Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Inventor  Voltar

Dia do Inventor

 

 

4 de Novembro

O que seria da vida das pessoas atualmente sem os inventos de Thomas Edison, Alexander Grahan Bell, Santos Dummont, entre outros inventores que, utilizando muita criatividade, imaginação e dedicando muito de seu tempo, trouxeram benefícios eternos para a sociedade?

Seu mérito é inegável e a necessidade de prestígio também. Assim como eles, milhares de pessoas continuam inventando diversos produtos, alguns com o simples cunho de divertimento e outros bastante sérios e úteis para o nosso dia-dia.

Dia 4 de novembro é o Dia Nacional do Inventor e momento apropriado para conhecer idéias interessantes que podem revolucionar nossas vidas.

O Museu Nacional das Invenções, em SP, reúne diversos projetos que foram colocados em prática e merecem o prestígio da comunidade.

Dia do Inventor

É por meio da Associação Nacional dos Inventores, que acredita em novas idéias e trabalha para torná-las grandes sucessos de mercado, que muitas empresas têm feito parcerias com inventores e comprado seus projetos afim de inseri-los no mercado.

Projeto de reutilização de água, ralo dosador, roupa propaganda ambulante, embalagem para fechamento de bolachas, bike canguru, entre outras curiosas e interessantes invenções estão aqui na Associação dos Inventores.

Prestigiar estes inventores é dar a eles ânimo além de contribuir para que novas idéias venham a surgir na mente das pessoas, inclusive na sua!

Albert Einstein disse: "A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original".

Fonte: www.jornaldaciencia.org.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

Chama-se invenção ao ato de criar uma nova tecnologia, processo ou objecto, ou um aperfeiçoamento de tecnologias, processos e objectos pré-existentes.

O termo distingue-se de descoberta, que é a aquisição de um conhecimento novo "por acaso" ou sem um esforço determinado; a invenção, pelo contrário, é fruto de um trabalho dirigido a se desenvolver respostas a um problema.

As invenções podem ser práticas e contribuir para o desenvolvimento de várias tecnologias, podem aplicar-se somente a um campo muito específico, mas a esmagadora maioria acaba por não ter qualquer aplicação prática, por vários motivos.

O responsável por invenções é chamado inventor.

Quando o inventor deseja guardar exclusividade acerca do mecanismo ou processo do novo invento (para fins comerciais) deve patentear, ou seja, registrar uma patente do produto, que é um registro legal de que ele pensou naquilo antes de qualquer outro.

Não existe um consenso definido acerca do que leva a uma invenção, enquanto em alguns casos, a falta de recursos é que conduz a invenção, para outros, foi o excesso é que levaram à concretizar a invenção, esse ultimo caso se aplica aos estados-unidos por ocasião da corrida espacial com a União Soviética.

Fonte: www.ilhado.com.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

O dia dos Inventores é comemorado em 4 de novembro. O dia foi proclamado pelo inventor e empreendedor Gerhard Muthenthaler de Berlim .

Dia do Inventor

O dia serve para que possamos lembrar dos inventores esquecidos, os grandes inventores que melhoraram nossa vida, e as pessoas que usam suas próprias idéias para mudar as coisas para melhor.

Fonte: www.cidadaopg.sp.gov.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

Tem gente que gosta mesmo de inventar e é tanta gente que o mundo fica cheio de invenções.

Das mais malucas como um sapato que aquece o pé até um simples abridor de latas ou uma lâmpada. É... Olhando assim parece simples né? Mas não foi não. Tudo que existe no mundo um dia foi criado por alguém que gostava de inventar.

No Brasil temos muitas invenções. Você sabia, por exemplo, que o Escorredor de Arroz é uma descoberta brasileira? Pois é. E foi criado em 1959 pela cirurgiã dentista Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich que contou com a ajuda do marido para desenvolver o protótipo de alumínio que foi apresentado ao mundo na Feira de Utilidades Domésticas em maio de 1962.

E as Batatas Fritas? Com certeza você já comeu muita batata-frita, mas aposto que nem desconfia de quem as inventou, ou por acaso você acha que as batatas fritas nascem fritas? Não. Não. Não. Um dia, alguém teve a idéia de fritá-las em óleo fervente. Só não sabemos exatamente quem, e se foi mesmo em um castelo da Idade Média. Mas, embora ninguém saiba com certeza quem inventou a batata-frita, sabemos que quem as aperfeiçoou foram os belgas. São eles os donos das mais deliciosas receitas com batatas-fritas. Ir à Bélgica e não comer batata-frita é como ir ao circo e não ver o palhaço. Ou seja, não tem graça.

