Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia Do Corretor  Voltar

Dia do Corretor

7 de Abril

Segundo o dicionário Aurélio, corretor é um “agente comercial especializado que serve de intermediário na aquisição de bens ou serviços”.

Existem vários tipos de corretor:

Corretor de imóveis Corretor de seguros Corretor de valores Corretor de frete Corretor de mercadorias Entre outros

A função básica do corretor, dentro do mercado segurador, é planejar e vender segurança econômica, buscando sempre a melhor solução para cada caso específico, na mais estrita defesa do interesse dos consumidores (ou segurados), os quais representa junto à seguradora.

Já o corretor de imóveis faz o intermédio da compra, da venda, da locação e administração de imóveis e solicitam documentação.

Eles devem fazer pesquisas constantes de mercado e elaboram estratégias de comercialização. Muitas vezes tornam-se assessores de alguns clientes após a transação.

Dia do Corretor

A profissão de corretor é regulamentada e em algumas faculdades, já existem cursos de graduação para a função.

O corretor para conseguir vender nos dias de hoje tem que aprender e muito e não é só no campo da informática: ele tem de dominar direito, psicologia e até desenho arquitetônico, de acordo com o interesse de cada cliente.

A corretagem é um negócio que teve origem na prática mercantil e segue até os dias atuais devido a sua importância para o mercado consumidor.

Pois, a Intermediação do Corretor de Seguros, na contratação de apólices é uma garantia que o seguro contratado cumprirá sua finalidade, enquanto a venda feita por vendedores não habilitados representa um grande risco de problemas no futuro.

Fonte: SEGS

Dia do Corretor

7 de Abril

Um corretor de seguros (também agente de seguros ) vende, solicita, ou negocia seguro de indenização. Pode atuar como autônomo, pessoa física, quanto com uma pessoa jurídica, em uma corretora de seguros.

Objetivo de corretores de seguros

Corretores e agentes são o varejo lado de seguro. Algumas seguradoras subscrevem o seguro somente por meio de corretores, que obtêm dados brutos de clientes leigos e preenchem os formulários complexos que as seguradoras precisam, a fim de avaliar cuidadosamente o risco que eles estão sendo convidados a subscrever. Algumas jurisdições têm regras especiais sobre como as políticas devem ser impressos, montados e entregues a segurados e corretores são responsáveis ?por questões de conformidade tais.

Mais importante ainda, os corretores de seguros auxiliam segurados potenciais com o desenvolvimento de gestão de risco estratégias adequadas para seu perfil de risco. Eles trabalham com segurados para descobrir que tipos de riscos que regularmente encontram, e educar os segurados sobre o que as políticas estão disponíveis para cada tipo de risco. Muitas vezes, um segurado pode comprar uma política regular mais endossos ou políticas adicionais para preencher exclusões na política regular.

História

A profissão nasceu em 1578, em Portugal, com o papel de intermediar as relações entre segurados e seguradoras. Nenhum seguro teria validade sem a intervenção do corretor.

A função diferenciava-se do escrivão de seguros, por ser custeada pelos segurados, o que garantia ao corretor uma rentabilidade de quase cinco vezes maior que o de um escrivão. O cargo de corretor era considerado propriedade pessoal e transferível.

Fonte: en.wikipedia.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal