Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Médico Obstetra  Voltar

Dia do Médico Obstetra

 

12 de Abril

Dia do Médico Obstetra

obstetrícia é a especialidade médica que acompanha as mulheres grávidas durante a gestação, parto e pós-parto.

médico obstetra é considerado o médico da Mulher, pois ele é responsável pelas orientações relacionadas à sua saúde.

Esse médico dá conselhos pré-gestacionais e acompanha a saúde do feto, o que permite identificar anormalidades precocemente e possibilita intervenções terapêuticas ainda no útero.

O trabalho de prevenção é realizado durante o pré-natal e tem auxiliado a diminuir as taxas de mortalidade infantil e materna. O objetivo da Assistência pré-natal é orientar a mãe quanto às modificações no organismo, modificações de hábitos alimentares e físicos, impedir que a paciente fique anêmica, orientar a mãe para um parto mais humanizado e uma gravidez saudável.

obstetra deve alertar sempre as futuras mães quanto a doenças que possam afetar a ela e ao bebê, principalmente doenças como a rubéola e a toxoplasmose que podem causar problemas de visão, distúrbios de desenvolvimento, má formação e até mesmo o aborto.

É muito importante que o obstetra e a gestante tenham uma boa relação e confiança mútua para facilitar os exames e os encaminhamentos de uma gravidez. Entre os principais exames utilizados podemos citar: ultra-sonografia, dopplefluxometria, cardiotocografia e exames laboratoriais maternos, os mais importantes são as sorologias que visam identificar a presença de agentes infecciosos como vírus, bactérias ou protozoários. São esses exames que ajudam a diagnosticar e tratar as patologias mais comuns durante uma gravidez.

Fonte:  Gineco , Só Leis

Dia do Médio Obstetra

12 de Abril

Estuda a reprodução da mulher e investiga sua paciente durante a gestação, parto e pós-parto nos seus aspectos fisiológicos e patológicos.

Profissional especialista em cuidar do desenvolvimento do feto e dar assistência à mulher no período da gravidez.

O obstetra é o médico que estuda a reprodução da mulher e investiga sua paciente durante a gestação, parto e pós-parto nos seus aspectos fisiológicos e patológicos. Além disso, este profissional é especialista em cuidar do desenvolvimento do feto e dar assistência à mulher nesse período da gravidez, através dos exames pré-natal. Alguns casos não participam de todo o trabalho de parto, deixando às vezes esse acompanhamento para as enfermeiras dos hospitais ou uma enfermeira da equipe particular. Este é um médico de muita confiança para sua paciente o que faz com que ela traga assuntos que não têm ligação com a consulta, e ele precisa estar sempre preparado para dar esse tipo de suporte.

Para ser um obstetra, além de todo o conhecimento adquirido na faculdade de medicina, também é necessário que o profissional entenda de psicologia, principalmente a da mulher, para assim se integrar cada vez mais em outras questões que a paciente leve em suas consultas e até ajudar no caso de depressão pós-parto.

Para se formar em um Médico Obstetra é necessário possuir diploma de curso superior em Medicina, com duração de seis anos, e posterior especialização (equivalente a pós-graduação) e residência na área de Ginecologia e Obstetrícia de alguma instituição de saúde com duração de três anos. Alternativamente pode-se prestar concurso promovido pela Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). É imprescindível que o curso escolhido seja de qualidade e reconhecido pelo MEC (Ministério de Educação e Cultura). O curso de Medicina engloba matérias como: anatomia e fisiologia dos diferentes sistemas do corpo humano, biologia, bioquímica, biologia molecular, genética, patologia, medicina preventiva, farmacologia, epidemiologia, psicologia médica, ente muitas outras matérias que tratam de todos os sistemas do corpo e especializações da medicina. É importante que o profissional se atualize constantemente por meio de cursos, palestras e workshops, para se manter sempre informado sobre novos métodos e técnicas de tratamentos e diagnóstico.

Fonte:  www.medicoobstetra.com.br

Dia do Médio Obstetra

12 de Abril

É o conjunto de técnicas e conhecimentos usado para gestantes, parturientes, recém-nascidos e familiares. O bacharel cuidado atendimento à gestante no período de pré-natal e parto, visando à normalidade no nascimento e à qualidade da saúde da mulher. Também presta assistência no pós-parto às mães e a recém-nascidos durante o período neonatal – primeiros 28 dias de vida – e dá apoio psicológico à família da gestante.

Atuam em postos de saúde, unidades básicas, casas de parto, hospitais, maternidades e clínicas, tanto do setor privado como do público, está habilitado a realizar parto normal com uma equipe médica ou mesmo sozinho. Pode atender em domicílio, auxiliando o parto normal. No pré-natal, faz os procedimentos para verificar se a gestação está transcorrendo bem, como a medição da circunferência da barriga e o controle da pressão arterial.

Pode pedir exames médicos, como ultrassonografia. Caso haja problemas com a mãe ou o bebê, encaminha a paciente ao médico especialista.

Fonte:  guiadoestudante.abril.com.br

Dia do Médio Obstetra

12 de Abril

obstetrícia é o ramo da medicina que estuda a reprodução na mulher. Investiga a gestação, o parto e o puerpério nos seus aspectos fisiológicos e patológicos.

O obstetra é o médico especialista que cuida do desenvolvimento do feto, além de prestar assistência à mulher nos períodos da gravidez e pós-parto (puerpério). No entanto, existem outros profissionais habilitados no cuidado ao ciclo gravídico puerperal do parto normal: Enfermeiros Obstetras e Obstetriz.

O termo "obstetrícia" vem da palavra latina "obstetrix", que é derivada do verbo "obstare" (ficar ao lado). Para alguns, seria relativo à "mulher assistindo à parturiente" ou "mulher que presta auxílio".

São sinônimos de obstetrícia as palavras "tocologia", "maiêutica" e "tictologia".

Fonte:  pt.wikipedia.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal