teria descoberto a pintura em 1916, durante uma viagem de férias à cidade litorânea de Cadaqués, com a família do pintor impressionista Ramón Pichot.

Em 1922, vai estudar em Madrid, na Real Academia de Belas Artes, iniciando sua obra sob a influência da pintura metafísica de Giorgio de Chirico e Carlo Carra. Expulso da Academia em 1926, depois de afirmar que ninguém ali era competente para julgar o valor de seus trabalhos, transferiu-se para Paris, onde se ligou ao grupo dos surrealistas.

Entre 1928 e 1931, participou de exposições, publicou livros e realizou dois filmes com Luis Buñuel: Um cão andaluz e A idade de ouro.

Paranóia crítica

Entre 1930 e 1935 pintou os seus quadros mais célebres, destacando-se a obra Persistência da memória. Torna-se, então, a figura mais célebre do surrealismo, por sua arte e por suas extravagâncias pessoais.

Como pintor, Dali defendia a representação realista estrita, a pintura como “uma fotografia à mão e em cores”.

Em compensação, ele se permitia todas as liberdades temáticas: a violência, o erotismo e a criação de um mundo onírico absoluto. Visões monstruosas e cruéis, metamorfoses, etc., tudo corresponde à sua teoria da “paranóia crítica” ou, como ele a definia, “método espontâneo de conhecimento irracional baseado na associação interpretativo-crítica dos fenômenos delirantes”.

Depois da 2ª Guerra Mundial, a pintura de Dali se academizou, passando a imitar o classicismo renascentista. O artista passou, então, a expandir suas atividades, criando modas, influenciando a publicidade, inventando móveis, jóias, vestidos, unhas postiças, sapatos musicais para amenizar as caminhadas durante a primavera, etc.

Como artista e como homem, Dali foi uma figura controversa, aclamado por uns e negado por outros.

Responsável pela revitalização do surrealismo, ele marcaria para sempre o imaginário mundial com seu extravagante bigode, cultivado sob a influência de um dos maiores mestres da pintura espanhola: Diego Velásquez.

Salvador Dali – Artista

Salvador Dali
Salvador Dali

Salvador Dali tornou-se uma figura popular com aqueles bigodes enormes.

Era artista e showman na divulgação da própria obra. Filho de um prestigioso tabelião, estudo escola pública (Colégio Salle). Começou a estuar desenho quando tinha 13 anos.

Em 1919 participa de uma exposição de pintura. Em 1922 obtém o reconhecimento da Associação Catalã de Arte e no mesmo ano matricula-se na Escola de Belas Artes de Madrid, onde fica até 1926 conhecendo Frederico Garcia Lorca, Luís Brunuel.Vinha de uma família sólida de classe média. Era rodeado por amigos ricos e cultos que incentivavam Dali e mantinham bem informado sobre os desenvolvimentos no mundo das artes.

Foi estudar pintura em Madri (1921-1926) quando já possuía boa bagagem artística. Foi nessa época que fez amizade com o poeta Lorca. Sua primeira exposição individual aconteceu em 1925, na Galeria Dalmau (Barcelona).

Foi chamado em 1927 para o serviço militar, cumprindo-o no Castelo de Sant Ferran (Figueres). Surrealista desde 1928 (ano em produziu, com Buñuel, o filme” Un perro andaluz” e se incorpora ao grupo surrealista em Paris).

Em 1938, fiel aomesmo tipo de pintura, modificou sua orientação temática até chegar a quase mesmo mistricismo.

É cada vez mais atraído para o Surrealismo a partir de 1.929, e influenciada pelas teorias de Sigmund Freud. Casou-se com Gala Eluard que fora antes sua amante, que além de ser a musa inspiradora, foi uma grande colaboradora e organizadora de seus afazeres. Mas foi ela também que sua ganância incentivou Dalí a banalisar a sua arte.

Sua melhor produção é considerada a que ocorreu entre os anos 29-39.

Dalí pintou suas obras mais famosas. As pinturas desenvolviam interpretações e associações irracionais, dependendo do ponto de vista, de acordo com o método crítico-paranóico por ele criado. Conferiu à sua obra sempre uma aparência acadêmica com impecável precisão fotográfica.

No final da década de 1930, Dalí estava começando a ser reconhecido nos Estados Unidos, onde as atitudes face às novidades artísticas eram menos conservadoras do que na Europa.

O início da Segunda Guerra Mundial e a vitória dos alemães sobre a França, em 1940, levaram Dalía fugir para os EUA, onde ficou oito anos.