Fonte: www.smartkids.com.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

Atividade inventiva é algo muito subjetivo. Existe o ponto de vista do inventor que fala sempre com especial paixão das suas criações e o ponto de vista dos outros, geralmente mais objetivo.

A atividade inventiva, como fenômeno intelectual, possui um caráter difícil de ser medido, apesar de podermos analisar a atividade elétrica do cérebro e os seus padrões. Por isso normalmente a avaliação da atividade inventiva é feita pelos seus resultados.

Os inventores têm os seus direitos garantidos por lei. As empresas que desenvolvem trabalho de invenções têm contratos com os seus colaboradores, onde regulam as questões éticas de propriedade intelectual. Os inventores não devem divulgar e publicar as suas invenções, sem antes ter encaminhado o pedido de patente.

Dia do Inventor

Um pedido de patente é um investimento e, por isso deverá produzir um retorno financeiro a médio ou longo prazo. Certamente, será rentável se a invenção tiver um claro apelo de mercado e, com exclusividade de produção e comercialização do produto, essa rentabilidade será ainda maior.

Com um estudo de mercado, através de pesquisa junto ao público, a empresa verificará se pretende ou não proteger a sua invenção, patenteando-a, ou até se pretende ceder os seus direitos, concedendo licenças à outras empresas. No mundo, apenas cerca de dez por cento das universidades participam no processo de criação junto com o inventor . Ou seja, apenas essa pequena parcela sabe como utilizar o conhecimento que sistematiza e tem meios para isso.

Com sua imensa reserva de criatividade, o Brasil tem condições de se igualar com as potências tecnológicas mais desenvolvidas. Mas também pode preferir continuar apenas copiando modelos industriais superados, sem dar condições ao inventor de explorar comercialmente as idéias que viriam permitir ao país produzir e exportar modelos originais. Em geral, as invenções são concebidas por acaso.

Essa idéia errônea, de que os inventores se dispõem a solucionar os problemas enfrentados pela sociedade, nos faz dizer que a necessidade é a mãe das invenções. Na verdade, a invenção é que é a mãe da necessidade, pois ela passa a criar necessidades que antes nunca haviam sido sentidas.

Fonte: www.trabalhonota10.com.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

Dia do Inventor
Dia do Inventor

Esse é um dia para relembrar os grandes inventores existente no mundo. No Brasil, como não citar Santos Dumont, responsável por inventar o avião. A data foi idealizada pelo inventor alemão Gerhard Muthenthaler, com o objetivo de incentivar as pessoas a terem mais ideias para um mundo melhor.

Desde a formação da terra, o homem vem se superando com melhorias para o seu dia a dia e da sociedade. Primeiro veio o fogo, depois a roda, a linguagem escrita, falada e ano após ano uma evolução após outra. Um grande marco foi a Revolução Industrial, quando James Watt inventou a máquina a vapor em 1780.

Daí por diante as invenções não pararam.

Fonte: www.cdbb.com.br

Dia do Inventor

4 de Novembro

Contextualizando a data

O dia do inventor é comemorado no dia 04 de novembro em homenagem ao nascimento da atriz e Hollywood e inventora Hedy Lammar. Além de estrela do cinema nos anos 30 e 40, essa surpreendente mulher inventou um aparelho capaz de interferir nas freqüências radiofônicas!

Essa tecnologia, patenteada em 1942 possibilitou a comunicação via satélite e, portanto, o surgimento dos celulares e aparelhos de GPS.

Quem disse que mulheres bonitas não podem ser inteligentes?

O papel do inventor – invenção x descoberta

Invenção e descoberta são palavras com significados diferentes. A descoberta é algo casual, que acontece sem querer, independente de nossa vontade. Os homens da caverna descobriram o fogo, provavelmente quando um raio caiu durante uma tempestade, ateando fogo a uma floresta. Logo aprendeu a replicá-lo com o uso de pedras e varetas. Já a invenção é intencional. O inventor detecta um problema e tenta solucioná-lo. Voltando aos homens das cavernas, percebendo a necessidade de carregar objetos pesados por terrenos difíceis, inventaram a roda. Assim fariam menos força para transportar o que quer que fosse.

Tendo isso em mente, o papel do inventor é criar objetos, procedimentos, tecnologias ou serviços que facilitem nossa vida, ou melhorar objetos, procedimentos, tecnologias ou serviços que já existem e que poderiam ser mais simples e mais funcionais. Portanto, o papel do inventor é composto de inspiração para se perceber no que trabalhar e transpiração para, através da experimentação, testes e modelos, chegar ao resultado satisfatório, solucionando o problema inicial.

Para os inventores não existe o acaso... Só trabalho duro!

Fonte: clubinhofabercastell.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal