Breaking News
301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.

Home / Calendário Comemorativo / Dia Mundial dos Oceanos

Dia Mundial dos Oceanos

PUBLICIDADE

 

08 de Junho

A comemoração do Dia Mundial dos Oceanos nos permite destacar as inúmeras contribuições dos oceanos para a sociedade.

É também uma oportunidade para reconhecer os desafios consideráveis que enfrentamos no que se refere a conservar a capacidade deles de regular o clima mundial, fornecer serviços ecossistêmicos essenciais, proporcionar meios de vida sustentáveis e atividades recreativas seguras.

Dia Mundial dos Oceanos
Oceano

De fato, as ações humanas têm efeitos terríveis nos oceanos e mares do mundo.

Ecossistemas marinhos vulneráveis, tais como os corais, e recursos de pesca importantes estão sendo destruídos pela exploração desmedida, a pesca ilegal – não declarada e não regulamentada , as práticas pesqueiras destrutivas, as espécies exóticas invasoras e a poluição marítima, especialmente de origem terrestre.

O aumento da temperatura e nível dos mares e a acidificação dos oceanos, provocados pelas alterações climáticas, constituem novas ameaças à vida marinha, às comunidades das zonas costeiras e das ilhas e às economias nacionais.

Os oceanos são também afetados pelas atividades criminosas.

A pirataria e assaltos armados a navios ameaçam as vidas dos marinheiros e a segurança dos transportes marítimos internacionais, que asseguram a distribuição de 90% das mercadorias mundiais.

O tráfico de drogas e o tráfico de pessoas por mar são outros exemplos da ameaça que as atividades criminosas representam para a vida humana bem como para a paz e segurança dos oceanos.

Vários instrumentos internacionais criados sob os auspícios das Nações Unidas tentam encontrar soluções para esses inúmeros problemas.

Entre eles, a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, de 1982, ocupa um lugar central.

A Convenção estabelece o quadro jurídico no qual se devem inserir todas as atividades realizadas nos oceanos e nos mares e constitui a base da cooperação internacional em todos os níveis.

Para além do objetivo da participação universal na Convenção, a comunidade internacional deve intensificar os seus esforços para que seja aplicada e para fazer respeitar o Estado de Direito nos mares e oceanos.

O tema do Dia Mundial dos Oceanos, ”Os oceanos: um bem nosso, uma responsabilidade nossa”, salienta o nosso dever individual e coletivo de proteger o ambiente marinho e de gerir cuidadosamente os seus recursos.

A existência de mares e oceanos seguros, saudáveis e produtivos é essencial para o bem-estar humano, a segurança econômica e o desenvolvimento sustentável.

08 de Junho

Mares e oceanos: vivos ou mortos?

Os mares e os lagos cobrem dois terços da superfície do nosso lindo planeta e têm um papel de enorme importância para todo o meio ambiente

Infelizmente, os seres humanos parecem estar fazendo o possível, em todas as partes do nosso planeta , para produzir um impacto negativo sobre os mares e, conseqüentemente, em nós mesmos.

Esse impacto vai da pesca desenfreada, usando até redes de arrasto e o despejo de lixo tóxico, à matança e à exploração dos mamíferos marinhos. As marés estão subindo e ameaçando comunidades ao redor do mundo, devido às mudanças climáticas.

No dia 5 de junho, de 2005, 150 países do mundo todo participaram das festividades do dia Internacional do Meio Ambiente, decretado em 1972 pelo Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP). No entanto, segundo o chefe da UNEP, Klaus Töpfer, não havia muito motivo para festa, pois os mares que cobrem 70% da superfície da Terra estão seriamente ameaçados pela pesca descontrolada, pela poluição e por outros fatores prejudiciais ao meio ambiente.

Eis algumas das causas desta situação preocupante:

Os mares contêm 90% da biomassa do nosso Planeta, de algas à baleia azul.

Aproximadamente 3,5 bilhões de seres humanos dependem dos mares (este número pode duplicar dentro dos próximos 20 anos).

Mais de 70% dos peixes são pescados em excesso. As reservas de atum, bacalhau e peixe espada foram reduzidas em 90% no último século.

80% da poluição marítima tem a sua origem fora dos mares. A situação tende a piorar, se, no ano 2010 — como é previsto —, 80% da população mundial viver perto dos litorais (em um raio de 100 km).

Óbitos e doenças causados pelas águas costeiras contaminadas custam anualmente 123,8 bilhões de dólares.

O material plástico descartado mata anualmente um milhão de pássaros marinhos, 100.000 mamíferos marinhos e incontáveis peixes.

Os vazamentos involuntários, despejo ilegal pela navegação e acidentes marítimos poluem anualmente os mares com enormes quantidades de óleo.

O nível do mar subiu 10 a 25 cm nos últimos 100 anos e pode subir ainda mais, inundando regiões costeiras baixas.

Dos recifes de corais tropicais localizados de 109 países, 93 já estão fortemente danificados pelo desenvolvimento econômico das regiões costeiras e pelo crescente turismo. Os recifes de corais cobrem apenas 0,5% do fundo do mar, mas 90% das espécies dependem destes recifes de maneira direta ou indireta.

8 de Junho

O Dia dos Oceanos foi declarado pelas Nações Unidas na conferência sobre ambiente e Desenvolvimento em 1992.

Os oceanos são essenciais à segurança alimentar e à saúde e sobrevivência de qualquer forma de vida, eles impulsionam o clima e são uma parte crítica da biosfera.

O Dia Mundial dos Oceanos tem sido celebrado desde a Conferência das Nações Unidas sobre Ambiente e Desenvolvimento que se realizou no Rio de Janeiro em 1992.