Durante a Segunda Guerra Mundial, com a invasão alemã em 1940, vai para os Estados Unidos, onde teve inúmeras oportunidades para usar seu talento. A América também despertou seu lado exibicionista, tornou-se uma super-celebridade.

Em 1962 cria grandes pinturas como a “Batalha de Tetuán”.Recebe em 1964 a Cruz de Isabel a Católica e un ano depois; realiza una grande exposição em Tókio.

Em 1973 é inaugurado o Museu Dali.

Os últimos anos de Salvador Dalí foram obscurecidos por um distanciamento de Gala, que morreu em 1982. No mundo das artes crescia a preocupação com a quantidade de obras falsas que lhe eram atribuídas a Dalí.

O próprio Dali sabia de sua parcial culpa, pois que muitas vezes chegou a assinar centenas de folhas em branco que seriam obviamente usadas de forma ilícita.

Em 1986 sofreu graves queimaduras por causa de um incêndio,ocorrido em seu quarto.

A partir de então vive prostrado em uma cama na torre do Museu de Figueres.

Faleceu em 20 de janeiro de 1989, anos 84 anos deidade.

Seu corpo embalsamado está enterrado em uma tumba sob a cúpula do Museu de Figueres (Espanha).

Salvador Dalí – Cronologia

Salvador Dali
Salvador Dali

Salvador Dali produziu mais de 1500 quadros ao longo da sua carreira, e também ilustrações para livros, litografias, desenhos para cenários e trajes de teatro, um grande número de desenhos, dezenas de esculturas e vários outros projetos.

Segue-se abaixo uma amostra cronológica de trabalhos importantes e representativos:

1904: Dali nasceu como Salvador Domènec Felip Jacint Dalí i Domènech em 11 de Maio
1916:
Dali fez uma viagem de verão para Cadaqués com a família de Ramon Pichot, um artista local que fazia viagens regulares para Paris, e foi muito inspirado pela pintura moderna
1917:
O pai de Dali organizou uma exposição que contou com desenhos a carvão de Dali eo show foi realizado em sua casa de família
1919:
Não foi antes de 1919 que Dali realizou a sua primeira exposição de arte pública no Teatro Municipal em Figueres
1921:
Dali tinha 16 anos quando perdeu sua mãe em fevereiro. Ela morreu depois de sofrer de cancro da mama.
1922
Dali deslocado para a Residencia de Estudiantes ( ‘Residência de Estudantes) em Madrid para prosseguir os seus estudos na Academia de San Fernando (Escola de Belas Artes).
1923
Self Portrait with L’Humanite e Cubist Self Portrait with La Publicitat
1924
Dali fez sua primeira ilustração de um livro
1925
Large Harlequin and Small Bottle of Rum, e uma série de belos retratos da sua irmã Ana Maria, especialmente Rapariga de pé à varanda
1926
Dali fez outra jogada de mudar-se para Paris, onde se encontrou com Pablo Picasso (um dos pioneiros do cubismo), a quem o jovem Dalí reverenciado
1927
Composition With Three Figures (Neo-Cubist Academy) e Honey is Sweeter Than Blood (his first important Surrealist work)
1929
Ele entrou em colaboração com o cineasta surrealista Luis Buñuel para trazer para fora o curta-metragem Un Chien Andalou (Um Cão Andaluz)
1929:
Em agosto de Dali conheceu sua futura esposa, Elena Ivanovna Diakonova que era a inspiração do artista e era mais conhecido como Gala.
1929:
Dali se envolveu com suas várias exposições significativas e ele também se tornou um membro oficial do grupo surrealista no bairro de Montparnasse, em Paris
1929:
crescente dissidência de Dali com seu pai (relativa ao caso de Dali com Gala e uma exposição que caracteriza o desenho do “Sagrado Coração de Jesus Cristo”, onde ele tinha inscrito de Dali “Às vezes, eu cuspo para se divertir no retrato da minha mãe”, que lhe enfurecido completamente) levou que ele fosse jogado fora de sua casa paterna em 28 de dezembro
1931
Dalí pintou uma de suas obras mais famosas “A Persistência da Memória”, que refletiam o núcleo do surrealismo macio, derretendo relógios de bolso pela primeira vez.
1932
O Espectro do Sex Appeal, O Nascimento dos Desejos Líquidos, Pão-antropomorfo catalão e Ovos Estrelados sem o Prato. The Invisible Man (começado em 1929) e completado em 32 (se bem que não satisfazendo Dalí).
1933
Retrospetive Bust of a Woman (mixed media sculpture collage) e Gala Com Duas Costeletas de Carneiro em Equilíbrio Dobre o Seu Ombro
1934:
Dalio e Gala casaram em uma cerimônia civil, depois de viver juntos por vários anos desde 1929
1934:
Dali foi introduzido para os EUA por Julian Levy, um negociante de arte
1934:
Dali participou de uma festa de máscaras, em Nova York, hospedado por eles, herdeira Caresse Crosby
1936
Dali participou na Exposição Internacional de Londres surrealista onde leccionou seus Fantômes paranoiaques authentiques vestindo um terno de mergulho profundo e capacete
1936: Dali foi ajudado grandemente pelo seu patrono com sede em Londres, Edward James que era muito rico e tinha comprado várias obras de Dali.
1937
Metamorfose de Narciso e Girafa em Chamas
1938:
Dali conheceu Sigmund Freud com a ajuda de Stefan Zweig.
1938:
No final de setembro Salvador Dalí foi convidado por Gabrielle Coco Chanel para a casa dela La Pausa em Roquebrune. Ele pintou vários quadros lá que ele mais tarde expostos na Julien Levy Gallery, em Nova York
1939:
Dali enfrentou um insulto nas mãos de Breton que cunhou o termo “dólares Avida”, que era um anagrama de Salvador Dalí, e uma rendição fonética da avide Francês à dólares, o que, quando traduzido vem como “ansiosos por dólares”. Este foi um escárnio direta para Dali como suas obras foram apontadas como obras comerciais. Estava sendo percebido que Dali queria toda a fama e fortuna e havia surrealistas que começaram a falar de Dali, como se ele estivesse morto
1940
Durante a Segunda Guerra Mundial tinha varrido toda a Europa e Dali mudou para os Estados Unidos, juntamente com sua esposa Gala vivendo lá por 8 anos.
1941:
Dalí fez um projeto de filme para Jean Gabin chamado “Moontide”
1942:
Dalí publicou sua autobiografia, “A Vida Secreta de Salvador Dalí”.
1943
Poesia das Américas ou Os Atletas Cósmicos e Criança geopolítica observando o nascimento do homem novo
1944
Galarina e Sonho Causado Pelo Voo de uma Abelha ao Redor de Uma Romã um Segundo Antes de Acordar
1945
, A Cesta do Pão e Fountain of Milk Flowing Uselessly on Three Shoes Neste ano, Dalí colaborou com Alfred Hitchcock numa sequência onírica para o filme Spellbound, que resultou em insatisfação mútua.
1946
A Tentação de Santo Antônio
1949
Leda Atómica e A Madona de Portlligat. Neste ano, Dalí regressou à Catalunha.
1951
Cristo de São João da Cruz e Cabeça Rafaelesca Estalando
1954
Crucificação (“Corpus Hypercubus”) e Young Virgin Auto-Sodomized by the Horns of Her Own Chastity
1955
The Sacrement of the Last Supper
1956
Natureza-Morta Viva
1958
Rosa Meditativa
1959
A Descoberta da América por Cristóvão Colombo
1960
Dalí iniciou o trabalho no Teatro-Museo Gala Salvador Dalí
1967
Tuna Fishing
1969
Chupa Chups logo
1970
Toureiro Alucinógeno
1976
Gala Contemplando o Mar
1977
Dalí Lifting the Skin of the Mediterranean Sea to Show Gala the Birth of Venus (par estereoscópico de quadros)
1982:
A esposa de Dali Gala morreu em 10 de junho
1983
Dalí concluiu o seu último quadro, The Swallow’s Tail.

As duas maiores coleções de trabalhos de Salvador Dali são o museu Salvador Dalí em Saint Petersbourg, Florida, EUA, e o Teatro Museo Gala Salvador Dalí em Figueres, Catalunha, Espanha.

Fonte: www.biography.com/www.thefamouspeople.com/br.geocities.com

 

Veja também

Kim Jong-un

Kim Jong-un

PUBLICIDADE Biografia de Kim Jong-un Líder Militar e Ditador Famoso como: líder supremo da Coreia …

Angela Merkel

Angela Merkel

PUBLICIDADE Nome: Angela Merkel Ocupação: Chanceler da Alemanha Data de nascimento: 17 de julho de 1954 Educação: Universidade de …

Gilberto Freyre

PUBLICIDADE Biografia Nascimento: 15 de março de 1900, Recife, Pernambuco Falecimento: 18 de julho de 1987, Recife, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.