Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Calendário Comemorativo / Dia do Engenheiro Sanitarista

Dia do Engenheiro Sanitarista

PUBLICIDADE

 

13 de Julho

Engenheiros Sanitaristas e suas competências

De acordo com o Decreto-Lei n.º 414/91, de 22 de Outubro, – que já foi alterado, mas não para esta questão – o engenheiro sanitarista é um profissional habilitado para aplicar os princípios da engenharia à prevenção, ao controle e à gestão dos factores ambientais que afetam a saúde e o bem-estar físico, mental e social do homem, bem como aos trabalhos e processos envolvidos na melhoria de qualidade do ambiente.

O ramo de engenharia sanitária, da carreira de técnico superior de saúde, desdobra-se em quatro categorias: (i) assistente; (ii) assistente principal; (iii) assessor; e (iv) assessor superior.

a) Fazer a apreciação de condições ambientais e a identificação dos factores de risco, que nos domínios da água, ar, sol e habitação condicionam os estados de saúde da comunidade, em colaboração com outros profissionais de saúde, quando necessário;

b) Emitir pareceres sanitários;

c) Realizar inquéritos sanitários e outros estudos no domínio do ambiente;

d) Realizar inspecções e vistorias sanitárias;

e) Cooperar na elaboração de regulamentos sanitários e posturas municipais; (…)

No que diz respeito à categoria de assessor são atribuídas, além das funções já referidas para o assistente e assistente principal, as seguintes:

a) Organizar e coordenar programas de monitorização e vigilância dos factores ambientais com incidência na saúde humana;

b) Planear as actividades constantes nos programas aprovados para o sector, coordená-las e avaliá-las;

c) Participar no planeamento, coordenação e avaliação de programas de saúde ambiental;

d) Promover e colaborar com outros organismos oficiais no estabelecimento de indicadores e normas de qualidade relativas aos factores ambientais com incidência na saúde humana e na elaboração de diplomas técnico-normativos no domínio da saúde ambiental, quer a nível nacional quer internacional;

e) Elaboração de metodologias apropriadas à avaliação da exequibilidade e do rendimento dos programas de controlo e das medidas tomadas com vista à protecção da saúde e do bem-estar do homem;

f) Cooperar em programas de investigação; (…)

A estas funções acrescem ainda as atribuídas ao assessor superior, que a seguir são referidas, caso este não exista ou, nas suas faltas e impedimentos, quando para tal designado.

Ao engenheiro sanitarista assessor superior são atribuídas, para além de todas as funções já mencionadas para as categorias em epígrafe, as seguintes:

a) Participar na definição das políticas de saúde ambiental nos diversos níveis nacional ou regional;

b) Planear, coordenar e avaliar programas de saúde ambiental;

c) Promover e participar na estruturação, actualização e organização dos serviços ou núcleos;

d) Participar no planeamento de programas de saúde ambiental levados a efeito por organismos oficiais, empresas públicas ou privadas;

e) Emitir pareceres técnico-científicos no âmbito da saúde ambiental; (…)

A estas acresce ainda mais algumas funções quando estes profissionais estão integrados em serviços de âmbito regional, que podem ser consultadas no Decreto-Lei n.º 414/91, de 22 de Outubro.

Sugiro ainda a leitura do documento “O Serviço de Engenharia Sanitária nos Serviços de Saúde”, que se encontra no microsítio do Delegado Regional de Saúde, no sítio da Direcção-Geral de Saúde, e que já foi objecto de notícia no Jornal de Saúde Ambiental.

Ao engenheiro sanitarista assistente e assistente principal são atribuídas as seguintes funções:

Decreto Nº 53.697, 13/03/1964

O desperdício de água vem chamando a atenção de todos. A própria Organização das Nações Unidas (ONU) já alerta para o fato de que está acabando a água do planeta adequada ao consumo humano.

Cabe ao Engenheiro Sanitarista gerenciar esse problema, na medida em que é o responsável pelo planejamento e pela construção das redes que fornecem água à população.

As ações deste profissional estão baseadas no conceito de desenvolvimento sustentável, no qual os recursos naturais são o suporte para o futuro do planeta.

Neste sentido, o Engenheiro Sanitarista tem sua atuação profissional compromissada com o equilíbrio entre desenvolvimento sócio-econômico e a manutenção das adequadas condições do Meio Ambiente.

O Engenheiro Sanitarista, bem como o ambiental, tem como principal função evitar a poluição e conseqüentemente, a degradação da natureza.

Para isso, ele atua em projetos como captação, tratamento e distribuição de água; gestão coleta e tratamento de efluentes líquidos e atmosféricos; coleta e tratamento de resíduos sólidos, urbanos e industriais; operação de sistemas de tratamento de águas de efluentes; avaliação de impactos ambientais; planejamento de recursos hídricos; manejo de bacias hidrográficas; drenagem urbana e rural; educação ambiental e controle da qualidade ambiental.

O mercado

O mercado de trabalho do Engenheiro Sanitarista é assegurado através da regulamentação do exercício profissional e, principalmente, pelo aumento da consciência da sociedade em relação ao problemas ambientais.

As administrações públicas municipais, estaduais e federais, as empresas de consultoria, as diversas indústrias, requerem cada vez mais profissionais com elevada competência técnica para o trato com as questões tecnológicas, de gerenciamento e planejamento nas áreas de Saneamento e Meio Ambiente.

13 de Julho

O que é

Controlar e reciclar a água do planeta através da criação de fluxos e projetos de saneamento básico de cidades e empresas.

Os engenheiros sanitaristas são responsáveis pelo desenvolvimento de fluxos e projetos de saneamento básico e drenagem pluvial garantindo o bem estar populacional. Esta engenharia tem suas ações voltadas para o projeto, construção, ampliação e a operação de sistemas de água e esgoto. Este profissional é uma peça fundamental para a preservação da natureza e de seus recursos.

O que faz

O Engenheiro Sanitarista planeja redes de esgoto, supervisiona obras, exerce o controle de qualidade da água, especifica normas de qualidade e realizam perícias técnicas; coordena manutenção da qualidade da água consumida pela população, do tratamento do esgoto e do lixo doméstico e industrial e do controle do lixo hospitalar; e planeja e administra redes de distribuição de água e estações de tratamento de esgoto e supervisiona a coleta e o descarte do lixo.

Esta atuação se dá através do desenvolvimento de soluções técnicas e de ações para reparar, prevenir e minimizar danos ao meio ambiente e promover a saúde ambiental – para prevenir a poluição de mananciais, rios e represas. Ainda monitora o ambiente marinho e costeiro, atuando na prevenção e no controle de erosões de praias e pela prevenção contra a poluição causada por indústrias e pelo tratamento de efluentes industriais. Em agências de meio ambiente e em pólos industriais, controla, previne e trata a poluição atmosférica.

Perfil do profissional

Interesse pela natureza e sua preservação. Gostar de práticas ao ar livre. Apreciar assuntos científicos e questões sociais. Perfil pesquisador ? gosta de explorar. Possuir desenvoltura para trabalhar em equipe. Habilidade para lidar com cálculos.

Características comportamentais

Gostar de matemática, física, química, ter noções de ciências naturais e assuntos relacionados a meio ambiente. Capacidade de análise, interesse social e coletivo, iniciativa, capacidade de comunicação e decisão, liderança, lidar com conflitos, capacidade de observação, visão crítica, organização, concentração, curiosidade, saber trabalhar sob pressão e em grupo. Capacidade de resolver problemas práticos, meticulosidade, espírito investigativo. Interesse pela tecnologia e estudo constante.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o Engenheiro Sanitarista encontra-se em expansão em virtude do aumento da consciência ambiental, das pressões legais e novas legislações que surgem a cada dia, das exigências de mercado e de preocupações nacionais e internacionais. O mercado de trabalho inclui prefeituras, secretarias estaduais e federais, órgãos de planejamento e controle ambiental, empresas públicas e, sobretudo, privadas. A engenharia sanitária prepara o aluno para quantificar os problemas ambientais e não apenas identificar. Perceber a degradação ambiental faz parte do trabalho. O mercado busca profissionais capazes de estabelecer esta relação.

O campo de trabalho nesta área é praticamente inesgotável, pois a situação do saneamento básico é preocupante, tanto no interior do país como nas capitais, logo o mercado para o profissional da área está estreitamente ligado aos investimentos do governo no setor. Os postos de trabalho surgem nas regiões Sul e Sudeste, principalmente em São Paulo onde há maior concentração de fábricas e se encontram as melhores oportunidades.

Nas regiões rurais, há aumento do mercado para o profissional, uma vez que cada processo industrial eleva a série de cuidados com o meio ambiente.

A demanda por empresas privadas de consultoria ambiental contratadas por indústrias e empresas que precisam atender às exigências municipais, estaduais e federais relacionadas ao tema ? são uma fatia específica de mercado para o especialista em meio ambiente.

Fonte: saudeambiental.net/UFGNet; UFSC/www.omeufuturo.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Dia da Infância

PUBLICIDADE A infância é a faixa etária que vai do nascimento até a adolescência. De …

Dia do Pi

Dia do Pi

PUBLICIDADE 14 de março – Dia do Pi Pi ou p. O Dia do Pi …

Dia Mundial da Gentileza

PUBLICIDADE A bondade é um comportamento marcado por características éticas, uma disposição agradável e uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+