Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Disco  Voltar

Dia do Disco

 

Dia do Disco

No dia 20 de abril comemora-se o Dia do Disco, uma importante ocasião para pensar na importância da música para a cultura e entretenimento das pessoas. Apesar de ser retrô e ter caído em desuso com o surgimento de novas tecnologias, o disco representa um importante avanço na história das mídias.

O primeiro disco de vinil surgiu em 1948, tendo como objetivo substituir os discos de goma-laca, que fez grande sucesso na primeira metade do século XX. Ao contrário do seu antecedente, o vinil era leve, resistente a quedas, fácil de manusear e com tecnologia mais avançada para a reprodução musical.

Também chamado de Long Play (LP), o disco de vinil foi difundido no início da década de 50 para proporcionar a reprodução musical. As informações registradas no disco só podiam ser lidas e transformadas em conteúdos sonorosos através de um aparelho específico, que recebeu o nome de 'toca disco'. Feito de plástico e com marcações na forma de espirais, o disco de vinil procurou adaptar a sua estrutura ao sistema de reprodução, facilitando assim o deslize da agulha que compõe o ‘toca disco’. A gravação da peça era feita de forma analógica para transformar as vibrações da agulha em músicas. No entanto, o vinil é feito de um plástico muito sensível e o seu conteúdo pode ser prejudicado por causa de riscos ou poeira.

Hoje em dia é possível encontrar à venda discos antigos famosos, para a alegria dos colecionadores de vinil. Compradas e trocadas, as peças fazem sucesso entre as pessoas que gostam de objetos de outras épocas e são apaixonadas por música.

Fonte: www.pompeumg.com.br

Dia do Disco

O disco de vinil é um formato de reprodução de som com base na gravação mecânica analógica.
Além do plástico, os discos também podem ser de alumínio ou de outros materiais.

Embora para muitos é um artigo obsoleto, continua a ser o formato de áudio mais utilizado por DJs , como a sua qualidade de som é muito alta. Desde 2005 a venda destes discos tem vindo a aumentar, uma gestão para crescer 200% em 2008 em relação ao ano anterior.

O declínio de discos de vinil

Por volta de 1985 e início de 1990 o disco de vinil começou a ser deslocado pelo CD-Audio que é bem menor. Além disso, para eliminar grande parte dos inconvenientes de discos de vinil, surgiram scanners de discos de vinil, mas são extremamente caros para aplicações pessoais. Neste momento um dos seus muitos usos são como as misturas de álbuns de DJ em salões de música. Embora o CD-Audio foi imposta sobre o disco de vinil, ele continua a produzir a cada dia e também artistas publicam seus trabalhos em vinil e é usado por ambos os DJs como amantes da música.

Dia do Disco
Os discos de vinil de 12 (LP), 10 (EP) e 7 (single) polegadas, respectivamente.

Notícias e ressurgimento do vinil

Hoje o vinil ainda é usado.Muitos artistas (principalmente bandas de décadas passadas) publicam seus álbuns em formato de CD e em vinil, porque isso merece demanda. Além disso, o vinil é usado na música eletrônica como uma ferramenta fundamental para o zero e seu ótimo desempenho de áudio. Muitas gravadoras que ainda fabricam e distribuem este formato normalmente são destinados para DJs e colecionadores.

Dados fornecidos pela BBC em 2012, revela que em 2011 vendeu quase 40% mais rígido do que o ano anterior, portanto, mais uma vez, o aumento paradoxal da popularidade deste formato em um mundo cada vez mais digital.

Dia do Disco

Fonte: es.wikipedia.org

Dia do Disco

A música é uma forma de arte que encanta a espécie humana há muito tempo. É usada desde a Antiguidade para celebrações, matrimônios e invocação dos deuses. Mas a música popular, essa que a gente conhece e escuta no rádio, surgiu na década de 70, com o formato de disco vinil.

Para a garotada que adora curtir música por aí no MP3 ou mesmo em CD, pode se assustar ao conhecer os antigos discos. Mas quem acha que aquele discão que parece um CD preto enorme não tem nada a ver com o Justin Bieber ou a Lady Gaga, está muito enganado.

O vinil era o CD de antigamente, e permitiu que o vovô e a vovó curtissem um som juntos. Os CDs e MP3 que ouvimos hoje são evoluções daquele objeto de antigamente.

Assim como os equipamentos de hoje, os discos precisam de muito cuidado. O vinil é um plástico muito delicado: qualquer batidinha ou arranhão pode fazer com que a música saia com o som ruim.

Para mostrar a importância que ele teve para a música no Brasil, na próxima quarta, 20 de abril, é comemorado o Dia do Disco. Apesar da maioria das pessoas não usar mais vinil e outras nem conhecerem, têm muitos fãs dele por aí.

No ano passado, por exemplo, o Brasil vendeu quase 3 milhões de vinis. Bastante coisa, né? Quem costuma usar bastante esses produtos são os DJs, para tocar em festas e animar a galera!.
Você já ouviu dizer que quando um artista vende 50 mil cópias do CD ele ganha o disco de ouro? Pois é, o prêmio tem esse nome por causa dos antigos vinis.

Hoje é muito mais fácil carregar as músicas em MP3 ou em CDs, porque são menores e ocupam menos espaço. Mesmo assim, é necessário ressaltar a importância do disco na história de nossa música. Que tal pedir para os seus pais colocarem um dos discões antigos para tocar e dar uma conferida?

Fonte: ntmumuarama.blogspot.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal