Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia das Abelhas  Voltar

Dia das Abelhas

Abelhas evoluíram a partir de vespas. Os ancestrais das abelhas eram membros da família Crabronidae e eram predadores de insetos.

Elas são encontradas em todos os continentes, exceto na Antártida. Estão em todos os habitats onde há plantas com flores (angiospermas). Elas estão adaptadas para se alimentar de pólen e néctar, usando o primeiro primariamente como alimento para as larvas e a segunda como energético. A espécie é conhecida por todas as abelhas domésticas (Apis mellifera), às vezes chamado simplesmente de "abelha". Esta espécie é um inseto social que vive em enxames composto por três classes: rainha, operárias e zangões. No entanto, a maioria das espécies de abelhas são solitárias.

Polinização

As abelhas são os polinizadores mais importantes de plantas com flores. Estima-se que um terço da alimentação humana são polinizadas por insetos, principalmente abelhas.

Dia das Abelhas

A maioria das abelhas possuem o corpo peludo; transportam uma carga eletrostática. Tudo isso ajuda na aderência do pólen para o seu corpo. Com as pernas para transferir cestas de pólen que podem ser de dois tipos: scopas ou corbiculae. Algumas espécies são altamente especializadas e coletam pólen de algumas espécies de plantas, outros são generalistas e visitam muitos tipos de flores diferentes. Mas geralmente visitam flores de uma única espécie, por um período de tempo antes de passar para outra espécie, o que é benéfico para as plantas que requerem a mesma espécie de pólen para a fertilização. A abelha tem duas antenas (órgãos olfativos), que servem para localizar as flores, e dois pares de asas, muito finas, permitindo que algumas espécies, alcance longos vôos de até 12 km.

Dia das Abelhas
Apis mellifera polinizando uma flor de pêssego.

Referências

1. ? a b c Danforth BN, Sipes S, Fang J, Brady SG (October 2006). «The history of early bee diversification based on five genes plus morphology». Proc. Natl. Acad. Sci. U.S.A. 103 (41): pp. 15118–23.doi:10.1073/pnas.0604033103. PMID 17015826.

2. ? Poinar, G.O. Jr., Danforth, B.N. 2006. A fossil bee from early Cretaceous Burmese amber. Science 314: 614.

Fonte: es.wikipedia.org

Dia das Abelhas

3 de outubro

Uma abelha inicia o processo de tomada de mel visitando uma flor e reunindo alguns dos seu néctar.

Muitas plantas usam o néctar, como forma de incentivar os insetos ( abelhas , vespas , borboletas , etc) para parar na flor. No processo de coleta de néctar, o inseto transfere grãos de pólen de uma flor para outra e poliniza a flor.

Dia das Abelhas

Por que as abelhas fazem o mel?

Em suma, as abelhas fazem o mel como uma forma de armazenar alimentos para comer durante o período de inverno mais frio, quando eles são incapazes de forragem e há menos flores do que para recolher alimentos.

Dia 03 de outubro, foi escolhido para homenagear Abelhas, esse inseto produtor de mel tem um dia próprio!

As abelhas vivem em colméias. Cada colméia possui apenas uma rainha – o inseto que possui o aparlho reprodutor completo e se reproduz - , zangões – que morrem após o acasalamento – e as abelhas operárias – servem para a polinização das plantas e produção do mel.

As abelhas são os maiores produtores de uma das maiores riquezas da nossa alimentação, o mel.

As abelhas são uma comunidade organizada de insetos, que vivem nas colmeias e um grupo de abelhas é conhecido como enxame. Nas colmeias existe só uma rainha e ela é a única que possui o aparelho reprodutor completo, sendo capaz de se reproduzir.

Uma rainha tem a capacidade de pôr entre 2 mil e 5 mil ovos por dia. As operárias são responsáveis pela polinização e pela produção do mel.

O tempo de vida da rainha varia entre três a quatro anos, enquanto das operárias e de 6 semanas. O sabor do mel e sua tonalidade variam de acordo com a planta de onde é extraída a matéria prima para sua produção, a isso dá-se o nome de florada.

