Breaking News
Home / Calendário Comemorativo / Dia de Combate à Desertificação

Dia de Combate à Desertificação

PUBLICIDADE

 

Dia de Combate à Desertificação

A desertificação resulta em degradação persistente de ecossistemas de terras secas e frágeis devido a atividades artificiais e variações no clima. A desertificação, em suma, é quando a terra que era originalmente de outro tipo de bioma se transforma em um bioma do deserto por causa de mudanças de todos os tipos. Uma questão enorme que muitos países têm é o fato de que existem grandes bolsões de terra que estão passando por um processo que é conhecido como desertificação.

Outros fatores que causam a desertificação incluem urbanização, mudanças climáticas , reflorestamento de águas subterrâneas, desmatamento , desastres naturais e práticas de lavoura na agricultura que colocam os solos mais vulneráveis ​​ao vento. A desertificação afeta o solo superficial, as reservas de água subterrânea, o escoamento superficial, as populações humana, animal e vegetal. A escassez de água nas terras secas limita a produção de madeira, culturas, forragens e outros serviços que os ecossistemas fornecem à nossa comunidade.

Dia de Combate à Desertificação

Desertificação é um tipo de degradação da terra em que uma região relativamente seca da terra torna cada vez mais árido, normalmente perdendo seus corpos de água, bem como a vegetação e vida selvagem. Ela é causada por uma variedade de fatores, tais como as mudanças climáticas e as atividades humanas. A desertificação é um problema ambiental.

Em 1994 a Assembléia Geral da ONU proclamou que o dia 17 de junho ficaria marcado como o Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca. Este dia foi aprovado para que aumentasse a sensibilização da opinião pública sobre a necessidade de promover a cooperação internacional no combate à desertificação e aos efeitos da seca.

Desertificação é o efeito causado por um conjunto de fenômenos que levam a determinadas áreas a se transformarem em deserto, que são locais onde se tem o clima essencialmente árido, onde a evaporação é bastante elevada, causando falta de água e baixo desenvolvimento da biosfera.

Segundo o Programa de Ação Estadual de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca – PAE/CE (2010), desertificação é a degradação da terra nas zonas áridas, semiáridas e subúmidas secas, resultante de vários fatores, incluindo as variações climáticas e as atividades humanas como desmatamento, queimadas, cultivo e criação de animais de forma desordenada.

O combate deve ser feito através de diversas atividades como educação ambiental para prevenção da desertificação, disseminação de técnicas sustentáveis de produção agropecuária e programas de recuperação de áreas degradadas.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

• Apóie e participe de iniciativas e ações contra a destruição da caatinga e ajude a recuperar áreas de mata ciliar (beira de rios e nascentes) com espécies nativas;
• Informe-se sobre a origem do carvão e da lenha consumida em padarias, pizzarias e churrascarias. O carvão e a lenha legalizados são produzidos de forma sustentável, através de manejo florestal. Priorize os locais que utilizem carvão e lenha legalizados. Toda retirada de madeira deve ser comunicada aos órgãos ambientais, denuncie a atividade ilegal;
• Compre móveis feitos com madeira certificada pelo FSC (certificação florestal). Esse selo é a garantia que a madeira é oriunda de um processo produtivo ecologicamente adequado e socialmente justo, seguindo todas as leis vigentes;
• Informe-se sobre habitações ambientalmente corretas, que aproveitam água da chuva, reutilizam água cinza, usam energia solar ou eólica e técnicas de iluminação e ventilação natural, essas informações podem ajudá-lo a adaptar a sua casa;
• Utilize mais o transporte coletivo e a bicicleta, que poluem menos e contribuem menos para o aquecimento global. Se for usar o carro, utilize combustíveis de transição, como o álcool e o biodiesel e faça manutenção periódica;
• Pressione os governos a investirem mais na produção de energias renováveis e eleja os que possuem discurso e prática ambientais;
• Consuma de forma consciente: planeje suas compras, compre menos e melhor. Use só o necessário, reflita sobre suas reais necessidades. Reutilize produtos, separe materiais recicláveis e certifique-se de que o seu lixo está tendo uma destinação correta;
• Opte por produtos ecológicos e que tenham embalagens retornáveis ou recicláveis, isso reduz o consumo da matéria-prima e o impacto do processo de fabricação.
• Rejeite produtos com embalagens excessivas e sacolas plásticas, leve bolsas e sacolas próprias para as compras.

O QUE AS EMPRESAS PODEM FAZER

• Seguir rigorosamente as instruções normativas quanto à redução de emissão de poluentes;
• Manter áreas vegetadas de sua propriedade, criar Reservas Particulares do Patrimônio Natural e incentivar a proteção das florestas;
• Seguir os princípios da Responsabilidade Social Empresarial;
• Apoiar o desenvolvimento de pesquisas que busquem soluções sustentáveis;
• Utilizar energias limpas e deixar de queimar madeira e lenha;
• Neutralizar suas emissões de gás carbônico;
• Optar por arquitetura sustentável que utilize de forma eficiente iluminação e ventilação natural, reaproveitamento de água, etc.;
• Substituir a energia poluente (petróleo, nucleares e grandes hidrelétricas) por energia sustentável (solar, eólica, pequenas hidrelétricas, biogás) e pressionar os governos a investirem mais nessas energias.

Fonte: www.conserve-energy-future.com/en.wikipedia.org/ www.acaatinga.org.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Dia da Infância

PUBLICIDADE A infância é a faixa etária que vai do nascimento até a adolescência. De …

Dia do Pi

PUBLICIDADE 14 de março – Dia do Pi Pi ou p. O Dia do Pi …

Dia Mundial da Gentileza

PUBLICIDADE A bondade é um comportamento marcado por características éticas, uma disposição agradável e uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.