Em 2008, por intermédio da Resolução A/RES/63/111, de 5 de Dezembro, a Assembleia-Geral das Nações Unidas decidiu que, a partir de 2009, o dia 8 de Junho fosse designado ”Dia Mundial dos Oceanos” pelas Nações Unidas.

Este reconhecimento oficial reveste uma oportunidade para aumentar a consciência mundial para os desafios que se deparam à comunidade internacional na sua relação com os oceanos.

A campanha “salvemos os nossos mares” foi celebrado pela primeira vez nos Estados Unidos da América para celebrar esta data.

Existem cinco oceanos no nosso planeta:

Oceano Atlântico
Oceano Pacífico
Oceano Antártico
Oceano Índico
Oceano Ártico

No fundo dos mares concentram-se interessantes formas de colaboração: em troca de hospitalidade, crustáceos e pequenos peixes limpam os seus anfitriões de parasitas.

Os oceanos fornecem ao planeta a maioria dos seus padrões climáticos, de umidade e oxigênio. Sem oceanos saudáveis, a vida acabaria. No entanto, temos tratado o mesmo como se não fizesse nenhuma falta.

Quase cem milhões de toneladas de peixes e outros animais do mar são recolhidos ou capturados todos os anos, o que é mais que os oceanos podem dar; por isso é preciso tratá-los com cuidado.

08 de Junho

Pela proteção dos oceanos de todo o mundo

Em 2008 a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou que a partir de 2009 o dia 8 de Junho seria celebrado como Dia Mundial dos Oceanos.

Neste primeiro ano as celebrações ocorrem sob o lema ”Os nossos oceanos, a nossa responsabilidade”.

Dia Mundial dos Oceanos

Os oceanos têm um papel vital nas nossas vidas. Com efeito, cobrindo mais de 70% da superfície da Terra, os oceanos contribuem para a regulação do clima dando origem à maior parte da precipitação, regulam os padrões de ventos e temperaturas e são responsáveis pela prestação de inúmeros serviços.

Entre estes destacam-se a produção de oxigênio, o fornecimento de alimento através da pesca, a proteção costeira e a disponibilização de recursos não alimentares e de oportunidades de recreação.

Apesar da sua extrema importância os oceanos encontram-se atualmente ameaçados sob a pressão não só da sobrepesca – pesca excessiva – de algumas espécies, mas também de fenômenos como a destruição de habitat, poluição e a introdução de espécies exóticas invasoras, a que se associou recentemente o aquecimento global.

É assim fundamental agir prontamente em prol da integridade deste mega-ecossistema que é Oceano Global formado pelos vários oceanos com vista a assegurar o futuro, o nosso e o de todas as criaturas que nele habitam ou que dele dependem.

Este dia Mundial dos Oceanos pretende informar e consciencializar a população relativamente à problemática, incentivando à ação. Nesse sentido, o Oceanário de Lisboa promove hoje uma ação de sensibilização sobre o consumo sustentável de peixe e marisco.

Assim, os visitantes serão recebidos por educadores vestidos de azul que os informarão como seleccionar o que comprar tendo em vista a conservação da biodiversidade dos oceanos.

08 de Junho

Dia Mundial dos Oceanos
Oceano

Comemoramos em 08 de junho o Dia Mundial do Oceano. Esta data foi instituída na ECO-92 no Rio de Janeiro, e teve como objetivo faze r um homenagem aos Oceanos pela sua importância para humanidade.

As águas dos oceanos ocupam aproximadamente 71 % da superfície da terra e 97 % de toda água do planeta.

Ao longo da existência humana os oceanos serviram d e fonte de alimentos e energias para a humanidade.

Pelos oceanos ocorreram as primeiras viagens além-m ar, que causaram a aproximação dos povos e o desenvolvimento industrial. Através dos oceanos o mundo ficou mais próximo, podemos dizer que por eles ocorreram à primeira Globalização da Economia.

Ao longo do nosso desenvolvimento industrial contribuímos para a poluição dos oceanos. Segundo pesquisas, as águas dos oceanos tê m se tornados mais ácidas, dificultando sua contribuição ambiental de absorvedor de dióxido de carbono, impactando no aumento do efeito estufa.

As maiores reservas de petróleo encontram nos oceanos. O desenvolvimento industrial é dependente de fontes energéticas derivadas do petróleo.

Recentemente o mundo presenciou o maior vazamento d e petróleo no Golfo do México, causado pelo afundamento da plataforma de petróleo Deepwater Horizon da empresa Britânica Bristish Petroleum. Estes acidentes ambie ntais comprometem o meio ambiente e impactam na sustentabilidade do planeta.

O Brasil com a descoberta de petróleo na camada do pré-sal, ampliará sua capacidade de produção de petróleo em mar, o que exige maiores cuidados para evitar acidentes que comprometa o meio ambiente.

É necessário que nossas lideranças políticas, além da preocupação com a distribuição dos royalties, estejam atentas para que os ganhos d e produtividade e rentabilidade com o petróleo da camada do pré-sal ocorram em equilíbrio com o meio ambiente.

Afinal, precisamos respeitar os limites biofísicos do planeta.

Alberto Jorge Silveira

Fonte: unic.un.org/ www.taps.org.br/www2.portoalegre.rs.gov.br/naturlink.sapo.pt/www.crq17.org.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Dia da Infância

PUBLICIDADE A infância é a faixa etária que vai do nascimento até a adolescência. De …

Dia do Pi

PUBLICIDADE 14 de março – Dia do Pi Pi ou p. O Dia do Pi …

Dia Mundial da Gentileza

PUBLICIDADE A bondade é um comportamento marcado por características éticas, uma disposição agradável e uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.