Conversem com os Lobinhos sobre a importância das abelha: sobre a polinização, o mel, a geleia real e o pólen.

Dia das Abelhas

Cerca de metade das abelhas de uma colmeia ocupa-se todo o tempo da coleta de néctar produzido por flores. A fonte de néctar é descoberta por abelhas "exploradoras", enviadas a todas as direções. Quando encontra uma fonte, a abelha volta à colmeia e, por meio de uma "dança", transmite a suas companheiras a direção e a distancia do achado. Depois, oferece-lhes uma amostra do néctar. As abelhas saem, fazem um voo de orientação sobre a colmeia e partem.

Fonte: animal.discovery.com

Dia das Abelhas

3 de outubro

Dia das Abelhas

No dia 03 de outubro, é comemorado o dia das abelhas.

As abelhas são insetos que pertencem a Ordem Hymenoptera, mesmo grupo das formigas e vespas. Elas são um dos insetos mais importantes para o homem pois seus produtos são de grande utilidade como o mel, o própolis, a geléia real e a cera.

Algumas abelhas não possuem ferrão e pertencem à família Meliponidae. Muitas espécies são criadas para a retirada de produtos como a abelha Jataí. Algumas das abelhas que amedrontam pessoas são as mamangabas, grandes e peludas. As espécies brasileiras são, na maioria das vezes, de coloração negra com áreas amareladas no corpo.

As abelhas pertencem à superfamília Apoidea que inclui mais de 20.000 espécies, divididas em 10 famílias. Existe uma variedade de cores e formas com tamanhos que variam de 2 a 39 mm de comprimento.

No Brasil existem dezenas de abelhas nativas, todas elas muito importantes nos ecossistemas como polinizadoras de diversas plantas.

Os nomes comuns variam de região para região e podemos citar alguns: Abelha-achopé, Abelha-africana, Abelha-europa, Abelha-brava, Abelha-cachorro, Jatai, Irapuá, Mombuca, Moçabranca, Mandaçaia, Uruçu, Jandira, Mirim, Mosquito, entre outros.

A família Apidae, uma das famílias de abelhas, é a única que apresenta espécies com comportamento eusocial ou verdadeiramente social, isto é, as abelhas apresentam três características determinantes como o cuidado com a prole, a sobreposição de gerações e uma casta reprodutiva. Assim, podemos encontrar dentro de uma colônia de abelhas, também chamada de colméia, operárias, rainha, cria e reprodutores (em algumas épocas do ano). Entretanto, a maioria das abelhas é solitária, isto é, as fêmeas constituem seus próprios ninhos sem a cooperação de outras fêmeas.

Normalmente existe somente uma rainha em uma colônia. Ela é bem maior do que as operárias e zangões, sendo assim facilmente identificada. Possui movimentos mais lentos e está sempre rodeada por um número considerável de operárias que estão constantemente oferecendo-lhe alimento, a geléia real. A rainha que é responsável pela postura dos ovos, e os ovos fertilizados dão origem às operárias e dos ovos não fertilizados nascem os zangões (machos). Quando uma nova rainha é produzida na colônia a rainha mais velha mata-a, ou uma das duas deixa a colônia (normalmente a mais velha) com um grupo de operárias.

Dia das Abelhas

Em uma colméia podem ser encontradas de 50 a 80 mil operárias. As operárias são responsáveis por todo o trabalho da colméia tais como sua construção, alimentação da rainha, cuidado com a cria, limpeza e ventilação da colônia, defesa contra inimigos, coleta de pólen, néctar e água, produção de mel, própolis e geléia real. A longevidade de uma operária depende da temperatura e umidade ambiente, mas gira em torno de 30 a 50 dias.

A longevidade da rainha é longa, podendo viver de 3 a 4 anos. Após o declínio de sua fertilidade as operárias providenciam uma nova rainha, o que se faz alimentando-se uma larva com geléia real.

Fonte: www.pragas.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal