Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Calendário Comemorativo / Dia do Biólogo

Dia do Biólogo

PUBLICIDADE

 

3 de Setembro

A biologia estuda os seres vivos, sua origem, evolução e estrutura. Seu profissional é o biólogo que investiga todos os organismos da Terra, desde os mais simples aos mais complexos.

O que faz?

O biólogo pode atuar em várias áreas. Se escolher a indústria, atua na utilização de microorganismos, como bactérias, por exemplo, na fabricação de medicamentos, bebidas, alimentos, cosméticos, etc. Também é de sua responsabilidade dar laudos sobre o impacto da instalação de fábricas no meio ambiente.

Na área de biologia marinha, trabalha na análise dos organismos marinhos, bem como seu cultivo, reprodução e desenvolvimento.

Em genética e biotecnologia, é requisitado para estudar organismos em laboratório e realizar exames para verificação de doenças genéticas.

E em microbiologia, pode investigar como atuam as bactérias, os fungos e os vírus, além de analisar de que modo podem ser aproveitados para uma série de benefícios ao homem.

Onde estudar?

Com duração mínima de 4 anos, o curso superior em biologia possui disciplinas na área de física, química, zoologia, botânica e ecologia. Há também as aulas práticas, ministradas em laboratório, para observação de microorganismos e dissecação de animais, entre outras atividades.

Biologia na história

Anatomia, biofísica, biologia geral, bioquímica, botânica, ecologia, fisiologia, farmacologia, genética, imunologia, microbiologia, morfologia, parasitologia e zoologia são as principais áreas de estudo da biologia – considerada campo específico da ciência a partir de 1802.

Do grego biós (vida) e logos (conhecimento), a biologia teve como expoente o monge católico italiano Lazzaro Spallanzani que fez parte do movimento científico chamado “criacionismo”, surgido no século 18. Trata-se de uma teoria sobre a origem do universo baseada numa causa divina. Assim como a vida humana, o universo seria fruto da vontade de Deus.

Na linha das teorias fixistas, o criacionismo é rejeitado pela ciência que se fundamenta nas teorias evolucionistas.

A primeira teoria sobre a evolução das espécies foi elaborada pelo francês Jean Baptiste Pierre Antoine de Monet, o cavaleiro de Lamarck, em 1809. Ele foi o primeiro a sistematizar a hipótese de que os seres vivos têm a capacidade de mudar e evoluir no decorrer do tempo.

Segundo Lamarck, os seres vivos evoluem de forma lenta e segura e se modificam a cada geração para melhor se adaptarem ao meio. Os órgãos mais usados, por exemplo, se desenvolvem com o passar dos anos e os menos usados se atrofiam até desaparecerem.

Considerado o fundador da biologia como ramo específico da ciência, Lamarck expôs, pela primeira vez, sua teoria evolucionista no livro “Fisiologia Zoológica”, publicado em 1809.

Além de Lamarck, outro naturalista se destaca na biologia por propor a teoria evolucionista da seleção natural.

Nascido em 1809, Charles Robert Darwin cria a teoria para explicar como os animais e vegetais evoluem. Diz ele que o próprio meio ambiente seleciona os seres mais aptos e elimina os menos dotados. As diferenças que facilitam a sobrevivência dos mais aptos são transmitidas à geração seguinte, firmando-se ao longo do tempo até gerar uma nova espécie.

Apesar de ser aceita no meio científico, a teoria de Darwin não consegue diferenciar as variações hereditárias das não hereditárias, feito atribuído a Gregor Mendel.

Dia do Biólogo

Classificação das espécies

Até a metade do século XX, os seres vivos eram classificados em reinos animal e vegetal. Com a evolução da ciência, a classificação se ampliou e novos reinos foram incluídos.

Hoje são cinco categorias que fazem parte do critério, em vigor desde a década de 60:

Moneras

Seres formados por uma única célula sem núcleo organizado. Exemplos: as bactérias e as algas azuis;

Protistas

Seres formados por uma única célula com um núcleo próprio. Exemplos: protozoários (como a ameba), o tripanossomo, que causa a doença de Chagas, e o plasmódio, causador da malária;

Fungos

Seres formados por uma única célula ou mais de uma célula, cada uma com um núcleo individual. Por não possuírem a clorofila, não produzem seu próprio alimento. Exemplos: leveduras, mofo e cogumelos;

Plantas

Vegetais, desde as algas verdes até as plantas superiores. Suas células são revestidas por uma membrana de celulose e, por conterem a clorofila, sintetizam seu alimento através da fotossíntese. Atualmente, cerca de 400 mil espécies de vegetais já foram classificadas.

Animais

Seres multicelulares que não produzem seu próprio alimento. Incluem desde as esponjas marinhas até o homem.

Mundo animal

O reino animal é considerado um dos mais importantes não só porque o homem dele faz parte (homo sapiens), como pela importância da preservação de suas espécies. Pensando nisso, a UNESCO, por exemplo, proclamou os Direitos dos Animais em 27 de janeiro de 1978. Infelizmente, a declaração é desrespeitada e pouco conhecida. Ao invés de conviver pacificamente com os animais, o homem comete crimes que ameaçam a sua sobrevivência.

Falando em animais, eles são formados por muitas células e incapazes de fabricar seu próprio alimento. Os chamados “vertebrados” caracterizam-se por apresentar uma coluna vertebral na posição dorsal, inexistente nos invertebrados. Seu esqueleto tem a função de sustentar os músculos, proteger alguns órgãos e, principalmente, o encéfalo e a medula espinhal.

Dividem-se em:

Mamíferos

Possuem glândulas mamárias que, nas fêmeas, produzem leite para alimentar os filhotes. Também têm músculo diafragma, auxiliar na respiração, e pêlos pelo corpo, que formam uma câmara de ar que isola do exterior e protege do frio. Ex.: esquilos, cervos, tigres e cavalos.

Aves

São vertebrados com asas cujo vôo é possível devido à forma aerodinâmica, à leveza e aos músculos potentes. Suas plumas protegem do frio e funcionam como impermeabilizante. Possuem um bico duro de diferentes tipos, de acordo com a espécie. Ex.: tucano, cegonha, rolinha, perdiz.

Répteis

São os primeiros vertebrados que se tornaram independentes do meio aquático. Possuem uma pele queratinizada e espessa que protege contra a desidratação e perda d’água. Ex.: lagartos e cobras.

Anfíbios

Vivem fora d’água, mas ainda dependem dela para atividades como reprodução. Gostam de ambientes úmidos e têm o corpo dividido em duas partes: cabeça e tronco, com dois pares de patas. Ex.: sapos.

Peixes

Vivem na água e respiram através de brânquias. São cobertos de escamas, sua reprodução é sexuada e possuem nadadeiras pares e ímpares. Dividem-se em dois grupos: cartilaginosos e ósseos – embora algumas classificações incluam os ciclóstomos, como a lampreia, na classe dos peixes (os ciclóstomos não têm o corpo coberto por escamas, só possuem nadadeiras ímpares e são parasitas dos tubarões, sugando-lhes o sangue). Os peixes cartilaginosos, como os tubarões e raias, têm um esqueleto formado por cartilagens e mandíbulas. E os peixes ósseos, que são a maioria, apresentam esqueleto formado de ossos mais duros que as cartilagens, mandíbulas e pele coberta por escamas.

Já os invertebrados estão divididos em:

Poríferos

São os animais menos evoluídos de todos. Por possuírem uma constituição demasiado simples, não têm órgãos estruturados. São aquáticos e vivem colados no fundo do mar ou sobre pedras e qualquer objeto submerso.

Celenterados

São animais que vivem exclusivamente no mar, com tamanhos que variam de 1 milímetro até mais de 1 metro. Alguns apresentam a forma de pólipos (como os corais) e outros, a de medusa (como a água-viva).

Platelmintos

Conhecidos também como vermes, têm o corpo alongado, achatado e mole, com ventosas que usam para se prender ao corpo dos animais que parasitam. Alguns, porém, não são parasitas, como as planárias. O platelminto parasita mais conhecido é a tênia (Taenia solium,Taenia echinococcus e Taenia saginata), que causa a doença chamada teníase.

Nematelmintos

São os vermes cilíndricos, que constituem o grupo de invertebrados com presença mais abundante na Terra. Sua capacidade de reprodução é altíssima, podendo colocar milhares de ovos de uma só vez. Muitos são parasitas do homem e podem transmitir doenças, como a ascaridíase (causada pela Ascaris lumbricoides) e a filariose ou elefantíase (causada pela filária ou Wuchereria bancrofti).

Artrópodes

São, como os anelídeos, segmentados; possuem patas articuladas – seu diferencial entre os filos. É o filo que mais agrega espécies, sejam elas do grupo dos insetos (mosca, borboleta), aracnídeos (aranhas e escorpiões), crustáceos (camarão e caranguejo) e muitos outros.

Anelídeos

São vermes de corpo alongado e mole que vivem na terra ou na água. A principal característica deste filo é o corpo segmentado. Seu comprimento varia de meio milímetro a três metros. Ex.: minhoca, sanguessuga.

Moluscos

Possuem o corpo mole e sem segmentos, geralmente protegido por uma concha calcária (com exceções, por exemplo: lesmas, polvos e lulas). Na cavidade chamada visceral, estão todos os seus órgãos. Podem viver na terra, como o caracol, ou no mar, como o polvo e a lula.

Equinodermos

Invertebrados exclusivamente marinhos. Sua principal característica é possuírem um esqueleto calcário interno sobre o qual se sobressaem espinhos distribuídos por todo o corpo. Ex.: estrela-do-mar e ouriço.

Corpo Humano

O corpo humano se divide em cabeça, tronco e membros, do ponto de vista anatômico. Mas do ponto de vista morfológico e funcional, é composto de células, tecidos e sistemas orgânicos. Estes são grupos de órgãos que atuam no desenvolvimento de determinada função orgânica. São oito os sistemas, divididos em: digestivo, circulatório, muscular, esquelético, nervoso, respiratório, urinário e reprodutor feminino/masculino.

Confira agora sua estrutura, principais funções e quais as doenças as quais estão relacionados:

Formado por Principais funções Doenças relacionadas
Digestivo Boca, faringe,esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, reto e orifício retal Responsável pelo processo digestivo que começa na boca com a trituração dos alimentos e termina no orifício retal com a eliminação das fezes Gastrite, úlcera péptica, cirrose hepática, hepatite, hemorróidas, etc.
Circulatório Coração, vasos sangüíneos e artérias Responsável pela circulação sanguínea. Há dois tipos de circulação. A pequena ou pulmonar sai do ventrículo direito para o átrio esquerdo, passando pelos pulmões. E a geral ou grande, sai do ventrículo esquerdo para o átrio direito, passando pelos diferentes rgãos. Hipertensão, enfarto, arteriosclerose, etc.
Muscular Músculos estriados, músculos lisos, tendões e aponeuroses Responsável pela contração da fibra muscular. Distensões, distrofias, etc.
Ósseo Ossos, articulações e cartilagens Os ossos protegem órgãos vitais, dão sustentação ao corpo e ajudam na formação do sangue ao alojarem a medula vermelha que produz os glóbulos brancos e vermelhos Raquitismo, artrite, osteoporose, etc.
Nervoso Neurônios, encéfalo, medula espinhal e nervos Atua na percepção e processamento de informações e produz e controla atos do organismo Meningites, encefalites, mal de parkinson, etc.
Respiratório Nariz, traquéia, laringe, pulmões e diafragma Tem como função obter oxigênio e eliminar gás carbônico Pneumonia, tuberculose, bronquite, asma, rinites, etc.
Urinário Rins e vias urinárias (bexiga, uretra e ureter) Os rins mantêm o volume de água, eliminando o excedente, e processam o plasma sanguíneo Nefrite, infecções urinária, cistite, cálculo renal, etc.
Reprodutor feminino Órgão genital, útero, trompa de falópio, ovário e mamas É responsável pela produção e maturação de gametas femininos e sua acomodação quando fecundados, para que o feto possa se desenvolver até o momento do parto e possa sobreviver em seus primeiros dias de vida, através da amamentação. Atua também regulando a produção de hormônios femininos. Vaginites, doenças venéreas, miomas, etc.
Reprodutor masculino Próstata, órgão genital masculino , testículos, uretra, saco escrotal, canais deferentes e vesícula seminal. Sua função é produzir gametas masculinos e o líquido seminal, armazenando-o e conduzindo-o ao aparelho reprodutor feminino. Também produz o hormônio masculino testosterona, responsável pelo crescimento do órgão sexual, fortalecimento das cordas vocais e pêlos pelo corpo, entre outras funções. Doenças venéreas, etc.

 

3 de Setembro

A profissão de Biólogo foi regulamentada no Brasil pela Lei número 6.684 de 3 de setembro de 1979. Devido à profissão ter sido regulamentada em um 3 de setembro, instituiu-se este o Dia do Biólogo.

O Biólogo é um profissional capacitado para, além de executar, pensar. A pesquisa básica na área das Ciências Biológicas é, hoje em dia, realizada em grande parte por Biólogos. Isso inclui técnicas aplicadas na medicina, no controle de pragas, e na preservação ambiental.

O profissional biólogo deve ser:

a) generalista, crítico, ético, e cidadão com espírito de solidariedade;

b) detentor de adequada fundamentação teórica, como base para um ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;

c) consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança, na gestão ambiental, tanto nos aspectos técnicos-científicos, quanto na formulação de políticas, e de se tornar abgente transformador da realidade presente, na busca de melhoria da qualidade de vida;

d) comprometimento com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional pro critério humanísticos, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como pro referenciais éticos legais;

e) consciente de sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional;

f) apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo;

g) preparado para desenvolver idéias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação.

Competências e Habilidades

a) pautar-se por princípios da ética democrática: responsabilidade social e ambiental, dignidade humana, direito à vida, justiça, respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade;

b) reconhecer formas de discriminação racial, social, de gênero, etc. que se fundem inclusive em alegados pressupostos biológicos, posicionando-se diante delas de forma crítica, com respaldo em pressupostos epistemológicos coerentes e na bibliografia de referência;

c) atuar em pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas, comprometendo-se com a divulgação dos resultados das pesquisas em veículos adequados para ampliar a difusão e ampliação do conhecimento;

d) portar-se com educador, consciente de seu papel na formação de cidadãos, inclusive na perspectiva sócio-ambiental;

e) utilizar o conhecimento sobre organização, gestão financiamento da pesquisa e sobre a legislação e políticas públicas referentes à área;

f) entender o processo histórico de produção do conhecimento das ciências biológicas referente a conceitos/princípios/teorias;
g) estabelecer relações entre ciência, tecnologia e sociedade;

h) aplicar a metodologia científica para o planejamento, gerenciamento e execução de processos e técnicas visando o desenvolvimento de projetos, perícias, consultorias, emissão de laudos, pareceres etc. em diferentes contextos;

i) utilizar os conhecimentos das ciências biológicas para compreender e transformar o contexto sócio-político e as relações nas quais está inserida a prática profissional, conhecendo a legislação pertinente;

j) desenvolver ações estratégicas capazes de ampliar e aperfeiçoar as formas de atuação profissional, preparando-se para a inserção no mercado de trabalho em contínua transformação;

k) orientar escolhas e decisões em valores e pressupostos metodológicos alinhados com a democracia, com o respeito à diversidade étnica e cultural, às culturas autóctones e à biodiversidade;

l) atuar multi e interdisciplinarmente, interagindo com diferentes especialidades e diversos profissionais, de modo a estar preparado a contínua mudança do mundo produtivo;

m) avaliar o impacto potencial ou real de novos conhecimentos/tecnologias/serviços e produtos resultantes da atividade profissional, considerando os aspectos éticos, sociais e epistemológicos;

n) comprometer-se com o desenvolvimento profissional constante, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças contínuas, esclarecido quanto às opções sindicais e corporativas inerentes ao exercício profissional.

Parabéns a você Biólogo, profissional que estuda a vida em suas diferentes formas de expressão. Comprometido com uma área de atuação quase infinita: estuda a origem, estrutura, evolução e funções dos seres vivos, classifica as diferentes espécies animais e vegetais e estabelece sua relação com o meio ambiente, monitora qualidade de nossas águas, recombina DNA para descobrir medicamentos e estudar a ação de enzimas e, acima de tudo luta pela proteção e preservação de nosso planeta.

 

3 de Setembro

Dia do Biólogo

A Biologia, do grego biós – vida – e logos – conhecimento, é considerada campo específico da ciência desde 1802. Suas principais áreas de estudo são anatomia, biofísica, biologia geral, bioquímica, botânica, ecologia, fisiologia, farmacologia, genética, imunologia, microbiologia, morfologia, parasitologia e zoologia.

O profissional de biologia pode atuar em várias áreas, como indústria, meio ambiente, biologia marinha, microbiologia, genética e biotecnologia. Na indústria, o biólogo atua na utilização de microorganismos, como bactérias, para a fabricação de medicamentos, bebidas, alimentos, cosméticos, etc. Na área ambiental, é responsável por dar laudos sobre o impacto da instalação de fábricas no meio ambiente.

Na área de biologia marinha, o profissional trabalha na análise dos organismos marinhos, bem como no seu cultivo, reprodução e desenvolvimento. Em microbiologia investiga como atuam as bactérias, os fungos e os vírus, e analisa de que modo podem ser aproveitados pelo homem. Já em genética e biotecnologia, o biólogo estuda organismos em laboratório e realiza exames para verificação de doenças genéticas.

Nomes importantes– A biologia teve como expoente o monge católico italiano Lazzaro Spallanzani que fez parte do movimento científico chamado “criacionismo”, surgido no século 18. Trata-se de uma teoria sobre a origem do universo baseada numa causa divina, o que é rejeitado pela ciência.

Outro nome importante na história da biologia é o do francês Jean Baptiste Pierre Antoine de Monet, o cavaleiro de Lamarck. Considerado o fundador da biologia como ramo específico da ciência, ele foi o primeiro a sistematizar, em 1809, a hipótese de que os seres vivos têm a capacidade de mudar e evoluir no decorrer do tempo.

Segundo Lamarck, os seres vivos evoluem de forma lenta e segura e se modificam a cada geração para melhor se adaptarem ao meio. Os órgãos mais usados, por exemplo, se desenvolvem com o passar dos anos e os menos usados se atrofiam até desaparecerem.

Além de Lamarck, Charles Robert Darwin, nascido em 1809, marcou a história da biologia ao propor a teoria evolucionista da seleção natural. Segundo essa teoria o próprio meio ambiente seleciona os seres mais aptos e elimina os menos dotados. As diferenças que facilitam a sobrevivência dos mais aptos são transmitidas à geração seguinte, firmando-se ao longo do tempo até gerar uma nova espécie.

Apesar de ser aceita no meio científico, a teoria de Darwin não conseguiu diferenciar as variações hereditárias das não hereditárias, feito atribuído a Gregor Mendel.

 

Fonte: www.ibge.gov.br/www.portalbiologia.com.br/Soleis; Câmara dos Deputados

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Dia da Infância

PUBLICIDADE A infância é a faixa etária que vai do nascimento até a adolescência. De …

Dia do Pi

Dia do Pi

PUBLICIDADE 14 de março – Dia do Pi Pi ou p. O Dia do Pi …

Dia Mundial da Gentileza

PUBLICIDADE A bondade é um comportamento marcado por características éticas, uma disposição agradável e uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+